Educadores



Categoria: Educação Fisica Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Coordenação Motora Associada ao Desenvolvimento do Crescimento Somático de Escolares com Deficiência Popular Versão: PDF
Atualização:  30/1/2019
Descrição:
SILVA, Gilberto Carlos Pereira da

A deficiência intelectual (DI) resulta de alterações no desempenho cerebral provocadas por diferentes fatores, pré e pós-natais. Geralmente os indivíduos com DI apresentam dificuldades de aprendizagem, podendo demonstrar um comportamento inferior à sua idade cronológica. O objetivo do estudo foi investigar o nível da coordenação motora associada ao desenvolvimento e crescimento somático de escolares com DI, com idade entre 11 e 14 anos, de ambos os sexos, pertencentes a rede de ensino público estadual na cidade de Toledo – PR. O estudo teve um caráter descritivo, tendo como sujeitos 24 escolares, 15 do sexo masculino e 9 do sexo feminino, que realizaram avaliação antropométrica (estatura, massa corporal, circunferência da cintura e índice de massa corporal), avaliação da coordenação motora utilizando o Teste KTK, e avaliação da idade biológica através da radiografia da mão e pulso. Os resultados demonstraram que a estatura dos sujeitos do grupo masculino (1,57 ±0,08 m.) e feminino (1,56 ±0,06 m.) se apresentaram dentro dos padrões de normalidade em relação à idade; o IMC demonstrou que 20% do grupo masculino com sobrepeso e 13,4% com obesidade, para o grupo feminino observou-se 22,25% com sobrepeso e 22,25% com obesidade; em relação a circunferência da cintura, 20% do grupo masculino e 33,3% do grupo feminino apresentaram resultados acima dos valores críticos para a idade. Os resultados do desempenho motor, através do teste KTK, demostraram que o grupo masculino apresentou uma classificação de insuficiência na coordenação (QMT de 63,67 ±11,23), apresentando maior dificuldade motora na tarefa do salto lateral; a mesma classificação foi dada para o grupo feminino (QMT de 52,89 ±16,1), tendo apresentando dificuldades nas tarefas de salto monopedal, salto lateral e transferência lateral, relacionadas a necessidade de força e agilidade. Os valores elevados do IMC contribuíram de forma negativa para os resultados do teste nas tarefas que requeriam força, para a elevação do centro de massa, coordenação motora nas tarefas de salto, e agilidade e coordenação na tarefa de transferência lateral. Entende-se que os sujeitos com valores elevados de IMC apresentam menores níveis de coordenação motora em relação ao esperado para suas idades, notadamente nos sujeitos do sexo feminino. O grupo masculino com idade maturacional adequada apresentou uma classificação de perturbação na coordenação (QMT de 72,25 ±14,88), os demais grupos, com idade precoce e tardia e os grupos femininos foram classificados como insuficiência na coordenação. Os resultados apresentados apontam que a idade maturacional não influenciou os resultados do teste KTK.

Palavras-chave: Deficiência intelectual. Coordenação motora. Avaliação.

Downloads 329  329  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.