Educadores

Ínicio : Língua Portuguesa : Dissertações : Produções de Profissionais da Seed: Dissertações : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Paisagens sem Cor: Visualidades e Imagens na Poesia de Álvaro Campos Popular Versão: PDF
Atualização:  14/1/2019
Descrição:
SANTOS, Valeria Santos

Álvaro de Campos foi a criação mais próxima de Fernando Pessoa, dentre os seus heterônimos. Como criador, investiu sua existência na procura por si mesmo, pelo sentido da vida, além de exprimir a intensa dor de existir, a angústia e a solidão. Em seus poemas, registrou a vida e os homens e, para explicá-los e explicar-se, procurou “sentir tudo de todas as maneiras”. Buscou incessantemente por respostas, distanciando-se da vida cotidiana e transformando sua vivência em experiências subjetivas. A presente dissertação objetiva demonstrar como as vivências individuais do poeta geraram versos e paisagens sem cor. A cidade, a cidade e a infância e a viagem aliada ao sonho são as principais paisagens a serem tratadas. A cidade surge como paisagem moderna, juntamente com o homem que acompanha a agitação da modernidade. Quando visitada, nasce como testemunha da angústia, palco de sua infância perdida e das experiências do passado. A referência à infância é revelada como um período de satisfação perdida, quando a conquista do espaço era simples e natural, diferentemente da idade adulta, marcada pelo amor perdido. As viagens, possibilitadas pelo sonho, revelam a angústia do poeta que não se satisfaz com a existência e, metaforicamente as toma como uma experiência inútil tal qual a vida. Álvaro de Campos é o heterônimo para quem “vida é uma quinta / Onde se aborrece uma alma sensível”, como a sua. Tomado pelo tédio mortal de existir, ao lançar seu olhar sem brilho sobre a vida, produz uma poesia em que as cores não encontram onde se fixar, pois a subjetividade angustiada do poeta é a grande responsável por desenhar a paisagem de seus poemas, como pudemos concluir nos textos estudados. A pesquisa é de cunho bibliográfico e busca os conceitos de espaço, imagem e paisagem propostos por Alfredo Bosi, Octavio Paz, Gaston Bachelard, Michel Collot, entre outros, bem como as noções de Fenomenologia, os pressupostos teóricos de Maurice Merleau-Ponty e de Terry Eagleton sobre Edmund Husserl. Os estudos críticos a respeito da poesia de Álvaro de Campos foram embasados por Natália Gomes, Eduardo Lourenço, Massaud Moisés, Teresa Rita Lopes, Augusto Seabra, entre outros. A dissertação visa, finalmente, contribuir com a fortuna crítica dos estudos de Fernando Pessoa e fortalecer a linha de pesquisa Literatura e Historicidade.

Palavras-chave: Álvaro de Campos. Paisagens sem cor. Cidade. Infância.

Downloads 567  567  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Contextos educacionais inclusivos de alunos surdos: ações frente à realidade inclusiva ... Popular Versão: PDF
Atualização:  23/2/2016
Descrição:
SOUZA, Márcia Cristina

Este trabalho, de cunho qualitativo, fundamenta-se nas ações docentes dos professores de matemática da educação básica que tem em suas turmas alunos surdos incluídos. Tem como objetivo compreender a realidade de tais contextos educacionais inclusivos e contribuir com os debates e estudos sobre o processo de inclusão de alunos surdos na educação básica. Foram utilizadas entrevistas estruturadas com quinze professores de Andirá-PR e municípios vizinhos, que trabalhavam em 2011 com alunos surdos incluídos em suas aulas de matemática. As transcrições das entrevistas foram submetidas aos procedimentos e conceitos apresentados pela Análise de Conteúdo (AC) proposta por Bardin (1977) até a sua estruturação e após a organização das informações, na fase da análise, migrou-se para uma interpretação utilizando-se da Metanálise, proposta por Fiorentini e Lorenzato (2009). As respostas dos professores de matemática da região pesquisada possibilitou a compreensão de seus conhecimentos sobre a surdez, sobre as políticas de inclusão e sobre as ações educativas na educação inclusiva do
aluno surdo. Foi possível também levantar informações sobre a necessidade de maiores investimentos na formação continuada dos professores para que os mesmos possam participar da construção de currículos inclusivos como solicita as Diretrizes Curriculares da Educação Especial para a construção de currículos Inclusivos (PARANÁ, 2006). Espera-se com os resultados da pesquisa contribuir para o avanço dos estudos referentes à educação inclusiva de alunos surdos de maneira geral. Em suma, o presente trabalho adentrou os ambientes inclusivos e verificou que ainda são muitas as dificuldades vivenciadas pelos professores com a inclusão do aluno surdo pois existe falta de aprofundamento teórico desses profissionais da educação e os ambientes educacionais não estão gerenciados e estruturados de acordo com as leis de inclusão.

Palavras-chave: Educação básica. Professores de matemática. Educação inclusiva. Aluno surdo. Ações docentes inclusivas.

Downloads 567  567  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Londrina  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A prática discursiva da revista nova escola sobre o Anee Popular Versão: PDF
Atualização:  23/2/2016
Descrição:
GARBOSSA, Maria Roseli Castilho

O presente trabalho visa verificar, a partir da perspectiva teórica da Análise de Discurso de orientação francesa, a concepção de inclusão social do aluno com necessidade educacional especial (ANEE) construída pela revista Nova Escola. A revista foi escolhida como objeto de estudo por se tratar de uma publicação representativa na área educacional, já que desde sua criação, em 1986, é editada mensalmente pela Fundação Victor Civita, entidade mantida pelo Grupo Abril. Amparada no juridismo da lei e na “cientificidade” da pedagogia, a Nova Escola apresenta-se como conhecedora dos problemas educacionais, legitimando-se como espaço da verdade e do bem comum e, em decorrência, autodeclarando-se competente para mostrar ao professor o que deve ser feito para que a inclusão do
ANEE aconteça no ensino regular. Ao produzir, sustentar e propagar a sua crença de inclusão como tolerância, solidariedade e socialização, a revista silencia outros discursos que, na verdade, significam por sua ausência, já que os efeitos de sentido se dão no confronto entre o dito e o não-dito. Nessa perspectiva, a partir do que permite o dispositivo teórico-metodológico da Análise do Discurso, propomo-nos a analisar as materialidades discursivas da revista, a fim de compreendermos o funcionamento da linguagem, que põe em relação sujeitos e sentidos afetados pela língua e pela história. Para a realização do trabalho, recortamos para a análise, sequências discursivas de sete edições da revista Nova Escola (setembro/2003, maio/2005, outubro/2006, outubro/2006 (edição especial), julho/2009 (edição especial), dezembro/2009 e agosto/2011). A pesquisa está fundamentada principalmente nos estudos de Pêcheux (2009, 2010), Orlandi (1997, 2007), Possenti (2009) e Mariani (1998, 2005). Acreditamos ser possível, com esta organização, pensarmos o processo discursivo da Nova Escola a respeito da inclusão social do ANEE como prática social e ideológica que se constitui pelas relações de sentido historicamente construídas pelos sujeitos, que produzem um discurso de acordo com a formação discursiva que os regula.

PALAVRAS-CHAVE: Análise de Discurso. Revista Nova Escola. Inclusão social do ANEE. Tolerância. Sociabilidade.

Downloads 561  561  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual do Oeste do Paraná  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Narrativas autobiográficas de mulheres que (con)vivem com o HIV: identidades sociais de gênero  Popular Versão: PDF
Atualização:  15/2/2017
Descrição:
OLIVEIRA , Linite Adma de


Este trabalho assume a identidade compreendida como um processo de produção simbólica e discursiva (SILVA, 2014) através de práticas e interações sociais. A pesquisa teve como justificativa o silenciamento histórico em relação à construção identitária da mulher, a qual, nas relações de poder, é deixada aquém. Assim, os discursos expressos são entendidos como inscritos em práticas diversas. Os objetivos da pesquisa são: conhecer as experiências de vida das mulheres participantes da pesquisa antes de conviverem com o HIV; entender o processo de reconstrução da identidade social feminina a partir das experiências vividas na convivência com o HIV e reconhecer as possibilidades futuras e perspectivas reveladas como ressignificação de uma identidade social de gênero na convivência com o HIV. A pesquisa foi embasada nos referenciais teóricos de identidades sociais de gênero e nos teóricos da linguística aplicada. Na compreensão da identidade de gênero respaldei-me em Louro (2009), Butler (2003) e Pinto (2009), enquanto que Borba (2008, 2010) e Norton (2010) foram tomados como referenciais teóricos para questões de identidade, gênero no contexto do HIV. A pesquisa também teve como base teórica os estudos de linguagem e análise crítica do discurso de Van Dijk (2008) e Fairclough (2001, 2008) como alguns dos autores. A metodologia utilizada foi a pesquisa qualitativa narrativa, a qual se caracteriza como metodologia e método de investigação. O espaço tridimensional (CLANDININ; CONNELLY, 2000) foi o que norteou a geração de dados - narrativas autobiográficas de mulheres que vivem ou convivem com o HIV. Os resultados obtidos nas narrativas apontam que antes do HIV as identidades sociais reveladas das mulheres pesquisadas mostram que elas têm vínculo afetivo com a figura masculina e acreditam que os afazeres domésticos e cuidado com o outro são suas incumbências. Atualmente, temem o abandono e têm medo de serem julgadas. Nas narrativas referentes logo após à notificação à soropositividade ao HIV, apontaram as identidades maternal, filial e conjugal sobrepostas à identidade soropositiva ao HIV. A adesão à terapia antirretroviral dá-se pela preocupação com o corpo e saúde, por inquietarem-se com os filhos ou outro ente da família. Lamentam por não terem tido preocupação com sua saúde sexual antes de (con)viverem com o HIV ou por confiarem ao extremo em seus companheiros. Nas narrativas das perspectivas futuras dessas mulheres, elas apontam a importância de uma educação sexual preventiva aos jovens e se demonstram mais empoderadas na busca de outros relacionamentos e de conhecimentos e informações relacionadas à saúde sexual. Apontam a importância da ONG como espaço para assumir e discutir a identidade soropositiva ao HIV. As identidades sociais de gênero remetem as mulheres não só às questões negativas, mas também a uma chamada performativa de suas identidades para a reconstrução e vida performativa no processo de reflexão acerca de suas relações sociais no campo afetivo, econômico, social e pessoal. Concluo que as identidades de ser mulher se entrecruzam e que, o processo de construção e reconstrução faz parte do viver. Falar de HIV é falar das relações sociais e práticas sociais entre seres humanos. Além disso, a maneira como falo do outro, muito pode dizer de mim mesmo ou de quais discursos compõem as minhas identidades. Viver é construir e desconstruirmos a nós mesmos a todo tempo.

Palavras-chave: Narrativas autobiográficas. HIV. Identidade de gênero. Mulheres.

Downloads 546  546  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEPG  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Letramento Literário: Práticas de Leitura do Texto Literário nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental Popular Versão: PDF
Atualização:  23/4/2018
Descrição:
ZUCKI, Renata

A pesquisa aqui apresentada focaliza-se em reflexões e análises sobre as práticas de leitura do texto literário na escola. A partir de estudos e de nosso conhecimento empírico sobre a temática, observamos inúmeros questionamentos que perpassam o assunto; entretanto, as questões mais importantes que motivaram a realização dessa pesquisa dizem respeito a como a leitura do texto literário contribui para o letramento e desenvolvimento do senso crítico dos alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental e, principalmente, como podemos construir um caminho na formação de um futuro leitor crítico, já no início do processo de escolarização. Com o propósito de encontrar respostas a essa problematização, investigamos e analisamos como vêm ocorrendo as práticas iniciais de letramento literário com alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental de uma Escola da Rede Municipal de Ensino de Cascavel - PR. Além disso, buscamos elaborar e propor práticas de leitura de textos de literatura, sob a forma de um Projeto de Intervenção Pedagógica (Oficinas Literárias), com vistas à constituição de uma proposta de letramento literário na referida escola; refletindo sobre a importância desse trabalho, bem como, analisando os problemas, dificuldades e resultados alcançados na realização dessas práticas por professores e alunos envolvidos nesse processo. Na perspectiva de alcançar os objetivos propostos, sustentamos a pesquisa nos pressupostos teóricos de autores que partilham da visão sociointeracionista da leitura, como Geraldi (1997) e Rojo (2004); e da essência artística e humanizadora da literatura, dentre os quais destacamos: Cândido (1972), Lajolo (1993), Azevedo (1999), Petit (2008), Zilberman (2009), Soares (2011), Cosson (2012) e Kleiman (2012), entre outros. Para embasar a elaboração de nosso Projeto de Intervenção, recorremos às proposições da Estética da Recepção, de Jauss (1994) e Iser (1979), e à concepção de Intertextualidade da Literatura Comparada, de Fillola (1994). Para a análise do objeto-problema: o processo de formação de leitores de literatura na escola (anos iniciais), realizamos um estudo exploratório em uma turma de 5º ano da escola investigada, utilizando uma abordagem qualitativa. Trata-se, portanto, de uma pesquisa bibliográfico-qualitativa, cujos procedimentos desenvolveram-se pelo viés da pesquisa-ação. Como resultado desse processo de investigação, entendemos que o trabalho escolar com a literatura não pode continuar a ocorrer de maneira intuitiva e espontânea, ou apenas servir de pretexto para o ensino da língua; mas que deve ser tomado como conhecimento elaborado, que contribui para a humanização e emancipação dos alunos, e que por isso precisa ser intencional e sistematizado desde o início do processo de escolarização.

Palavras-chave: Letramento literário. Estética da recepção. Concepções e práticas literárias. Leituras intertextualizadas.

Downloads 543  543  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unioeste  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!O uso pedagógico do gênero telenovela em proposta de desenvolvimento do letramento crítico.  Popular Versão: PDF
Atualização:  11/7/2016
Descrição:
KIERAS, Josiane.


Este trabalho tem por objetivo, por meio de uma pesquisa-ação com alunos de 9º ano, desenvolver o letramento crítico, a partir da leitura e análise do discurso midiático presente no gênero telenovela (Malhação, capítulo 91, exibido em 12/11/2013,e capítulos 01, 69, 70, 71 e 72 da temporada Malhação Sonhos–2014/2015). Para isso, foram considerados, de acordo com Pinto (1989), três momentos alusivos à pesquisa-ação: momento de investigação, de tematização e o de programação/ação, divididos em sete etapas. A pesquisa se desenvolveu em paralelo com a ação, com a prática, levando em conta o perfil de cada educando. Considerando que o letramento crítico tem como ponto de partida a análise crítica dos mais variados discursos e linguagens, pretendeu-se apresentar uma proposta que promovesse o desenvolvimento desse posicionamento crítico dos estudantes. Como principal estratégia metodológica, foram observadas e apresentadas à turma, por grupos de alunos, as variadas linguagens presentes em uma telenovela, e como essas linguagens interferem de forma significativa no modo de pensar e agir de seus interlocutores. Tais observações foram analisadas, pela professora pesquisadora, de acordo com o Modelo Tridimensional da Análise do Discurso, envolvendo as três dimensões: textual, prática discursiva e prática social, apontadas por Fairclough (2008). Desse modo, constatou-se a capacidade crítico-reflexiva e interpretativa dos estudantes; a capacidade de se posicionar em diferentes perspectivas e participar/interagir em diversificados eventos de letramento, incluindo situações naturais e espontâneas de fala e de escrita.

Palavras-chave: Letramento crítico. Pesquisa-ação. Discursos. Linguagens. Prática.

Downloads 531  531  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Secret@riado Executivo: uma Investigação do Uso das Ferramentas Tecnológicas na Formação Acadêmica Popular Versão: PDF
Atualização:  20/4/2018
Descrição:
OLIVEIRA, Maria da Conceição

Este trabalho vincula-se à linha de pesquisa “Ensino de Linguagens e suas Tecnologias” e teve como motivação a nossa prática pedagógica junto aos alunos do 1º ano do Curso de Secretariado Executivo. Iniciamos o processo investigativo deste trabalho a partir da hipótese de que, no contexto atual vigente, no qual temos as novas tecnologias presentes em nosso cotidiano, sendo uma das suas formas os dispositivos móveis, se estes forem inseridos na academia, como ferramentas eficazes, podem auxiliar no processo de formação do aluno de secretariado executivo. Para tanto, para validar nossa pesquisa, fomos a campo, no intuito de conhecer os dispositivos móveis utilizados pelos acadêmicos e com qual finalidade o acessam. Diante disso, elegemos como objetivo geral desta pesquisa investigar a importância da tecnologia na formação do acadêmico do curso de Secretariado Executivo. Nossos objetivos específicos são: (a) apresentar as atividades advindas da Tecnologia que influenciam na profissão de Secretariado Executivo na atualidade; (b) analisar a Grade Curricular do Curso de Secretariado Executivo, quanto à seleção lexical, a fim de verificar se a questão da tecnologia e dos multiletramentos se fazem presentes; e (c) mapear as preferências de ferramentas de leitura dos alunos do Curso de Secretariado Executivo, diante dos dispositivos móveis existentes, bem como investigar a importância delas, via mediação docente. A metodologia de pesquisa é qualitativa, descritivo-analítica, sendo o questionário o instrumento utilizado para coleta de dados. O corpus é composto por 30 acadêmicos ingressos do Curso de Graduação de Secretariado Executivo de uma Universidade Pública, na cidade de Londrina, Paraná. Para percorrer um caminho metodológico para sedimentar nosso objeto de investigação, fundamentamo-nos em autores como Lévy (1999), Jenkins (2009), Kenski (2012), Moran (2012), Rojo (2012), dentre outros que abordam a temática investigada. Os resultados apontaram que os dispositivos móveis são ferramentas eficazes que auxiliam tanto o discente como o docente, colaborando com a (re)construção dos saberes acadêmicos. Assim, entendemos que o papel do professor, como mediador do uso das novas tecnologias no processo de ensino e aprendizagem, foi ratificado. Quanto à presença das novas tecnologias em sala de aula, os dados evidenciaram que são tímidas as ações no ambiente acadêmico, havendo uma lacuna entre a teoria e a prática, visto que o uso das novas tecnologias é essencial no cotidiano do profissional de Secretariado Executivo. Os dados apontaram para as proficuidades de uma intervenção na prática pedagógica, bem como no projeto político pedagógico do curso. Sugerimos que a intervenção nas práticas de ensino sejam realizadas por meio de oficinas aos docentes e discentes, com o foco na temática do multiletramento e no uso das Novas Tecnologias de Informação e Comunicação. O resultado da pesquisa apontou que, apesar de haver na Universidade pesquisada ferramentas essenciais como a internet Wi-Fi, para promover o uso das Novas Tecnologias de Informação e Comunicação, o uso de tais tecnologias na formação acadêmica dos alunos do Curso de Secretariado Executivo deve ir ao encontro das mudanças sociais tecnológicas presentes na realidade das práticas profissionais.

Palavras-chave: Ensino. Tecnologia. Dispositivos móveis. Secretariado Executivo.

Downloads 522  522  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unopar  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Narrativa e memória: a construção da visibilidade social da Escola Pública Popular Versão: PDF
Atualização:  24/2/2016
Descrição:
SOARES, Simone Aparecida

Este trabalho é resultante de uma pesquisa com alunos e professores que cursaram a educação básica na rede de ensino público. A investigação toma a narrativa desses personagens como objeto de análise, por meio da qual se torna possível analisar as memórias, os discursos, a cultura, a fim de compreender como se construiu a visibilidade social adquirida pela escola pública.Trata-se, portanto, de uma abordagem interpretativa, de uma leitura sobre o modo pelo qual esses sujeitos concebem, veem e se relacionam com a instituição. Faz-se ainda uma análise das Constituições Federais, no período de 1824 a 1988, no que tange a sistematização do ensino básico público brasileiro, com o objetivo de compreender o processo de construção dos direitos dos cidadãos ao ensino básico público, gratuito, laico e de qualidade. O desenvolvimento da pesquisa, bem como a análise das informações ocorre numa perspectiva interdisciplinar entre as áreas de literatura, história e educação e são fundamentadas nos conceitos de Michel Foucault sobre discurso e em autores que versam sobre os conceitos de narrativa, memória e cultura.

Palavras-chave: Narrativa. Memória. Discurso. Educação.

Downloads 520  520  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Tuiuti do Paraná  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A atuação do profissional da unidade de apoio à família dos núcleos de atividades de altas ... Popular Versão: PDF
Atualização:  23/2/2016
Descrição:
LEONESSA, Viviane Tramontina

A presente pesquisa teve por objetivo traçar o perfil do serviço e do(s) profissional(is) que atua(m) na Unidade de Apoio à Família dos Núcleos de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação (NAAH/S) dos estados e Distrito Federal, identificando as atividades realizadas, seus objetivos, compreendendo também as necessidades, dificuldades e resultados positivos e confrontando-os com as instruções do Ministério da Educação (MEC). Como não foram encontrados trabalhos relacionados ao tema proposto, o presente estudo pode ser considerado inovador, configurando-se como pesquisa Survey. Participaram do estudo onze NAAH/S, representados pelos coordenadores da unidade pesquisada. Para elaboração do instrumento de coleta de dados, tomou-se como ponto de partida o documento orientador de implantação dos núcleos, proposto pelo MEC. Também foram realizadas entrevistas com três pesquisadoras da área, que forneceram subsídios referentes à família da pessoa com altas habilidades/superdotação (AH/SD) e à importância de oferecer-lhe atendimento, contribuindo para a elaboração do instrumento. O instrumento de coleta dos dados consistiu em um questionário eletrônico com questões abertas e fechadas, criadas em aplicativo do Google Drive, enviado a todos os núcleos por email. Os dados receberam tratamento quali-quantitativo, ou seja, as questões objetivas receberam tratamento de estatística descritiva e as informações subjetivas, coletadas por meio de respostas elaboradas pelos participantes, e foram agrupadas em temas de análise, criadas a partir dos conteúdos das respostas apresentadas nas questões, denominadas análise de conteúdo.

Palavras-chave: Educação Especial. Altas Habilidades/Superdotação. Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação (NAAH/S). Família.

Downloads 501  501  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Londrina  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!O ensino do uso da modalização para alunos do fundamental II: uma prática possível Popular Versão: PDF
Atualização:  19/2/2016
Descrição:
MELCHIOR, Jaqueline Pizzi

Este trabalho apresenta pesquisa realizada com objetivo de elaborar proposta de aplicação teórica sobre o ensino da modalização para alunos do 9º ano do ensino fundamental. Relata-se aplicação de proposta didática em escola pública da zona urbana da cidade de Cascavel, Estado do Paraná, nos anos de 2013 e 2014. Partiuse da hipótese de que os alunos daquele 9º ano do ensino fundamental possuíam uma baixa competência argumentativa em situações de produção escrita, ao se posicionarem em relação a uma questão polêmica. Aplicou-se proposta didática com base nos estudos de Cervoni (1989), Koch (2011), Castilho e Castilho (1993) e Neves (1996), autores que serviram para o entendimento de que elementos linguísticos, tais como conjunções, advérbios, adjetivos, etc, servem para a construção da argumentação do texto. Considerou-se que a modalização é uma estratégia semântico-discursiva possível em diferentes gêneros textuais/discursivos, capaz de permitir ao enunciador deixar registrado, em seu discurso, marcas de sua subjetividade ou objetividade por meio da escolha de elementos linguísticos que constituem um ato de fala particular. O corpus escolhido para análise é constituído de quatro textos produzidos pelos alunos a partir de uma situação polêmica na escola, que envolvia a escolha dos representantes do colégio por meio de uma votação on-line. Expõe-se metodologia utilizada na proposta didática e análise dos resultados visualizados em produções do gênero comentário on-line, em grupo criado na rede social Facebook. Este trabalho possibilitou perceber que o ensino do uso da modalização para alunos do ensino fundamental é uma prática possível que, associada à produção do gênero comentário on-line, promove interação e possibilidade de inserção das novas tecnologias no processo de aprendizagem. Espera-se contribuir com o processo de ensino do uso da modalização, não como um conteúdo isolado, mas como um fenômeno presente na linguagem humana, que deve ser associado à aprendizagem da leitura e escrita.

PALAVRAS-CHAVE: Modalização. Ensino fundamental. Comentário on-line.

Downloads 473  473  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual do Oeste do Paraná   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 (6) 7 »