Educadores



Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Formação Continuada e Desenvolvimento Profissional Docente: Representações de Professores PDE Popular Versão: PDF
Atualização:  24/5/2017
Descrição:
SIQUEIRA, Ana Paula de Moraes de

Esta dissertação tem como foco a formação continuada e desenvolvimento profissional docente. Considerando a história recente da formação de professores, destacamos que estes processos vêm sofrendo uma significativa reconfiguração para atender as indicações de organismos internacionais. Influindo sobre maneira no desenvolvimento profissional docente. Frente a esse cenário, tomamos como referência a proposta de formação continuada Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE/PR) iniciativa do Estado do Paraná, para redimensionar as práticas docentes. O PDE se baseia na relação teoria-prática partindo do pressuposto de reconhecimento dos docentes enquanto produtores de conhecimento. Em pesquisa já realizada constatamos que os professores muitas vezes priorizam o PDE como avanço na carreira (SIQUEIRA, 2014). Nesse sentido, propomos como pergunta de pesquisa: Quais as representações sociais de professores PDE/2013, sobre formação continuada e sua relação com o desenvolvimento profissional docente? Nos apropriamos dos estudos sobre a Teoria das Representações Sociais, com foco na Teoria do Núcleo Central, apoiando-se nas pesquisas de Moscovici (2003, 2012), Jodelet (2001, 2011), Abric (1994, 2001), entre outros. A pesquisa qualitativa surgiu como metodologia apropriada. Bogdan, Biklen (1994) e Franco (2008), foram os principais aportes. Marcelo García (1999), Marcelo (2009), Roldão (2009); Imbernón (2009), foram referencias importantes para a discussão sobre desenvolvimento profissional. Realizamos o teste de evocação de palavras, o questionário sobre o PDE e de perfil. Participaram do estudo 38 professores, a maioria mulheres com mais de 46 anos e pelo menos 10 anos de contribuição ao Estado. Investigando a proposta do PDE, buscamos nos resumos dos artigos, proposta de finalização do PDE, os principais termos empregados. Destaca-se “aluno”, “educação”, “trabalho”, indicando que as propostas se focam nas dificuldades e nos desafios enfrentados pelos professores em seu trabalho docente. Analisando os termos evocados as palavras “conhecimento”, “estudo” e “experiência”, aparecem enquanto provável núcleo central das representações sobre formação continuada. Inferimos que os professores concebem a formação enquanto espaço de estudo para a construção de conhecimento, este respaldado pela experiência. Considerando essa formação ao longo do desenvolvimento profissional. Para reafirmar o provável núcleo central utilizamos o software Iramuteq para a análise de similitude. Nelas podemos destacar que “conhecimento” e “estudo”, se corporificam em dois blocos com alto grau de conexidade, reafirmando o provável núcleo central. As respostas obtidas pelo questionário sobre o PDE, foram processados pelo Método de Classificação hierárquica descendente (CHD). Seis classes foram formadas, essas classes serviram de base para a construção de cinco categorias de análise tendo em vista as características pontuadas por Marcelo (2009), para o desenvolvimento profissional docente: “prático-reflexivo”, “Universidade ? Escola”, “processo colaborativo”, “ser professor PDE” e “SEED” Observamos que as questões que apareceram no provável núcleo central são trabalhadas quando os professores falam sobre o PDE. Refletimos que a proposta de formação do PDE, traz elementos que podemos considerar que contribuem para o desenvolvimento profissional docente. Contudo, nas representações algumas questões aparecem, como a não oportunidade da formação para todos os professores, a questão do empoderamento do professor, categorizando sentimentos performativos no espaço escolar.

Palavras-chave: PDE. Formação continuada. Desenvolvimento profissional docente.

Downloads 1889  1889  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC-PR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.