Educadores



Categoria: Espanhol Monografias
Fazer Download agora!Leituras Borginianas: Tempo e Eternidade Popular Versão: 
Atualização:  5/12/2008
Descrição:
IZQUIERDO, Eliane V. M.

O presente estudo se dedicará a comprovar e a demonstrar de que forma o tempo, que por vezes se confunde com a eternidade e a idéia de eterno retorno, cujos ciclos se repetem infinitamente, e ainda que não sejam idênticos são similares, se apresentam na obra “El jardín de senderos que se bifurcan”, de Jorge Luis Borges. Perpassamos, na seqüência, sumariamente pelos conceitos fundamentais extraídos dos filósofos e pensadores que influenciaram diretamente ou indiretamente para embasar o estudo apresentado. Ressalte-se aqui que o recorte escolhido baseou-se por optar pelos três primeiros filósofos a pensar o tempo (Heráclito, Platão e Aristóteles), acrescidos estes por um filósofo da modernidade (Nietzsche), cujos pensamentos se encontram nitidamente na obra borgeana como um todo: "(...) el tiempo es un problema para nosotros, un tembloroso y exigente problema, acaso el más vital de la metafísica; la eternidad, un juego o una fatigada esperanza." (BORGES:1936, p. 35).

Downloads 987  987  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.