Educadores

Ínicio : Pedagogia : Dissertações : Produções de Profissionais da Seed: Dissertações : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Percepções Docentes sobre o Ensino de Ciências e a Educação do Campo em Escolas do Município de Tole Popular Versão: 
Atualização:  9/4/2018
Descrição:
KLIEMANN, Claudia Regina Machado

Nos anos iniciais do século XXI, a educação formal brasileira ofertada para as populações de áreas rurais têm sido reformulada e ressignificada. Estruturou-se uma nova modalidade de ensino da Educação Básica, a Educação do Campo, que está regulamentada na esfera nacional, principalmente, pelas Diretrizes Operacionais da Educação do Campo (BRASIL, 2001a) e, na esfera estadual, pelas Diretrizes Curriculares da Educação do Campo (PARANÁ, 2006), na qual se pretende escolas no campo oferecendo uma Educação do Campo. O ensino de Ciências prevê um ensino significativo, histórico e contextualizado aos estudantes (KRASILCHIK, 2000) e essas preocupações são consideradas como basilares também para a Educação do Campo. Assim, o ensino de Ciências das escolas do campo oportunizado aos estudantes deve se apresentar de forma dialógica, no qual as problematizações estabelecidas sejam contextualizadas com a realidade dos estudantes, mobilizando os seus conhecimentos prévios, articulando os conceitos e estabelecendo os conhecimentos científicos. Como guia do processo, o professor orienta o caminho do processo dialógico do ensino de Ciências nas escolas do campo. Nesse sentido, essa pesquisa tem o objetivo de caracterizar a Educação do Campo e o ensino de Ciências nesse contexto, para isso verificando as percepções dos docentes da disciplina nas escolas estaduais do campo do município de Toledo/PR. Participaram da pesquisa 12 professores de Ciências das escolas estaduais do campo do município de Toledo/PR e dois técnicos do Núcleo Regional de Educação local. O instrumento de coleta de dados foi entrevista individual a partir de um questionário semiestruturado. As declarações prestadas nas entrevistas foram analisadas por meio da técnica da Análise de Conteúdo, conforme formulada pela pensadora francesa Laurence Bardin (1977). Os resultados apontam que os professores conhecem pouco a legislação da Educação do Campo e os respectivos documentos basilares, as escolas do campo são caracterizadas como espaços particulares devido ao contexto em que estão inseridas e, por isso, também os professores buscam assumir uma prática pedagógica diferenciada, com o intuito de aproximar os conteúdos curriculares da realidade dos estudantes. Há também a percepção de que as formações continuadas ofertadas pelo Núcleo Regional de Educação não abordaram a temática até o momento. Ficou evidente a considerável rotatividade dos professores, que é apontada como um dos fatores que mais dificulta o conhecimento da realidade dos estudantes. Assim, ações de caráter interno nas escolas e outras vinculadas à Secretaria de Estado da Educação precisam ser articuladas para viabilizar a efetivação da Educação do Campo nas escolas do Campo.

Palavras-chave: Educação do campo. Ensino de ciências. Professores. Escolas do campo.

Downloads 108  108  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Políticas públicas e atos infracionais: educação nos centros de socioeducação infanto-juvenil Popular Versão: PDF
Atualização:  15/2/2017
Descrição:
MOCELIN, Márcia Regina

A pesquisa realizada para a dissertação de Mestrado do Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Tuiuti do Paraná tem como objeto de estudo a educação e as políticas públicas como meio para a reinserção do adolescente em conflito com a lei, após sua passagem em centro de socioeducação do Estado do Paraná, em específico o Centro de Socioeducação Joana Miguel Richa, para adolescentes do sexo feminino, em semiliberdade e em privação de liberdade. O mesmo parte do levantamento bibliográfico histórico, da construção do conceito e das políticas do adolescente em conflito com a lei, a partir do período Brasil República até a atualidade. Como as reformulações dos Códigos Penais, Constituições, Código de Menores de 1927, Código de Menores de 1979 e Estatuto da Criança e Adolescente, somados às normativas internacionais, afetaram as transformações das políticas que regem essa parcela da população.Consequentemente uma análise dos atos infracionais, instituições de aprisionamento e as formas de penalidade, se faz presente para o entendimento do processo de reeducação aplicados hoje para a reeducação infanto-juvenil. Num terceiro momento, a análise do Instituto de Ação Social do Paraná – IASP, como entidade responsável pelas políticas que regem os centros de socioeducação paranaense e as políticas de atenção aplicadas. A política de atenção fundamental pauta-se pelos valores transmitidos pela vida familiar. Para este estudo foram utilizados principalmente como referencial teórico Michael Foucault e Augusto Thompson bem como Antonio Carlos Gomes da Costa para as políticas pedagógicas específicas.

Palavras-chave: Educação. Políticas públicas. Educadores. Adolescentes em conflito com a lei.

Downloads 475  475  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UTP  Site 
Avaliação: 1.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Políticas Públicas Educacionais para Universalização da Alfabetização com Ênfase na Penitênciária de Versão: PDF
Atualização:  16/4/2018
Descrição:
ROGOWSKI, Delir Freitas

A dissertação investiga o desenvolvimento de políticas públicas educacionais para a universalização da alfabetização no Paraná, à população no contexto da privação de liberdade pela EJA e programa de governo, segundo a Constituição Federal/1988, a Lei de Execução Penal – Lei 7.210/1984, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação – Lei 9394/1996, com objetivo de desvendá-las. A metodologia da pesquisa descritiva e documental inclui análise da legislação na qualidade do tratamento penal, inclusive consulta no SPR em busca do perfil e dados escolares dos presos na PEC–Penitenciária Estadual de Cascavel/PR. O referencial teórico constitui-se por abordagens conceituais e contemporâneas de políticas públicas educacionais e penais, a partir do estudo além da legislação já citada, da Lei 10.172/2001, do Plano Ibero-Americano e na internet, inclusive em sites oficiais. A EJA, no início do século XXI, emerge como política da educação básica implementada e traz importantes transformações com respeito a diversidade e especificidades dos sujeitos. Em 1990, na Conferência Mundial de Educação para Todos, em Jomtien -Tailândia, alcançou-se valioso progresso de discussão e criação dos documentos básicos para erradicação do analfabetismo. Na América Latina, em 1º lugar está o Brasil, com 14 milhões e 815 mil (IBGE-2000), cria em 2003, o Programa Brasil Alfabetizado com meta de 50% de redução nas regiões com maior público alvo e por adesão, no estado, o denominado Paraná Alfabetizado, com ⅓ do investimento pela União. O compromisso do Plano Ibero-Americano, coordenado pela Organização dos ix Estados Ibero-Americanos (OEI), após estudos em 2006, indicou ações como
solução aos países, e ao Brasil: durante 9 anos, investimento de 3% do orçamento do MEC, porém aplicou-se somente 1%. Os marcos legais à educação prisional se fortaleceram a partir da cooperação e parceria governamental entre MEC/MJ e no Paraná, entre SEED/SEJU, à universalização da alfabetização, culminou na criação dos CEEBJA/APED específicos ao contexto da privação de liberdade e seleção de Servidor Público por edital. A criação da CEQP/DEPEN-PR em 2012, com demanda identificada de 799 presos analfabetos na triagem, (re) definiu ações e metodologias para ampliação da Assistência Educacional, elencando o analfabetismo, como prioridade entre os desafios a enfrentar. Assim, o programa de governo é implantado em 2013 para matrícula, por medida de segurança, daquele preso impossibilitado de frequentar aula diariamente, colaborando com a redução para 77 analfabetos em 2014 e proposta de superação do analfabetismo em 2016. Na PEC, do início da pesquisa, o maior índice foi em 2011 com 5,05% e em 2014 com 0%. Nos marcos operacionais, o Técnico Pedagógico SEJA-DEB/SEED concebe o nome do Monitor/Alfabetizador, selecionado por edital específico, com critérios estabelecidos à função, para ensinar até 05 Alfabetizandos (analfabeto), na cela. Em conclusão, no estado do Paraná, foram desenvolvidas duas formas de inserção do analfabeto à universalização da alfabetização: pela EJA (educação formal) e pelo PPA como resultado do consenso elaborado no âmbito nacional e internacional. É notória, a necessidade de ampliar oferta à educação prisional pela EJA, com mais investimentos inclusive para construção de salas de aula nas unidades penais.

Palavras-chave: Universalização da alfabetização. Educação de jovens e adultos. Educação prisional. Paraná Alfabetizado. PEC.


Downloads 57  57  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unioeste  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Pro Brasilia Fiant Eximia: Paulistanidade Impressa em Livros Didáticos Aprovados no Estado de São Pa Versão: PDF
Atualização:  14/1/2019
Descrição:
ABBEG, Valter André Jonathan Osvaldo

Esta pesquisa se insere no conjunto de estudos sobre a história do livro didático. Tem por objetivo identificar e analisar marcas de paulistanidade impressas em séries graduadas, conjunto de livros didáticos, aprovados pelo Estado de São Paulo para uso nas escolas públicas de 1911 a 1937. Conta com aportes teóricos da história cultural articulando concepções de nação (Hobsbawn), imaginário social (Veyne e Castoriadis) e imagem (Aumont e Joly). Utilizou-se três movimentos para exemplificar as diferentes características da paulistanidade: o separatismo, o federalismo e o nacionalismo; todos constituídos em discursos públicos veiculados em jornais e revistas paulistas. A compreensão da paulistanidade perpassa os discursos políticos do Partido Republicano Paulista e de outras instituições e movimentos que agregaram intelectuais e profissionais, seja o Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, o Movimento Modernista (que teve um de seus ápices a Semana de Arte Moderna), ou mesmo a Liga Nacionalista de São Paulo. Os procedimentos de pesquisa utilizados foram: o levantamento dos títulos aprovados pelo governo de São Paulo; busca dos livros em acervos gerais e específicos; seleção dos livros que pertenciam a séries graduadas; classificação dos elementos textuais e gráficos que representassem o imaginário paulista; leitura e identificação das marcas nacionais e paulistas a partir da repetição de termos, expressões e frases, tornando possível a identificação de padrões e singularidades. Na organização das fontes foram selecionados 40 livros pertencentes a 20 séries graduadas. Foram encontradas marcas nacionais em 37 títulos e marcas paulistas em 27 livros didáticos. As marcas nacionais demarcam-se na relação entre o país e seu contorno geográfico (mapa), bandeiras, referências à proclamação da República, a capital da nação, a recorrência na caracterização e personificação do brasileiro. As marcas paulistas encontradas fazem referência direta ao Estado de São Paulo, ao café, a ferrovia, ao bandeirante, aos hinos entre outros símbolos. Este simbolismo paulista, apresentados nos livros retratam o Estado, suas características, personagens, constituem a formação de um dado imaginário composto por uma definição de sociedade associada à exigência de vanguarda, crescimento econômico, político e cultural.

Palavras-chave: Livro didático. Paulistanidade. Nacionalismo. Imaginário. São Paulo.

Downloads 34  34  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unifesp  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Processos Mediadores Desenvolvidos pelo Professor Pedagogo na Escola Pública Estadual do Paraná: Nov Versão: PDF
Atualização:  8/6/2017
Descrição:
SILVA, Sonia Cristina da

A pesquisa propõe analisar a atuação mediadora realizada por professores pedagogos na escola básica atual da rede pública estadual paranaense, tomando como cenário, os processos da cultura escolar e da cultura da escola como movimentos do e no cotidiano e as influências das mudanças sociais contemporâneas que permeiam o processo da escolarização pública atual, considerando as teorizações de Forquin, Frago, Heller e Rockweel e Ezpeleta. Situa-se a profissão do pedagogo em breve histórico que retoma as questões da ambiguidade desta profissão ao longo do tempo. Propõe-se investigar se a atuação do professor pedagogo contribui e de que forma junto aos professores, como mediador entre os conteúdos de ensino e os processos de ensino-aprendizagem que desenvolvem, considerando as novas necessidades científicas e tecnológicas da escola contemporânea. A pesquisa de cunho qualitativo, foi realizada com base em Lüdke e André, Mazzoti e Hébert Lessard. A metodologia foi desenvolvida a partir de entrevistas semiestruturadas com professores pedagogos que desenvolvem práticas bem-sucedidas nas escolas públicas da Rede Estadual do Paraná. Foram selecionados os professores pedagogos que apresentaram um investimento significativo na ampliação da formação e prática dos docentes em suas escolas, diante das necessidades teórico práticas do currículo para o ensino e formação dos alunos. As práticas examinadas, denominadas processos mediadores, resultaram dos condicionantes históricos e socioculturais contemporâneos, e foram consideradas em sua dialogicidade com as novas demandas científicas e tecnológicas do mundo atual, tomando como base os autores selecionados em estudos sobre a educação escolar na pós modernidade: Giroux, Costa, Pinto, Franco, Hagemeyer, Bauman e Bhabha. Para a investigação realizada, foram entrevistados dezesseis pedagogos (as), dos quais foram selecionados cinco profissionais, que se destacaram em suas práticas mediadoras, contribuindo de forma significativa para a atuação docente no espaço-tempo da escolarização. Buscou-se identificar em seus depoimentos e práticas, as concepções, atividades e atitudes presentes nos processos de mediação que desenvolvem e que, de várias formas demonstraram: a consciência sobre a função social da escola atual, o domínio da ciência pedagógica, bem como os efeitos que suas atividades promovem no processo de ensino e aprendizagem no cotidiano escolar. Na análise realizada, evidenciou-se a ênfase nos processos de formação continuada em serviço e foram constatados cinco focos de interesse para uma atuação mediadora, destacando-se: a proposta pedagógica curricular por disciplina, a avaliação e a diversidade cultural, as tecnologias e novos interesses dos estudantes na escola, o diagnóstico e formação para a autonomia, e o Pré-conselho de classe registrado. Esses focos, apontaram para as dimensões de atuação a serem estabelecidas pelos professores pedagogos nas escolas públicas, na articulação e organização do Projeto Político Pedagógico. Como nova dimensão da atuação do professor pedagogo, foram identificados os processos mediadores que apresentam na ação, os conhecimentos de domínio teórico metodológico, com base na ciência pedagógica e nos saberes do cotidiano escolar. Esses processos comportam conhecimentos relacionados ao contexto social mais amplo e se orientam pela produção científica e tecnológica, gerando novos conhecimentos e domínios, que incluem novas estratégias para o desenvolvimento dos processos de ensino, aprendizagem e formação humana.

Palavras-chave: Professor Pedagogo. Ciência pedagógica. Função da escola contemporânea. Processos de mediação.

Downloads 78  78  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Programa de Aceleração de Estudos no Paraná: Desafios e Perspectivas para a Qualidade da Educação Versão: PDF
Atualização:  11/1/2019
Descrição:
FILIPPI, Rosaria Cordeiro Bernardo

Nesta pesquisa, discutem-se as proposições da política de aceleração da aprendizagem executada no Programa de Aceleração de Estudos - PAE, no Estado do Paraná, com o objetivo de analisar o referido Programa e sua relação com a política educacional atual e a qualidade da educação. Este Programa está sendo ofertado pela Secretaria de Estado da Educação do Paraná - SEED -, desde 2015, sendo este considerado ano piloto, e tem a vigência de cinco anos, conforme determina o Parecer CP/CEE N° 019/2015. Para tanto, procura-se responder à seguinte problemática: o que é o PAE e como ele se desenvolve na rede estadual do Paraná? Que relação o PAE estabelece com a qualidade da educação? A pesquisa se faz importante, por tratar-se de um Programa desenvolvido nos 6° e 8° anos do Ensino Fundamental, para alunos que apresentam duas ou mais reprovações escolares, ou que tenham 13 anos de idade ou mais, no 6º ano, e 15 anos ou mais no 8º ano, ou seja, que estejam em situação de distorção idade/ano escolar. A pesquisa foi realizada com base na abordagem materialista histórica. Como recurso para obtenção de dados, utilizou discussão bibliográfica e análise de documentos relativos ao desenvolvimento do Programa de Aceleração de Estudos pela SEED. Teve como objetivo geral analisar as proposições políticas para a organização e funcionamento de um programa que propõe a reclassificação de alunos, na tentativa de diminuir a quantidade de alunos com distorção idade/ano escolar, aliviando o estrangulamento do fluxo escolar nos anos finais do Ensino Fundamental. Como objetivo específico, buscou compreender o papel do Estado e suas implicações no ideário neoliberal, assim como suas ações e articulações para a oferta da educação pública. Este pressuposto foi suporte teórico para analisar como ocorrem: a qualidade da educação, as avaliações externas e o investimento educacional, aspectos interligados que influenciam diretamente a oferta do Programa de Aceleração de Estudos no Paraná e seus propósitos governamentais. Entre os resultados desta pesquisa, destacamos que a educação vem sendo gerida pelo ideário neoliberal, trazendo implicações para a política educacional. Também verificamos em quais momentos históricos foram implantados os ciclos escolares na educação brasileira e os motivos para implementação de ciclos de aceleração de estudos, assim como os benefícios e as lacunas do Programa de Aceleração de Estudos no Paraná para uma educação com qualidade.

Palavras-chave: Política educacional. Reclassificação escolar. Ensino-aprendizagem. Fluxo escolar. Qualidade da educação.

Downloads 15  15  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Relações entre as estratégias de ensino do professor, com as estratégias de aprendizagem e a motivaç Versão: PDF
Atualização:  21/6/2016
Descrição:
MOREIRA, Ana Elisa da Costa

As relações entre as estratégias de ensino, as estratégias de aprendizagem e a motivação podem influenciar a qualidade motivacional dos sujeitos para aprender. Esta pesquisa relacionou essas variáveis especificamente voltadas à Teoria da Autodeterminação. Apresentou como objetivo geral: avaliar as relações entre as estratégias de ensino de um grupo de professores, as estratégias de aprendizagem e a motivação de alunos do Ensino Fundamental 1. Os objetivos específicos visaram investigar as estratégias de ensino que os professores do Ensino Fundamental 1 utilizavam para ensinar; identificar as estratégias de aprendizagem e a motivação dos alunos; buscar possíveis relações das estratégias de ensino do professor com as estratégias de aprendizagem e a motivação no contexto escolar. O método utilizado para a análise dos dados foi o descritivo com delineamentos de levantamento e correlacional. Os sujeitos da pesquisa foram 348 crianças entre 6 e 13 anos de duas escolas municipais do norte do Paraná e seus respectivos professores. A média de idade dos estudantes foi de 9 anos e dos professores participantes de 45 anos. Para a coleta de dados, foi utilizada uma escala de estratégias de aprendizagem, uma escala de Motivação de Estudantes do Ensino Fundamental e um questionário sobre as estratégias de ensino do professor. Os resultados demonstraram que os alunos possuíam os níveis mais autônomos de motivação. Os resultados demonstraram que os alunos mais novos apresentaram pontuação mais elevada no uso da Escala de Estratégias de Aprendizagem e se assemelharam à média das demais turmas em relação ao continuum motivacional. Sobre as possíveis relações entre as estratégias de ensino com as estratégias de aprendizagem e a motivação dos alunos, os resultados apontaram que um trabalho sistematizado para a utilização de estratégias de aprendizagem por parte de professores, na escola, pode ser eficaz na manutenção de uma boa qualidade motivacional dos estudantes. Os resultados também contribuem para conhecer o perfil estratégico de um grupo de professores e um grupo de alunos, podendo perceber as necessidades específicas deste grupo e construir um conjunto de informações relevantes tanto para o aprimoramento profissional quanto para a formação de cidadãos estratégicos.

Palavras-chave: Estratégias de ensino. Estratégias de aprendizagem. Motivação no contexto escolar.

Downloads 83  83  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Representações e atitudes linguísticas na (re)construção da identidade indígena dos Guarani do Pinha Popular Versão: PDF
Atualização:  22/6/2016
Descrição:
KONDO, Rosana Hass

Este trabalho tem por finalidade investigar a relação que se estabelece entre representações e atitudes linguísticas –em relação às línguas e culturas presentes na comunidade –e (re)construção da identidade indígena dos Guarani da Aldeia do Pinhalzinho, Tomazina, Paraná, de modo que a comunidade possa, a partir de uma maior compreensão sobre si mesma, vislumbrar formas de construir políticas linguísticas que possibilitem uma educação de fato específica, que atenda suas necessidades, desejos e direitos. Através dele discutimos alguns aspectos relativos à identidade indígena, representação de identidade indígena e formação de professores indígenas, mais especificamente a forma como estes se situam diante da exigência de alcançar uma educação específica, diferenciada, intercultural e bilíngue (RCNEI, 1998). As informações de análise desta dissertação reúnem dados gerados a partir de observações, entrevistas semiestruturadas (gravadas em áudio e vídeo), diário de campo e intervenções colhidos etnograficamente (LÜDKE; ANDRÉ, 1986). A pesquisa em questão é de cunho qualitativo/interpretativista com proposta de intervenção (ANDRÉ, 1995; TELLES, 2002; BARBIER, 2007; THIOLLENT, 2011), uma vez que nosso objetivo não foi simplesmente coletar e comprovar dados, mas também a partir deles fazermos uma investigação sobre as necessidades e desejos da comunidade no que diz respeito à língua Guarani e demais línguas faladas na região e aspectos que (re)definem o que é ser índio (MAHER, 1996) na sociedade atual, para posteriormente, juntos com a comunidade indígena, discutirmos e refletirmos sobre propostas e ações que possam subsidiar o trabalho dos professores em sala de aula de forma que a educação destinada para essa comunidade indígena os preparem para o enfrentamento de políticas contrárias advindas da sociedade dominante. Ao todo, participaram da pesquisa quatorze (14) pessoas, as quais desempenham na comunidade e/ou escola importantes papeis, quais sejam: um (01) membro da liderança indígena da comunidade e, da escola Yvy Porã, dois (02) membros da equipe pedagógica, dois (02) professores indígenas, quatro (04) professores não-indígenas e cinco (05) alunos indígenas. O aparato teórico que deu sustentação ao trabalho norteou-se por contribuições advindas da Linguística Aplicada (CESAR,CAVALCANTI, 2007; MAHER, 1996, 1998, 2007a, 2007b), dos Estudos Culturais (HALL, 1997; WOODWARD, 2009),da Antropologia (CUCHE, 1999; MOTA, 1994, 2006), dentre outros. Os resultados obtidos na análise dos dados sugerem que: a) a educação (escolar) indígena possui grande influência na formação de líderes críticos e atuantes tanto na comunidade indígena quanto na sociedade não-indígena; b) falta autonomia e há verticalização das políticas educacionais, isto é, os aspectos relativos à educação não estão sendo construídas em conjunto com a comunidade; c) há ausência de formação continuada específica para professores indígenas e não-indígenas; d) as atitudes da Secretaria Estadual de Educação e de alguns professores não-indígenas a respeito de língua, cultura e identidade muitas vezes são etnocêntricas; e) a representação que os Guarani apresentam sobre língua, cultura e identidade indígena são influenciadas pelas concepções do que os não-indígenas elegeram como critérios definidores para tal. Nossa expectativa é que esta pesquisa possa subsidiar o trabalho dos professores (indígenas e não-indígenas) na construção de uma educação condizente com suas necessidade e desejos, com currículos interculturais de formação de docentes que possibilitem que as vozes dos Guarani se façam presentes na sociedade de modo a ao menos amenizar o processo de exclusão do qual esse grupo minoritário é vítima.

Palavras chave: Identidade indígena. Representação. Educação
(escolar) indígena. Formação de professor indígena.

Downloads 331  331  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEPG  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Sistemas Multiagentes para Gerenciamento Acadêmico Versão: PDF
Atualização:  5/6/2017
Descrição:
YABUSHITA, Edson

Com a disseminação das instituições de ensino que ofertam cursos superiores, um problema cada vez mais frequente é a falta de sistemas para um acompanhamento personalizado do aluno realizado pelas coordenações de curso. Várias instituições têm necessidade em armazenar informações sobre alunos relacionadas a seus conhecimentos e aproveitamento educacional, sempre procurando inseri-los no mercado de trabalho. Existem várias informações sobre os acadêmicos, uma delas importante para classificar as competências, é o nível de conhecimentos. Um sistema automatizado para realizar tal tarefa precisa coletar características dos envolvidos, efetuar a extração dos dados mais importantes e armazená-los em uma base de dados, aguardando que aconteça uma interação para dar a resposta. A arquitetura baseada em Sistemas Multiagentes (SMA) é adequada para tal sistema, essas aplicações são projetadas em termos de entidades de software autônomos chamados agentes que de forma flexível alcançam os seus objetivos, interagindo entre si utilizando protocolos de comunicação. Neste contexto, este trabalho explora o uso de SMA focado no conceito de autonomia e interação, atuando em um sitema de gerenciamento acadêmico, capaz de realizar o acompanhamento da trajetória profissional e rendimento educacional dos alunos. Assim, o objetivo desse trabalho consiste em utilizar uma abordagem que tem sido proposta para a análise e projeto, a Metodologia para a Análise e Projeto de SMA utilizando Framework de Desenvolvimento de Agentes Java (JADE) que, considera a etapa de análise genérica, enquanto a fase de concepção concentra-se nas construções fornecidas pelo JADE, a Modelagem Unificada de Agentes (AUML) é o componente principal da metodologia proposta, os diagramas desenvolvidos são apresentados neste trabalho. Todos os aspectos mais importantes analisados durante o projeto do SMA estão descritos, evidenciando a importância de cada um deles. Cada protocolo proposto foi implementado e avaliado, os resultados obtidos durante as experimentações realizadas considerando cenários váriados demonstram a importância do uso da metodologia utilizada e a funcionalidade dos protocolos propostos.

Palavras-chave: Agentes inteligentes. Sistemas multiagentes. AUML. JADE. FIPA.

Downloads 67  67  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Instituto Lactec  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Um Estudo do Programa PDE/PR: Anotações sobre os Avanços, Limites, e Poss Versão: PDF
Atualização:  4/1/2019
Descrição:
CASTRO, Carmen Lucia Porto de

O poema "Nosso Tempo", de Carlos Drummond de Andrade, proporciona um repensar, sobre o tempo sociohistórico, em que se vive. Um repensar que reflete sobre a efemeridade da vida de homens/mulheres na terra. Do mesmo modo, que se evidenciam as vicissitudes, os momentos, os avanços, limites e, as possibilidades, os sujeitos humanos, percebem-se impulsionados a agir. E a agir, por um agir que os mova e, os provoque à ação, uma ação que realize inferências e, que é capaz de qualificar socialmente o caminhar pessoal e profissional de todos. E, a partir da releitura do poema, percebe-se o esforço do poeta, em demonstrar que, os momentos sociohistóricos se reproduzem, revelando à fragmentação/recomposição, à resignação/protestação e à alienação/politização no qual o sujeito histórico se encontra. A vida aguarda-lhe e exige-lhe uma tomada de consciência/posição, de decisão/posição política. Nesse viés, compreende-se a importância do estudo da temática, Programa de Desenvolvimento da Educação, o PDE/PR, a partir da determinação em se conhecer à visão/percepção que os Coordenadores/Coordenações PDE/NRE/PR, têm do processo de formação continuada em serviço dos professores da educação básica paranaense. Portanto, o programa foi o objeto de investigação e os Coordenadores/Coordenações PDE/NRE/PR, os representantes do PDE/PR, nos Núcleos Regionais de Educação. Portanto, conhecer a trilha formativa do Programa de Desenvolvimento da Educação Paranaense, o PDE/PR, expressa no desenho do Plano Integrado de Formação Continuada, o PIFC, potencializou a produção de um novo conhecimento sobre o PDE/PR, a partir de uma importante representação do ato formativo, a sua matriz formativa: política, pedagógica, avaliativa, sociohistórica, dentre outras. Em síntese, a ação propositiva desse trabalho dissertativo foi a de analisar/compreender a política pública, o PDE/PR, direcionada especificamente, para os professores atuantes na educação básica da rede estadual paranaense, no marco 2003 a 2015, mais especificamente, na trajetória formativa das Turmas PDE/PR 2007 a 2015.

Palavras-chave: PDE/PR. Histórico.

Downloads 7  7  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNOCHAPECÓ  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 (9) 10 »