Educadores



Categoria: Educação Fisica Monografias
Fazer Download agora!Vivência do lazer na adolescência: a desigualdade social e o furto do lúdico Popular Versão: pdf
Atualização:  21/3/2012
Descrição:


PINHO, Wagner Leandro Pereira

A relação entre lazer e adolescência não aparece da mesma forma para todos, principalmente quando levamos em conta o fator econômico e as desigualdades sociais. Neste sentido, esta pesquisa teve como objetivo verificar as vivências de lazer entre adolescentes de diferentes realidades sociais da cidade de Montes Claros – MG, analisando as possíveis relações entre realidade social, tempo disponível e conteúdos vivenciados no lazer. Para tanto, realizou-se uma pesquisa de campo, sendo caracterizada como descritiva e de natureza quantitativa. A amostra foi composta por 100 adolescentes de ambos os sexos com idades entre 14 e 17 anos, divididos em duas realidades sociais retratadas pela instituição de ensino que freqüentam: uma instituição de ensino particular localizada no bairro Ibituruna e outra instituição de ensino da rede pública estadual localizada no bairro Vilage do Lago 2, representado realidades sociais desiguais. Os resultados são restritos à amostra pesquisada. A partir do desenvolvimento da pesquisa foi possível constatar que o tempo disponível dos adolescentes de ambas as realidades sociais tende a uma restrição devido às obrigações sociais, que no caso da escola particular são, em sua maioria, os cursos extra-escolares, enquanto na instituição pública são as tarefas domésticas. A principal barreira para o lazer dos adolescentes da instituição privada foi a falta de tempo, já para os adolescentes da instituição pública foi a falta de recursos econômicos. No que se refere às vivências do lazer dos adolescentes, notou-se uma restrição nos conteúdos culturais. Ao mesmo tempo em que o lazer dos adolescentes é restrito em suas vivências, grande parte dos adolescentes (em sua maioria da instituição privada) não anseia por outras vivências além do que já é praticado. Esta contradição afirma a falta de informação da população em relação ao lazer. A análise dos dados permitiu concluir que a as barreiras econômicas afetam diretamente os adolescentes da instituição pública. Porém, a democratização do lazer não depende exclusivamente de fatores sócio-econômicos, mas também se relaciona com a educação para a vivência do tempo disponível. Além disso, se levarmos em conta que a prática ou não do lazer está diretamente vinculada às questões econômicas, podemos afirmar que uma real mudança com relação à democratização do acesso ao lazer passa, necessariamente, por grandes transformações que abarcam, inclusive, mudanças estruturais na sociedade.


Downloads 5410  5410  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Montes Claros, Montes Cla  Site http://
Avaliação: 9.00 (4 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.