Educadores



Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!A opacidade da suposta transparência: quando 'amigos' funcionam como 'falsos amigos' Popular Versão: 
Atualização:  8/5/2008
Descrição:
VITA, Cláudia Pacheco

Este trabalho trata de uma imagem que circula em nosso país sobre o espanhol e sua aprendizagem, segundo a qual os chamados "falsos amigos" constituem as principais dificuldades para o brasileiro que deseja aprender essa língua estrangeira. Partiu-se de uma hipótese de Celada & González (2000) de que tal modo de interpretação desse processo foi inaugurado por Nascentes (1939) quem, por sua vez, recolheu em seus estudos muitas das impressões do senso comum de sua época a esse respeito. Tal tradição norteou e em grande parte norteia ainda muitos trabalhos científicos no Brasil a respeito do ensino e da aprendizagem do espanhol, os quais se baseiam, como a interpretação tradicional que lhes dá suporte, nos pressupostos teóricos do modelo da Análise Contrastiva em sua versão forte. Primeiramente faz-se uma análise dos termos mais comuns em circulação (falsos cognatos, heterosemánticos, falsos amigos), mostrando que não fazem necessariamente referência a fenômenos da mesma natureza, e posteriormente questiona-se a idéia corrente de que os falsos amigos seriam o grande vilão da aprendizagem do espanhol por brasileiros. A proposta nesta pesquisa é tratar a aprendizagem do espanhol por brasileiros e a formação de sentido de outra perspectiva teórica, que permita observar fatores que oferecem restrições às línguas e que atuam na produção dos efeitos de sentido no contato desses dois idiomas; esses fatores serão, essencialmente, a história e as representações sociais.

Downloads 643  643  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.