Educadores



Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Corpus linguístico e a aquisição de falsos cognatos em espanhol como língua estrangeira Popular Versão: 
Atualização:  24/4/2012
Descrição:
ALONSO, Maria Cibele González Pellizzari

Constituiu objeto central deste trabalho, por meio da utilização de instrumentos da Linguística de Corpus, tais como concordâncias e descrição de língua baseada em padrões, a preparação de atividades destinadas ao ensino de falsos cognatos em espanhol como língua estrangeira (E/LE). A Linguística de Corpus é uma área da Linguística que se ocupa da coleta e da exploração de ‘corpora’, isto é, de conjuntos de dados linguísticos - cuidadosamente coletados - que servem de base para a pesquisa de uma língua ou variedade linguística. Trata-se da exploração da linguagem por meio de evidências empíricas, obtidas por computador.
O trabalho que ora se apresenta foi motivado pela necessidade de oferecer a meus alunos de espanhol, a professores e a autores de livros didáticos mais uma alternativa para a aprendizagem dos falsos cognatos. Constituiu propósito fundamental do trabalho enfocar a aquisição - por parte de alunos brasileiros - dos falsos cognatos em espanhol como língua estrangeira, visto que a maioria dos livros didáticos se dedica tão-somente à citação desses itens, ou seja, à menção dos deslizes linguísticos que os alunos costumam cometer durante suas produções, não se evidenciando, portanto, uma preocupação no sentido de se sanarem tais deslizes.
No presente estudo, analisaram-se os padrões mais importantes dos 10 (dez) falsos cognatos mais frequentes de uma lista de léxico básico mínimo, elaborada após análise de 4 (quatro) livros didáticos de espanhol como língua estrangeira. A partir da descrição desses padrões, organizaram-se atividades didáticas. Propuseram-se as seguintes questões de pesquisa: 1) Quais os padrões mais recorrentes de cada um dos 10 (dez) falsos cognatos em espanhol? 2) Quais os significados mais frequentes dos falsos cognatos analisados? 3) Como um ‘corpus’ linguístico pode auxiliar na resolução das interferências linguísticas causadas pelos falsos cognatos?
O ‘corpus’ empregado na pesquisa para a obtenção das linhas de VIII concordância analisadas foi o CREA - Corpus de Referência do Espanhol Atual da Real Academia Espanhola -, com aproximadamente 160 milhões de palavras.
Chegou-se à conclusão de que uma eficaz aquisição e apropriação dos falsos cognatos não exige a mera tradução dos mesmos. Há – isso sim – de se oferecer ao aluno as diversas possibilidades de usos e significados que um falso cognato pode assumir em função do contexto em que está inserido.
As atividades elaboradas representam uma alternativa de modelo de ensino e aprendizagem que pode estar em perfeita conformidade com os enfoques comunicativos, além de facilitar os processos de descoberta e resolução de problemas, levando-se em conta que o aluno é capaz de construir seu próprio conhecimento.
Dada a quase ausência de estudos baseados em Linguística de Corpus para o ensino de espanhol como Língua Estrangeira, a presente pesquisa assume a pretensão de contribuir com a área da Linguística de Corpus no ensino do espanhol como língua estrangeira.

Palavras-chave: Línguística de Corpus. Ensino/aprendizagem de língua estrangeira. Material didático. Léxico. Falsos cognatos.

Downloads 1361  1361  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC-SP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.