Educadores

Ínicio : Geografia : Monografias : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Data (novos listados primeiro)

Categoria: Geografia Monografias
Fazer Download agora!Vista Saga 2005. Sistema de Análise Geo-Ambiental Popular Versão: 
Atualização:  20/11/2014
Descrição:
MARINO, Tiago Badre

Este projeto tem por finalidade apresentar a aplicação de um Sistema Geográfico de Informação no apoio`a pesquisa ambiental. Para tanto, foi desenvolvido no Laboratório de Geoprocessamento da Universidade Federal do Rio de Janeiro (LAGEOP-UFRJ) o Vista Saga 2005, uma recriação do aplicativo Vista Saga, idealizado na década de 80 pelo Prof. Jorge Xavier da Silva e, hoje, implementado por mim, sob a plataforma de desenvolvimento Borland Delphi 5, com utilização de bibliotecas gráficas extras como OpenGL (código livre) e TImageEn (comercial), além de bibliotecas criadas pelo Laboratório de Geoprocessamento da UFRJ para manipulação de arquivos de formato ”.rst”o qual possui características singulares e específicas para a realização dos trabalhos de análise ambiental. Sua primeira versão foi criada na década de 80, apresentando mapas com, no máximo, 16 cores. Nesta época o geoprocessamento era bastante limitado pela barreira tecnológica. Seguindo a evolução da informática, o Vista Saga também foi evoluindo com novas versões mais sofisticadas, trabalhando com mais cores e maior rapidez no processamento das análises. Hoje, o Vista Saga trabalha com cores de 32 bits, viabilizando até a visualização em três dimensões de áreas de estudos. Este projeto já apoiou inúmeros trabalhos de geoprocessamento pelo país. Dezenas de teses defendidas com o auxílio do projeto S.A.G.A./U.F.R.J., além de trabalhos realizados pelo país como o planejamento da Rodovia Régis Bittencourt, que liga São Paulo ao Paraná.


Downloads 1201  1201  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufrj.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Monografias
Fazer Download agora!O imaginário da cidade: percepção espacial dos estudantes da Universidade Federal de Viçosa e da po Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
VIALLI, Joalex

Pode-se dizer que as cidades são fruto de realizações humanas, uma criação que foi sendo moldada ao longo de um processo histórico e que ganhou materialização diferenciada, em função de determinantes históricos específicos. O espaço urbano é um espaço produzido socialmente, modificado de acordo com as possibilidades de cada civilização. A cidade passa a ser um reflexo de como vivem seus cidadãos uma vez que eles produzem e reproduzem o espaço através de sua faculdade de pensar, de compreender, mesclando em suas ações razão e emoção. Compreende-se desse modo que os cidadãos percebem sua cidade de acordo com seus sentimentos, criando em seu imaginário uma representação da cidade. Este trabalho busca compreender se existem contradições do imaginário da cidade em diferentes grupos urbanos, e procura mostrar, ainda, que a cidade não é apenas uma questão de cunho materialista (geométrico e quantitativo), mas, também, uma questão de cunho não-material (moral, espiritual, sentimental). Assim procurou-se demonstrar que diferentes grupos possuem percepções diferentes com relação ao espaço urbano e que essas percepções diferenciadas criam um imaginário que faz com determinados espaços da cidade ganhem mais importância para determinados indivíduos do que para outros. Em consequência desse fato buscamos verificar se a percepção espacial pode influenciar a ações dos indivíduos no ambiente urbano e desse modo o próprio espaço urbano.

Palavras-chave: Imaginário. Percepção. Espaço urbano. Lugar.

Downloads 2742  2742  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.geo.ufv.br
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Monografias
Fazer Download agora!Um olhar geográfico sobre a questão dos materiais recicláveis em Porto Alegre: sistemas de fluxos e  Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
DAGNINO, Ricardo de Sampaio

Esta pesquisa trata da coleta e comercialização de materiais recicláveis, valiosos componentes dos resíduos sólidos urbanos, na cidade de Porto Alegre. O foco está voltado para a indissociabilidade das relações entre os principais agentes envolvidos nesta questão: os catadores, organizados ou não em associações, que colaboram com o retorno dos materiais ao processo produtivo; a indústria, encarregada do beneficiamento e reindustrialização dos materiais; os intermediários, elo de ligação na reciclagem dos materiais e exploração do trabalho nas relações entre os catadores e a indústria; e o poder público, responsável pela regulação e pela normatização dessas relações. O olhar geográfico utilizado tem o seu ponto de vista localizado na base da questão, o que propõe uma percepção maior dos problemas enfrentados pelos catadores. Como referência teórica e metodológica, foram utilizados os estudos de Milton Santos sobre os sistemas de fluxos da economia urbana e as formas de representação gráfica utilizando modelos explicativos.

Palavras-chave: Gerenciamento de resíduos sólidos. Coleta seletiva. Catadores de materiais recicláveis. Geografia urbana. Milton Santos. Teoria dos sistemas de Fluxos da economia. Reciclagem.

Downloads 692  692  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.dominiopublico.gov.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Monografias
Fazer Download agora!Sensoriamento remoto e Sistemas de informação geográfica para o ensino da Geografia do Pantanal Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
GOMES, Vanessa dos Santos

O Sensoriamento Remoto (SR) e os Sistemas de Informação Geográfica (SIG) têm-se configurados como tecnologias capazes de auxiliar o homem na tomada de decisões, por oferecer uma visão sinóptica. Assim, foram criados materiais didáticos baseados em produtos de SR e SIG do Pantanal e bacia de entorno para o ensino da Geografia, fundamentado nos Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (PCNEM), nos Parâmetros Curriculares Regionais (PCR) e em um livro didático. A constatação da ausência de material ilustrativo na forma de imagens e mapas baseados em tais técnicas para o Pantanal nos livros didáticos foi o ponto norteador deste trabalho, destacando-se que a utilização de imagens de satélite, as confecções de mosaicos de imagens e as visualizações tridimensionais no âmbito da sala de aula permitem ao aluno uma visão geral do espaço geográfico e sua ação sobre o meio em que vive, gerando exemplos da sua realidade regional, além de caracterizarem-se como importantes ferramentas no ensino de geografia. Para a confecção de tais exemplos, foram utilizados imagens dos satélites CBERS-2, sensor CCD e WFI, do ano de 2005 e satélite Landsat, sensor ETM+ do ano 2000, modelos digitais de elevação, além de fotografias aéreas oblíquas tomadas a partir de avião e helicóptero em trabalho de campo no ano de 2005. Foi possível a discriminação de exemplos de temáticas globais que pudessem ser inseridos exemplos regionais do Pantanal. Dessa forma, o presente trabalho possibilitou a difusão do conhecimento acerca do Pantanal e abriu um leque de opções acerca da temática que envolve o ensino da Geografia Regional e aplicação de tecnologias no processo de ensino aprendizagem.

Palavras-chave: Sensoriamento remoto. Sistemas de informação geográfica. Pantanal. Geografia.

Downloads 1206  1206  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal de Mato Grosso do Sul  Site 
Avaliação: 8.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Monografias
Fazer Download agora!O roubo de cargas nas rodovias do estado de São Paulo Popular Versão: pdf
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
RIBEIRO, Flávio Alexandre

Este trabalho insere-se no campo dos sistemas de movimentos do território brasileiro, destacando-se por pesquisar o roubo de cargas no estado de São Paulo, em áreas urbanas e principalmente em rodovias. Dada a opção do Brasil pelo transporte rodoviário, realizou-se análises estatísticas sobre o roubo de cargas e sobre o crime de latrocínio. Visto que os roubos estão concentrados a uma distância de, em média, 150 km da capital paulista, enfatiza, também, a cidade de Campinas, ressaltando a malha viária que a integra. Representando um sério problema à atividade econômica do país, o lucrativo mercado alternativo do roubo de cargas encontra a conivência das autoridades para atuar livremente,causando prejuízos em vários setores e propiciando uma grande insegurança nas áreas urbanas, como também nas rodovias e aos motoristas de caminhões e seus ajudantes. Dá um especial destaque ao combate ao roubo de cargas, exemplificando, inclusive, ações preventivas, como o uso de geotecnologias para o rastreamento dos veículos e o seguro das cargas e caminhões. Como forma de melhor elucidar as informações, o trabalho apresenta mapas, gráficos, imagens e tabelas.

Palavras-chave: Redes. Fluxos. Roubo de cargas. Combate ao roubo de cargas.

Downloads 11303  11303  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Puc-Campinas  Site 
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Monografias
Fazer Download agora!Noções básicas de geomorfologia Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
JATOBÁ, Lucivânio

Este trabalho apresenta um conjunto de informações introdutórias de Geomorfologia, destinadas a estudantes e professores de Geografia. Estão reunidos diversos resumos de aula utilizados pelo autor, ao longo dos últimos anos, em disciplinas ministradas no Departamento de Ciências Geográficas da Universidade Federal de Pernambuco e outros cursos de pós-graduação. São apresentadas ainda diversas definições de termos que são de grande utilidade à análise geomorfológica das paisagens.

Palavras-chave: Geomorfologia. Geografia. Paisagem. Geologia. Relevo.

Downloads 30494  30494  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Monografias
Fazer Download agora!Moradia popular em Campinas: um estudo do conjunto habitacional Edivaldo Antônio Orsi Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
SANTOS, João Henrique dos

Este trabalho tem como propósito investigar e revelar a política de habitação na cidade de Campinas; como se dá o acesso à moradia popular no município e quais as ferramentas que o poder público utiliza para combater o déficit habitacional na cidade. Visando atingir a este propósito foi analisado o processo de urbanização da cidade desde a sua formação até o presente momento. No segundo capítulo foi analisado o processo que constituiu as políticas públicas para habitação no Brasil, destacando como marco fundamental a criação do Banco Nacional de Habitação (BNH), como o primeiro e mais significativo órgão da política habitacional do Brasil. O estudo do Conjunto Habitacional Edivaldo Antônio Orsi constitui a última parte desse trabalho; nela se pretendeu analisar os processos que nortearam a promoção social através da moradia. Foi analisada a concepção desse tipo de empreendimento, os processos sociais ocorridos no âmbito da população residente e também foi apontado o papel do Estado na promoção da inclusão social da população mais carente.

Palavras-chave: Habitação. Déficit habitacional. Políticas públicas. Acesso à moradia. Inclusão social.

Downloads 5891  5891  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC-Campinas  Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Monografias
Fazer Download agora!As cadeias operatórias de uma indústria tecnológica lítica: Sítio arqueológico PT-02 (Cerrito da Sot Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
GARCIA, Anderson M.

Esta monografia apresenta uma análise tecnológica lítica de objetos oriundos de intervenções arqueológicas realizadas nos anos de 2005, 2006 e 2007 em um Cerrito, e suas áreas adjacentes, localizado na Ilha da Feitoria no município de Pelotas-RS, datado pelo método radiocarbônico AMS Standard e interpretado, inicialmente, entre 1010 ± 40 A.P. e 990 ± 40 A.P. Estas intervenções foram desenvolvidas pelo LEPAARQ/UFPel (Laboratório de Ensino e Pesquisa em Antropologia e Arqueologia da Universidade Federal de Pelotas). A pesquisa aqui apresentada está centrada em uma análise tecnológica, buscando evidenciar diferentes Cadeias Operatórias relativas à obtenção de matéria-prima lítica. Desta forma, nesta indústria lítica, a partir de uma perspectiva gestual, são apresentadas duas técnicas distintas de debitagem na produção dos artefatos e também a cronologia de retirada de lascas dos núcleos presentes. Dentro deste enfoque ainda estão interpretações gestuais de preensão para a utilização dos instrumentos manufaturados por técnicas de lascamento, realização de análises de matérias primas com Microscópio Eletrônico de Varredur (MEV) e o mapeamento destas fontes mais próximas ao Cerrito, possibilitando desta forma uma inferência a respeito do pretérito território explorado por estas populações construtoras de Cerritos. Por estes meios, foi possível perceber a quantidade de 501 objetos, sendo estes representados em 74% pelo quartzo, 6% pelo granito e 20% pelas rochas vulcânicas. São instrumentos representativos de cada uma destas Cadeias Operatórias: furadores (quartzo), instrumentos passivos (granito) e pontas (rochas vulcânicas).

Palavras-Chave: Cerrito. Lítico. Cadeia operatória. Gesto técnico. Rochas vulcânicas. Território.

Downloads 1645  1645  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal de Pelotas  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Monografias
Fazer Download agora!Áreas Verdes: uma percepção paisagística do refúgio biológico Bela Vista no meio urbano de Foz do Ig Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
MANTOVI, Valderes

As preocupações com o processo de urbanização ocorrem desde a cidade industrial no final do século (XIX), mas é no final da década passada que, no Brasil, essa questão ganhou destaque, alterando os padrões urbanísticos, desvinculando o olhar da cidade caótica para uma área ambientalmente mais saudável e mais verde. Este trabalho busca analisar a importância de áreas verdes e seu planejamento no meio urbano, mais especificamente o Refúgio Biológico Bela Vista criado pela Usina Hidrelétrica de Itaipu, em 1977, em Foz do Iguaçu – PR, posteriormente ocorrendo sua revitalização em 2001, a área em estudo compreende parte da micro bacia do Paraná Três. Neste ambiente destaca a necessidade e a importância de se conservar e preservar a biodiversidade existente nos ecossistemas do local, e principalmente o seu papel fundamental que desempenha como espaços de significação social, ambiental, lazer, estética e a melhoria da qualidade de vida da população da cidade.

Palavras-chave: Áreas verdes. Refúgio biológico. Meio urbano. Percepção da paisagem.

Downloads 7690  7690  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unioeste  Site http://www.unioeste.br
Avaliação: 9.00 (7 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Monografias
Fazer Download agora!Análise dos impactos socioambientais resultantes da implantação da Pequena Central Hidrelétrica São  Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
LOPES, G. C.

O objetivo deste trabalho é discutir a problemática que envolve a construção/implantação da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) São Francisco no rio São Francisco Verdadeiro, na divisa dos municípios de Toledo e Ouro Verde do Oeste, pela margem direita e esquerda, respectivamente, na região oeste do Estado do Paraná. A fim de alcançar os objetivos propostos foram analisadas questões referentes às Pequenas Centrais Hidrelétricas, tais como legislações do setor elétrico e ambiental, políticas de incentivos financeiros ao setor, além de programas e projetos de incentivos à geração de energias alternativas no Brasil. Foram considerados alguns pontos relevantes quanto à obtenção de licenças, estudo de viabilidade, incentivos governamentais, possíveis impactos socioambientais resultantes da implantação de tais empreendimentos. Com a finalidade de contextualização, foi efetuado ainda um breve histórico das PCHs, desde a implantação das primeiras usinas no início do século XX, passando por uma fase de “esquecimento” de tais empreendimentos pelo poder público até a sua revitalização a partir dos anos de 1990. Foi efetuada a análise da questão socioambiental no que se refere à implantação das PCHs, com ênfase ao estudo de caso da PCH São Francisco.

Palavras-Chave: PCH São Francisco. Pequenas centrais hidrelétricas. Energias alternativas. Energia elétrica.

Downloads 6353  6353  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unioeste  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 »