Educadores

Ínicio : Filosofia : Teses : 

Produções de Profissionais da Seed: Teses (2)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Filosofia Teses
Fazer Download agora!O problema da verdade do conhecimento no racionalismo crítico Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2012
Descrição:
SCHORN, Remi

A tese tem como objeto de estudo a concepção de verdade e sua relação com a base empírica. Investiga a possibilidade de o conhecimento coincidir com seu objeto, tornando as teorias verdadeiras. O racionalismo crítico é o contexto no qual Popper desenvolve esse debate. Nossa proposta investiga a transformação da filosofia popperiana, de uma noção inicial em que sequer aparece a terminologia verdade e falsidade, passando pela aceitação da certeza quanto à falsidade de proposições empíricas, até a relativização de tais conceitos. Aponta o risco de ceder integralmente ao ceticismo e faz perceber que o autor lança mão de uma metafísica evolucionária como subsídio para sua filosofia das ciências. O estudo evidencia claro que Popper foi contraditório ao negar a indução e retomá-la em sua ideia de aproximação da verdade; foi superficial relativamente à teleológica ideia regulativa da verdade e foi ingênuo ao conceber a base empírica como decisiva em um falibilismo restrito.

Palavras-chave: Racionalismo crítico. Verdade. Empirismo.

Downloads 19902  19902  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Teses
Fazer Download agora!Thomas Hobbes : do movimento físico à fundação do Estado Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2012
Descrição:
SOUSA, Maria Eliane Rosa de

O presente trabalho objetiva oferecer uma análise e uma interpretação da teoria política de Thomas Hobbes à luz da ciência do século XVII e das descobertas operadas pela física moderna em sua junção com a matemática. O texto se inicia com a abordagem do solo histórico sobre o qual se situa a filosofia de Hobbes, sobretudo com Euclides e Galileu, e caminha na direção da transposição dos movimentos físicos dos corpos para a fundação do estado civil. Destaca-se uma noção de filosofia que parte de uma base lógico-proposicional e material para, então, chegar a uma teoria política configurada na positividade formal da lei e no ordenamento jurídico do Estado. Da apropriação da tradição científica moderna, emerge uma nova imagem do homem que, apesar de racional, está submetido a movimentos inerciais no sentido mais laico do termo. Tais movimentos revelam a complexa e conflitiva condição a que está submetida a natureza humana, pela potencial guerra de todos contra todos.

Palavras-chave: Corpo. Movimento. Ciência. Filosofia natural. Filosofia civil. Estado.

Downloads 16652  16652  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Teses
Fazer Download agora!A alteridade no pensamento de Jacques Derrida: escritura, meio-luto, aporia Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2012
Descrição:
CONTINENTINO, Ana Maria Amado

Esta tese tem como objetivo acompanhar a relação com a alteridade na obra de Jacques Derrida, um pensador que, ao fazer da alteridade a questão principal do pensamento, indica que o seu destaque cada vez mais inevitável na cena contemporânea representa uma mudança de paradigma na qual o pensamento não mais se faz orientado pelo desejo de presença.

Palavras-chave: Alteridade. Luto. Psicanálise. Filosofia.


Downloads 12940  12940  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC - Rio  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Teses
Fazer Download agora!A espacialidade do Dasein: um estudo sobre o § 24 de ser e tempo Popular Versão: 
Atualização:  15/9/2011
Descrição:
BRASIL, Luciano de Faria

A dissertação tem como objetivo apresentar a abordagem do espaço e da espacialidade em Ser e Tempo, explanando a lógica de construção dos conceitos no contexto da obra e, também, desvelando a recepção que Heidegger efetuou de alguns elementos da filosofia crítica de Kant. Examina-se primeiramente a abordagem kantiana do espaço, que confronta a querela científico-filosófica de seu tempo sobre a natureza do espaço, se relacional ou absoluta. O modelo kantiano mantém elementos relacionais e a noção de
espaço objetivo como ideia reguladora. Kant aloja a percepção do espaço ‘dentro’ do homem, em sua faculdade cognitiva, como forma pura da sensibilidade a priori.

Palavras-chave: Espaço. Espacialidade. Dasein. Filosofia crítica. Fenomenologia.

Downloads 7935  7935  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC RS  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Teses
Fazer Download agora!A "Topologia do Ser" - lugar, espaço e linguagem no ensinamento de Martin Heidegger Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2013
Descrição:
PADUA, Ligia Teresa Saramago

A expressão “topologia do ser”, que aparece na obra de Heidegger em 1947, já aponta para a crescente tendência do autor a pensar sua grande questão – a questão do ser – num registro bastante diverso daquele que predominou em suas primeiras obras, especialmente em Ser e Tempo. Lugar e linguagem, termos diretamente implicados na ideia de topologia, assumem uma importância cada vez maior em seu pensamento, guardando uma ligação essencial entre si. Contudo, o conceito de espaço, inseparável do de lugar, tem sido frequentemente preterido em diversos estudos sobre a topologia heideggeriana, não obstante sua fundamental importância para esta questão.

Palavras-chave: Espaço. Lugar. Linguagem.


Downloads 7626  7626  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC - Rio  Site 
Avaliação: 9.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Teses
Fazer Download agora!A construção estética e teorica de personagens no Iluminismo alemão : Lessing, Moses Mendelssohn, M Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2013
Descrição:
GUILLERMO, Tristan Torriani

A proposta deste trabalho é mostrar como personagens ideais foram construídos na filosofia e literatura alemãs da segunda metade do século XVIII. No primeiro capítulo, procuro mostrar o desenvolvimento do Iluminismo na sua relação com o teatro nacional alemão. Lessing é, sem sombra de dúvida, o autor decisivo neste sentido, pois reunia em si não só o artista criativo, mas também o teórico. Para explorar essa potente combinação, é necessário que se estude sua produção artística associada à sua teorização estética, política e educacional. Um aspecto particularmente interessante a ser notado é a complexa coexistência de aspectos nacionalistas e cosmopolitas nos personagens e ideais por ele propostos. Os textos discutidos, embora não esgotem sua obra, são indispensáveis para uma compreensão do Iluminismo lessinguiano: a peça juvenil Os judeus, o diálogo Ernesto e Falco, as teses sobre A educação da humanidade, e sua obra-prima Natan, o sábio, que se inspira na figura de Moses Mendelssohn. No segundo capítulo, passo a examinar, entre outros escritos, o ensaio Jerusalém de Moses Mendelssohn, no qual ele ataca a autoridade eclesiástica e estatal, além de advogar a missão monoteísta do Judaísmo e defender a obtenção de direitos para os judeus.

Palavras-chave: Filosofia politica. Filosofia moderna. Filosofia alemã. Iluminismo. Identidade. Musica. Teatro alemão. Antropologia filosófica.

Downloads 6328  6328  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site 
Avaliação: 8.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Teses
Fazer Download agora!Da política à ética: o itinerário de Santo Tomás de Aquino Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2013
Descrição:
LIMA, José Jivaldo

Este trabalho versa sobre a teoria ético-política de Santo Tomás de Aquino, apresentada em suas mais importantes obras relacionadas ao assunto, máxime, na “Suma Teológica”. Como pensador político do Medievo, Tomás de Aquino—herdeiro das contribuições do helenismo, direto e indireto, e do cristianismo — não ficou à margem dos desafios que a coexistência de ambas as correntes trouxeram às discussões de então, principalmente às discussões ético-políticas.

Palavras-chave: Tomás de Aquino. Idade Média. Ética e Política.Virtudes. Leis e Direitos. Alteridade. Sociedade.


Downloads 5825  5825  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUCRS  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Teses
Fazer Download agora!A aproximação de Popper com a epistemologia evolucionária Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2012
Descrição:
FABIAN, Eloi Pedro

Esta tese pretende demonstrar que o aprofundamento da aproximação de Popper com o método evolucionário (Tentativa e Erro), a partir dos anos de 1960 determinou uma mudança em sua epistemologia. Para tanto, procuraremos atingir os seguintes objetivos: I) Demonstrar uma primeira aproximação de Popper com o método evolucionário, nas obras até 1960, de forma ainda tímida e metafórica. Nesse momento, o autor serve-se de tais conceitos apenas para explicitar seu método falsificacionista, que, ao criticar o problema da demarcação e da indução, ainda tinha como fonte de legitimidade científica de falsificação de uma teoria e do crescimento do conhecimento uma base empírica e um apego aos postulados positivistas. Ressaltamos, ainda, o fato de Popper estabelecer um critério de demarcação ambíguo e convencionalista, porque tanto selecionava métodos, quanto teorias, além de não responder por que uma teoria, como a de Einstein, é melhor que a teoria da psicanálise de Freud, a não ser através de um critério convencionalista. II) Destacar que o aprofundamento da aproximação de Popper com o método evolucionário (Tentativa e Erro), a partir dos anos de 1960, determinou uma mudança em sua filosofia falsificacionista, através dos seguintes pontos: i) Defesa de que existe uma semelhança entre a seleção das teorias mais aptas com a seleção das espécies mais bem adaptadas, ou seja, partimos de problemas, tentativas de solução e eliminação do erro, tanto no âmbito natural quanto no epistêmico; ii) A base de legitimidade científica, de falsificação de uma teoria e do crescimento do conhecimento, que estava fundamentada numa base meramente empírica até aos anos 60, ganha novos componentes, mediante a defesa de um conhecimento objetivo, sem um sujeito conhecedor, mediado pelo mundo 3 (teorias) e pela função argumentativa e crítica da linguagem.

Palavras-chave: Falseabilidade. Tentativa e erro. Racionalismo crítico. Epistemologia evolucionária. Popper.

Downloads 4897  4897  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Teses
Fazer Download agora!A temporalidade da presença: a elaboração heideggeriana do conceito de tempo Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2013
Descrição:
KIRCHNE, Renato

Esta investigação baseia-se na obra de Martin Heidegger. Tem o propósito de ver entender como este pensador elabora seu próprio conceito de tempo a partir de uma interpretação peculiar da presença humana (menschliche Dasein), tendo em vista, também, a elaboração de uma ontologia fundamental. A tematização heideggeriana revela que o tempo não é nem objetivo, nem subjetivo. Sua tematização do tempo é uma tematização ontológica, razão pela qual está relacionada com a questão pelo sentido do ser. Tendo a hermenêutica fenomenológica como método de investigação, Heidegger mostra que o tempo “cada vez e sempre já” “se dá” enquanto modos próprios ou impróprios de temporalização. Na elaboração do conceito de tempo é preciso ver e entender “como” ele fundamenta e descreve a temporalidade originária, a ocupação cotidiana do tempo e a origem do conceito vulgar de tempo. A interpretação vulgar do tempo encobre a constituição ekstática e horizontal da temporalidade originária e, desse modo, tende a permanecer nivelada por esse encobrimento.

Palavras-chave: Fenomenologia. Ontologia fundamental. Presença humana (menschliche Dasein). Existência. Analítica existencial. Ser-no-mundo. Cura. Analítica temporal. Temporalidade. Temporalização. Cotidianidade. Historicidade. Intratemporalidade. Tempo ocupado. Tempo do mundo. Conceito vulgar de tempo

Downloads 4891  4891  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRJ  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Teses
Fazer Download agora!Dialética e contingência no ceticismo em David Hume  Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2013
Descrição:
MENDONÇA, Maria Magdalena Cunha de

Este trabalho investiga a relevância da crítica humeana ao pensamento teleológico, a partir da análise crítica do argumento do desígnio exposta no texto dos Diálogos da Religião Natural e sua articulação com o projeto filosófico do autor. Objetiva-se mostrar que a reflexão de Hume a respeito da religião natural, não se reduz a uma espécie de querela entre teísmo e ateísmo, deixando claro o entrelaçamento existente entre a recusa do raciocínio finalista e a crítica ao determinismo teológico e científico, a fim de deixar evidente o distanciamento do filósofo escocês da metafísica, sobretudo, das filosofias das ciências e epistemologia. No texto dos Diálogos da Religião investiga-se também a estrutura argumentativa filosófica do autor no intuito de precisar o sentido dialético e referencial cético presentes na sua compreensão e uso singular do estilo dos diálogos e sua ruptura com o discurso filosófico da tradição, precisamente platônico-aristotélica.

Palavras-chave: Empirismo. Ceticismo. Positivismo. Teleologia.

Downloads 3991  3991  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 6 7 8 9 10 »