Educadores

Ínicio : Educação Fisica : Dissertações : Produções de Profissionais da Seed: Dissertações : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Educação Fisica Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!O lazer dos agricultores familiares promotores do turismo: o caso do roteiro turístico caminhos do M Popular Versão: PDF
Atualização:  18/2/2016
Descrição:
ZIOLI, Osni

O turismo rural é apontado como uma das estratégias que permitem aos agricultores familiares o aumento da renda e a melhoria da qualidade de vida. Muitos estudos tratam deste tema, contudo há uma lacuna no sentido de entender o lazer sob a ótica dos agricultores promotores do turismo. O presente trabalho buscou compreender o que é lazer e quais as suas práticas na ótica dos agricultores familiares que promovem o turismo rural em suas propriedades no município de Francisco Beltrão no Sudoeste do Paraná. A pesquisa foi do tipo qualitativo, de caráter descritivo e exploratório, a amostragem da pesquisa foi do tipo não-probabilístico, com coleta de dados e informações em cinco fases, sendo utilizadas como estratégias e instrumentos de pesquisa a entrevista gravada com base no roteiro semiestruturado, a observação direta com registro no diário de campo e entrevista com formulário semiestruturado, sendo os dados tabulados com os software Excel 2013 e Word 2013, e apresentados na forma de gráficos e tabelas e, posteriormente, interpretados a luz da revisão teórica. A importância do turismo ofertado pelos agricultores familiares, mais que o aumento da renda, está relacionado com os significativos momentos de crescimento pessoal e social vividos pelos agricultores familiares no contato com os turistas e com formas de trabalho mais interessantes do que as atividades agrícolas. O lazer dos entrevistados apresenta traços que demonstram o apego ao seu modo de vida, considerando aspectos de suas tradições, hábitos e costumes, em relação ao convívio familiar, com a comunidade em que estão inseridos, além das atividades de trabalho e da reprodução e ao estabelecerem as atividades de turismo, fortalecem a construção de uma racionalidade de resistência, em que está presente ao mesmo tempo uma lógica adaptativa que assimila as demandas externas e inovadora ao gerarem respostas que possibilitam a reprodução biológica e social da família.

Palavras-chave: Agricultura familiar. Turismo rural. Lazer. Sudoeste do Paraná.

Downloads 686  686  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UTFPR  Site http://
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Política educacional no Brasil: proposições educacionais no plano plurianual dos governos Lula/Dilma Popular Versão: PDF
Atualização:  18/2/2016
Descrição:
MICHELON, Edimor Antônio

Este estudo analisa as flexibilizações das políticas educacionais considerando as proposições educacionais no plano plurianual dos governos Lula e Dilma Rousseff (2008-2011). Considerando que em decorrência das tensões e pressões de classe, emergem políticas educacionais socialmente delineadas e circunscritas, no contexto do desenvolvimento econômico proposto e sustentadas pelo Estado brasileiro, nos eixos norteadores, apresentados no campo educacional pelo Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), Plano de Metas Compromisso Todos para Educação e Plano de Ações Articuladas (PAR), e no campo econômico pelo Plano Plurianual Desenvolvimento com Inclusão Social e Educação de Qualidade e o Plano de Aceleração do Crescimento (PAC I). Os planos, programas e projetos que emergem do plano plurianual, constituem uma política educacional de cunho produtivo, pela forma como articula e mobiliza diversos órgãos e mecanismos de Estado. Nessa direção estão os programas de Inclusão Digital, Saúde na Escola, Mais Educação, Ensino Médio Inovador, Apoio ao Transporte Escolar, Caminho da Escola e o Brasil Profissionalizado, entre outros. Essa categoria de política intersetorial aciona mecanismos que dialogam entre si, a fim de sintetizar ações que minimizem os conflitos desencadeados pelos grupos populacionais em risco, pela insuficiência dos meios, da própria produção social imediata. Nessa direção, os programas educacionais propostos a partir do plano plurianual, representam nas flexibilizações das políticas sociais, as tensões e pressões que revelam do mesmo modo as relações entre classes.

Palavras-chave: Política educacional no Brasil. Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE). Plano plurianual do Brasil.

Downloads 368  368  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNIOESTE  Site http://
Avaliação: 9.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Respostas Agudas e Crônicas da Pressão Arterial entre o Exercício Resistido Tradicional e o Exercíci Popular Versão: PDF
Atualização:  7/1/2019
Descrição:
DOMINGOS, Everton

O exercício resistido com restrição de fluxo sanguíneo (RFS) e baixa intensidade é uma alternativa aos protocolos tradicionais de exercícios de alta intensidade visando obtenção e manutenção de força muscular, principalmente para populações com limitações à alta carga. Entretanto, estudos envolvendo respostas da pressão arterial (PA) a essa estratégia de exercício ainda são inconsistentes. Nesse sentido, o objetivo deste estudo foi realizar uma revisão sistemática da literatura sobre os efeitos do exercício resistido com RFS nas respostas de PA agudas e crônicas e, por meio da meta-análise, identificar variáveis associadas. Métodos: As buscas foram realizadas nas bases PubMed, SPORTDiscus e Web of Science, resultando em 2581 referências. Após análises baseadas nos critérios de inclusão e exclusão, 18 referências foram selecionadas para compor a revisão sistemática e meta-análise. A PA foi o desfecho principal para as análises de efeito agudo, efeito hipotensivo e efeito crônico ao exercício resistido com RFS. O effect size (ES) foi calculado utilizando o modelo de efeito randômico. A influência de variáveis moderadoras, transformadas em work-rest ratio (WRR), foi verificada pela meta-regressão. ANOVA baseada em teste Q foi usada para identificar possíveis diferenças em subgrupos. Resultados: Quando o exercício tradicional foi realizado com alta carga, ocorreram valores mais elevados (P<0,01) para a PA diastólica (PAD) no exercício com RFS (ES=17,84) em relação ao exercício tradicional (ES=5,53). No exercício tradicional realizado com baixa carga, a PA sistólica (PAS) apresentou diferença entre esse exercício e o exercício com RFS para pessoas hipertensas (ES=48,05 vs 69,83; P=0,03) e pessoas treinadas (ES=22,36 vs 32,30; P=0,02). Para a PAD, também foram observadas diferenças em pessoas hipertensas (ES=28,37 vs 43,66; P=0,04) e pessoas treinadas (ES=17,54 vs 24,47; P=0,03). A meta-regressão mostrou associação significativa apenas para a PAS e o WRR tanto no exercício com RFS (slope=50,55; P=0,03) quanto no exercício tradicional (slope=30,77; P=0,02). Para o efeito hipotensivo, houve diferença na medida de 30-60 pós-exercício (P=0,02), na PAS, entre exercício com RFS (ES=-5,13) e exercício tradicional (ES=-3,76), e na PAS (P<0,01), entre o exercício com RFS (ES=-4,70) e o exercício tradicional (ES=-3,04). Pessoas hipertensas também apresentaram diferença entre os dois tipos de exercício na PAS (P<0,01), enquanto pessoas normotensas mostraram diferença na PAD (P=0,01), com maior efeito hipotensivo na RFS. A meta-regressão mostrou associação significativa, com efeito hipotensivo, para a PAD e o WRR apenas no exercício resistido tradicional (slope=0,11; P<0,01). Conclusão: O exercício com RFS apresentou maiores valores de PAD em relação ao exercício tradicional com alta carga; e maiores valores de PAS e PAD em relação ao exercício tradicional com baixa carga, principalmente em pessoas hipertensas. Dessa forma, a prescrição da RFS deve ser feita com cautela quando o controle da PA for necessário durante o exercício.

Palavras-chave: Pressão arterial. Respostas hemodinâmicas. Exercício resistido. Restrição do fluxo sanguíneo. Kaatsu training.

Downloads 101  101  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM/UEL  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Respostas fisiológicas, perceptuais e afetivas de seis protocolos de treinamento intervalado de alta Popular Versão: PDF
Atualização:  15/2/2017
Descrição:
FOLLADOR, Lucio

Objetivo: comparar as respostas fisiológicas, perceptuais e afetivas de seis protocolos de treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT, do inglês High Intensity Interval Training) em universitários. Métodos: quatorze universitários moderadamente ativos (idade: 23,4 ± 2,8 anos; estatura: 178,1 ± 9,9 cm; massa corporal: 78,0 ± 13,4 kg; IMC: 24,5 ± 2,9 kg/m²; cicloergômetro: V̇ O2máx: 45,8 ± 4,8 ml/kg/min, FCmáx: 180,8 ± 10,8 bpm; esteira: V̇ O2máx: 49,9 ± 5,6 ml/kg/min, FCmáx: 185,6 ± 11,1 bpm) completaram, em ordem randomizada, três protocolos de HIIT em cicloergômetro (4 x Wingate, 10 x 60 seg a 90% FCmáx e Tabata) e três protocolos de HIIT em esteira (4 x 4 min a 90-95% FCmáx, 5 x 50% tlimvV̇ O2max e 4 x 1000 m a uma PSE = 8 da escala OMNI-Walk/Run). Durante as sessões, as respostas fisiológicas (V̇ O2 e FC) foram monitoradas continuamente com o uso de um sistema metabólico portátil (K4 b2 , Cosmed, Roma, Itália). A PSE (escalas OMNY-Cycle e OMNIWalk/Run) foi determinada após cada repetição. As respostas afetivas (Feeling Scale) foram determinadas pré-exercício e 10 min após o término da sessão (afeto-S). Resultados: a ANOVA demonstrou que, entre os protocolos de cicloergômetro, o Tabata apresentou os maiores valores médios para o V̇ O2, a FC e a PSE, e a menor média para o afeto-S. Nos protocolos para esteira, os valores médios do V̇ O2 foram maiores para o vV̇ O2máx, em comparação ao 4 x 4 min e ao 4 x 1000 m. Os valores médio da FC foram menores para o 4 x 4 min, em relação ao vV̇ O2máx e ao 4 x 1000 m. A PSE média foi maior para o 5 x 50% tlimvV̇ O2máx. As respostas para o afeto-S foram menores para o 5 x 50% tlimvV̇ O2máx, em comparação ao 4 x 4 min. Nenhum dos participantes foi capaz de finalizar os protocolos Tabata e 5 x 50% tlimvV̇ O2max sem que fosse necessário realizar ajustes para diminuir a intensidade do exercício. Conclusão: os resultados salientam o potencial limite de aplicação de alguns protocolos de HIIT, especialmente em populações com baixa aptidão física ou não atlética. Além disso, os protocolos mais intensos geraram respostas afetivas negativas, o que pode diminuir a aderência a programas de exercícios.

Palavras-Chave: Cicloergômetro. Esteira. PSE. Afeto. Treinamento Intervalado. HIIT.

Downloads 203  203  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Tensões entre MEC e Seed/PR: uma análise a partir do programa ensino médio inovador Popular Versão: PDF
Atualização:  18/2/2016
Descrição:
RAMOS, Edna Amancio De Souza

O presente trabalho possui como foco a análise de tensões nas relações entre os entes federados estado-União, a partir do estudo da adoção do Programa Ensino Médio Inovador pela Secretaria de Educação do Paraná. Sua construção sobre federalismo e relações intergovernamentais aponta tensões dentro dos princípios de autonomia e interdependência entre os entes federados, tensões essas que são de várias ordens/aspectos: fiscal, política, de responsabilidades para com as políticas públicas.

Palavras-chaves: Programa Ensino Médio Inovador. Relações intergovernamentais. Ensino médio.

Downloads 271  271  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 (2)