Educadores



Categoria: Educação Fisica Dissertações
Fazer Download agora!Influência da massa muscular envolvida e dos intervalos de recuperação entre séries sobre as respost Popular Versão: PDF
Atualização:  21/3/2012
Descrição:
CASTINHEIRAS NETO, Antonio Gil

O exercício contraresistência (ECR) vem sendo utilizado em programas de emagrecimento e prevenção do ganho de peso gordo. O gasto energético da atividade em si e, principalmente, seu efeito sobre a taxa metabólica após o exercício e o aumento da massa muscular em longo prazo são aspectos importantes nesse contexto. Entretanto, ainda não é possível definir qual ou quais variáveis de prescrição do ECR tem maior impacto sobre o gasto energético total de uma sessão, sobretudo no consumo de oxigênio pós-exercício (EPOC). Os objetivos da presente dissertação foram: investigar o efeito de do intervalo de recuperação (1 min vs 3 min) e da massa muscular envolvida no exercício (leg press vs voador peitoral) sobre as respostas cardiorrespiratórias (consumo de oxigênio-VO2, razão entre trocas respiratórias-RER e frequência cardíaca-FC) durante e após sessão de ECR. Dez voluntários [26±4 anos; 179±6 cm; 77±8 kg] destreinados em ECR foram submetidos às situações experimentais, respeitando o método aleatório. Os resultados mostraram que a massa muscular envolvida no exercício é fator determinante do gasto energético total (sessão+EPOC) (p<0,05), sendo maior no legpress independentemente do IR. Por outro lado, se o IR de 3 min associou-se a um maior gasto energético na sessão (p<0,05), o EPOC foi maior nas situações com IR de 1 min, especialmente quando a massa muscular era maior (p<0,05). O RER durante o exercício também foi afetado pela massa muscular (p<0,05), sendo maior no leg-press nos dois IR. A oxidação lipídica na fase de recuperação pós-exercício ocorreu em todas as situações, sem diferença estatística entre as situações experimentais (p>0,05). O exercício com maior massa muscular e curto IR levou à maior FC de pico (p<0,001). A variação do IR não induziu diferença significativa para a FC de pico entre as situações experimentais, seja durante o exercício ou no período de recuperação. Em conclusão, a massa muscular e o intervalo de recuperação influenciam as respostas cardiorrespiratórias durante e após sessões de ECR. Exercícios que envolvem maior massa muscular aumentam o VO2 total, enquanto intervalos curtos de recuperação associam-se a menor VO2 durante a sessão, mas a um maior EPOC.

Palavras-chave: Exercícios físicos, Aptidão física, Aspectos fisiológicos, Metabolismo energético, Treinamento com pesos, Saúde.


Downloads 1567  1567  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Salgado de Oliveira, Niterói, 2009  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.