Educadores

Ínicio : Ensino Religioso : Teses : 

Produções de Profissionais da Seed: Teses (0)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do melhor para o pior avaliado)

Categoria: Ensino Religioso Teses
Fazer Download agora!Os Rosários dos Angolas: irmandades negras, experiências escravas e identidades africanas na Bahia  Popular Versão: 
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
REGINALDO, Lucilene

As irmandades do Rosário na Bahia, desde as primeiras fundações em meados do século XVII, até o final do século XIX, foram, em sua maioria absoluta, controladas por africanos angolas e seus parceiros crioulos. Este fenômeno indica uma valorização deste espaço por parte dos angolas, mais do que por qualquer outro grupo de africanos. A identificação com as confrarias católicas aponta para a importância do catolicismo na África Central e, ao mesmo tempo, ressalta este elemento como fundamental na constituição de uma identidade particular dentro da comunidade escrava e da sociedade baiana em geral. Esta tese também discute essa identificação na experiência dos escravos no Reino, sugerindo uma perspectiva de investigação da história da devoção ao Rosário, das confrarias negras e da identidade angola ao longo do século XVIII, circulando por três continentes.

Palavras-chave: Escravidão. Salvador (BA). Recôncavo (BA). Negros. Brasil. Religião.

Downloads 4126  4126  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000350093
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Teses
Fazer Download agora!As igrejas neopentecostais: educação e doutrinação Popular Versão: 
Atualização:  8/5/2012
Descrição:
WREGE, Rachel Silveira

Este trabalho corresponde à preocupação de elucidar os vínculos entre educação e doutrina religiosa através do estudo do neopentecostalismo no Brasil. Elegi o neopentecostalismo, dado o fenômeno do seu crescimento entre os países da América Latina. Em razão da diversidade de denominações que se inserem dentro desta tendência, escolhi as mais expressivas em termos quantitativos: a “Igreja Universal do Reino de Deus” e a “Igreja Internacional da Graça de Deus”. A análise das respectivas igrejas fundamentou-se nas contribuições da Antropologia e da Sociologia das Religiões, principalmente em Eliade e Durkheim. O material que serviu de fonte para que se pudesse traçar o perfil das igrejas foi os livros escritos por Edir Macedo, da “Igreja Universal do Reino de Deus”, e por Romildo R. Soares, da “Igreja Internacional da Graça de Deus”. A análise dessas fontes, seguindo a proposta de análise de conteúdo de Bardin, considerou os temas que mais se fizeram presentes, com a finalidade de constituir um corpo de doutrinas, crenças e valores que tem influenciado os membros dessas igrejas.

Palavras-chave: Igreja Pentecostal Autônoma. Pentecostalismo. Educação.

Downloads 5232  5232  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000218785
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Teses
Fazer Download agora!Os judeus helenistas e a primeira expansão cristã: questões de narrativa, visibilidade histórica e e Popular Versão: 
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
SELVATICI, Mônica

O presente trabalho de pesquisa tem por objetivo analisar as evidências textuais e arqueológicas que permitam construir um contexto histórico plausível para a primeira expansão do movimento cristão, ocorrida na década de 30 do século I d.C., após a morte de Jesus. Esta expansão se caracterizou, segundo apresenta o relato do livro de Atos dos Apóstolos nos capítulos 6:1 a 8:40, e, possivelmente, também no relato da fundação da comunidade de Antioquia em Atos 11:19-26, pela ação missionária de judeus cristãos, ditos helenistas, saídos de Jerusalém, na região da Samaria e em áreas exteriores à Palestina, nomeadamente, a província romana da Síria e a ilha de Chipre, e pelas primeiras conversões de gentios à fé em Jesus como o Messias de Israel. O trabalho parte de uma historização do modelo interpretativo dominante sobre o Cristianismo antigo e de uma discussão dos propósitos teológicos e da questão da visibilidade histórica da narrativa de Atos dos Apóstolos. A análise da documentação textual é realizada a partir dos pressupostos da Nova História Cultural e o conceito de etnicidade é utilizado no sentido de compreender o aspecto mutável das identidades cristãs nos primeiros anos de vida do movimento cristão. A abordagem cronologicamente invertida da seqüência de passagens do livro de Atos acima apresentada permitiu a esta tese alcançar resultados diferenciados, em relação àqueles da historiografia dominante, sobre a questão da expansão inicial do movimento cristão do universo judaico palestino para o mundo helenizado do Mediterrâneo romano.

Palavras-chave: História. Judaísmo. Cristianismo. Templo de Jerusalém. Identidade.

Downloads 15440  15440  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000378084
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Teses
Fazer Download agora!A Santiago de Compostella brasileira: religião, turismo e consumo no Caminho da Fé Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
CALVELLI, Haudrey Germiniani

O objetivo desta tese é analisar o fenômeno da peregrinação na sociedade moderna e contemporânea e suas interfaces com o turismo religioso. Serviu como campo etnográfico da pesquisa o Caminho da Fé, uma rota para peregrinação inaugurada oficialmente no dia 12 de fevereiro de 2003. O itinerário inicia-se em Tambaú (SP), cidade onde viveu o Padre Donizetti Tavares de Lima, e passa por várias cidades do interior de São Paulo e do sul de Minas Gerais, com o objetivo de chegar a Aparecida (SP), local do maior santuário católico brasileiro. Com um total de 415 quilômetros, pode ser considerada a mais nova e maior trilha permanente do Brasil. Este estudo enfocará uma interpretação do fenômeno da peregrinação no Caminho da Fé a partir da perspectiva teórica adotada por Eade e Sallnow (1991), que estabeleceram uma nova abordagem para os estudos da peregrinação, qual seja analisar a diversidade de discursos e pontos de vista presentes na peregrinação. O meu olhar estará direcionado preferencialmente para a diversidade de contextos históricos, culturais, religiosos, econômicos e políticos que são atualizados nas diversas dimensões constitutivas do objeto de estudo.

Palavras-chave: Peregrinação. Turismo religioso. Caminho de Santiago de Compostella. Caminho da Fé.

Downloads 10202  10202  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Domínio Público  Site http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=100504
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Teses
Fazer Download agora!Shiva abandona seu trono: destradicionalização da dança Hindu e sua difusão no Brasil Popular Versão: PDF
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
ANDRADE, Joachim

A dança hindu, uma das formas artísticas mais populares na Índia, tem recebido reconhecimento universal (inclusive no Brasil) como expressão das mais sutis do Hinduísmo. Sua conexão íntima com o templo, como arte ritualística que espelha sentimentos imperceptíveis das devadasis, “dançarinas do Senhor”, reflete a tendência introspectiva da cultura hindu. Essa dança era realizada conforme os matizes mais delicados de uma peça, ou de um poema, por intermédio do corpo, refletindo os princípios explicitados no tratado mais antigo da dança, o “Natya Shastra”. Por meio de dançarinos pioneiros e de visionários dedicados no início do século XX, essa dança alcançou uma popularidade sem precedentes e iniciou o processo de destradicionalização. Acompanhando o processo histórico de modernização e secularização da Índia, a dança hindu inicialmente passou do templo ao teatro; depois para as outras religiões na Índia, para o Ocidente e, por fim, para o Brasil. Nesta pesquisa, organizamos o processo da destradicionalização em três blocos. No primeiro, questionamos as possíveis mudanças que a dança deve enfrentar no processo da destradicionalização; também mapeamos a dança no Brasil. O segundo estabelece uma aproximação entre a dança hindu e a análise empírica da destradicionalização, do templo ao Ocidente. No terceiro bloco examinamos as modificações na arte e também as mudanças na vida dos bailarinos. Conclui-se visando a possível contribuição que esse processo faz à sociedade, em particular aos estudos de Ciência da Religião.

Palavras-chave: Dança hindu. Religião. Ritual. Tradição. Cultura. Identidade. Mudança.

Downloads 1109  1109  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Domínio Público  Site http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=66191
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 (2)