Educadores

Ínicio : Arte : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (23)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!Música e construção de identidade na juventude Popular Versão: PDF
Atualização:  6/12/2011
Descrição:
MOURA, Auro Sanson.Essa dissertação de mestrado procurou verificar a importância da música na vida cotidiana dos jovens, na tentativa de perceber o papel que a música exerce no comportamento dos mesmos. Em primeiro lugar, foi necessário investigar o conceito de juventude, a fim de identificar quem são os indivíduos representantes dessa população tão singular. Também buscou-se em diversas fontes, informações sobre a
construção de identidade nessa faixa etária, como isso ocorre, o que pode influenciá-la, e ao mesmo tempo, como a música pode ter participação nesses importantes processos. Para poder obter as informações necessárias, o estudo foi realizado em duas etapas: a primeira consistiu na aplicação de um questionário a 185 jovens entre 15 e 19 anos, utilizando a metodologia survey, com a qual foram obtidos diversos dados importantes, em grande quantidade. Essa etapa permitiu traçar diversas considerações sobre os assuntos estudados, e serviu como uma fase de triagem, selecionando participantes para uma segunda etapa do estudo, na qual foi realizado um estudo multi-caso, com quatro jovens na mesma faixa etária. Esses jovens foram entrevistados e suas entrevistas foram transcritas e analisadas. Os dados descritos foram comparados à literatura específica da área, gerando assim, um grande número de questões que poderão vir a ser estudadas futuramente, como por exemplo, as funções da música na vida cotidiana do jovem, sua importância nas relações interpessoais, e a vontade quase unânime de querer aprender música.
Palavras-chave: Música, jovens, identidade.

Downloads 9005  9005  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR - Universidade Federal do Paraná  Site http://hdl.handle.net/1884/18597
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!A angústia na obra de Ingmar Bergman: Sarabanda em ser e tempo de Martim Heidegger Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
BRANCO, José Luiz de Campos Castejón

O presente estudo procurou discutir o conceito de angústia de forma ampla e não apenas como habitualmente se considera, isto é, como estreitamento da liberdade humana ou como comportamento mórbido a ser removido. Existem outras formas de expressão da angústia, a partir de uma dimensão estrutural ontológica fundamental, peculiar ao homem. Procurou-se assim, avaliar qualitativamente as implicações provocadas pela angústia, por meio da análise do filme “Sarabanda” - 2003, de Ingmar Bergman, segundo a Analítica Existencial de Martin Heidegger. Para tanto, os personagens foram interpretados considerando-se as estruturas essenciais da existência humana, pois a angústia se relaciona com elas intrinsecamente. Verificou-se, diante dos cinco personagens analisados (Marianne, Johan, Karin, Henrik e Martha), que apenas duas (Marianne e Karin), puderam experimentar o que foi denominado como angústia existencial, ao contrário das vivências de Johan, Henrik e Martha, denominadas como angústia patológica, guardadas as diferenças individuais.

Palavras-chave: Angústia. Condição humana. Estruturas ontológicas. Fenomenologia. Manifestações ônticas.

Downloads 8199  8199  Tamanho do arquivo 1.61 MB  Plataforma Universidade Presbiteriana Mackenzie - UPM  Site http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/cp089516.pdf
Avaliação: 10.00 (8 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!O ensino de Desenho. Saberes e práticas das professoras de Artes: um olhar...muitas possibilidades  Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
FRANÇA, Léa Carneiro de Zumpano

A presente pesquisa, de cunho qualitativo, investiga os saberes de quatro professoras de Artes, da Rede Municipal de Ensino, no intuito de compreender as bases teóricas e as experiências construídas no ensino de desenho, com vistas a responder às questões: Que concepções de desenho fundamentam suas ações em sala de aula? Como, quando e com qual objetivo o desenho é proposto aos alunos das séries iniciais do Ensino Fundamental da RME de Uberlândia? Com esta finalidade e fundamentado em Derdyk (1989), Frange (1995), Morais (1995), Buosso (1990), Artigas (1999) Motta (1967) e Amílcar de Castro (1999), este estudo aborda o desenho como conhecimento, linguagem, expressão, comunicação, registro, representação, projeto, invenção e desígnio. A pesquisa utiliza, como referencial teórico, Tardif (2002), Zabala (1998), C. Gauthier (1998), B. Charlot (2000), Freire (2004) e Hernández (2005), na perspectiva de que práticas significativas são construídas no fazer cotidiano do docente. Parte do pressuposto de que o ensino de desenho, nas aulas de Artes, ministrado por professoras com licenciatura em Educação Artística e comprometidas com sua formação contínua por meio da participação em grupos de estudo e/ou pesquisa, como também com experiência na docência, pode tornar-se mais significativo para o aluno em decorrência da sua constituição e da especificidade desse conteúdo. Procura, a partir dos relatos das colaboradoras, analisar e discutir os dados sobre as concepções que permeiam o trabalho educativo com o desenho, o seu ensino e que percursos metodológicos subsidiam as ações. As respostas apresentadas pelas professoras revelam que compreendem o desenho na concepção de projeto, registro, representação,
linguagem, expressão, etapa de processos criativos. Além disso, evidenciam uma diversidade de trajetórias pedagógicas, ensinam por meio de proposições temáticas, discutem a estereotipia, propõem percursos desenhantes a partir de “referências” gráficas ou figurativas, dos elementos de linguagem visual e utilizam materiais alternativos. Os resultados desta pesquisa indicam como significativos e imprescindíveis os fazeres e os saberes construídos pelas docentes, pois, além de delinear suas concepções a respeito do ensino de desenho, constitui-se em ponto de partida para promover o diálogo entre as propostas educacionais e as práticas educativas no ensino de Artes, bem como incentivar sua formação continuada, o modo de “ser” professora, de ensinar e de aprender desenho.

Downloads 7757  7757  Tamanho do arquivo 407.74 KB  Plataforma Universidade Federal de Uberlândia - UFU  Site http://www.bdtd.ufu.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!Retratos da vida: dança e lazer como instrumentos de inserção social para a juventude Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
SARTO, Karina Cristofoletti

Este trabalho é uma combinação entre pesquisa bibliográfica e de campo, e tem por objetivo verificar se a modalidade dança, vista na interface entre os conteúdos artísticos, sociais e físico-esportivos do lazer, pode contribuir para a inserção social de jovens da periferia da grande cidade. A pesquisa bibliográfica foi efetuada a partir de levantamento inicial feito no Sistema de Bibliotecas da UNIMEP. A pesquisa de campo constituiu-se em estudo de caso, junto ao Grupo Dança Comunidade, criado em junho de 2003, por Ivaldo Bertazzo, na cidade de São Paulo, escolhido por critérios de representatividade e acessibilidade, reunindo jovens de sete ONGs. As técnicas de obtenção de dados utilizadas foram o questionário, observação participante e história oral. Alguns jovens no decorrer da pesquisa mostraram que conseguiram autonomia financeira, outros perceberam que por meio da dança a sua vida mudou, foram reconhecidos na comunidade em que vivem, o projeto a que participam proporcionou o conhecimento de outras culturas, eles superaram obstáculos para chegar a uma nova situação social, e mudaram sua visão de mundo. O resultado da pesquisa demonstrou que a dança como possibilidade de lazer contribuiu de alguma forma para a inserção desses jovens na sociedade. Com ela pudemos averiguar que projetos realizados por ONGs, de caráter inovador, envolvendo jovens da periferia das grandes cidades, mostraram que existe, sim, a possibilidade da juventude ter o direito à cultura e ao lazer e se inserir através deles, na sociedade de que faz parte, podendo, assim, modificar seus hábitos, costumes e ter voz ativa nos seus grupos sociais e fora deles, preservando a diversidade cultural.

Palavras Chaves: Corpo. Dança. Lazer. Inserção social. Juventude.

Downloads 6536  6536  Tamanho do arquivo 675.92 KB  Plataforma Universidade Metodista de Piracicaba - UNIMEP  Site http://www.unimep.br/phpg/bibdig/pdfs/2006/DCAAPIQSRHSE.pdf
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!Teatro-educação e os processos de indistinção estética na pós-modernidade : uma reflexão sobre impr Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
SOUZA, Maria Aparecida de

Este estudo analisa como a metodologia de Viola Spolin, explicitada no livro “Improvisação para o Teatro”, (2001), contribui para o aluno empreender reflexão crítica sobre os processos de indistinção estética na pós-modernidade. Esta pesquisa discorre sobre as matrizes teatrais e pedagógicas da metodologia de Spolin partindo de dois pilares desta: jogos e improvisação teatral. Tomando a pós-modernidade como condição histórica e cultural, este texto reflete sobre os conceitos de barbárie, sociedade tecnoestética, sociedade espetacular ou midiática. Busca-se a discussão sobre como a expansão da imagem associada à tecnologia e à mercadoria provoca a estetização do cotidiano, tornando inoperante a capacidade de nossos alunos de diferenciar arte e sua função social. O trabalho apresenta o embate entre os processos de indistinção estética e o teatro como realização singular, diferida, trazendo a análise sobre os procedimentos descritos em Spolin para as práticas de teatro-educação e sobre as maneiras pelas quais estes podem ser vislumbrados como instrumentos de reflexão a respeito dos processos de indistinção estética na pós-modernidade.

Palavras-chave: Teatro. Educação. Spolin.

Downloads 6487  6487  Tamanho do arquivo 472.23 KB  Plataforma Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC  Site http://www.tede.udesc.br/
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!As Diretrizes Curriculares de Arte do Estado do Paraná: Uma Análise dos Fundamentos e da Gestão do E Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
STORI, Regina
Este trabalho apresenta uma análise dos fundamentos das Diretrizes Curriculares do Estado do Paraná (DCE) e da gestão do ensino de arte/música proposto nesse documento, no município de Ponta Grossa/PR. Os objetivos da pesquisa foram: analisar os fundamentos teóricos adotados nas Diretrizes Curriculares de Arte do Estado do Paraná; historicizar as políticas públicas para o ensino de arte/música no Paraná entre 1990 e 2010; investigar as condições de implementação das Diretrizes Curriculares de Arte do Estado do Paraná, dadas pela Secretaria de Estado da Educação (SEED); conhecer as concepções de ensino de arte dos gestores entrevistados; averiguar como as DCE são geridas nas instâncias particulares (coordenação de Arte do Núcleo Regional de Ponta Grossa e direção de algumas escolas do município de Ponta Grossa). Esta pesquisa fundamenta-se no materialismo histórico e dialético, embasando-se particularmente nas categorias contradição e totalidade (CURY, 1989; KOSIK, 1976; LUKÁCS, 1978) para apreender a dialética da formulação das políticas propostas pelo Estado e da sua gestão e interpretação em diferentes instâncias. Alguns conceitos, entendidos na relação com a totalidade do objeto enfocado foram estudados e problematizados na análise dos dados a partir de alguns autores: Estado, políticas públicas, gestão de políticas (GRAMSCI, 1991; BOBBIO, 1997; CARNOY, 1984; TAVARES, 2004; VIEIRA, 2007); arte e ensino de arte (FIGUEIREDO, 2009, 2010; PENNA, 1995, 2001a, 2007, 2008b; SUBTIL, 2008, 2009a, 2009b; VÁZQUEZ, 1978). A coleta de dados deu-se pela análise dos documentos oficiais relativos ao objeto da pesquisa e através de entrevistas semiestruturadas com um professor formulador da política e gestor da mesma, uma professora que atuou como consultora da SEED para a área de Arte; a professora coordenadora da área de Arte do Núcleo Regional de Educação de Ponta Grossa e cinco diretores de escolas públicas do município de Ponta Grossa. A articulação dos dados com o referencial teórico aponta que: a) as contradições inerentes ao movimento histórico da inserção da arte na educação escolar são expressas não só no texto do documento, mas nas concepções e interpretações dos sujeitos; b) a gestão das Diretrizes reflete concepções de arte e ensino de arte/música assumidas pelos sujeitos das diferentes instâncias; c) embora sejam propostas pelo Estado algumas condições para a implementação da política expressa no documento, a realidade concreta - em que são evidentes a falta de recursos humanos e materiais e a permanência de concepções historicamente vigentes sobre arte e ensino de arte/música – não favorece a efetivação de uma proposta que avança em termos de conteúdos e concepções de arte e ensino de arte e de música.

Palavras-chave: Políticas educacionais. Ensino de Arte/música. Gestão do ensino.


Downloads 4671  4671  Tamanho do arquivo 131.65 KB  Plataforma Universidade Estadual de Ponta Grossa  Site http://bicen-tede.uepg.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!Dar forma é formar-se: processos criativos da arte Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
GIANNOTTI, Sirlene Maria

Esta dissertação de mestrado busca compreender a produção plástica das crianças na perspectiva do processo de sua elaboração. A pesquisa de campo se deu em oficinas de arte cerâmica, conduzidas e observadas pela pesquisadora, com um grupo de crianças entre 4 e 10 anos de idade. As oficinas foram oferecidas em uma escola da rede privada de ensino do município de São Paulo, nos anos de 2006 e 2007. Esta experiência forneceu elementos consistentes para a elaboração da reflexão pretendida neste trabalho. O tratamento do conjunto das vivências criativas desenvolvidas se inspira na pesquisa etnográfica e encontra bases conceituais na antropologia. Os dados da pesquisa de campo são registrados em forma de relatos e imagens fotográficas. A análise é feita a partir da experiência acumulada da pesquisadora como arte-educadora ceramista e de um referencial teórico, centrado principalmente nas obras analíticas da artista plástica e pensadora Fayga Ostrower, e nas as contribuições de José Antônio Marina, Anna Marie Holm, Cecília Almeida Salles, Jorge Larrosa e Gaston Bachelard. A compreensão das vivências de criação deste grupo de crianças, em arte cerâmica, permitiu que a autora vislumbrasse a presença de percursos criativos individuais. Estes percursos ofereceram elementos originais para uma compreensão mais aprofundada do papel, importante e significativo, que a vivência de processos criativos da arte pode representar no desenvolvimento da infância. Esta pesquisa leva em consideração a singularidade das individualidades e do processo de formação de cada criança, ampliando, dessa maneira, o diálogo.

Palavras-chave: Acasos significativos. Arte cerâmica. Arte educação. Criatividade. Imaginação. Infância. Intuição. Percepção. Percursos criativos. Processo criativo.

Downloads 3609  3609  Tamanho do arquivo 8.67 MB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!Educação e comunicação: pelas vias de uma didática da obra de arte Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
POUGY, Eliana Gomes Pereira

Trata-se de uma pesquisa teórica, de cunho filosófico-educacional, visando analisar o dispositivo saber-poder da didática e propor a base epistemológica para a construção de uma Didática da Obra de Arte. A partir da perspectiva pós-estruturalista, com destaque para a produção de Michel Foucault, busquei encontrar algumas condições enunciativas que produziram o sujeito que ensina como alguém que depende da comunicação e de seus meios para transmitir mensagens claras e verdadeiras. Isolei uma série histórica constituída pela Bíblia, pela Didactica Magna de Comenius, pelo O Emilio de Rousseau e pelo Democracia e Educação de Dewey, entendendo-os como discursos que compartilham, a despeito de suas especificidades e diferentes objetos, o mesmo paradigma geral segundo o qual se estruturam os saberes científicos da comunicação. Conforme as idéias de Foucault, busquei, também, os efeitos dessas descrições na realidade, principalmente em relação à forma que essas descrições aparecem em sua materialidade. Concluí que, apesar das especificidades de cada uma das teorias pedagógicas, existe um aspecto que está presente em todas elas: o paradigma da comunicação como transmissão de mensagens, e, conseqüentemente, a idéia de ruído como uma exceção à regra. O paradigma da comunicação que entende o ruído como exceção faz parte de um outro paradigma mais forte e poderoso que sempre esteve presente no pensamento ocidental. O paradigma da disjunção, que preconiza a separação e a dicotomização entre sujeito e objeto do conhecimento, que preconiza a linguagem como representação do real e que não compreende toda a complexidade do pensamento humano. Entretanto, o ruído faz parte do processo de comunicação não como uma exceção, mas como uma regra. E como tal, possui sua especificidade e tem uma parte ativa no processo comunicacional. Por isso, também a partir da perspectiva pós-estruturalista, com destaque para a produção de Gilles Deleuze e Felix Guattari, propus a base epistemológica para a construção de uma Didática da Obra de Arte. Para tanto, resgatei as idéias de Deleuze e Guattari sobre linguagem, a palavra de ordem e a linguagem agramatical; as idéias de Maturana e Varella em relação ao aprendizado, a autopoiese; e as idéias de Pierre Lévy sobre inteligência, a inteligência coletiva. Segundo penso, assim como Deleuze afirmou que existe uma pedagogia que é do Conceito, existe uma Didática que é da Obra de Arte. Essa didática pode nos ajudar a compreender os momentos em que o processo de ensino e de aprendizado se processa entre o caos e o conhecimento, no mundo do ruído e da construção de sentido. Ela se caracteriza, principalmente, por compreender o entre-ensino.

Downloads 3214  3214  Tamanho do arquivo 691.47 KB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!A pesquisa no âmbito das relações didáticas entre matemática e música: estado da arte Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
Pillão, Delma

Esta dissertação tem como objetivo desenvolver um estado da arte da produção acadêmica no âmbito da relação entre matemática e música na área de educação, no Brasil, no período de 1990 a 2008. A partir do objeto de estudo dissertações de mestrado e teses de doutorado identificadas por meio do banco de teses da Capes foi construído um diretório de pesquisas sobre o tema, na tentativa de compreender o que tem sido estudado por estes pesquisadores, buscando conhecer suas principais preocupações e perspectivas, bem como as dificuldades e tensões que precisam ser observadas no âmbito dos estudos educacionais voltados para a utilização de música no ensino de matemática. Inicialmente, foi realizado o mapeamento geral da produção, tendo por base seus resumos. Após esta etapa foi realizada a leitura dos principais estudos. A análise de conteúdo, definida por Bardin (2000), configurou-se como o principal o procedimento metodológico que orientou a presente pesquisa, possibilitando a realização de uma investigação de cunho qualitativo. O referencial teórico utilizado pautou-se nos estudos de autores como Ferreira (1999; 2002), DAmbrósio (1986; 1990; 1993; 1999; 2004; 2005; 2006), Cortella (1998), Morin (2006), Biembengut (2002), Conrado (2005), Brejo (2007) entre outros, a fim de localizar e aprofundar as questões trazidas pelos estudos. Desse modo, este estudo busca destacar o valor, o papel e o significado dos trabalhos acadêmicos em torno dos estudos didáticos que envolvem música e matemática, procurando contribuir para a ampliação das pesquisas acadêmicas nesta área de estudos.

Palavras-chave: Estado da Arte. Matemática. Música.

Downloads 2874  2874  Tamanho do arquivo 920.81 KB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!Ser visto e estar morto - Miguel Bakun e o meio artístico paranaense (1940-1 Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
PÉRIGO, Katiucya

Miguel Bakun, pintor que viveu em Curitiba entre 1931 e 1963, é o personagem central deste trabalho. Periódicos de sua época e entrevistas foram fundamentais para a compreensão da posição de Bakun no meio artístico local antes e depois da sua morte. Eles serviram para a verificação de que, pela a atuação de alguns agentes e instâncias de consagração, Bakun, em vida visto como simplório e ingênuo, foi consagrado na morte. Assim, observamos que, passado o preconceito pelo homem, foi possível apreciar a obra.

Palavras-chave: Miguel Bakun. Trajetória artística. História da Arte Paranaense do século XX.

Downloads 2857  2857  Tamanho do arquivo 5.15 MB  Plataforma Universidade Federal do Paraná - UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/24707
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 (2) 3 4 5 »