Educadores

Ínicio : Educação Especial : Surdez : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do pior para o melhor avaliado)

Categoria: Educação Especial Surdez
Fazer Download agora!O que os surdos adultos têm a dizer aos pais de crianças surdas? Popular Versão: 
Atualização:  12/7/2012
Descrição:
FERNANDES, S.

Geralmente, ao iniciarmos a leitura de um texto que pretende trazer contribuições às famílias que compartilham da experiência de ter um filho surdo entre seus membros, espera-se que haja uma série de recomendações do que fazer para superar o “choque”, a “angústia” e a “culpa” por não saber como lidar com a situação de um filho que não ouve. É quase certo que, após um diagnóstico clínico de surdez, anunciado pelo médico, um futuro obscuro e incerto é traçado, no qual circulam fantasmas futuros anunciando os problemas da falta de audição, da impossibilidade da fala, dos problemas de comunicação. Nossa intenção, na verdade, não é essa. Pretendemos, ao contrário, demonstrar todos os prazeres e possibilidades que essa experiência trará à família, se ela estiver devidamente informada sobre como seu filho surdo vê o mundo, como ele interage e de que forma se sentirá seguro e acolhido, se as pessoas que o cercam demonstrarem como ele é amado e respeitado, de uma forma que ele
compreenda.

Downloads 2521  2521  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Especial Surdez
Fazer Download agora!Surdez, Bilingüismo e Inclusão: entre o dito, o pretendido e o feito  Popular Versão: 
Atualização:  12/7/2012
Descrição:
LIMA, M. do S. C.

O eixo central da discussão surgiu da necessidade de dirigir o olhar ao cenário que compõe o contexto escolar para analisar a chamada prática de bilingüismo do surdo que tem sido implantada, em escolas da rede pública, que trabalham com a proposta de inclusão. O presente estudo, de natureza etnográfica, foi conduzido em duas escolas com dezenove alunos surdos profundos, dentre os quais oito (8) estavam matriculados na primeira escola e onze (11) na segunda. Todos os alunos eram pertencentes à classe sócio-econômica baixa. Para a configuração desta pesquisa, optei, como referencial teórico, pela vertente sócio- histórica, na qual procuro elementos norteadores para circunscrever a temática deste estudo. Os dados apresentados, nesta pesquisa, foram coletados em dois momentos distintos: na primeira escola, a coleta foi iniciada no segundo semestre de 2000, durante o período de 18/08/00 à 30/11/00. Já na segunda escola, teve início em junho e se estendeu até dezembro de 2001. Foram utilizados como recursos metodológicos os seguintes: observações em salas de aula (regular e de apoio); registro através de vídeo-tape de algumas atividades desenvolvidas pelos alunos surdos com as professoras ouvintes, os colegas (ouvintes e/ou surdos) e o instrutor surdo; questionário aberto aplicado às professoras e ao instrutor surdo, com o intuito de coletar informações sobre suas visões de i clusão, educação bilíngüe e de aluno surdo; algumas atividades escolares, realizadas pelos alunos surdos; Investigação de dados em prontuários da escola; diário de notas de campo; entrevista semi-estruturada com a pedagoga responsável pela orientação prestada aos professores envolvidos com o trabalho pedagógico na escola; entrevista semi-estruturada com uma professora do ensino regular.

Downloads 3492  3492  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Especial Surdez
Fazer Download agora!Surdez e linguagem escrita: um estudo de caso Popular Versão: 
Atualização:  15/7/2012
Descrição:
GUARINELLO, A.C.; MASSI, G.; BERBERIAN, A.P.

Partindo do pressuposto de que ao considerar a língua de sinais como a primeira língua do surdo é possível perceber sua inserção no mundo letrado, esse trabalho objetiva analisar produções escritas de um sujeito surdo em momento inicial de apropriação da escrita. Para tanto, concebendo a linguagem como atividade dialógica, como trabalho social e histórico, constitutivo dos sujeitos e da língua, foram analisados cinco textos produzidos, entre os anos de 1998 e 2002, por um sujeito surdo, reconhecido pela inicial R, em conjunto com a sua fonoaudióloga. Cabe esclarecer que tal profissional, proficiente em língua de sinais, atuou como interlocutora e intérprete, priorizando a natureza interativa da linguagem e interferindo nas produções escritas quando solicitada. Durante os anos trabalhados com R, observou-se que ele passou a refletir sobre seus textos e mudou sua postura perante a escrita. O fato de R e a fonoaudióloga compartilharem a língua de sinais permitiu que ele dividisse suas histórias e experiências, levando-os a registrá-las a partir da língua escrita. Deste modo, R passou a fazer uso da escrita com alternâncias e justaposições entre as duas línguas envolvidas: a língua portuguesa e a língua de sinais. A escrita tornou-se, assim, uma possibilidade a mais de manifestação dasingularidade de R, que passou a reconstruir a história de sua relação com a linguagem.

Palavras-chave: surdez; linguagem escrita; língua brasileira de sinais; educação especial.

Downloads 443  443  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Especial Surdez
Fazer Download agora!Letramento para Alunos Surdos através de textos sociais Popular Versão: 
Atualização:  15/7/2012
Descrição:
BALDO, C. F.; IACONO, J. P.

Vive-se um momento de transição na educação de surdos. Após muitos anos de tentativas para oralizar estes estudantes - sem grandes resultados – constatou-se que existe outra possibilidade, já utilizada por alguns educadores há séculos atrás: os sinais. Sendo a oralidade, para o surdo, mais complexa, deve-se, então, tornar a comunicação mais natural e tirar proveito dos recursos visuais através da língua de sinais - no Brasil, Libras - já reconhecida como Língua oficial da comunidade surda. Somente após o domínio do aluno em Libras, parte-se para o ensino de uma segunda língua: a língua portuguesa. Porém, para que tal prática se concretize, faz-se necessário, que o professor aprofunde os conhecimentos sobre a educação de surdos e compreenda como pode ser efetivado o processo de Letramento através de práticas sociais de leitura e escrita. Objetivando tornar o Letramento mais próximo do professor e do aluno, propõem-se um processo ou encaminhamento metodológico utilizando textos do cotidiano dos alunos, os chamados textos sociais. Tal processo revelou-se eficaz e possível de ser utilizado na prática escolar, pois é um estudo seguido da elaboração de material didático para ser aplicado aos alunos surdos. As atividades contribuem para conduzi-los à apropriação da Língua Portuguesa escrita, como sua segunda língua.

Palaras-chave: Educação. Alunos surdos. Letramento. Textos de circulação social.

Downloads 892  892  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 6.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Especial Surdez
Fazer Download agora!Bilinguismo e Educação de Surdos Popular Versão: 
Atualização:  15/7/2012
Descrição:
PEREIRA, M. C. da C.; VIEIRA, M. I. da S.

Este artigo tece algumas considerações sobre as especificidades que envolvem o bilingüismo na educação de pessoas surdas. Pelo fato de nascerem em famílias ouvintes, a maioria das crianças surdas cresce sem uma língua constituída, uma vez que a língua majoritária na modalidade falada, usada pela família, é inacessível às crianças surdas e a língua de sinais, acessível a elas, é desconhecida ou mesmo rejeitada pela família ouvinte. A proposta de uma educação bilíngüe, que contemple a Língua Brasileira de Sinais, como primeira língua, e a Língua Portuguesa, na modalidade escrita, como segunda língua, é apresentada e discutida neste artigo.

Palavras-chave: bilingüismo e surdez; educação bilíngüe para surdos; educação de surdos.

Downloads 2461  2461  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 7.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Especial Surdez
Fazer Download agora!Estudo jurídico sobre a inclusão escolar da criança com deficiência auditiva no ensino regular Popular Versão: 
Atualização:  15/7/2012
Descrição:
ALMEIDA, I.M. dos S.

O presente trabalho versa sobre a inclusão escolar da criança com deficiência, com enfoque especial a deficiência auditiva, tendo como pressuposto a dignidade humana, eleita como um dos fundamentos do Estado democrático de Direito. O objetivo principal do estudo é discutir a urgente necessidade de inclusão da criança com deficiência no sistema educacional regular, no sentido de ser este um dos caminhos principais, se não, o único para alcançar uma sociedade mais justa e igual para todos em direitos e oportunidades, e como conseqüência, efetivar os princípios constitucionais da igualdade, da dignidade e da não-discriminação. Para conduzir a argumentação, examinam-se os direitos constitucionais, a legislação pertinente e o processo de inclusão escolar, com ênfase na necessidade de romper barreiras que impossibilitam a inserção da criança com deficiência no ensino regular, com base em posturas e comportamentos esterotipados e preconceituosos, que, há muito tempo, vem legitimando toda forma de exclusão. Propõem-se mudanças atitudinais urgentes por meio de propostas de ações afirmativas, como forma de efetivar a inclusão escolar, em cumprimento ao ideário da Declaração Universal dos Direitos Humanos: uma sociedade mais igualitária, mais justa e solidária para todos.

Palavras-chave: Crianças com fundamentais- igualdade – dignidade.

Downloads 4214  4214  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 9.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Especial Surdez
Fazer Download agora!Caminhos para Inclusão dos Surdos na Educação de de Jovens e Adultos: ouvintes falando com as mãos/l Popular Versão: 
Atualização:  12/7/2012
Descrição:
FUKUSHIMA, C. S. M.

A proposta deste artigo é dar a conhecer ações de intervenção que venham a contribuir para a melhoria da qualidade do ensino na Rede Pública do Paraná intermediado pelo Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE). Para tal foram criados espaços de reflexão e discussão, envolvendo a comunidade escolar, sobre a educação dos surdos. Como proposição de atendimento às necessidades dos surdos no ensino regular foi implantada a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) e a presença de intérpretes. Porém, há a necessidade do envolvimento da comunidade ouvinte em estar receptiva à inclusão dos surdos. Como procedimento para a efetivação de ações, propôs-se encontros de discussão acerca da temática surdez na educação de jovens e adultos, incluindo discussões concernentes às legislações, à história da educação dos surdos, da educação de jovens e adultos (EJA). Aliada a essa incursão histórica e à abordagem sócio-antropólógica fundamentada por Skliar, ressaltou-se a importância da LIBRAS como elemento mediador de comunicação entre surdos e ouvintes. Por fim, importante ressaltar que um ano após o início deste trabalho, registra-se neste momento, três alunos surdos freqüentando a EJA assessorados por intérprete.

Palavras-chave: Inclusão. Surdez. Língua Brasileira de Sinais. EJA.

Downloads 15191  15191  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Especial Surdez
Fazer Download agora!Desdobramentos politico-pedagógicos do bilinguismo para surdos: reflexões e encaminhamentos  Popular Versão: 
Atualização:  12/7/2012
Descrição:
FERNANDES, S.; MOREIRA, L. C.

O artigo trata do bilingüismo para surdos, suas implicações no processo educacional, bem como alguns dos desdobramentos das políticas lingüísticas inclusivas propostas oficialmente a partir do final da década de 1990 para esse segmento. Discutem-se as características socioculturais e lingüísticas das comunidades surdas brasileiras e a importância das mesmas serem conhecidas e valorizadas socialmente. Apontam-se algumas diretrizes e desafios para o acesso e permanência de estudantes surdos no processo educacional escolar. Por fim, o texto reflete acerca dos programas de educação bilíngüe para estudantes surdos, visto que esses são complexos, justamente porque perpassam interesses econômicos, ideológicos e culturais contraditórios e heterogêneos.

Palavras-chave: Bilingüismo. Educação de Surdos. Língua Brasileira de Sinais.

Downloads 568  568  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Especial Surdez
Fazer Download agora!A construção da educação dos surdos na perspectiva do letramento Popular Versão: 
Atualização:  15/7/2012
Descrição:
ROCHA, F. G. da

Inicialmente, confrontam-se as concepções entre o letramento e a alfabetização tradicional. O letramento como relação semiótica do uso das linguagens e contínua interpretação dos discursos pluraliza sua prática em múltiplos letramentos. As vozes de Costa, Cavalcante Junior, Soares são imprescindíveis para compreendê-lo. Seu esboço histórico na sociedade contemporânea transforma-se em um divisor de águas, embora sejam recentes suas discussões. Mais adiante, sua fundamentação abarca a necessidade do discente surdo, porque vai explorar a competência lingüística dele – a LIBRAS, e preocupa-se com práticas psicossociais em comunidades ágrafas para discutir a interlocução da língua de sinais e língua portuguesa na escrita do surdo. O letramento na educação de surdos faz uma leitura dos entornos dessa sociedade e seus aspectos cultural-lingüísticos, com o apóio da Sociologia e da Lingüística. Lakato, Quadros, Fernandes são importantíssimos para dimensionar a visão sobre esse complexo grupo social. Para melhor compreensão são apresentados alguns modelos frasais da língua de sinais e ensaios interpretativos de enunciados justapostos dela com a língua portuguesa. O debate da revisão e releitura da escrita do surdo para o aprimoramento da segunda língua, considerando a primeira vale-se para construir sua educação na perspectiva do letramento.

Palavras-chave: letramento, surdez e educação

Downloads 9335  9335  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 (3)