Educadores

Ínicio : Ciências : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (16)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do menos para o mais procurado)

Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!Avaliação da obrigatoriedade do zoneamento ecológico-econômico, no contexto do licenciamento ambien Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
ATTANASIO, Gabriela Müller Carioba

O zoneamento ambiental, um dos instrumentos da lei da Política Nacional do Meio Ambiente (Lei 6.938/81), foi regulamentado pelo Decreto nº 4.297/02, com a denominação de zoneamento ecológico-econômico e tem se evidenciado como uma ferramenta importante de gestão e planejamento ambientais, dotada de aptidão para realizar caracterização e diagnóstico ambientais de determinado espaço, de acordo com a sua capacidade de suporte. Com essa característica, pode ser utilizado com eficiência no licenciamento ambiental de atividades potencialmente degradadoras do meio ambiente, dotando o órgão licenciador de subsídios importantes para decidir sobre a viabilidade ambiental de um determinado empreendimento ou atividade. A caracterização e diagnóstico ambientais, produtos do zoneamento ecológico-econômico, também darão maior agilidade e dinamismo ao estudo de impacto ambiental, na medida em que permitem a identificação da melhor alternativa locacional do empreendimento, reduzindo a necessidade de adoção de medidas mitigadoras. O Decreto 4.297/02, em consonância com os dispositivos constitucionais e princípios fundamentais de proteção ao meio ambiente, bem como com as finalidades objetivadas pela lei da política nacional do meio ambiente, prevê que zoneamento ecológico-econômico é um instrumento de produção obrigatória pelo poder público, nas hipóteses por ele mencionadas. Contudo, pode haver questionamentos quanto à forma em que a obrigatoriedade foi veiculada (por meio de decreto) e se ele seria obrigatório somente nos casos em que já tivesse sido executado, pois, aparentemente, o decreto teria feito uma ressalva nesse sentido. Desta maneira, a discussão a respeito do dever de sua elaboração imediata se mostra relevante para que a implementação deste importante instrumento possa ser exigida do Poder Público.

Palavras-chave: Desenvolvimento Sustentável. Estudo de Impacto Ambiental. Gestão Ambiental. Licenciamento Ambiental. Planejamento Ambiental. Zoneamento Ecológico-Econômico.

Downloads 556  556  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!Caracterização das emissões de gases de efeito estufa por veículos automotores leves no Estado de SP Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
BORSARI, Vanderlei

O aquecimento global resultante do aumento nas concentrações de gases de efeito estufa (GEE) é um dos principais problemas ambientais que o mundo enfrenta atualmente. Atividades humanas estão alterando a composição da atmosfera através da emissão de GEE, particularmente dióxido de carbono (CO2), metano (CH4), óxido nitroso (N2O). Os veículos automotores são uma importante fonte de emissão desses gases, tanto diretamente, através da emissão de gases pelo escapamento, como também através das emissões oriundas do processo de produção e manipulação dos combustíveis usados pelos mesmos. Objetivo. Obter, de uma amostra de veículos típicos da frota do estado de São Paulo, os valores da emissão dos principais gases de efeito estufa (CO2, CH4, N2O) presentes no gás de escapamento de veículos leves de passageiros equipados com motores de ignição por centelha (ciclo Otto), utilizando os combustíveis gasool 22, AEHC e GNV. Métodos. Os veículos foram ensaiados em dinamômetro de chassis, seguindo ciclo de condução e amostragem dos poluentes conforme Norma ABNT NBR 6601, para medição da emissão de escapamento; e pela Norma ABNT NBR 11481, adaptada para a medição das emissões fugitivas de metano. Além dos métodos de análise dos gases prescritos nestas Normas, foram utilizados os métodos FTIR (Fourier Transform InfraRed) para medição de CO2, CH4 e N2O e NDIR (Non Dispersive InfraRed) para medição de N2O. Resultados. As emissões médias, em g/km, de GEE presentes no gás de escapamento dos veículos ensaiados foram, respectivamente para os veículos movidos a AEHC, gasool 22 e GNV, de 193,1, 193,5 e 170,9 para o CO2; 0,050, 0,051 e 0,590 para o CH4 e 0,017, 0,068 e 0,033 para o N2O. A emissão fugitiva média de CH4 devido a vazamentos no sistema de alimentação dos veículos movidos a GNV ensaiados foi de 0,0412 g/hora. Conclusão. Embora o principal gás de efeito estufa emitido diretamente por automóveis seja sem dúvida o CO2, os gases CH4 e N2O podem contribuir de maneira significativa para a emissão total de GEE e por isso não podem ser desprezados. Apesar de a emissão de GEE por veículos ser apenas uma fração do total da emissão global, o aumento da frota mundial de veículos pode tornar essa fonte de emissão cada vez mais significativa.

Palavras-chave: Aquecimento Global. Emissão Veicular. Gases de Efeito Estufa.

Downloads 600  600  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma FSP  Site 
Avaliação: 5.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!Leituras dos Professores de Ciências do Ensino Fundamental sobre as Histórias da Ciência Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
FLÔR, Cristhiane Cunha

Neste estudo enfatizo as leituras que os professores de ciências do ensino fundamental apresentam sobre as histórias da ciência. Utilizando como principal referencial teórico a análise do discurso da linha francesa, me propus a buscar junto a cinco professores de ciências do ensino fundamental suas leituras sobre as histórias da ciência, ou seja, quais os sentidos são atribuídos sobre esse tema, quais são suas fontes de leitura e suas possíveis contribuições para promover uma melhoria no ensino de ciências. A forma de olhar para as entrevistas está baseada na compreensão de que a linguagem não é transparente, que os sentidos para um texto não são dados e nem estão à espera de serem descobertos, pois estes são construídos pelos leitores dependendo das condições de produção dessas leituras. O perfil observado nos entrevistados mostrou que são professores abertos a inovações no ensino de ciências, principalmente àquelas de ordem metodológica. A análise das entrevistas semi-estruturadas evidenciou que as fontes de leituras sobre o tema apontam predominantemente para o livro didático, as enciclopédias e os trabalhos extraclasse feitos pelos alunos, onde há uma história geralmente voltada a biografias rápidas, nomes e datas de “heróis” da ciência, algo que está pronto, acabado e linear. Diante desta leitura, os professores não vêem muitos benefícios na utilização de abordagens históricas no ensino de ciências, confundindo a história da ciência com “dar aulas” de história. Por outro lado, fazem uma conexão entre a utilização de abordagens históricas e os vínculos entre ciência, tecnologia e sociedade (CTS), mostrando uma leitura diferente da anterior, mais voltada aos rumos atuais da educação em ciências. De qualquer forma, uma das contribuições desta dissertação é apontar para a necessidade da utilização de abordagens históricas da ciência nos cursos de formação inicial e continuada de professores, a fim de que estas possam chegar às escolas.

Palavras-chave: História da Ciência. Ensino de Ciências. Leituras. Análise do Discurso.

Downloads 624  624  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!Atividades práticas na 8ª serie do Ensino Fundamental: luz numa abordagem regionalizada Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
FILHO, Benigno Barreto

Este projeto de pesquisa propõe a análise do ensino de Ciências, em nível fundamental, com foco nas atividades práticas, aqui entendidas como modalidades de procedimento que visam buscar informações, como nos casos da observação ambiental, da observação laboratorial, e complementadas pela da leitura, da escrita, do dialogar com colegas e professor e que desenvolvidas de forma a se complementarem podem propiciar ao aluno, a possibilidade de chegar à internalização do conhecimento formal. O conteúdo em estudo tem como tema “Alguns fenômenos produzidos pela luz” e o seu desenvolvimento ocorre em etapas que se complementam: A busca de ideias prévias do aluno, valorizando os fenômenos ambientais e condições sócio culturais. – A experimentação realizada no laboratório, na busca de informações no sentido de, inclusive, estabelecer comparações entre o fenômeno e a forma de representá-lo. – A sistematização e a aplicação dos conhecimentos sistematizados. É significativo evidenciar que esta pesquisa ocorre numa escola pública estadual em Ilha bela, região litorânea de São Paulo, onde as especificidades econômicas e sócio culturais se acentuam quando comparadas com as de outras regiões do Estado. Notadamente, esta realidade está presente na pesquisa, ao identificar e analisar a importância das atividades práticas, no sentido de gerar reflexões que podem facultar a possibilidade de reconhecer as “ideias prévias” e a linguagem, que o aluno já vem elaborando dentro de um contexto sócio cultural específico.

Palavras-chave: Atividades práticas. Ensino fundamental. Abordagem regional.

Downloads 626  626  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!O Ensino de Ciências na Problemática da Contradição ou Coexistência entre Ciência e Religião Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
JORGE, Maria Tereza Soler

Neste trabalho se analisa o papel do ensino de Ciências na problemática da contradição ou coexistência entre ciência e religião. Trabalhando como professora de química no CEFAM (Centro Específico de Formação e Aperfeiçoamento do Magistério Campinas), a observação do comportamento dos alunos pentecostais - passivos frente a idéias científicas abordadas no meu ensino que contradiziam suas crenças religiosas - motivou-me a investigar como tais alunos enfrentam o conflito entre concepções sobre os fenômenos da natureza, ensinados nas aulas de Ciências, e as idéias e crenças desenvolvidas por meio de sua formação religiosa. Por intermédio de entrevistas com esses alunos e da análise de participações em um debate sobre Teorias da Evolução constatei que eles convivem de forma não-conflituosa com idéias científicas e religiosas. Isso porque para eles as explicações científicas são importantes para resolver problemas do dia-a-dia, enquanto que as concepções religiosas fornecem as explicações para as questões de valores e para as finalidades da existência.

Downloads 713  713  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP  Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!Leitura no Ensino de Física: Concepções, Sentidos, Possibilidades e Dificuldades Segundo o Olhar dos Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
LEITE, Álvaro Emílio

Neste trabalho procuramos entender os sentidos e concepções subjacentes as praticas dos professores quando realizam atividades de leitura em aulas de Física, bem como discutir as possibilidades e dificuldades apontadas por eles para o uso desse recurso. Tomando como referencia a concepção de que a leitura e um elemento da cultura escolar que deve ser explorado, ressaltamos a relação intima entre Educação e Cultura sugerida por Forquin e utilizamos as considerações de Charlot para argumentar que a origem social não e determinante para a formação de bons ou maus leitores, alem de interagirmos com diversos textos e pesquisas produzidos sobre a temática pelos pesquisadores do campo de ensino de Física no Brasil. A partir de uma sondagem inicial entre os professores de Física das escolas estaduais de Curitiba, identificamos aqueles que declararam desenvolver atividades de leitura em suas aulas, dentre os quais, a partir de critérios previamente estabelecidos, alguns deles se dispuseram a participar da pesquisa. Os resultados mostraram que a maioria dos professores, ao desenvolver atividades em sala, não toma o cuidado de sondar o universo de conhecimentos prévios que os alunos trazem sobre o texto e, também, não demonstram preocupações com a intencionalidade dos gêneros textuais propostos nas atividades. Ao destacar as dificuldades para desenvolver as atividades de leitura, os professores apontam a falta de habilidade para interpretação de textos dos alunos e as recorrentes copias de trechos do texto para responder as questões propostas apos a leitura. Atribuem essas dificuldades a maneira como as atividades de leitura são trabalhadas ao longo da historia escolar dos alunos, a falta de exemplos familiares e a origem social. Apontaram também a necessidade de materiais que tragam auxilio para o desenvolvimento de atividades de leitura em sala e a maior aproximação da Universidade com a escola. Por fim, alem de expor nossos pontos de vistas sobre os resultados e analises, destacamos a necessidade de aumentar o numero de pesquisas sobre o tema e encontrar caminhos para que elas façam parte efetivamente da formação dos professores

Downloads 770  770  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://www.ppgeufpr.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=284
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!A Reestruturação Industrial e a Questão Ambiental: Estudo de Caso em uma Empresa de Médio Porte Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
MARQUES, Paulo Roberto Vieira

A revolução industrial, o avanço tecnológico, a globalização e a revolução da informação, dinamizados pelo processo globalizante da economia, são considerados os maiores responsáveis pela velocidade e intensidade do processo de reestruturação das empresas. O objetivo do presente trabalho foi analisar a relação, reestruturação industrial e as questões ambientais. Para tanto, apresenta-se um levantamento do quadro teórico conceitual relacionados a questão ambiental, bem como uma investigação em uma empresa de médio porte pertencente ao ramo industrial, de fabricação de ventiladores, localizada no interior do Estado de São Paulo, Brasil, que passou por mudanças em sua estrutura, tanto física, envolvendo as adequações de espaços para realocar máquinas e equipamentos, afim de uma melhor agilidade no processo produtivo, e também, no melhor aproveitamento de mão-de-obra, materiais e espaço físico, com a junção dos maquinários e equipamentos por tipo de trabalho, próximos uns dos outros, quanto organizacional, envolvendo: pessoas, com relação a metodologia de trabalho; fluxograma de fabricação, com a alteração da linha de montagem, distribuindo de forma ordenada o maquinário e equipamentos afins e uma melhor agilidade no processo produtivo; áreas de estocagem, com a finalidade de melhor controle e escoamento rápido dos produtos fabricados; ambiental, com a melhoria do meio ambiente de trabalho. Os principais resultados deste processo foram os ganhos obtidos no tocante a: qualidade de vida do trabalhador, com a melhoria do ambiente de trabalho; redução de gastos, com a mudança da rotina operacional de fabricação dos produtos e mudança de “lay out”; o ganho ambiental, com a substituição de máquinas, equipamentos e processos poluidores e também, a percepção dos empregados e a mudança de postura dos mesmos devido a mudança ocorrida.

Palavras-chave: Reestruturação industrial. Meio ambiente. Indústria. Revolução Industrial.

Downloads 776  776  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Uniara  Site http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=25681
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!Institucionalização (sistemática) das Representações Sociais sobre a "Deficiência" e a Surdez: relaç Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
BORGES, Fábio Alexandre

O presente trabalho trata das possíveis correlações entre as representações docentes e o ensino para surdos. Tanto como sabemos, essa é uma questão ainda pouco investigada no contexto da Pesquisa em ensino de ciências e educação matemática. Nesse sentido, professores de ciências/matemática são entrevistados, sendo solicitados a descreverem suas experiências no estar ensinando surdos no que diz respeito aos seguintes aspectos: formação profissional, recursos didáticos, expectativas suas e dos estudantes quanto ao ensinar/aprender ciências/matemática, e outros. A fala dos professores é submetida a um processo de Análise Textual Qualitativa, a saber: identificação de unidades de significado; delineamento do perfil das ideias do entrevistado e identificação das convergências dentro do conjunto de unidades de significado encontradas. Finalmente, são revelados elementos que auxiliam para com a compreensão do atual estado das coisas do ensino para surdos.

Palavras-chave: Educação de Surdos. Representações Docentes. Ensino de Ciências.

Downloads 846  846  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Maringá - UEM  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!Experimentação no Ensino de Ciências: atividades problematizadas e interações dialógicas Popular Versão: PDF
Atualização:  20/3/2012
Descrição:
GUESDES, Suzana de Souza.

Este trabalho tem por objetivo investigar a importância do uso das atividades experimentais em contexto e condições reais do ensino de ciências no nível fundamental II. A perspectiva foi pensar tal prática como uma abordagem de ensino que se condiciona mais à natureza epistemológica do conhecimento do que a fatores contextuais e institucionais. A partir da reflexão na ação, emergiu as concepções acerca da natureza da ciência e do ensino experimental, destacando-se em relação às atividades experimentais, o papel que desempenham, as contribuições no processo de ensino-aprendizagem, os desafios a serem enfrentados e os equívocos relacionados. Apresenta-se uma alternativa, contrapondo-se ao tipo de atividade antes utilizada, agora baseada na problematização, com intuito de tornar as atividades dialógicas na perspectiva de Paulo Freire. Foram propostas atividades problematizadas, abordando os temas água e ar para estudantes do 6o ano do ensino fundamental II, com metodologia que instigou a busca de soluções através das ações, das reflexões e do diálogo. Esta proposta promoveu a participação dos alunos propondo explicações para os fenômenos estudados, permitiu a modificação e/ou reelaboração de ideias e pontos de vistas e estabeleceu conexões entre os saberes cotidianos e científicos. Desta forma, transformou-se o contexto de sala de aula em palco de aprendizagens para alunos e professora, em que todos foram igualmente sujeitos no processo.

Palavras-chaves: atividades problematizadas, experimentação, diálogo.

Downloads 849  849  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!Análise dos Padrões Discursivos de um Professor de Ciências do Ensino Fundamental Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
VIVIAN, Nancí Miksza

Este trabalho tem como objetivo analisar os padrões discursivos de um professor de Ciências em aulas de conhecimento físico. Nessa pesquisa foram analisados episódios extraídos de uma sequência de cinco aulas com alunos do 3º ciclo (5ª série) do Ensino Fundamental de uma escola pública do município de Jandaia do Sul – Paraná/Brasil. Os dados foram coletados mediante gravações em vídeo nas quais os alunos trabalharam organizados em grupos. Para a análise dos dados utilizou-se uma estrutura analítica idealizada por Mortimer e Scott (2002), que possibilita a investigação dos seguintes aspectos: intenções do professor; conteúdo do discurso; abordagem comunicativa; padrões de interação e intervenções do professor. Ao final da análise foi possível evidenciar os padrões discursivos que emergiram da interação entre professor e alunos e como a abordagem comunicativa e os padrões de interação, promovidos pelo professor, encaminharam o aluno na (re)estruturação de suas idéias e na busca de soluções para um problema proposto em sala de aula.

Palavras-chave: Ensino de Ciências. Discurso do professor. Conhecimento físico. Interações discursivas.

Downloads 911  911  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/cp002555.pdf
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 (2) 3 4 5 6 7 »