Educadores

Ínicio : Geografia : Cartografia : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Atlas Geográfico de Curitiba Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:

O Atlas geográfico de Curitiba é fruto do trabalho desenvolvido pela Professora Noemi Morceli Fanini, com a colaboração de alguns professores PDE, colegas seus, durante seus estudos no Programa de Desenvolvimento Educacional - Seed -PR. O Atlas traz um breve histórico da cidade de Curitiba, seus símbolos, localização e temas de geografia como relevo, clima, hidrografia, vegetação e uso do solo. Também destaca os principais pontos turísticos da cidade, além de mapas e imagens relacionadas a esses locais e temas.

Palavras-chave: Geografia. Localização. Atlas. Curitiba. PDE. Cidade. Mapas. Pontos turísticos.

Downloads 3640  3640  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Experiência na aplicação da Cartografia tátil no ensino de Geografia Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
SENA, Carla Cristina Reinaldo Gimenes de

Ver, escutar, cheirar, degustar e tocar. Todos esses sentidos são os meios que utilizamos para receber as informações do entorno. Essas informações são fundamentais para o nosso desenvolvimento e também para nos comunicarmos. A pessoa com deficiência visual tem diminuída ou mesmo comprometida a capacidade de decodificar informações que estão sintetizadas em imagens, necessitando de uma adaptação dessa informação para a sua compreensão parcial ou total. Quando isso ocorre, os demais sentidos, principalmente a audição e o tato, se forem estimulados de maneira correta, podem auxiliar e até substituir a visão no processo de percepção e interação com o meio. A estimulação deve levar em consideração que as pessoas, independente de apresentarem uma deficiência, não constróem seu esquema corporal sozinhas, elas necessitam da relação com outras pessoas e com o meio. A pessoa que não constrói satisfatoriamente seu esquema corporal terá dificuldade de reconhecer o espaço ao seu redor, prejudicando sua mobilidade e, por consequência, sua autonomia. Juntamente com a estimulação correta dos demais sentidos é fundamental a adaptação ou modificação da forma como a informação é disponibilizada a esse público. Este trabalho relata a experiência na seleção e adaptação de mapas e ilustrações para a linguagem tátil com o objetivo de auxiliar o ensino sobre alguns aspectos da cidade de São Paulo, com destaque para o seu crescimento urbano para estudantes com deficiência visual. Elaborou-se uma sequência de mapas que representam a área urbana de São Paulo em cinco épocas distintas. Foi construída uma maquete que representa a cidade na primeira metade do século XIX, a maquete contém alguns sensores de toque que permitiram a inserção de sons com informações sobre patrimônios históricos da região central da cidade. O objetivo desses materiais é proporcionar a compreensão de um recorte histórico geográfico sobre São Paulo, auxiliando o estudante com deficiência visual a avançar do nível da identificação e localização para a interpretação, análise e síntese dos assuntos estudados. Para ilustrar parte do processo histórico ocorrido optou-se por trabalhar, além da maquete e dos mapas, com ilustrações das fachadas de alguns edifícios históricos do centro, que também sofreram alterações, algumas bem radicais – como é o caso da igreja da Sé, demolida para dar lugar à atual catedral, por exemplo. O desenvolvimento do trabalho mostrou que quando os estudantes com deficiência visual têm a oportunidade de participar ativamente de um processo de aprendizagem que estimula sua percepção tátil, respeita sua vivência e trabalha com as noções básicas do mapa (escala, ponto de vista, orientação, localização e simbologia) podem alcançar níveis satisfatórios de compreensão das representações gráficas. Nesse sentido, é possível que a associação de mapas táteis com outros recursos didáticos como maquetes sonoras e ilustrações facilite o processo de aprendizagem de um tema especifico para estudantes com deficiência visual, desencadeando uma discussão mais ampla e reflexiva sobre o que está sendo estudado.

Palavras chave: Cartografia tátil. Deficiência visual. Ensino de Geografia. Inclusão. Mapas táteis. Maquete sonora.

Downloads 3415  3415  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Manual de utilização do programa Philcarto  Popular Versão: 
Atualização:  24/9/2013
Descrição:
GIRARDI, Eduardo Paulon

Nosso objetivo é disponibilizar um manual de utilização do programa de cartomática Philcarto, em português, para possibilitar a difusão do programa no Brasil e com isso ampliar uso do mapa nas pesquisas geográficas brasileiras.

Palavras-chave: Philcarto. Software. Cartografia. Geoprocessamento. Geotecnologias. Geografia. Espaço geográfico.

Downloads 3144  3144  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www2.fct.unesp.br/nera/atlas/downloads.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Mapas táteis sonoros como facilitadores na inclusão de invisuais em trilhas ecológicas Popular Versão: 
Atualização:  9/5/2013
Descrição:
GOLIN, Geisa; NOGUEIRA, Ruth Emilia; CUSTÓDIO, Gabriela A.

Conhecer e interagir com o meio ambiente em unidades de conservação, em trilhas pela mata, ou outros ecossistemas são opções do homem urbano para experimentar o que ele não tem oportunidade de acessar senão pelas experiências descritas nos meios de comunicação ou em livros didáticos. Observamos que a pessoa com deficiência visual, devido à inexistência de facilitadores que possibilitem sua interação com o meio ambiente, fica à margem de tais experiências. Então como se pode permitir que uma pessoa com cegueira ou severa restrição visual possa ter oportunidade de ser de fato incluída naquilo que ela ouve falar ou lê nos meios de comunicação falada? Um projeto de extensão desenvolvido no ano de 2008 em parceria estabelecida entre o Laboratório de Cartografia Tátil e Escolar da UFSC (estudantes e professores de Geografia e Design), um grupo de estudantes de Engenharia e Biologia e uma empresa de desenvolvimento (Projeto Sapiens) vêm encarando o desafio de criar uma trilha ecológica acessível para cadeirantes e pessoas com deficiência visual. O grupo é formado por 10 acadêmicos mais cinco pessoas invisuais voluntárias que frequentam a Associação Catarinense para a Integração do Cego. A trilha ecológica em foco está situada na porção norte, em ambiente úmido na Ilha de Santa Catarina, distante aproximadamente 35 km do centro de Florianópolis, em um parque denominado Sapiens Parque. Essa trilha foi implantada ao longo do rio do Brás, com extensão de uns 1200 metros e tem o formato oval, ou seja, começa e termina no mesmo lugar. O projeto foi pensado para ser estruturado a partir de mapas táteis sonoros, sobre o meio ambiente onde está localizada a trilha. Pensamos em educação ambiental tanto de invisuais (inclusão social e educacional) quanto de visuais. Os mapas socializam a informação; são dispositivos de acesso à informação espacial sobre o meio ambiente, proporcionando acesso à localização e ao conhecimento dos diferentes ambientes naturais, trazendo possibilidades de leituras abrangente ou mais detalhada do ambiente a ser conhecido, despertando novos “olhares” e descobertas ao invisual e também aqueles que enxergam. Com o auxílio de uma mesa digital do tipo touch, que responde a estímulos táteis em toda a sua superfície, foram posicionados mapas táteis criados especificamente para esse projeto. Os mapas trazem botões distribuídos em pontos estratégicos, possibilitando que ao serem tocados, instantaneamente se ouça uma informação sonora sobre aquele lugar, ou, se for tocado mais de uma vez se pode acessar mais informações. Os invisuais foram ensinados a ler os mapas com as mãos apertando pontos de interesse para acessar a informação sonora que é disponibilizada pelo banco de dados do computador. Eles foram críticos e orientadores de como seriam os mapas para mais fácil leitura. Os primeiros resultados do projeto mostram o quanto é importante a integração de pessoas com diferentes conhecimentos para desenvolver um dispositivo moderno de fácil acesso aos invisuais para que eles também possam acessar conhecimentos espaciais do meio ambiente. A utilização de mapas táteis com a mesa digital touch proporciona a utilização dos sentidos do tato e da audição facilitando a compreensão do meio ambiente pelo usuário invisual e desperta o interesse daqueles que enxergam. Os mapas táteis mais uma vez se mostram fortes dispositivos auxiliares na inclusão social e educacional. A assimilação das informações pelos invisuais antes e depois de “fazerem a trilha” foi descrita por eles como “muito importante para adquirirem conhecimentos”. Eles consideraram que o contato prévio com os mapas e com as informações acessadas sobre o meio ambiente proporciona conhecimentos que auxiliaram na sua localização no espaço e permitem uma melhor interação com o meio ambiente ao percorrerem a trilha.

Palavras chaves: Educação ambiental. Mapas táteis sonoros. Inclusão social e educacional.

Downloads 2779  2779  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!O mapa tátil no ensino de Geografia: algumas reflexões Popular Versão: 
Atualização:  9/5/2013
Descrição:
SALVADOR, Diego S. C. de O.

O mapa é um instrumento que representa de maneira codificada diversos espaços geográficos. A leitura e a compreensão desse instrumento são de suma importância para o desenvolvimento significativo do ensino geográfico. Um mapa construído de maneira acessível a todos representa um meio pelo qual o ensino geográfico pode se tornar motivante e eficaz para todos os alunos, tanto os com deficiências quanto os considerados “normais”. Dessa maneira, o estudo em tela traz reflexões sobre a importância desse instrumento para o desenvolvimento inclusivo do ensino de Geografia. Além dessas reflexões, são apresentados passos para a confecção de um mapa tátil do Brasil, que pode ser trabalhado por todos os alunos e professores. Destaca-se que a apresentação desses passos tem a finalidade de despertar a motivação e a criatividade de professores e alunos para a construção de outros mapas táteis, que possam auxiliar na significância do processo educacional geográfico inclusivo. Não se pode deixar de frisar que o objetivo do trabalho é refletir sobre a importância do mapa para a significativa compreensão de conhecimentos geográficos por todos os alunos, sem exceções. Para o alcance desse objetivo, adotou-se os seguintes procedimentos metodológicos: realizou-se pesquisas bibliográficas sobre a importância do mapa para o ensino de Geografia; refletiu-se sobre a confecção de mapas táteis e a importância destes para o ensino geográfico inclusivo; e confeccionou-se mapas táteis no âmbito do “Curso de atualização: formação continuada de docentes, visando um sistema educativo inclusivo”, realizado no CEFET-RN, no ano de 2006. O trabalho é desencadeado a partir de uma postura metodológica que segue as concepções geográficas humanistas, calcando-se na subjetividade, nos sentidos, nas percepções humanas, etc.

Palavras-chave: Mapa. Ensino de Geografia. Inclusão.

Downloads 2603  2603  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRN  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Uso de linguagem cartográfica no ensino de Geografia: os mapas e Atlas digitais na sala de aula Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
MOURA, Leda M.C.

Este artigo tem o intuito de apresentar os mapas e Atlas digitais como uma alternativa para o uso da linguagem cartográfica no ensino de Geografia. A primeira parte, desenvolvida por meio de pesquisa bibliográfica, descreve a relevância da linguagem cartográfica nas aulas de Geografia; faz uma breve descrição das tecnologias de informação e comunicação (TIC) e de sua importância no cotidiano das pessoas. Apresenta, também, as ferramentas disponíveis na web – em especial o Google Earth e o Google Maps e busca fazer uma relação entre tecnologias e a linguagem cartográfica, propondo o uso dessas ferramentas - presentes nas escolas públicas do Estado do Paraná por meio do Programa Paraná Digital (PRD) - nas aulas de Geografia. Na segunda parte, relata uma experiência de uso do Google Maps em aulas do Ensino Fundamental (7a. Série), realizada no Colégio Estadual Euzébio da Mota, em Curitiba, no primeiro semestre de 2008. Por fim, partindo da experiência, faz algumas considerações a respeito da viabilidade da proposta de unir linguagem cartográfica e mapas/Atlas digitais em salas de aula.

Palavras-chave: Mapas. Atlas digitais. Cartografia. Geografia. Google Earth. Google Maps.

Downloads 2512  2512  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Elaboração de metodologia de atualização cartográfica da região Amazônica utilizando imagens dos sat Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2012
Descrição:
QUADROS, Lauro de Miranda; FILHO, Luiz Carlos Teixeira Coelho; SOUZA, Lupuna Corrêa de; ATAÍDE, Marcos Sebastião; FONSECA, Nabbor Santiago da; ALVARES, Robson Pereira; PACHECO, Wesley Luis

O desenvolvimento deste trabalho tem por fim estabelecer uma metodologia para atualização cartográfica na região amazônica utilizando imagens de satélite. Como base foi utilizada a norma formulada pela Diretoria de Serviço Geográfico (DSG). Pelo fato de a região Amazônica possuir peculiaridades adversas às demais regiões brasileiras, relacionadas ao seu ciclo hidrológico e dificuldades de acesso, faz-se necessária à adaptação dos trabalhos convencionais à região em questão. O estudo aborda os prós e contras de se adotar um modelo de classificação supervisionada em detrimento ao método automático, dada a quantidade menor de classes. Também é estudada a possibilidade de atualização de hidrografia baseada em imagens de cheia e vazante. Por fim, trabalhos de campo estão sendo realizados com vista a desenvolver uma biblioteca de classes, que solucione as diferenças específicas destas áreas.

Palavras-chave: Região Amazônica. Satélite Landsat. Satélite CBERS. Imagens de satélite. Ciclo hidrológico. Hidrografia.

Downloads 2056  2056  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Cartografia tátil: mapas para deficientes visuais Popular Versão: 
Atualização:  9/5/2013
Descrição:
LOCH, Ruth Emilia Nogueira

A cartografia tátil é um ramo específico da Cartografia, que se ocupa da confecção de mapas e outros produtos cartográficos que possam ser lidos por pessoas cegas ou com baixa visão. Os mapas e gráficos táteis tanto podem funcionar como recursos educativos, quanto como facilitadores de mobilidade em edifícios públicos de grande circulação, como terminais rodoviários, metroviários, aeroviários, nos shopping centers, nos campi universitários, caminhos e itinerários e, também, em centros urbanos. Dessa forma, os produtos da cartografia tátil podem ser enquadrados como recursos da tecnologia assistiva por auxiliarem a promover a independência de mobilidade e ampliar a capacidade intelectual de pessoas cegas ou com baixa visão. Em decorrência de fatores socioeconômicos e estágio de desenvolvimento tecnológico, não há padrões cartográficos táteis aceitos mundialmente como acontece na cartografia convencional, aquela produzida para pessoas com visão normal. Portanto, verifica-se a necessidade de cada país criar seus padrões e estabelecer normas para a cartografia tátil tomando como base a matéria-prima existente, o grau de desenvolvimento tecnológico, a acessibilidade e o preparo dos deficientes visuais para uso desses produtos. Diante do exposto, são feitas aqui algumas considerações sobre o atual estágio da cartografia tátil, enfocando alguns pontos-chave geralmente desconhecidos dos cartógrafos, assim como os resultados de padronização de mapas táteis decorrentes de um projeto de pesquisa e extensão, desenvolvido na Universidade Federal de Santa Catarina, iniciado em 2003.

Palavras-chave: Cartografia tátil. Deficientes visuais. Padronização de mapas táteis.

Downloads 1668  1668  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Considerações sobre interfaces para mapas interativos na Web Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2012
Descrição:
MENDONÇA, André Luiz Alencar de; POMBO, Renan Martins; ROCHA, Suzana Daniela; DELAZARI, Luciene Stamato

No presente artigo serão discutidos aspectos considerados primordiais no design e avaliação da interface de mapas interativos utilizando-se como base a teoria em projeto cartográfico e o design de interfaces baseado no usuário. Como estudo de caso foi utilizado o “atlas da metrópole”, conjunto de mapas disponibilizados em um sítio na web, que retrata temas ligados à sócio-economia dos municípios da região metropolitana de Curitiba. De forma didática, procurou-se analisar quais os fatores que devem ser levados em conta nas decisões de projeto cartográfico, iniciando-se pelas características do usuário até as técnicas de representação, passando pela metodologia de classificação de dados. Também foram analisadas as decisões adotadas na interface do mapa e os mecanismos de interação implementados, discutindo-se melhorias e possíveis novas funcionalidades. O resultado é um conjunto de boas práticas e sugestões, utéis nas decisões acerca do projeto de mapas interativos em ambiente web.

Palavras-chave: Mapas. Mapas interativos. Região Metropolitana de Curitiba. Cartografia.

Downloads 1501  1501  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Cartografia do Oriente Médio Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:

Apresenta uma base histórica e geográfica para a compreensão de questões relacionadas ao Oriente Médio desde a Antiguidade até nossos dias. Ao longo do tempo, os fatos aconteceram em um espaço determinado e com pessoas que fizeram uma história que influenciou todo o mundo. Essa pesquisa geográfica pauta-se também em referências bíblicas como fonte, pois esta fornece parâmetros e indicação de lugares, povos e outros fatos geográficos importantes para a localização. As regiões antigas foram correlacionadas com as regiões atuais e representadas em mapas.

Palavras-chave: Geografia do Oriente Médio. Mapas do Oriente Médio. Oriente Médio. Geopolítica. Geografia. Regiões. Culturas. Povos.

Downloads 1423  1423  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 (2) 3 4 »