Educadores

Ínicio : Biologia : Teses : Produções de Profissionais da Seed: Teses : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Biologia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!A Contribuição de Aulas Práticas Apoiadas na Aprendizagem Colaborativa para o Processo de Ensino-apr Popular Versão: PDF
Atualização:  26/4/2018
Descrição:
FIDELIS, Gisele Aparecida

A preocupação dos professores com a efetividade do ensino de Biologia perpassa pela ampla gama de conteúdos presentes no currículo, aliada à dificuldade em sistematizá-los, principalmente pelas condições de trabalho. É papel do professor elaborar o plano de trabalho docente de acordo com a sua realidade escolar e elencar estratégias de ensino que possibilitem a aprendizagem. Nesse contexto, a aula prática é uma modalidade didática que permite maior interação entre os alunos, e conforme a Teoria Sociocultural de Vygotsky, a interação permite a troca de conhecimentos e a consequente aprendizagem. O objetivo desta pesquisa foi investigar se as aulas práticas apoiadas na Aprendizagem Colaborativa podem contribuir para o processo de ensino-aprendizagem de temas da disciplina de Biologia. A presente investigação adotou a metodologia qualitativa e os pressupostos teóricos da Aprendizagem Colaborativa. Os instrumentos para a constituição dos dados foram entrevista semiestruturada, questionários, observação e aplicação de uma unidade didática segundo as etapas da Aprendizagem Colaborativa e adaptadas para este estudo. A intervenção ocorreu em um colégio na cidade de Maringá, PR, com 38 alunos da 2ª série do Ensino Médio e a respectiva professora de Biologia, totalizando 39 participantes. Os dados foram tratados pelo método de Análise de Conteúdo e as categorias de análise definidas conforme as investigações realizadas. Para a percepção docente, elencaram-se as categorias condições de trabalho e estratégias de ensino; para a percepção discente, importância das aulas práticas, conteúdos abordados e estratégias de ensino; e para a intervenção didática utilizando as etapas da Aprendizagem Colaborativa, as categorias: participação dos alunos, interação e contribuição para o ensino-aprendizagem. Os resultados obtidos apontam que a percepção docente evidenciou as dificuldades enfrentadas na atualidade, dentre as quais a baixa carga horária da disciplina, a falta de um técnico de laboratório de Ciências e Biologia e a precária infraestrutura escolar. Na investigação da percepção discente, os dados obtidos revelam que os alunos reconhecem a importância das aulas práticas para o aprendizado e que atividades diferenciadas despertam o interesse pelo aprendizado. Ao longo da intervenção didática pode-se perceber a ampla participação dos alunos frente à mediação da pesquisadora. Esta pesquisa proporcionou a interação aluno-aluno e professor-aluno e contribuiu para a efetividade do processo de ensino-aprendizagem de Biologia.

Palavras-chave: Ensino de Biologia. Aulas práticas. Aprendizagem colaborativa. Ensino-aprendizagem.

Downloads 190  190  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Biologia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!A percepção dos praticantes de atividade física sobre a qualidade ambiental sonora dos parques públi Popular Versão: PDF
Atualização:  17/2/2016
Descrição:
SZEREMETA, Bani

Os parques urbanos são comumente utilizados para o lazer e a atividade física. Por meio da frequente utilização destes espaços os cidadãos podem ter muitos benefícios físicos, sociais e psicológicos proporcionados por estas atividades e/ou pelo simples contato com estas áreas verdes. Deste modo, estes espaços se revelam importantes para a saúde pública. Para isto devem apresentar adequadas estruturas e ambientes atrativos, permitindo uma percepção positiva dos seus usuários. No entanto, muitos parques urbanos estão localizados em áreas de grande saturação urbana, expostos a vários agentes de poluição ambiental, entre eles o ruído de tráfego de veículos automotores, principal fator de incômodo nas grandes cidades. Assim estas áreas podem se tornar menos atrativas para uma frequente utilização pela sociedade, descaracterizando as suas funções de promoção de atividade física e saúde. O objetivo desta pesquisa foi conhecer a percepção da qualidade do ambiente sonoro e os fatores individuais e ambientais dos usuários de parques urbanos, de modo a levantar informações que visem melhorar a qualidade ambiental destes espaços.

Palavras chave: Ambiente, Parques, Atividade física, Saúde, Ruído.

Downloads 343  343  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Biologia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Dieta de Cafeteria Associada à Suplementação com Fibras Hidrossolúveis Altera a Morfologia do Jejuno Versão: PDF
Atualização:  29/1/2019
Descrição:
CIRILO, Carla Possani

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS: A dieta de cafeteria provoca um quadro de obesidade semelhante a humana, devido a ingestão de alimentos palatáveis. É caracterizada como hipercalórica, hiperlipídica e hipoproteica. A inclusão de fibras hidrossolúveis na dieta e atividade física são medidas preventivas para o controle da obesidade. Considerando que o intestino delgado é sensível a alterações do lúmen, e que modificações no sistema nervoso entérico podem ocorrer decorrentes da dieta, o objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento morfológico, morfométrico e a inervação intrínseca do jejuno de ratos obesos pela ingestão de dieta de cafeteria associada à suplementação de fibras hidrossolúveis, em condição de sedentarismo e treinamento físico. MÉTODOS: Foram utilizados 40 ratos Wistar com 60 dias de idade, divididos em 8 grupos: Sedentários (S), Sedentários Cafeteria (SCa), Sedentários Fibras (SF), Sedentários Cafeteria Fibras (SCaF), Treinados (T), Treinados Cafeteria (TCa), Treinados Fibras (TF) e Treinados Cafeteria Fibras (TCaF). A obesidade foi induzida por dieta de cafeteria (ad libitum) por 14 semanas. Esta dieta foi composta por: chips, chocolate, marshmallow, geléia de mocotó, salsichas, mortadela, refrigerante, pão francês e bolachas, além da ração padrão e água ofertada aos controles. Durante o tratamento foi verificado o peso corporal e o consumo diário dos alimentos. Após 4 semanas de início da dieta, os animais foram suplementados com fibras hidrossolúveis (Fiber Mais- Nestlé) via gavagem 0,5ml/dia/animal (0,2g de fibras/ml) e treinamento em esteira por 10 semanas. Ao final das 14 semanas os ratos foram pesados e duas horas antes da eutanásia receberam aplicação via veia peniana de sulfato de vincristina (0,5 mg/Kg), um agente bloqueador do fuso mitótico para posterior análise da proliferação celular. Após este período, os animais foram anestesiados intraperitonealmente com tiopental sódico (Thionembutal®) (40mg/kg) e mensurado o comprimento naso-anal destes para a determinação do índice de Lee. Posteriormente foi realizada laparotomia para a coleta de sangue e remoção de tecidos. As amostras de sangue foram destinadas para dosagem da glicose, triglicerídeos e proteínas totais. [...]

Palavras-Chave: Glia entérica. Neurônios entéricos. Obesidade. Parede intestinal. Fibras. Dieta cafeteria. Exercício.

Downloads 17  17  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Biologia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Efeito da Adubação Mineral no Crescimento e Produção de Óleo Essencial de Espécies Florestais no Pri Popular Versão: PDF
Atualização:  26/4/2018
Descrição:
SOUZA, Karen Koch Fernandes de

Com objetivo de avaliar a resposta a fertilização mineral sobre o desenvolvimento inicial em campo de seis espécies florestais em região de ocorrência de geada, foi conduzido, um experimento na Estação Experimental da UFPR, localizado no município de Pinhais-PR. As espécies estudadas foram: híbrido Eucalyptus urophylla x Eucalyptus globulus, Eucalyptus benthamii (origem clonal e seminal), Araucaria angustifolia, Pinus maximinoii, Pinus taeda (procedência Africa do Sul) e Cryptomeria japonica. O experimento foi constituído de delineamento inteiramente casualizado, onde cada parcela de espécie continha 80 plantas, sendo 48 plantas úteis que receberam três tratamentos de fertilização com 4 repetições de 4 plantas. O plantio ocorreu em dezembro de 2012 e as variáveis foram avaliadas até dezembro de 2014. O estudo se deu com base nos diâmetros do colo e diâmetro altura do peito, quando possível, e altura total. Os tratamentos de fertilização consistiram na comparação entre testemunha, fertilização convencional e fertilização de liberação lenta. Os fertilizantes foram aplicados 30 dias após o plantio (fertilização convencional de base e fertilização de liberação lenta); 60 dias após o plantio (apenas para fertilização convencional de cobertura) e fertilização de manutenção, aos 450 dias após o plantio. Para as espécies de Eucalyptus as quantidades e formulações de fertilização convencional foram: fertilização de base -200 gr de NPK 6-30-6 + Ca + Mg; fertilização de cobertura - 200 gr de NPK 15-5-30 e fertilização de manutenção - 200 gramas de NPK 6-30-6 + Ca + Mg. Ainda considerando a fertilização convencional, as demais espécies receberam: fertilização de base 110 gramas de NPK 5-30-10, fertilização de cobertura – 150 gr de NPK 15-5-30 + B + Zn + Ca e fertilização de manutenção – 110 gr de 5-30-10 + Ca + Mg. A formulação do fertilizante de liberação lenta foi 11-21-19 + S + B + Zn, e as quantidades utilizadas foram 248 gramas para as espécies de Eucalyptus e 165 gramas para as espécies de coníferas. Avaliou-se o efeito da fertilização no crescimento inicial das plantas do híbrido E. urophylla x E. globulus e o rendimento de óleo essencial. Como resultado constatou-se que aos 24 meses de idade as plantas responderam positivamente as duas fertilizações (convencional e liberação lenta), mas o fertilizante não exerceu influencia significativa no rendimento de óleo essencial. Para as plantas de E. benthamii, comparou-se o desenvolvimento inicial de plantas oriundas de semente e de propagação vegetativa (clone) nas condições de fertilização. Neste caso, houve efeito positivo das fertilizações nas plantas clonais. Entre as coníferas estudadas, as espécies A. angustifolia e P. maximinoi responderam positivamente as fertilizações propostas, o mesmo não ocorreu com as demais coníferas P. taeda e C. japonica. Os fertilizantes apresentaram resposta positiva sobre as espécies, com exceção de P. taeda e C. japonica. Comparando as fertilizações aplicadas, o fertilizante de liberação lenta apresentou melhor resultado para as espécies A. angustifolia e P. maximinoi enquanto que a fertilização convencional foi mais eficiente para as demais espécies que responderam a fertilização.

Palavras-chave: Eucalyptus uroglobulus. Óleo essencial. Eucalyptus benthamii. Araucária. Pinus maximinoi. Pinus. Criptomeria. Fertilização de liberação lenta.

Downloads 244  244  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Biologia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Irrigação com Esgoto Doméstico Tratado em Área Cultivada com Laranja Versão: PDF
Atualização:  29/1/2019
Descrição:
SILVA, Andreia Aparecida Ferreira de

Dentre as alternativas propostas para conter a crise hídrica, está à utilização de esgoto doméstico tratado (EDT) na agricultura, sendo esta uma proposta eficiente na preservação dos recursos naturais disponíveis tanto qualitativa quanto quantitativamente. O presente trabalho objetivou avaliar os parâmetros químicos do solo cultivado com laranjeiras e irrigado com esgoto doméstico tratado via gotejamento superficial e subsuperficial. As avaliações foram conduzidas na Fazenda Lagoa Bonita/UNASP em Engenheiro Coelho, SP. O delineamento experimental utilizado foi em faixas de cultivo no esquema de parcelas subdivididas, o experimento constituído por 5 tratamentos com 5 repetições, totalizando 25 unidades experimentais. Nas parcelas foram avaliadas as duas qualidades de água (esgoto doméstico tratado – EDT, e água de reservatório – AR) e nas subparcelas o sistema de gotejamento superficial, o sistema de gotejamento subsuperficial; e a testemunha sem irrigação. Foram realizadas análises de solo, água de reservatório e EDT e também dos frutos para verificação das características químicas e de produtividade. O tratamento irrigação subsuperficial com aplicação de água foi o que apresentou as maiores médias para o pH, Ca na profundidade de 0,20 m, Mg nas profundidades de 0,20 e 0,40m também MO. O tratamento irrigação subsuperficial com aplicação de efluente apresentou as menores médias para o pH, Ca e Mg nas profundiades de 0,20 e 0,60m. O tratamento sem irrigação apresentou as maiores médias para o NO₃⁻, S, Zn e B e o tratamento subsuperficial apresentou as maiores médias para NH₄⁺e Mn. Há que se considerar que durante o ciclo da cultura houve um grande volume de precipitação que pode ter interferido diretamente na movimentação dos nutrientes no solo e consequentemente afetado a produtividade da planta. A aplicação do efluente quando comparado a água apresentou as maiores médias para as variáveis: NH₄⁺, Cu, Zn, Fe e Mn. O presente trabalho apresentou resultados promissores em relação à irrigação da cultura da laranja com EDT via irrigação superficial e subsuperficial, porém sugere-se, trabalhos futuros, estudos em longo prazo que detalhem de forma mais minuciosa o balanço de nutrientes realmente aplicados no solo.

Palavras-chave: Reúso. Efluente. Gotejamento subsuperficial. Citrus sinensis (L). Solo.

Downloads 27  27  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Biologia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Sentidos da educação atribuídos por egressos do Proeja no Paraná Popular Versão: PDF
Atualização:  17/2/2016
Descrição:
JORGE, Céuli Mariano

A presente Tese inscreve-se no âmbito das pesquisas sobre políticas educacionais direcionadas aos jovens e adultos trabalhadores. Trata de um estudo com os alunos egressos dos cursos técnicos do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional à Educação Básica na modalidade de Educação de Jovens e Adultos – PROEJA, implantados na rede estadual do Paraná em 2008. Este estudo se justifica pela necessidade de compreender quais sentidos e significados foram atribuídos pelos egressos e em que medida esse Programa configurou a formação profissional e elevação da escolaridade dos trabalhadores jovens e adultos. A Tese apresenta desmembramentos que constituem momentos e recursos metodológicos distintos: pesquisa documental e bibliográfica, exploratória e empírica. Os dados obtidos mostraram que a maioria dos egressos estava empregada com carteira assinada e com renda mensal em torno de um salário mínimo, atuando em ocupações variadas do setor de serviços, embora não na área do curso realizado, com exceção dos egressos do curso de Enfermagem. A maioria dos egressos não continuou os estudos em nível superior. As análises e interpretações permitiram concluir que os egressos atribuíram sentidos à formação realizada quanto à valorização pessoal, sociabilização, reconstrução identitária e pertencimento a uma situação que antes os excluía. Atribuem ao curso o fato de estarem empregados e em melhor situação socioeconômica, embora manifestem a expectativa não atendida de atuação na formação técnica realizada.

Palavras-chave: Sentidos da educação. Educação de jovens e adultos. Formação profissional.

Downloads 272  272  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)