Educadores

Ínicio : Arte : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (23)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do melhor para o pior avaliado)

Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!Teatro-educação e os processos de indistinção estética na pós-modernidade : uma reflexão sobre impr Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
SOUZA, Maria Aparecida de

Este estudo analisa como a metodologia de Viola Spolin, explicitada no livro “Improvisação para o Teatro”, (2001), contribui para o aluno empreender reflexão crítica sobre os processos de indistinção estética na pós-modernidade. Esta pesquisa discorre sobre as matrizes teatrais e pedagógicas da metodologia de Spolin partindo de dois pilares desta: jogos e improvisação teatral. Tomando a pós-modernidade como condição histórica e cultural, este texto reflete sobre os conceitos de barbárie, sociedade tecnoestética, sociedade espetacular ou midiática. Busca-se a discussão sobre como a expansão da imagem associada à tecnologia e à mercadoria provoca a estetização do cotidiano, tornando inoperante a capacidade de nossos alunos de diferenciar arte e sua função social. O trabalho apresenta o embate entre os processos de indistinção estética e o teatro como realização singular, diferida, trazendo a análise sobre os procedimentos descritos em Spolin para as práticas de teatro-educação e sobre as maneiras pelas quais estes podem ser vislumbrados como instrumentos de reflexão a respeito dos processos de indistinção estética na pós-modernidade.

Palavras-chave: Teatro. Educação. Spolin.

Downloads 5760  5760  Tamanho do arquivo 472.23 KB  Plataforma Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC  Site http://www.tede.udesc.br/
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!O rebaixamento da negatividade da arte: Um estudo sobre a instrumentalização do teatro na educação Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
OLIVEIRA, Yonara Dantas de

Este estudo discute a inserção do teatro no âmbito educacional, considerando o atravessamento do teatro pela instituição escolar e os movimentos que permearam a história do teatro. Com base na teoria crítica da sociedade desenvolvida por Theodor Wiesengrund Adorno, entende-se que o teatro, como expressão artística, é, em si, forma de conhecimento. Por meio do seu caráter de negatividade, as obras de arte condensam as antinomias e os antagonismos como antíteses da sociedade enquanto problema de sua forma interna, o que potencializa a arte como crítica imanente à realidade social. Partindo desse entendimento, buscou-se elucidar como o teatro se relaciona com os demais conteúdos escolares. Para tanto, foram selecionadas como material para análise quatro produções acadêmicas sobre teatro e educação, entre dissertações e teses produzidas na Universidade de São Paulo, já situadas dentro do contexto da vigência da nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação, de 1996, e da implementação dos Parâmetros Curriculares Nacionais, em 1998. As reflexões de Theodor W. Adorno e as discussões apresentadas nas obras selecionadas contribuem para a compreensão do objeto de estudo, em uma análise sobre a relação entre teatro e educação escolar, a qual indaga de que maneira, nessa relação, o teatro encontra-se rebaixado em seu potencial de contato com a realidade e de crítica a ela. Da análise das quatro obras selecionadas é possível depreender que o teatro encontra-se instrumentalizado, tendo em vista que as atividades de ensino de teatro têm ido ao encontro de uma educação afirmativa da ordem vigente

Palavras-chave: Adorno Theodor Wiesegrund - 1903-1969. Educação. Negatividade. Teatro. Teoria Crítica.

Downloads 1024  1024  Tamanho do arquivo 495.47 KB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!Estamparia têxtil Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
YAMANE, Laura Ayako

As manifestações culturais e artísticas surgiram no setor têxtil ainda nos primórdios da humanidade, utilizando-se, desde então, de pigmentos vegetais, e criando uma verdadeira aliança entre o ser humano, a natureza e o mundo do desenho. A moda retrata aspectos do vestuário desde o início da história do homem até a atualidade, relatando a estreita ligação com as tendências globalizadas. A moda, enquanto conseqüência do mundo econômico, reflete os acontecimentos sociais, culturais, políticos, econômicos e ambientais. O presente estudo visa a introduzir os conceitos estruturais a respeito da cor, desde a sua definição até a ilustração dos ícones aos quais está associada. Introduz ainda a estamparia, que é das mais exigentes técnicas têxteis, e também a que mais se aproxima da Arte, indicando sua origem, fontes de inspiração, os diversos processos de fabricação e sua aplicação, desde os processos manuais até os digitais. Esta pesquisa versa sobre a importante e estratégica etapa de Pesquisa de Tendências, através de várias fontes, principalmente a Internet, a seleção de produtos junto aos vários profissionais, e, finalmente, o desenvolvimento de produtos têxteis nas fábricas, a necessidade de utilização de todo o maquinário disponível na tecelagem, na tinturaria e na estamparia.

Palavras-chave: Cores. Desenvolvimento de projeto têxtil. Estamparia. Moda.

Downloads 666  666  Tamanho do arquivo 5.14 MB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!A angústia na obra de Ingmar Bergman: Sarabanda em ser e tempo de Martim Heidegger Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
BRANCO, José Luiz de Campos Castejón

O presente estudo procurou discutir o conceito de angústia de forma ampla e não apenas como habitualmente se considera, isto é, como estreitamento da liberdade humana ou como comportamento mórbido a ser removido. Existem outras formas de expressão da angústia, a partir de uma dimensão estrutural ontológica fundamental, peculiar ao homem. Procurou-se assim, avaliar qualitativamente as implicações provocadas pela angústia, por meio da análise do filme “Sarabanda” - 2003, de Ingmar Bergman, segundo a Analítica Existencial de Martin Heidegger. Para tanto, os personagens foram interpretados considerando-se as estruturas essenciais da existência humana, pois a angústia se relaciona com elas intrinsecamente. Verificou-se, diante dos cinco personagens analisados (Marianne, Johan, Karin, Henrik e Martha), que apenas duas (Marianne e Karin), puderam experimentar o que foi denominado como angústia existencial, ao contrário das vivências de Johan, Henrik e Martha, denominadas como angústia patológica, guardadas as diferenças individuais.

Palavras-chave: Angústia. Condição humana. Estruturas ontológicas. Fenomenologia. Manifestações ônticas.

Downloads 7576  7576  Tamanho do arquivo 1.61 MB  Plataforma Universidade Presbiteriana Mackenzie - UPM  Site http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/cp089516.pdf
Avaliação: 10.00 (8 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!Dar forma é formar-se: processos criativos da arte Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
GIANNOTTI, Sirlene Maria

Esta dissertação de mestrado busca compreender a produção plástica das crianças na perspectiva do processo de sua elaboração. A pesquisa de campo se deu em oficinas de arte cerâmica, conduzidas e observadas pela pesquisadora, com um grupo de crianças entre 4 e 10 anos de idade. As oficinas foram oferecidas em uma escola da rede privada de ensino do município de São Paulo, nos anos de 2006 e 2007. Esta experiência forneceu elementos consistentes para a elaboração da reflexão pretendida neste trabalho. O tratamento do conjunto das vivências criativas desenvolvidas se inspira na pesquisa etnográfica e encontra bases conceituais na antropologia. Os dados da pesquisa de campo são registrados em forma de relatos e imagens fotográficas. A análise é feita a partir da experiência acumulada da pesquisadora como arte-educadora ceramista e de um referencial teórico, centrado principalmente nas obras analíticas da artista plástica e pensadora Fayga Ostrower, e nas as contribuições de José Antônio Marina, Anna Marie Holm, Cecília Almeida Salles, Jorge Larrosa e Gaston Bachelard. A compreensão das vivências de criação deste grupo de crianças, em arte cerâmica, permitiu que a autora vislumbrasse a presença de percursos criativos individuais. Estes percursos ofereceram elementos originais para uma compreensão mais aprofundada do papel, importante e significativo, que a vivência de processos criativos da arte pode representar no desenvolvimento da infância. Esta pesquisa leva em consideração a singularidade das individualidades e do processo de formação de cada criança, ampliando, dessa maneira, o diálogo.

Palavras-chave: Acasos significativos. Arte cerâmica. Arte educação. Criatividade. Imaginação. Infância. Intuição. Percepção. Percursos criativos. Processo criativo.

Downloads 2862  2862  Tamanho do arquivo 8.67 MB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!Educação e comunicação: pelas vias de uma didática da obra de arte Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
POUGY, Eliana Gomes Pereira

Trata-se de uma pesquisa teórica, de cunho filosófico-educacional, visando analisar o dispositivo saber-poder da didática e propor a base epistemológica para a construção de uma Didática da Obra de Arte. A partir da perspectiva pós-estruturalista, com destaque para a produção de Michel Foucault, busquei encontrar algumas condições enunciativas que produziram o sujeito que ensina como alguém que depende da comunicação e de seus meios para transmitir mensagens claras e verdadeiras. Isolei uma série histórica constituída pela Bíblia, pela Didactica Magna de Comenius, pelo O Emilio de Rousseau e pelo Democracia e Educação de Dewey, entendendo-os como discursos que compartilham, a despeito de suas especificidades e diferentes objetos, o mesmo paradigma geral segundo o qual se estruturam os saberes científicos da comunicação. Conforme as idéias de Foucault, busquei, também, os efeitos dessas descrições na realidade, principalmente em relação à forma que essas descrições aparecem em sua materialidade. Concluí que, apesar das especificidades de cada uma das teorias pedagógicas, existe um aspecto que está presente em todas elas: o paradigma da comunicação como transmissão de mensagens, e, conseqüentemente, a idéia de ruído como uma exceção à regra. O paradigma da comunicação que entende o ruído como exceção faz parte de um outro paradigma mais forte e poderoso que sempre esteve presente no pensamento ocidental. O paradigma da disjunção, que preconiza a separação e a dicotomização entre sujeito e objeto do conhecimento, que preconiza a linguagem como representação do real e que não compreende toda a complexidade do pensamento humano. Entretanto, o ruído faz parte do processo de comunicação não como uma exceção, mas como uma regra. E como tal, possui sua especificidade e tem uma parte ativa no processo comunicacional. Por isso, também a partir da perspectiva pós-estruturalista, com destaque para a produção de Gilles Deleuze e Felix Guattari, propus a base epistemológica para a construção de uma Didática da Obra de Arte. Para tanto, resgatei as idéias de Deleuze e Guattari sobre linguagem, a palavra de ordem e a linguagem agramatical; as idéias de Maturana e Varella em relação ao aprendizado, a autopoiese; e as idéias de Pierre Lévy sobre inteligência, a inteligência coletiva. Segundo penso, assim como Deleuze afirmou que existe uma pedagogia que é do Conceito, existe uma Didática que é da Obra de Arte. Essa didática pode nos ajudar a compreender os momentos em que o processo de ensino e de aprendizado se processa entre o caos e o conhecimento, no mundo do ruído e da construção de sentido. Ela se caracteriza, principalmente, por compreender o entre-ensino.

Downloads 2615  2615  Tamanho do arquivo 691.47 KB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!Ambientes de aprendizagem e a contribuição da arte para a educação infantil  Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
MILCAREK, Luciana

O presente objeto de estudo descreve uma proposta teórica de nsino para a Educação Infantil, tendo sido estabelecida quatro diretrizes básicas: 1. A Arte como eixo norteador. 2. A formação continuada dos profissionais envolvidos. 3. A diferenciação do espaço físico da escola, por meio de Ambientes de Aprendizagem, concebidos a partir de uma investigação bibliográfica a respeito da Arte, e das influências do meio na formação da criança 4. A presença de um profissional específico das linguagens artísticas. Entre as abordagens
observadas nas pesquisas, mereceram destaque como fontes de inspiração, o trabalho realizado por Celéstin Freinet e o sistema seguido em Reggio Emilia, na Itália. Na seqüência, é possível verificar a aplicabilidade da proposta, por meio da descrição da implantação de um centro de educação infantil, sob coordenação da própria pesquisadora, no que se refere ao aspecto físico, artístico , pedagógico , de formação continuada dos profissionais envolvidos e a busca constante do equilíbrio entre as diretrizes básicas estabelecidas.

Palavras-chave: Diretrizes. Arte. Ensino. Aprendizagem. Educação Infantil.

Downloads 9342  9342  Tamanho do arquivo 1.80 MB  Plataforma Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC  Site http://www.tede.ufsc.br/
Avaliação: 9.00 (5 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!A educomunicação na educação musical e seu impacto na cultura escolar Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
BUENO, Paula Alexandra Reis

Este estudo analisou a inter-relação comunicação/educação em contextos de ensino/aprendizagem de música, inseridos no programa de complementação curricular: Programa Viva a Escola, da Secretaria de Estado da Educação do Paraná, na cidade de Curitiba, no ano letivo de 2009. Argumentou-se que essa inter-relação acontece quando em uma educação musical de qualidade existe também o trabalho para a formação de ouvintes aptos, consumidores críticos e produtores autônomos e responsáveis, com abordagens da “educação para os meios”, da “mediação tecnológica no ensino” e “mediação na gestão comunicativa”, ou seja, com educomunicação na educação musical. Por meio da “Análise de Conteúdo” em documentos e em entrevistas realizadas com estudantes e professores, se considerou que aconteceu uma educação musical de qualidade: constatou-se fluência musical em momentos significativos de composição, performance e apreciação musical sendo sustentados pelo desenvolvimento teórico e técnico, e com interações humanas significativas. A educomunicação encontrou um local propício para sua efetivação e houve manifestações iniciais no espaço da educação musical nos contextos investigados, no entanto, essa inter-relação comunicação/educação ainda não aconteceu de forma intencional, planejada e sistematizada. Isso remete a reflexão sobre a importância do trabalho interdisciplinar do educador musical com o educomunicador para a efetivação de um ensino/aprendizagem de música em harmonia com as novas sensibilidades humanas advindas de uma sociedade condicionada pelas Tecnologias da Informação e Comunicação.

Palavras-chave: Educação Musical. Comunicação. Educomunicação. Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC). Interdisciplinaridade.

Downloads 1786  1786  Tamanho do arquivo 1.89 MB  Plataforma Universidade Federal do Paraná - UFPR  Site 
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!Ensino de arte para alunos com deficiência: relato dos professores  Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
MICHELETTO, Franciane Sonni Martins

A literatura tem pontuado a importância da adaptação e adequação de recursos e estratégias para o ensino do aluno com deficiência. Nesse sentido, a disciplina de Arte poderia ser uma área importante para os professores do ensino regular, das diferentes disciplinas, vincularem seus objetivos de ensino e favorecerem as adequações necessárias aos alunos com deficiência. Considerando-se esse contexto, o presente trabalho teve como objetivo analisar o relato dos professores responsáveis pela disciplina de Arte, em relação às contribuições desta para o aluno com deficiência. Participaram desse estudo três professoras do Ensino Regular Fundamental de 1a à 4a séries, atuantes na disciplina de Arte com alunos com deficiência matriculados nas suas salas. Os instrumentos utilizados para a coleta de dados foram a entrevista semi-estruturada e caderno de conteúdo. Após a primeira entrevista com os três professores, os resultados foram transcritos e organizados no caderno de conteúdo por meio de categorias, e entregues as professoras que analisaram suas falas, nos três encontros subseqüentes. Ao serem realizados os procedimentos de coleta de informações, por meio do caderno de conteúdo, foram estabelecidos os temas e subtemas de acordo com o objetivo proposto: Tema 1 – Formação do professor, identificados os subtemas: - formação básica, continuada e assessorias; Temas 2 – Comunicação, subtemas: interação, compreensão e formas de expressão; Tema 3 – Planejamento Pedagógico, subtemas: objetivo, procedimento, adaptação curricular e resultados. Os temas e subtemas foram encaminhados para avaliação de dois juízes com experiência na área. Os resultados indicaram que os professores reconhecem a importância da Arte para os alunos com deficiência, porém encontram dificuldades em atuar com os mesmos. Assim sendo, foi possível constatar que todas as professoras tinham curso superior, entretanto, nenhuma delas cursou Graduação ou Formação Continuada em Artes, tampouco cursos de capacitação a respeito do aluno com deficiência. Evidenciou-se, também, que as entrevistadas apresentaram dificuldades em promover a interação dos alunos com deficiência junto aos demais alunos. Embora tenham mostrado esforço em adaptar algumas estratégias didáticas de trabalho na disciplina de Arte, estas não têm contribuído de maneira relevante para viabilizar a influência mútua desses alunos. Não manifestaram, portanto, realizar procedimentos que contemplem o real significado da Arte. As professoras entrevistadas acreditaram que o ensino da Arte favorece o desenvolvimento dos alunos, o que é considerado relevante. Todavia, os dados revelaram a necessidade de as professoras compartilharem de uma visão mais ampla do fazer artístico, pensando na construção de uma aprendizagem mais significativa, abarcando recursos e procedimentos que contribuíssem para uma prática mais inovadora. Tais dados indicaram a necessidade de programas direcionados à formação dos educadores para atuarem na disciplina de Arte junto aos alunos que apresentam
algum tipo de deficiência.

Palavras-chave: Educação Especial. Arte. Formação de Professores. Inclusão.

Downloads 11267  11267  Tamanho do arquivo 704.70 KB  Plataforma Universidade Estadual Paulista - UNESP  Site http://polo1.marilia.unesp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!Histórias de vida de educadoras do MST e sua contribuição para o ensino das Artes Visuais Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
OLIVEIRA, Vinícius Luge

A presente dissertação, vinculada à Linha de Pesquisa 4 - Educação e Artes, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Maria, buscou a partir da história de vida de três educadoras do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST), contribuir no debate acerca do Ensino das Artes Visuais. Para tanto, entendeu a pesquisa sobre história de vida enquanto a contextualização do relato realizado pelas colaboradoras, utilizando o materialismo dialético como enfoque teórico. O relato foi construído mediante uma entrevista biográfica, onde ao entrevistado é problematizada a construção de uma narrativa sobre sua vida, sua militância, as características da sua formação docente e a inserção do ensino das artes visuais nesse processo. As histórias de vida das três educadoras participantes da pesquisa demonstram a preocupação dos militantes do MST na formação de dirigentes, aliando a busca na formação específica, no caso a formação de professoras, com a militância política, objetivando a transformação da sociedade. Esse processo de formação demonstrou uma prática docente que procura redimensionar os significados dos objetos do dia-a-dia, como a barraca, os instrumentos de trabalho, as sementes e a terra utilizando-os como símbolos, com um grande potencial estético, e também, a necessidade de uma maior formação teórica sobre a produção de imagens, fato que é responsabilidade também das universidades.

Palavras-chave: História de Vida. MST. Ensino das Artes Visuais.

Downloads 1257  1257  Tamanho do arquivo 915.43 KB  Plataforma Universidade Federal de Santa Maria - UFSM  Site http://www.ufsm.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 »