Educadores

Ínicio : Ensino Religioso : Teses : 

Produções de Profissionais da Seed: Teses (0)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do pior para o melhor avaliado)

Categoria: Ensino Religioso Teses
Fazer Download agora!A Santiago de Compostella brasileira: religião, turismo e consumo no Caminho da Fé Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
CALVELLI, Haudrey Germiniani

O objetivo desta tese é analisar o fenômeno da peregrinação na sociedade moderna e contemporânea e suas interfaces com o turismo religioso. Serviu como campo etnográfico da pesquisa o Caminho da Fé, uma rota para peregrinação inaugurada oficialmente no dia 12 de fevereiro de 2003. O itinerário inicia-se em Tambaú (SP), cidade onde viveu o Padre Donizetti Tavares de Lima, e passa por várias cidades do interior de São Paulo e do sul de Minas Gerais, com o objetivo de chegar a Aparecida (SP), local do maior santuário católico brasileiro. Com um total de 415 quilômetros, pode ser considerada a mais nova e maior trilha permanente do Brasil. Este estudo enfocará uma interpretação do fenômeno da peregrinação no Caminho da Fé a partir da perspectiva teórica adotada por Eade e Sallnow (1991), que estabeleceram uma nova abordagem para os estudos da peregrinação, qual seja analisar a diversidade de discursos e pontos de vista presentes na peregrinação. O meu olhar estará direcionado preferencialmente para a diversidade de contextos históricos, culturais, religiosos, econômicos e políticos que são atualizados nas diversas dimensões constitutivas do objeto de estudo.

Palavras-chave: Peregrinação. Turismo religioso. Caminho de Santiago de Compostella. Caminho da Fé.

Downloads 10822  10822  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Domínio Público  Site http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=100504
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Teses
Fazer Download agora!Shiva abandona seu trono: destradicionalização da dança Hindu e sua difusão no Brasil Popular Versão: PDF
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
ANDRADE, Joachim

A dança hindu, uma das formas artísticas mais populares na Índia, tem recebido reconhecimento universal (inclusive no Brasil) como expressão das mais sutis do Hinduísmo. Sua conexão íntima com o templo, como arte ritualística que espelha sentimentos imperceptíveis das devadasis, “dançarinas do Senhor”, reflete a tendência introspectiva da cultura hindu. Essa dança era realizada conforme os matizes mais delicados de uma peça, ou de um poema, por intermédio do corpo, refletindo os princípios explicitados no tratado mais antigo da dança, o “Natya Shastra”. Por meio de dançarinos pioneiros e de visionários dedicados no início do século XX, essa dança alcançou uma popularidade sem precedentes e iniciou o processo de destradicionalização. Acompanhando o processo histórico de modernização e secularização da Índia, a dança hindu inicialmente passou do templo ao teatro; depois para as outras religiões na Índia, para o Ocidente e, por fim, para o Brasil. Nesta pesquisa, organizamos o processo da destradicionalização em três blocos. No primeiro, questionamos as possíveis mudanças que a dança deve enfrentar no processo da destradicionalização; também mapeamos a dança no Brasil. O segundo estabelece uma aproximação entre a dança hindu e a análise empírica da destradicionalização, do templo ao Ocidente. No terceiro bloco examinamos as modificações na arte e também as mudanças na vida dos bailarinos. Conclui-se visando a possível contribuição que esse processo faz à sociedade, em particular aos estudos de Ciência da Religião.

Palavras-chave: Dança hindu. Religião. Ritual. Tradição. Cultura. Identidade. Mudança.

Downloads 1180  1180  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Domínio Público  Site http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=66191
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Teses
Fazer Download agora!Pentecostalismo e religiosidade brasileira Popular Versão: PDF
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
MACEDO, Emiliano Unzer

Este trabalho pretende interpretar historicamente a transformação de práticas e crenças religiosas do período colonial brasileiro até a atual influência marcante do Pentecostalismo que se manifesta como uma nova categoria religiosa apresentando peculiaridades próprias. A religiosidade brasileira desde tempos coloniais revela-se imbuída de diversidade, tolerância e, principalmente, de sincretismo. Tal quadro decorreu da convergência de inúmeras influências culturais advindas das etnias que aqui conviveram: portugueses, indígenas, afro-descendentes. Nesta análise utilizaremos o conceito de hibridismo cultural a fim de constatarmos o sincretismo enraizado na religiosidade brasileira. Demonstraremos que, posteriormente, em fins do século 19 e início do seguinte, a entrada de imigrantes de credo protestante introduziu novas atitudes e crenças no cenário religioso brasileiro permanecendo em grande parte restrito a parcelas da população. No entanto, crenças pentecostais, decorrentes do Protestantismo, popularizaram-se e apresentaram, recentemente, qualidades próprias constituindo-se como responsáveis por um amplo processo de transformação e reforma social. O estudo pretende interpretar, portanto, tal força e popularização como decorrente de sua adaptação e flexibilidade a condições religiosas e culturais do país. A popularidade pentecostal, contudo, ao longo de sua história no Brasil também apresentou limitações de adaptabilidade, sendo que as mais recentes, como a "Igreja Universal do Reino de Deus", as que melhor se adequaram ao quadro religioso brasileiro e no exterior, apresentando-se como uma nova categoria religiosa. Por fim caracterizamos de forma mais factual crenças e práticas religiosas, inferindo a partir de uma pesquisa de campo realizado em Vitória, Espírito Santo tomando a cidade como estudo de caso. Como consequência, uma análise qualitativa nos permitiu chegar aos elementos conclusivos que ajudaram a explicar as características peculiares do Pentecostalismo e da nova configuração da religiosidade brasileira contemporânea.

Palavras-chave: Antropologia. Cultura Brasileira. Pentecostalismo. Protestantismo. Religiosidade popular brasileira.

Downloads 1098  1098  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-23102007-140542/
Avaliação: 8.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Teses
Fazer Download agora!O ritual Andino Santiago: uma interpretação etnocinematográfica Popular Versão: 
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
REYNA, Carlos Francisco Perez

Esta pesquisa é o resultado de um estudo etnocinematográfico no qual procuramos reinterpretar, com e no filme, o rito andino de marcação do gado denominado Santiago, que a comunidade camponesa de Auray (Andes Centrais do Peru) celebra todo dia 25 de julho de cada ano. O reconhecimento da complexidade dessas crenças e práticas religiosas é muito importante e decisivo por duas preocupações, a saber: para a percepção e o entendimento do pensamento do povo dos Andes Centrais com relação ao aumento, à diminuição e à proteção do gado e, sobretudo, com relação às condições sociais e naturais em que essas práticas se realizam hoje. Fundamentalmente, desde seu viés metodológico, este trabalho procura contribuir com uma reflexão sobre a utilização dos métodos audiovisuais como instrumentos de observação, transcrição e interpretação antropológica dos processos rituais. Destarte, esta pesquisa, animada pela ausência de trabalhos contemporâneos sobre o rito andino Santiago, deixa de lado as formas tradicionais e clássicas de coleta de dados e procura diálogos, pontos de convergência e novos métodos de aproximação com outros territórios, de maneira especial o cinema.

Palavras-chave: Antropologia visual. Cinema nas ciências sociais. Ritual. Incas. Religião. Mitologia. Peru. História.

Downloads 2489  2489  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000300087
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Teses
Fazer Download agora!Candomblé de Ketu e educação: estratégias para o empoderamento da mulher negra Popular Versão: PDF
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
OLIVEIRA, Kiusam Regina de

Trata-se de pesquisa teórica, de cunho histórico-cultural, tendo como objetivo discutir as estratégias utilizadas no Candomblé de Ketu capazes de empoderar a mulher negra e a possibilidade de serem aplicadas na educação formal. O conceito de corpo e seus significados na sociedade tornam-se fundamentais, uma vez que é do corpo que partem as possíveis identificações que ocorrem entre os indivíduos e despertam nas pessoas reações diversas a depender de suas características. A subjetividade ganha destaque, pois as identificações ocorrem a partir das histórias dos sujeitos reais e concretos, com experiências diversas. Discuti-la é preciso, por ser um importante instrumento a ser utilizado pelos profissionais da educação, que lidam constantemente com a diversidade racial entre alunas e alunos, numa sociedade preconceituosa como a brasileira e que os impõem, constantemente, à vulnerabilidade, seja por serem negros, pobres ou mulheres, ou uma junção das três categorias. A pesquisa revelou que as subjetividades das entrevistadas passaram por transformações significativas e positivas ao se iniciarem no Candomblé de Ketu, por terem, em seus corpos, a morada dos heróis-orixás. O presente estudo enfatiza o caráter construtivo - interpretativo e dialógico do conhecimento, a partir da interpretação de González Rey. A pesquisa de campo constituiu-se de entrevistas com duas ebomis (pessoas com mais de sete anos de iniciação no Candomblé de Ketu) pertencentes à orixá feminina Oxum, em São Paulo. Para a realização deste estudo, os instrumentos utilizados foram: dinâmica conversacional, pessoalmente, por telefone ou por e-mail, enfatizando o caráter processual nas relações com as participantes e diário de campo. Tais instrumentos forneceram indicadores de sentido subjetivo que, em nossa análise, nos levou à construção dos seguintes núcleos de sentidos subjetivos: o impacto da subjetividade de Eliana e Vera em relação: a) ao Candomblé de Ketu; b) à identidade; c) à mulher negra contemporânea; d) à educação formal e a criança negra. O impacto de cada um desses núcleos de sentido subjetivo sobre as ebomis entrevistadas foram os principais resultados dessa pesquisa, gerando novos conhecimentos, como os de que o Candomblé de Ketu tem estratégias voltadas para o empoderamento de mulheres negras que vivem em sociedades racistas e precisam reconstruir suas identidades. Assim sendo, este espaço religioso é capaz de oferecer, aos profissionais da educação, estratégias capazes de ganharem espaços de destaque no campo da educação, com o propósito de empoderar as crianças negras presentes nas salas de aulas brasileiras, ao promover a educação antiracista.

Palavras-chave: Candomblé de ketu. Corpo negro. Educação. Empoderamento. Identidade. Mulher negra. Orixás. Subjetividade.

Downloads 3536  3536  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-16062008-161253/
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 (2)