Educadores



Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!O uso do presente e do pretérito indefinido do espanhol por alunos brasileiros universitários  Popular Versão: 
Atualização:  23/4/2012
Descrição:
RODRIGUEZ, Monica Nariño Rodriguez

Esta dissertação descreve o uso do Presente do Indicativo e do Pretérito Indefinido do Indicativo, da Língua Espanhola, por alunos brasileiros, universitários, aprendizes de espanhol como Língua Estrangeira. Pretendemos com este estudo contribuir para a reflexão de pesquisadores de Linguística Aplicada e professores de Espanhol como língua estrangeira . O objetivo desse estudo é descrever o uso do Presente do Indicativo e do Pretérito Indefinido do Indicativo da Língua Espanhola por alunos brasileiros, universitários, aprendizes de espanhol como Língua Estrangeira, constatando que os aprendizes de espanhol como língua estrangeira trocam a primeira pessoa do singular pela terceira pessoa do singular e vice-versa, nos tempos verbais acima indicados. Os verbos investigados na nossa pesquisa são: jugar, dar, poner, ir, tener, salir, hacer e decir. Assim, nos baseamos nas teorias de Aquisição e Aprendizagem de Língua Estrangeira, focalizando nosso estudo na transferência, na interlíngua, na noção de fossilização e no estudo com foco na forma. Para tanto, descrevemos os tempos verbais que servem de base para nossa pesquisa. Nossas hipóteses iniciais eram que as referidas trocas aconteciam por influência da língua materna ou por transferência da terminação verbal do presente para o pretérito e que os equívocos diminuem à medida que aumenta o nível de proficiência dos aprendizes deste estudo.

Palavras-chave: Aquisição de línguas estrangeiras. Tempos verbais. Ensino e aprendizagem.

Downloads 5145  5145  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.