Educadores

Ínicio : Arte : Dissertações : Produções de Profissionais da Seed: Dissertações : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Data (antigos listados primeiro)

Categoria: Arte Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Cinepalco: o espaço cênico intertextual Popular Versão: PDF
Atualização:  16/2/2016
Descrição:
SULZBACH, Ândrea Cristina

Este trabalho possui como objeto de estudo a linguagem teatral presente em quatro filmes que se apropriam de fundamentos intertextuais na construção da estrutura cenográfica e representativa. Os filmes selecionados são Dogville (Lars Von Trier, 2003), César Deve Morrer (Paolo e Vittorio Taviani, 2012), Vocês Ainda não Viram Nada (Alain Resnais, 2012) e Anna Karenina (Joe Wright, 2012). O objetivo geral é verificar os elementos presentes no processo criativo, nos referidos filmes, que dialogam entre si. Os objetivos específicos versam sobre o aprofundamento das interconexões percebidas, tendo como desdobramento principal a presença das Artes Cênicas, seja em espaços não convencionais, seja em inserções no cinema hegemônico. O estudo inicial analisa a abordagem e a arquitetura visual dos diretores dentro de períodos cinematográficos específicos que contribuíram com suas obras. Os movimentos identificados foram Dogma 95, Neorrealismo, Nouvelle Vague e Cinema Clássico. A metodologia comparativa enfoca o contraponto entre as três montagens européias e a norte-americana de Anna Karenina, a partir da produção cênica. A hipótese é de que a apropriação da linguagem teatral como intertexto proporciona um cinema reflexivo que é concebido de maneiras diversas, como estrutura física, como ação/encenação, como metatexto e como palco com efeito de espetáculo, respectivamente, nos quatro filmes do corpus. Para o estudo do espaço cênico com efeito de distanciamento são utilizadas as definições de Bertolt Brecht. O método de Constantin Stanislavski serve para o estudo da encenação naturalista. A análise geral dos elementos cênicos se apoia nas definições de Jean-Jaques Roubine e Jacques Aumont. O cinema de opacidade e transparência segue os preceitos de Ismail Xavier. O conceito de intertextualidade de Julia Kristeva e o de espetáculo de Guy Debord completam o referencial teórico.

Palavras-chaves: Cinema. Teatro. Intertextualidade. Cenografia. Encenação.

Downloads 1216  1216  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Leitura de imagem no ensino da arte: a fala e a prática dos/as professores/as da educação básica Popular Versão: PDF
Atualização:  16/2/2016
Descrição:
FAGUNDES, Edimara Alves

A imagem, na atualidade, tornou-se um veículo tão corriqueiro que corre, assim, o risco de chegar até a mente sem ser percebida pelos olhos, possibilitando a introjeção de desejos, ideias e atitudes determinantes sobre a realidade. Torna-se importante aproximar-se deste tema, no campo da educação, para fornecer ferramentas que possam contribuir numa relação com as imagens de forma mais significativa. No ponto de vista desta investigação, a disciplina de arte é responsável não somente por ampliar o repertório imagético e cultural dos/as estudantes, mas também pela forma como a relação com as imagens se estabelece. O objetivo geral deste trabalho é compreender como os/as professores/as realizam as atividades de leitura de imagem com vistas ao ensino da arte na educação básica. Objetiva-se especificamente: refletir acerca da inserção da leitura de imagem no ensino da arte; analisar a prática do/a professor/a de arte, por meio de grupo focal, no ensino fundamental e médio de escolas estaduais da cidade de Curitiba, com relação à leitura de imagem nas aulas de arte; refletir sobre as possibilidades e limites da atividade de leitura de imagem no ambiente escolar. Neste trabalho, apresenta-se como metodologia a abordagem qualitativa, fazendo-se uso da pesquisa colaborativa, do grupo focal e acompanhando as atividades realizadas por dois/duas professores/as. Possibilitou-se, assim, o diálogo entre professores/as, revelando as suas práticas e como essas podem anunciar uma realidade. As estratégias para coleta de dados foram: grupo focal e acompanhamento de atividade, sendo o grupo constituído de questionário, análise da elaboração de atividade de leitura de imagem de forma individual, análise da elaboração e aplicação de atividade de leitura de imagem junto aos/às estudantes de forma coletiva, utilizando-se de métodos da história oral. O acompanhamento de atividade constituiu-se pela análise do planejamento, debate sobre contexto do/a estudante e análise de atividade de leitura de imagem realizada junto aos/as estudantes. A pesquisa defende o ponto de vista de que a leitura de imagem, nas aulas de arte, pode ampliar a criticidade e a criatividade, e, quando envolvida no contexto do/a estudante, adquire um maior nível de significação, uma vez que se liga a sua sensibilidade que, normalmente, é negada no espaço escolar. Desta forma, é necessário criar bases para que o/a professor/a possa oferecer essas condições ao/a aluno/a.

Palavras-chave: Educação. Ensino da arte. Leitura de imagem.

Downloads 17144  17144  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ  Site http://
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Os nomes de rua e o ciclo do café: um estudo enunciativo da designação em Londrina Popular Versão: PDF
Atualização:  16/2/2016
Descrição:
NEVES, Julianne Rosy Do Valle Satil

Neste trabalho, analisamos o processo designativo do acontecimento de nomeação de ruas e avenidas em Londrina, cidade localizada no Norte do Paraná. Em nossa investigação, consideramos o período histórico-econômico Ciclo do Café – cenário da fundação do município, em 1929, e de sua emancipação política, em 1934 – que constituiu contexto fundamental para a expansão econômica londrinense nas décadas seguintes. Para tanto, revisitamos as contribuições teóricas que tratam da questão dos nomes próprios, articulando trabalhos advindos da Filosofia da Linguagem com formulações provenientes da Semântica do Acontecimento, área de estudos da significação inaugurada por Eduardo Guimarães. Assumindo a nomeação de rua como uma prática enunciativa afetada pelo interdiscurso – memória do dizer – e não apenas como uma atividade referencial exercida pelo Poder Público, procuramos interpretar como se dá a constituição de sentidos desses nomes dentro do espaço urbano de Londrina. Nomes que, a nosso ver, são enunciados narradores da própria história da cidade. Nesse sentido, buscamos compreender, em um primeiro momento, o funcionamento semântico-enunciativo das nomeações “Patrimônio Três Bocas” e “Londrina”, as quais foram atribuídas à cidade durante seu processo de fundação. Em um segundo momento, nosso foco recai sobre o funcionamento semântico-enunciativo dos nomes de ruas e avenidas presentes na Lei Municipal 216/1953, a primeira a fixar os limites e a nomear cada uma das vias públicas da zona urbana de Londrina, reunindo, em um mesmo documento, todos os logradouros da cidade. O resultado obtido nessas análises possibilitou o desenvolvimento de uma reflexão sobre a prática enunciativa de nomear ruas no espaço de enunciação da Língua Portuguesa do Brasil. Além disso, demonstrou como esses nomes enunciam elementos formadores da história do município de Londrina, consolidando-se como fatores constituintes da identidade londrinense.

Palavras-chave: Semântica. Enunciação. Designação. Nomes de rua. Ciclo do café.

Downloads 3981  3981  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Música como jogo: significados atribuídos por alunos do ensino fundamental ao vivido nas oficinas de Popular Versão: PDF
Atualização:  16/2/2016
Descrição:
REIS, Leandro Augusto Dos

A presente pesquisa objetivou analisar o processo criativo por meio dos significados dos sujeitos acerca do vivido nas oficinas de música. Buscamos, neste estudo, uma aproximação da música como jogo com a Epistemologia Genética de Jean Piaget. A metodologia que adotamos é a pesquisa descritivo-interpretativa, de abordagem qualitativa e embasada no método clínico piagetiano. Os participantes da pesquisa foram 12 alunos do 8º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública da cidade de Londrina/PR. Os alunos foram convidados a participar das oficinas, no período do contraturno, por meio de inscrições. Os encontros totalizaram seis, envolvendo a fase preparatória de descobertas do material sonoro e o ato criativo sendo composto por jogos de composições em diferentes arranjos interpares. A análise dos resultados foi realizada a partir de dois eixos norteadores: 1) conceito inicial de música extraído dos significados advindos de representação pictórica, textual e relato verbal; 2) significados do processo criativo nos parâmetros composição, performance e apreciação, por meio de relato verbal. Os resultados desta pesquisa evidenciaram a relevância das oficinas com jogos musicais como experiência de produção de significados e como oportunidade de viabilizar a observação dos processos criativos. Além disso, permite desenvolver o conceito ampliado de música, bem como reflexões acerca do ensino de música na escola.

Palavras-chave: Educação. Educação musical. Psicologia da música. Jogos. Oficina de música.

Downloads 252  252  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!As políticas de educação especial no estado do paraná e a escola de educação básica na modalidade de Popular Versão: PDF
Atualização:  16/2/2016
Descrição:
SALLES, Liliane Eremita Schenfelder

A presente pesquisa analisa a política de implantação da escola de educação básica na modalidade de educação especial no estado do Paraná, tendo como foco quatro escolas jurisdicionadas aos Núcleos Regionais de Educação do município de Curitiba e região metropolitana norte e sul. A perspectiva metodológica embasou-se na abordagem do ciclo de políticas (Bowe et al., 1992; Ball, 1994; Mainardes, 2007, Mainardes e Marcondes, 2009), bem como em autores que discutem a educação inclusiva (Carvalho, 2004, Mantoan, 2006; Fernandes, 2007; entre outros). O desenvolvimento da pesquisa abrangeu: 1) entrevistas semiestruturadas com profissionais da Secretaria de Estado da Educação/Departamento de Educação Especial e Inclusão Educacional; Diretores e Professores do ensino fundamental das escolas de educação básica na modalidade de educação especial; 2) análise de legislações nacionais e locais destinadas a educação especial e inclusiva; 3) leitura dos três contextos da abordagem do ciclo de políticas: da influência através da análise dos desdobramentos da política nacional da educação especial na perspectiva da educação inclusiva; da produção de texto diante da política destinada aos alunos com deficiência proposta pelo estado do Paraná, considerando a Resolução n.º 3600/2011 e o contexto da prática, por meio das mudanças ocorridas com a alteração das escolas especiais, quanto aos aspectos pedagógicos e administrativos. Na análise de dados, constatou-se que: a) existem inúmeros desafios para a efetivação da política de inclusão, no Estado do Paraná; b) a política de implantação da escola de educação básica na modalidade de educação especial trouxe mudanças quanto aos aspectos administrativos; c) os aspectos pedagógicos ainda necessitam ser efetivados, principalmente no que tange a avaliação, currículo e projeto político pedagógico; d) a escola de educação básica na modalidade de educação especial é um espaço importante e necessário para o público com alto comprometimento; e) inúmeras dificuldades para que o contexto da produção de texto se efetive no contexto da prática, o que dificulta a implantação da Escola de Educação Básica na modalidade de Educação Especial. Destaca-se, por fim, que a Escola de Educação Básica na modalidade de Educação Especial é um processo em construção, que ainda demanda muitas discussões e avaliações, considerando em especial a definição do público a que se destina e sua identidade educacional.

Palavras-chave: Política educacional. Inclusão. Educação básica. Educação especial.

Downloads 2658  2658  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Leitura da imagem televisiva: uma investigação sobre possíveis diálogos entre o ensino de arte e a t Popular Versão: PDF
Atualização:  16/2/2016
Descrição:
WAKIM, Melissa De Melo

Esta pesquisa, de natureza qualitativa, está centrada no debate acerca da leitura da imagem desenvolvida na escola como um dos mais importantes processos destinados ao ensino formal de arte. Apresenta discussões para redimensionar a leitura de imagem enquanto processo voltado ao ensino e aprendizagem em Arte, considerando estudos sobre leitura e meios de comunicação, realizados a partir da interface dos campos educacional e comunicacional. Afirma a importância dessa leitura como via de interação com o universo imagético contemporâneo, a fim de sustentá-la como prática da linguagem e destacá-la em seu potencial de experiência entre subjetividades e de produção de sentidos. Tem como fundamentação teórica as contribuições do Círculo de Bakhtin, junto à linha dos Estudos Culturais britânicos, no campo da Literatura e nos recentes estudos no campo da Comunicação, na América Latina. A partir desse conjunto teórico, esse estudo buscou: evidenciar outras perspectivas à leitura de imagem, a partir de estudos sobre a interface escola e televisão, a fim de destacá-la em seu potencial de interação; destacar aspectos dialógicos da leitura de imagem para se considerar a possibilidade de diálogo com a imagem televisiva na escola e apresentar reflexões a respeito da leitura de imagens provindas da televisão, levando-se em conta as percepções dos docentes de Arte. A pesquisa almeja, com essa trajetória, contribuir com um referencial teórico ao campo educacional, compreendendo a leitura da imagem como possibilidades de diálogo entre a escola e a televisão. Esta pesquisa se baseou em perspectivas metodológicas bakhtinianas, recorrendo a princípios dialógicos para trazer, por meio de relatos, ideias externas sobre as práticas de ensinar Arte na rede pública estadual, envolvendo a imagem televisiva, a fim de serem associadas às principais discussões levantadas neste estudo. Essas ideias se apresentaram como complementação a essa pesquisa e contribuíram para a formação de compreensões sobre a experiência com imagens cotidianas e para o levantamento de aspectos que falaram muito sobre como a escola vem se relacionando com a televisão.

Palavras-chave: Mikhail Bakhtin. Diálogo. Leitura de imagem. Imagem televisiva.

Downloads 348  348  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!No palco, professoras de teatro: corpo e identidades em perpectiva verbo-visual Popular Versão: PDF
Atualização:  16/2/2016
Descrição:
ARAUJO, Reinaldo Kovalski De

A presente pesquisa busca compreender os efeitos de sentidos sobre corpo e identidades que permeiam os discursos de professoras de teatro, a partir da confecção de protocolos teatrais na perspectiva da verbo-visualidade. A coleta de dados foi realizada com a participação de professoras acadêmicas e egressas do curso de Licenciatura em Teatro na Faculdade de Artes do Paraná, durante um projeto de pesquisa que resultou na encenação teatral REQUEER. Ao final do processo de montagem do espetáculo, que teve duração de um ano, as professoras foram convidadas a elaborar protocolos teatrais verbo-visuais voltados para à síntese da experiência vivida. Para tanto trabalhou-se a confecção dos protocolos para além de uma experiência meramente escrita, a partir da perspectiva da verbo-visualidade. O aporte teórico para análise da materialidade discursiva é a Análise do Discurso de linha francesa, tendo como principais teóricos Michel Pêcheux e Eni Orlandi. Apropriamo-nos nessa pesquisa do corpus dos enunciados verbo-visuais contidos nos protocolos teatrais para discuti-los enquanto acontecimentos enunciativos, articuladores de práticas discursivas que entram na ordem do saber/poder. Para tanto, parto das concepções de Michel Foucault no que tange ao discurso, a fim de discutir efeitos de sentidos que se dispersam nos enunciados. As concepções de corpo e identidade serão articuladas a partir dos estudos de gênero e da teoria queer, tendo como principais autores Judith Butler e Guacira Lopes Louro. Os resultados apontam para a busca das professoras de teatro por um aporte para discussão de corpo e identidades em suas aulas, a procura por um corpo queer no teatro, “livre de significações”, e o teatro como possibilidade de discussão de corpo e identidades no espaço escolar.

Palavras-chave: Teatro. Educação. Corpo. Identidades. Verbo-visualidade.

Downloads 265  265  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A aproximação da pedagogia da alternância com tendências pedagógicas educacionais à luz da contribui Popular Versão: PDF
Atualização:  16/2/2016
Descrição:
BORDIN, Rodrigo

Composta por três capítulos, a presente dissertação aborda a Pedagogia da Alternância como proposta metodológica destinada à população do campo com o objetivo de apresentar os seus referenciais teóricos e metodológicos e sua aproximação com tendências pedagógicas educacionais à luz da contribuição de pensadores da educação. Caracterizando-se como pesquisa bibliográfica, faz-se um estudo acerca da Educação do Campo enfatizando-se o contexto histórico e alguns elementos conceituais, bem como o surgimento da Pedagogia da Alternância no contexto mundial e brasileiro, permitindo-se perceber as relações intrínsecas que há nessa proposta metodológica com a educação do campo. Faz-se, também, um apanhado teórico-conceitual dos pilares e instrumentos que compõem a prática pedagógica desta proposta educacional evidenciando-se a formação integral, técnico/científica e orientação profissional através do diálogo de saberes a partir do contexto familiar, social e educativo de forma interdisciplinar. Estudou-se, também, a contribuição de pensadores da educação à Pedagogia da Alternância com o intuito de se verificar a aproxima- ção dessa proposta de educação com as tendências pedagógicas educacionais o que permitiu a compreensão de que seus fundamentos teóricos e metodoló- gicos se apoiam em diferentes tendências pedagógicas e que, nesse contexto, há um vasto campo de estudos para se mostrar e (re)criar.

Palavras-chave: Pedagogia da alternância. Educação do campo. Tendências pedagógicas da educação.

Downloads 1417  1417  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UTFPR - Câmpus Pato Branco  Site http://
Avaliação: 10.00 (9 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Das brinquedotecas de Londrina ao espaço/tempo lúdico, político e pedagógico do brincar infantil Popular Versão: PDF
Atualização:  17/2/2016
Descrição:
MONTAGNINI, Rosely Cardoso

Neste texto, apresentamos os resultados da pesquisa de Mestrado em Educação que tem como objetivo investigar o fenômeno brinquedoteca na cidade de Londrina-PR, quanto aos aspectos das condições de sua existência e do que pensam os sujeitos envolvidos com ela no âmbito escolar. Para atingi-lo, estruturamos a investigação em três fases: 1) levantamento bibliográfico; 2) fase de campo e 3) sistematização e análise dos dados.

Palavras-chave: Participação infantil. Ética da criança. Direito de brincar. Valores humanos.

Downloads 409  409  Tamanho do arquivo 10.66 KB  Plataforma UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Campo disciplinar e cultura escolar: a trajetória do ensino de arte no curso normal/magistério ... Popular Versão: PDF
Atualização:  17/2/2016
Descrição:
MELLO, Rosimara Albuquerque

Esta pesquisa tem como objetivo investigar os conteúdos curriculares da disciplina de Arte, focalizando questões que implicam a aproximação das práticas escolares. Para tanto, pesquisamos como se constituiu o ensino de Educação Artística do Curso Normal Secundário, e posteriormente, Magistério, entre os anos de 1971 a 1997, e quais as implicações na formação do professor, especificamente na cidade de Nova Esperança, localizada a Noroeste do Estado do Paraná, destacando a importância e particularidade de cada elemento, que compõe a complexa relação histórica e cultural presente na história da educação. A investigação centrou-se em uma pesquisa qualitativa, versando o estudo bibliográfico e fontes documentais, que incluíram leis e documentos oficiais, atas, fotografias, atividades de alunos e entrevistas semiestruturadas com professores e ex-alunos do curso Normal Secundário e Magistério, do Colégio Estadual São Vicente de Paula, em Nova Esperança. Realizamos, ainda, a análise em artigos, dissertações, teses e livros que tratam do tema “História da Disciplina de Arte”. Descrevemos, na referida pesquisa, o histórico da cidade de Nova Esperança e do Colégio Estadual São Vicente de Paula, local da pesquisa; bem como a trajetória da disciplina de Educação Artística em âmbito Nacional, Estadual e Municipal, entre os anos de 1971 a 1997. Verificamos que toda disciplina deve rever seu processo histórico de criação e que o estudo dos documentos e a utilização de fontes são componentes importantes à compreensão da constituição da mesma, bem como a cultura escolar na qual ela esta inserida. Descrevemos, interpretamos e analisamos os conteúdos trabalhados durante o recorte elencado, no Colégio lócus da pesquisa, no curso Normal, e posteriormente, no Magistério. Constatamos, na pesquisa, uma metodologia criada no decorrer do tempo pelo curso, na escola e para o curso, destacando, que em determinada época, o ensino da Educação Artística desempenhou uma função formadora, claramente traçada para educar boas moças e mães, desenvolver o sentimento patriótico e, acima de tudo, formar profissionais para atender à demanda da Educação Infantil e do Ensino Fundamental do município. Sendo assim, ao estudar a história da disciplina escolar, reconhecendo a gama de fatores que a compõem, foi-nos possível compreender um fenômeno inserido no contexto da cultura escolar do espaço pesquisado, bem como a finalidade dos conteúdos trabalhados, suas nuances e conflitos, aspectos importantes para a formação do educador.

Palavras-chave: História da educação. Disciplina de arte. Campo disciplinar. Cultura escolar. Nova Esperança.

Downloads 389  389  Tamanho do arquivo 7 bytes  Plataforma UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ  Site http://
Avaliação: 7.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 »