Educadores



Categoria: Biologia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Dieta de Cafeteria Associada à Suplementação com Fibras Hidrossolúveis Altera a Morfologia do Jejuno Popular Versão: PDF
Atualização:  29/1/2019
Descrição:
CIRILO, Carla Possani

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS: A dieta de cafeteria provoca um quadro de obesidade semelhante a humana, devido a ingestão de alimentos palatáveis. É caracterizada como hipercalórica, hiperlipídica e hipoproteica. A inclusão de fibras hidrossolúveis na dieta e atividade física são medidas preventivas para o controle da obesidade. Considerando que o intestino delgado é sensível a alterações do lúmen, e que modificações no sistema nervoso entérico podem ocorrer decorrentes da dieta, o objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento morfológico, morfométrico e a inervação intrínseca do jejuno de ratos obesos pela ingestão de dieta de cafeteria associada à suplementação de fibras hidrossolúveis, em condição de sedentarismo e treinamento físico. MÉTODOS: Foram utilizados 40 ratos Wistar com 60 dias de idade, divididos em 8 grupos: Sedentários (S), Sedentários Cafeteria (SCa), Sedentários Fibras (SF), Sedentários Cafeteria Fibras (SCaF), Treinados (T), Treinados Cafeteria (TCa), Treinados Fibras (TF) e Treinados Cafeteria Fibras (TCaF). A obesidade foi induzida por dieta de cafeteria (ad libitum) por 14 semanas. Esta dieta foi composta por: chips, chocolate, marshmallow, geléia de mocotó, salsichas, mortadela, refrigerante, pão francês e bolachas, além da ração padrão e água ofertada aos controles. Durante o tratamento foi verificado o peso corporal e o consumo diário dos alimentos. Após 4 semanas de início da dieta, os animais foram suplementados com fibras hidrossolúveis (Fiber Mais- Nestlé) via gavagem 0,5ml/dia/animal (0,2g de fibras/ml) e treinamento em esteira por 10 semanas. Ao final das 14 semanas os ratos foram pesados e duas horas antes da eutanásia receberam aplicação via veia peniana de sulfato de vincristina (0,5 mg/Kg), um agente bloqueador do fuso mitótico para posterior análise da proliferação celular. Após este período, os animais foram anestesiados intraperitonealmente com tiopental sódico (Thionembutal®) (40mg/kg) e mensurado o comprimento naso-anal destes para a determinação do índice de Lee. Posteriormente foi realizada laparotomia para a coleta de sangue e remoção de tecidos. As amostras de sangue foram destinadas para dosagem da glicose, triglicerídeos e proteínas totais. [...]

Palavras-Chave: Glia entérica. Neurônios entéricos. Obesidade. Parede intestinal. Fibras. Dieta cafeteria. Exercício.

Downloads 510  510  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.