Educadores

Ínicio : Pedagogia : Dissertações : Produções de Profissionais da Seed: Dissertações : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A Educação Multicultural na Perspectiva de Peter McLaren Versão: PDF
Atualização:  14/1/2019
Descrição:
MANFREDO, Yasmin Coelho Figueiredo

Esta pesquisa buscou compreender a proposta de educação multicultural na perspectiva do educador canadense Peter McLaren, para quem a educação escolar e a práxis docente devem ser compreendidas a partir de uma vertente crítica para a construção de um multiculturalismo revolucionário que promova, de fato, a transformação social. Para tanto, buscamos compreender o advento do movimento multiculturalista e sua relação com a educação. Também abordamos a polissemia do termo e os seus diferentes usos, para, em seguida, situarmos o referido autor e sua proposta de educação multicultural. O desenvolvimento da pesquisa realizou-se a partir da reconstrução da trajetória intelectual, seguida da análise crítica das obras de Peter McLaren. Crítico ferrenho do capitalismo e da globalização, McLaren denuncia que o projeto neoliberal tem voltado os olhos para a educação escolar como forma de reconfigurar as relações de exploração e dominação da classe trabalhadora. Nesse sentido, defende que os processos que envolvem as relações de classe, etnia, gênero devam ser pensados organicamente, posto que estas últimas podem introduzir mudanças nas condições para as transformações nas primeiras, ou seja, a análise de classe deve incluir os processos sociais e culturais. Em se tratando da cultura dos grupos subalternos ou marginalizados, é fundamental que suas vozes sejam ouvidas para que a educação escolar não continue a cumprir apenas uma função reprodutiva da escolaridade na sociedade capitalista tardia.

Palavras-chave: Peter McLaren. Multiculturalismo. Pedagogia crítica. Ensino.

Downloads 29  29  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unespar  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A Educação não-formal praticada por movimentos sociais e suas implicações para identidade da comu Popular Versão: PDF
Atualização:  9/4/2018
Descrição:
MEIRA, Antonio Michel Kuller

Esta pesquisa tem como tema o processo de educação não formal em comunidades tradicionais de faxinais, que representam uma cultura típica da região centro sul do estado do Paraná, Brasil, tendo como eixo de análise a educação não formal praticada pelo Movimento Aprendizes da Sabedoria- MASA e Articulação Puxirão dos Povos Faxinalenses-APF, na comunidade de faxinal Marmeleiro de Baixo, no Município de Rebouças, Estado do Paraná. Como objeto de estudo, busca entender os processos de ensino aprendizagem da educação não formal, se esta colabora para o fortalecimento da identidade faxinalense. Ao longo da história, esses grupos tiveram suas identidades negadas, vivendo uma invisibilidade social, sendo muitas vezes marginalizados e expropriados por manter um modo de vida tradicional, isso colaborou para o enfraquecimento de diversas práticas e conhecimentos tradicionais, com risco de desaparecimento devido ao grande processo de repressão e de desterritorialização da comunidade. Assim, a pesquisa analisa o processo de educação não formal por meio da investigação de documentos produzidos pelos movimentos, como: Cartilhas, Fascículos, Boletim, Relatórios, Leis e Decretos, buscando compreender como se deu práxis educativa desses movimentos e suas implicações para o fortalecimento da identidade de Faxinalense. A pesquisa tem enfoque teórico sobre as transformações ocorridas na comunidade, os conceitos de educação não formal e um trabalho específico de análise dos documentos nas diversas dimensões da educação não formal; mostrando ainda a importância de processos educativos dos movimentos sociais, pautados em conteúdos dialogados diretamente com os sujeitos que participam da educação não formal.

Palavras-Chave: Faxinais. Educação não-formal. Movimentos Sociais.

Downloads 265  265  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicentro  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A educação rural no Brasil e no Paraná nos anos 50 e a materialização no curso normal regional de Gu Popular Versão: PDF
Atualização:  21/6/2016
Descrição:
PALHANO, Isabel Castilho

A presente dissertação historiciza o período brasileiro do pós-guerra, contexto de reorganização mundial das grandes potencias capitalistas. Momento em que o discurso liberal da universalização dos direitos humanos apresenta a educação como uma das prioridades frente às exigências do mundo capitalista. No Brasil o discurso de modernização atribui à educação rural a responsabilidade de superação do atraso econômico, princípio que leva a criação de programas e cursos específicos para este meio. Neste contexto a referida pesquisa analisa as contradições presentes nas propostas de formação para professores rurais dos anos 50 por meio do pensamento curricular. Considerando um período histórico desde 1945 até 1964, evidencia, além das contradições do contexto educacional, também o econômico, político e social. Com ênfase na efetivação das políticas de Estado orientadas pelos organismos internacionais. Como que essas políticas se efetivaram em nível nacional, estadual e guarapuavano? Quais concepçôes filosóficase ideológica fundamentaram as reformas de ensino implementadas no Curso Normal Regional? Para responder essas indagações,além do referencial teórico,analisam-se documentos que orientaram as propostas dos cursos de formação de professores dos anos 50 em nível nacional, estadual; como também os diários de classe do Colégio Belém, em Guarapuava-PR; fragmentos de jornais da época; mensagens e relatórios de governadores. Evidencia-se que dentro do discurso modernizante o país assume o modelo político do nacional-desenvolvimentismo, gerando demandas por mudanças educacionais. No entanto, entre avanços e rupturas dessas mudanças explicita-se a contradição da coexistência de conteúdos da psicologia cognitivista e da pedagogia enciclopedista (verbal memorística), pois se privilegiam conteúdos escolanovista com metodologias conservadoras, portanto, são reflexos correspondentes aos ideais do pensamento pedagógico nacional e estadual que se efetiva em Guarapuava. Enquanto na educação rural, diante das contradições explicitadas, evidenciam-se elementos que se apresentam como instrumentos da luta da classe trabalhadora do campo, como a alfabetização e o surgimento de sindicatos. Mas, contraditoriamente o período do desenvolvimentismo redimensionou-se para um capitalismo dependente “centro-periferia” que tem acirrado a exploração e a precarização do trabalho enquanto produção humana.

Palavras-chave: Nacional-desenvolvimentismo. Educação rural. Curso normal regional. Pensamento curricular.

Downloads 293  293  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNICENTRO  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A Escolarização e o Tempo na Vida das Trabalhadoras/Estudantes do Ceebja de Irati-PR Popular Versão: PDF
Atualização:  9/10/2017
Descrição:
MAROCHI, Ana Claudia

Esta dissertação tem por objetivo analisar os sentidos dos usos do tempo e da escolarização a partir das percepções das trabalhadoras/estudantes do CEEBJA, na cidade de Irati, Paraná. Entendemos que as trabalhadoras/estudantes, sujeitas desta pesquisa, precisam organizar o tempo entre o trabalho remunerado, estudos e cuidados com a casa e família para que possam retornar à escola e dar continuidade aos estudos e que esta organização demandou e demanda para estas mulheres escolhas ao longo da vida. A modalidade de ensino EJA tem como proposta o atendimento de uma parcela da população que está fora da idade considerada correta para cada nível de educação e que por diversos motivos tiveram que abandonar a escola, sendo que, no caso desta pesquisa, o cuidado com a casa e com os filhos foi o principal motivo declarado por elas. Para analisar e compreender quais caminhos estas mulheres percorreram e como suas escolhas influenciaram ou não no tempo para os estudos, bem como os sentidos que a escolarização tem para elas, foi preciso compreender a realidade em que vivem. Desta forma, o pressuposto metodológico da pesquisa é a teoria social de Marx e sua contribuição em relação ao conceito de trabalho, bem como da categoria de totalidade, compreendida como o complexo das relações sociais entendidas em suas determinantes e correlações, dinâmicas e contradições. Como instrumentos da pesquisa foram utilizados, em um primeiro momento, a coleta de dados quantitativos por meio da aplicação de 95 questionários para todas as estudantes que estavam presentes às aulas nos três turnos durante uma semana. Após esta primeira abordagem foram entrevistadas em profundidade sete trabalhadoras/estudantes do CEEBJA-Irati. A entrevista teve como propósito dar voz aos relatos de suas vivências sobre a tripla jornada diária entre o trabalho produtivo, reprodutivo e a escola e que sentido a escolarização tem para elas. A partir destas entrevistas quatro categorias foram delimitadas: 1) A família: ponto de partida e de chegada; 2) As violências na vida das Marias; 3) Resiliência e a decisão de seguir em frente; e 4) Trabalho, escolarização e cuidados: percepções do tempo na vida das Marias. Os dados empíricos mostraram que para estas mulheres estar na escola significa uma retomada de vida, uma valorização pessoal e como mulher, mas também os dados deixam claro que a família é a grande mediadora dos usos do tempo.

Palavras-chave: Trabalho e Educação. Patriarcado e capitalismo. EJA e mulheres trabalhadoras. Usos do tempo. Trabalho reprodutivo.

Downloads 696  696  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicentro  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A Formação na Escola pelo Progama Pacto Versão: PDF
Atualização:  14/1/2019
Descrição:
DUARTE, Volmar

Com vivência prática na educação, por mais de 15 anos, encontramos várias situações preocupantes, como a falta de motivação dos estudantes para os estudos, índices elevados de evasão escolar e número considerável de aprovações por conselho de classe como forma de ludibriar o índice de reprovação, o qual seria bastante elevado. Esses fatores têm dificultado, consideravelmente, o alcance das expectativas, para atingir no processo de ensino e aprendizagem. Diante desse quadro, com o desenvolvimento da presente pesquisa, ancorada em um estudo de caso, apresentamos as atribuições, perspectivas e limites de um Programa de Formação Continuada de Professores, conforme trâmites propostos pelo Ministério da Educação (MEC) denominado: Pacto Nacional Pelo Fortalecimento do Ensino Médio. O propósito da pesquisa contempla o seguinte questionamento: Como o Pacto Nacional Pelo Fortalecimento do Ensino Médio contribuiu para mudanças no trabalho pedagógico dos professores? Os lócus da pesquisa foi o Colégio Estadual Padre Anchieta de Salgado Filho - PR (CEPA), instituição escolar que vive sua realidade educacional não diferente das demais escolas brasileiras, no que se refere ao processo de ensino e aprendizagem. Um dos principais objetivos do Pacto consiste atingir a formação integral dos estudantes do Ensino Médio (EM), proporcionando-lhes condições e possibilidades de construção do conhecimento para autonomia e cidadania. Portanto, os resultados da presente pesquisa objetivam analisar os objetivos do Pacto Nacional Pelo Fortalecimento do Ensino Médio na visão dos professores do EM, dos pedagogos, do diretor e das professoras das Instituições de Ensino Superior (IES) para verificarmos os resultados, por meio da implantação desta formação dos professores, nessa instituição escolar. A metodologia foi fundamentada, principalmente, no estudo de caso, idealizado por Yin (2010), pela relevância que apresenta no que se refere às formas de analisar determinada política educacional, neste caso, a formação de professores e os possíveis resultados no trabalho pedagógico. Além da análise das obras de 10 (dez) Cadernos utilizados durante a formação dos professores pelo Pacto, utilizamos como base para fundamentação teórica, Bernard Charlot, Marilena Chauí, Maria Ciavatta, Antonio Gramsci, Francisco Imbernon, dentre outros. Com essa base, avaliamos os desdobramentos e os resultados deste Programa de Formação de Professores trabalhando com 17 professores do Ensino Médio, os quais participaram da formação pelo Pacto, com 4 (quatro) membros da equipe pedagógica, sendo 3 (três) pedagogos e 1 (um) diretor/gestor e mais 3 (três) professoras de Instituições de Ensino Superior (IES) que participaram da execução do referido Programa de Formação de Professores.

Palavras-chave: Formação de professores. Programa Pacto. Trabalho Pedagógico.

Downloads 28  28  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unioeste  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A Gestão do Currículo Escolar para a Educação em Tempo Integral Popular Versão: PDF
Atualização:  23/4/2018
Descrição:
PROVIN, Willie Anne Martins da Silva

Com o objetivo de refletir sobre as condições existentes para a gestão do currículo da escola pública em tempo integral, assim como seus impasses e desafios, este estudo analisa a estreita articulação das concepções dos termos gestão escolar, currículo escolar e educação integral com a implantação de uma educação em tempo integral nas escolas públicas estaduais do Estado do Paraná. A partir da análise das experiências já realizadas no país, assim como da análise das concepções de gestão escolar, currículo escolar e educação em tempo integral presentes nos documentos oficiais norteadores das políticas educacionais brasileiras, foi possível compreender e apresentar os motivos pelos quais as propostas já realizadas para a educação em tempo integral no Brasil ainda apresentam fragilidades e equívocos e relação à sua finalidade e modalidades de oferta. Diante das reformas educacionais realizadas pelo Estado, que levaram à educação pública algumas práticas de gestão empresarial em detrimento dos princípios democráticos como autonomia e participação efetiva da comunidade, torna-se necessária a mudança para uma abordagem inovadora que forneça os elementos necessários à emancipação da educanda e do educando. Com o auxílio dos estudos de autores como SANTOMÉ (2015), APPLE (1999), SILVA (2015), PARO (1988; 2015), LIBÂNEO (2012; 2015), DEMO (2009), FREIRE (2015; 2016), GENTILI (2013; 2015), EVANGELISTA e TRICHES (2012) e EVANGELISTA e SHIROMA (2004; 2006), foi possível compreender as reais intenções que cercam as políticas públicas para uma educação em tempo integral no Estado. Para o desenvolvimento desta pesquisa, além da análise bibliográfica e documental, adotou-se uma abordagem qualitativa subsidiada com os dados obtidos mediante aplicação de questionário aos diretores e diretoras de 12 unidades escolares do município de Curitiba, da região central. Com o intuito de conhecer as reais condições de trabalho para compreender o papel destes na gestão do currículo da educação em tempo integral nas escolas estaduais de Curitiba, foi utilizado como referência o estudo de Judith Bell (2008) e sua metodologia para análise de conteúdo. A partir desta análise, é possível concluir que não existe nos documentos oficiais analisados uma possibilidade concreta de superação dos problemas existentes na educação pública brasileira, que não seja apenas da ordem econômica. Diante desta constatação, será necessário ocorrer uma mudança do enfoque dado nestes documentos oficiais para uma abordagem transformadora que, principalmente, forneça os elementos necessários à emancipação e à formação do ser humano, assim como propiciar as condições para a implantação de uma educação em tempo integral.

Palavras-chave: Gestão escolar. Currículo escolar. Educação integral. Educação em tempo integral.

Downloads 316  316  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUCPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A Implementação do PDE Escola no Município de Londrina e as Implicações à Democratização da Gestão E Popular Versão: PDF
Atualização:  5/6/2017
Descrição:
RODRIGUES, Gisele de Paula

As políticas educacionais brasileiras, implementadas a partir da década de 1990,foram fortemente influenciadas pelo ideário neoliberal e pelas prescrições dosOrganismos Multilaterais, que direcionaram o processo de Reforma do Aparelho doEstado, empreendido pelo governo Fernando Henrique Cardoso, e acarretaram aadoção do modelo gerencial no âmbito da administração pública. O Plano deDesenvolvimento da Escola foi concebido em tal governo, no contexto do Fundescola, como uma ferramenta de planejamento estratégico a ser desenvolvida pelas escolas públicas com o intuito de melhorar os resultados e fortalecer a gestão.
Oriundo de um acordo internacional de financiamento entre o Ministério da Educação e o Banco Mundial, o Programa foi direcionado às regiões prioritárias do país que demonstraram menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH). Relançado no governo Lula, incorporado ao Plano de Desenvolvimento da Educação, tornou-se um Programa nacional, disponibilizado a todas as escolas públicas que apresentaram Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) abaixo da média nacional. Neste contexto foi divulgado como um Programa de apoio à gestão escolar, baseado no planejamento participativo, com o objetivo de fortalecer a gestão democrática e melhorar a qualidade do ensino. A presente pesquisa buscou promover uma análise acerca do processo de implementação do Programa em duas escolas municipais de Londrina, que executaram a política no biênio 2015/2016, com a finalidade de compreender as implicações do mesmo ao processo de democratização da educação, em especial, à gestão escolar. Com este intuito, procurou-se identificar como os sujeitos interpretaram e traduziram a política no chão da escola, bem como, os modelos de gestão expressos pelo Programa e os limites e possibilidades apresentadas em relação ao fortalecimento da gestão democrática e melhoria da qualidade do ensino. A investigação inseriu-se em uma abordagem qualitativa de pesquisa, na qual foram eleitos como procedimentos de coleta de dados: a pesquisa bibliográfica, a análise documental e a realização de entrevistas. Para interpretar a política de forma articulada ao seu contexto, vislumbrando seus desdobramentos, mediações e contradições, utilizou cinco categorias que têm a base no materialismo, sendo elas: contradição, totalidade, reprodução, mediação e hegemonia. Os resultados obtidos acenaram que o PDE Escola contribuiu com a melhoria das condições materiais das escolas, no entanto, não se configurou como uma ferramenta de gestão capaz de fortalecer uma gestão mais democrática e participativa na medida em que preservou uma lógica gerencialista, ancorada nos pressupostos neoliberais e nas prescrições dos Organismos Multilaterais, notadamente o Banco Mundial.

Palavras-chave: Política educacional. Gestão escolar. PDE escola.

Downloads 177  177  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A infância vai à escola: representações sociais de professores de educação infantil e anos inicias d Popular Versão: PDF
Atualização:  21/6/2016
Descrição:
FERREIRA, Keli Cristina da Silva

A presente pesquisa sobre representações sociais de professores da Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental sobre infância, criança e aluno tem como objetivo identificar a representação social destes professores tendo como referência a Teoria das Representações Sociais e a Teoria do Núcleo Central propostas, respectivamente, por Serge Moscovici e Jean-Claude Abric. A relevância da Teoria das Representações Sociais (TRS) no campo da educação é indiscutível (ALVES-MAZZOTTI, 1994; MADEIRA, 2003) por possibilitar a análise dos fenômenos educativos, focalizando o papel que conjuntos organizados de significações sociais desempenham (GUILLY, 2001). Entre as atividades imprescindíveis a quem realiza pesquisa estão as de levantamento bibliográfico para a revisão da literatura pertinente ao seu estudo (WITTER, 1992), as quais não precisam gerar produtos, como os classificados como estados de arte (ROMANOWSKI; ENS, 2006). Situado nesta perspectiva, este trabalho apresenta um acercamento a dois tipos de produção científica sobre representações sociais (RS) de infância, criança e aluno, realizadas para certificação em programas de stricto sensu (dissertações e teses),disponíveis no portal da CAPES, e de artigos publicados no SciELO. As leituras realizadas permitem endossar dimensões reconhecidas em outras análises sobre a TRS, como as de sua fecundidade e transversalidade, pelo volume da produção verificada nas diversas áreas do conhecimento e multiplicidade de possibilidades metodológicas que viabiliza. Realizou-se também a coleta de dados com 37 professores e estagiários que atuam na Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental de uma escola pública de Londrina, sobre os indutores “infância”, “criança” e “aluno”,utilizando como instrumento de coleta de dados um questionário sócio demográfico e três testes de evocação livre de palavras respectivamente. O processamento das informações foi realizado com o auxílio do software Ensemble de Programmes Permetettantt’s l’Analyse des Evocations (EVOC), o qual dispõe em quadrantes a estrutura da organização do conte, distribuindo-os pelo provável núcleo central e sistemas periféricos. Processamos os dados referentes aos indutor “infância”, “criança” e “aluno”, como resultado desta pesquisa, identificamos que, por meio do processamento dos dados pelo EVOC,o provável núcleo central de “Infância” e “criança”é brincar e alegria, pois o brincar prevê a utilização de práticas agradáveis e adequadas às crianças, capazes de fazer acontecer o aprendizado das coisas que lhes são importantes e naturais e que respeitam as características próprias das crianças, seus interesses e esquemas próprios de raciocínio, trazendo divertimento e alegria ao seu mundo. No indutor “aluno” o provável núcleo central é “aprender” relacionado mais ao contexto escolar.

Palavras-chave: Representações sociais. Professores. Infância.Criança. Aluno.

Downloads 136  136  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A inserção da esfera privada no âmbito da esfera pública: uma análise da gestão no estado do Paraná Popular Versão: PDF
Atualização:  21/6/2016
Descrição:
CAMPOS, Vilma dos Santos Militão de

A década de 90 se configurou num importante marco histórico devido à sua conjuntura construída sob os princípios do neoliberalismo. Nesse período, o Paraná foi também assolado pelas políticas neoliberais, assim como todo o país, cujo processo de reforma foi inaugurado no governo de Collor e perpetuado por FHC. No Paraná, durante o governo Lerner, o resultado dessas políticas foi um período intenso de privatizações de empresas estatais, terceirizações, descentralização de obrigações e desresponsabilização do Estado, controle fiscal, redução e extinção de direitos sociais adquiridos, etc. O Estado foi marcado por uma forte influência e intervenção dos organismos internacionais, sob um discurso pautado na democracia, num modelo de gestão compartilhada. Em 2003, assumem Lula como presidente do Brasil e Requião como governador do Paraná até 2010. Instaura-se assim a promessa de “mudança” para romper com os ditames neoliberais que vinham assolando o país e o Estado. A partir desse momento, o Paraná passou a vivenciar um novo tipo de regulação, que, apesar do discurso de descentralização, a política educacional tem sua formulação e gestão centralizada na SEED. Tomando por base tal contexto, esta dissertação objetivou compreender se os mecanismos de inserção da lógica privada na organização da esfera pública foram evidenciados no Governo Requião e se ocorreram rupturas em relação ao Governo Lerner, bem como por meio de quais mecanismos se expressou esse modelo de gestão escolar implementado no Estado do Paraná, cujo recorte temporal circunda o período de 2003 a 2010. A metodologia envolveu pesquisa bibliográfica, análise documental e entrevistas com um representante da SEED e representante da APP, os quais desempenharam as suas funções durante o período estudado. Consideramos que o governo de Requião se propôs ser democrático e buscou se contrapor à concepção neoliberal e mercadológica da gestão, financiada pelos Organismos Internacionais, anteriormente expressa na realidade do país e do Estado. Nesse sentido, dois documentos do seu governo expressaram essa busca: a construção do PEE (2003-2006), enquanto política de Estado, como inicialmente foi apresentada; e o PDE Escola Estadual (2007 - 2010), enquanto ferramenta de gestão.O processo de construção do PEE/PR criou momentos e elementos importantes na busca de uma educação pública de qualidade, contudo, não alterou as bases que historicamente movem os direcionamentos das políticas educacionais. O PDE Escola Estadual, resultando de uma “remodelagem” do PDE do MEC, embora apresentasse uma concepção crítica de educação não conseguiu eliminar as suas bases fundamentadas no modelo sistêmico de gestão. Portanto, no governo Requião houve rupturas e continuidades com um projeto societário dependente e favorável ao capital. Representou avanços significativos na educação por meio das políticas de gestão, amparado em momentos de participação dos sujeitos rumo à construção de um projeto próprio de educação para o Estado, esbarrando, contudo, em limites nacionais e do seu próprio governo que fez com que não provocasse alterações profundas, promovendo mudança na aparência e não na essência da gestão, que historicamente carrega em si a concepção de educação pública sob a lógica privada como alternativa para a qualidade educacional.

Palavras-chave: Estado/Paraná. Público/privado. Políticas Educacionais/Gestão.

Downloads 257  257  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicentro  Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A libras como elemento de acessibilidade informacional para o surdo no mercado de trabalho Popular Versão: PDF
Atualização:  21/6/2016
Descrição:
MEZZARI, Vanessa Caroline

Vygotsky afirma que a aprendizagem acontece por meio da interação social, mediada por instrumentos e signos, sendo que o principal signo é a linguagem (MOREIRA, 2011). A língua oral é compartilhada pelos ouvintes, enquanto a língua de sinais é compartilhada pelas pessoas surdas; assim surdos e ouvintes, geralmente não compartilham uma língua com um, não interagindo, nem mesmo despertando o compartilhamento de informações e consequente aprendizado. Uma das possibilidades de se garantir o aprendizado é por meio do acesso e uso da informação, que levam de forma subjacente à escolarização, qualificação e inserção no mercado de trabalho. Pesquisa exploratória e descritiva, de natureza aplicada, do tipo mista. Utilizou-se no método de pesquisa uma survey com questões direcionadas aos surdos de Foz do Iguaçu com idade entre 15 e 59 anos. Acrescida de entrevistas com empresas e de outro questionário com professores de surdos da mesma cidade. A amostragem é não probabilística, do tipo intencional. Este estudo analisa a acessibilidade informacional do surdo, bem como sua inserção no mercado de trabalho por meio do uso da Libras. Mapeia as políticas públicas e legislação vigente no Brasil que beneficiam a inclusão social do surdo. Investiga a Libras como elemento de interação social e consequente aprendizagem. Mapeia os motivos que levam o surdo ingressar ou não no mercado de trabalho. Enumera os fatores motivadores da entrada ou não do surdo no mercado de trabalho, pelo viés das empresas. Investiga, sob a ótica dos professores, a realidade vivenciada pelo aluno surdo em sala de aula, que, mesmo de forma subjacente, modifica sua inserção no mercado de trabalho. Os principais resultados levantados foram: importância da língua de sinais na interação do surdo em sociedade; falta de qualificação do surdo como elemento que motiva o seu não ingresso ao mercado de trabalho; falta de comunicação entre surdos e ouvintes como dificuldade no momento de contratar o surdo; dificuldades dos surdos no domínio da Língua Portuguesa; acesso à informação desigual entre surdos e ouvintes; Ensino Médio insuficiente na preparação para o mercado de trabalho; e lei como dispositivo de inclusão social. Conclui que o não compartilhamento de uma língua comum entre surdos e ouvintes é a principal dificuldade enfrentada pelo surdo em sociedade e consequentemente
na sua inserção no mercado de trabalho, visto que impede que o acesso e o uso da informação por parte do surdo aconteça de forma espontânea e eficaz. A disseminação da Libras entre os ouvintes é uma das formas de minimizar as barreiras enfrentadas pelos surdos. Empresas, surdos e professores já compartilham este entendimento da importância da língua de sinais para a interação social do surdo, gerando aprendizagem e inserção no mercado de trabalho.

Palavras-chave: Libras. Uso da informação. Mercado de trabalho. Aprendizagem.

Downloads 106  106  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 (3) 4 5 6 7 8 9 10 »