Educadores



Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Formação de professores de espanhol e o ensino-aprendizagem das variações da língua:um estudo de cas Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
SANTOS, Denise Dittrich Vieira

O presente estudo tem como objeto a formação de professores para o ensino das variações da Língua Espanhola. Toma como objetivos conhecer e analisar as concepções e os procedimentos metodológicos e didáticos dos professores do Curso de Letras da UFPR, sobre o ensino das variações da língua. A pesquisa teve o propósito, também, de indagar sobre a adequação de uma teoria de gêneros aplicada a esse estudo. Compreende-se, nessa análise, o ensino de gêneros como elemento integrador para o ensino, capaz de proporcionar o tratamento da heterogeneidade da língua, evidenciando sua natureza social. O estudo tem respaldo teórico em concepções sobre a linguagem, de Vygotsky (1988) e Bakhtin (2002/2003) e em pesquisas sobre o conceito de gêneros do discurso deste autor, desenvolvidas por Rojo (2005), Faraco (2003), Bunzen (2004), entre outros autores. Sobre formação de professores, embasa-se nos conceitos de experiência de Thompson (?), através das interlocuções realizadas por Martins (2006) e Faria Filho (2005) ? e de saberes docentes, de Tardif (2006), Romanowski (2006) e outros autores da área educacional. Na área de ensino de Línguas estrangeiras foram importantes para essa análise os estudos de Lopes (2002), Serrani (2005), Mascia (2003), Villalba (2007), Celada e González (2005). Sobre pluralismo cultural e formação de identidades sociais, os estudos de Serrani (2005), Lopes (2006) e Rajagopalan (2004). A análise teve como base as entrevistas realizadas com os professores de Língua e de Literatura espanholas e de Literatura Hispano-americana e os questionários aplicados para os alunos. Efetuou-se, também, breve análise documental a respeito da estruturação do curso de Letras, planos de aulas das disciplinas de Língua Espanhola e livros didáticos utilizados. Os resultados indicam a prevalência do gênero literário e das práticas para desenvolvimento da oralidade e de reflexão sobre as culturas, sobre a língua e a sociedade para o ensino das variações linguístico-culturais no curso estudado. Nas disciplinas de Literatura espanhola e hispano-americana essa reflexão se dá pela comparação entre textos literários representativos de diversas culturas. Identificou-se uma tendência crescente, mas não através de organização curricular ou metodológica específicas, de utilização de textos de gêneros diversos. Essa tendência foi observada nos livros didáticos, nas observações feitas pelos alunos sobre as estratégias de ensino consideradas mais apropriadas ao ensino e nas reflexões dos professores sobre o ensino e metodologia utilizada - que se embasam em concepções estabelecidas no processo de formação acadêmica e na experiência profissional.

Palavras-chave: Formação de profesores. Pluralismo cultural. Gêneros. Língua Espanhola.

Downloads 3256  3256  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC-Pr  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.