Educadores

Ínicio : Arte : Teses : 

Produções de Profissionais da Seed: Teses (0)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Arte Teses
Fazer Download agora!Elementos para uma poética da música do cinema : ferramentas conceituais e metodológicas aplicada Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
JESUS, Guilherme Maia de

Neste trabalho é examinada a hipótese de que os estudos fílmicos brasileiros pagam tributos altos demais a um determinado esquema conceitual de atribuição de valor à música dos filmes, esculpido no âmbito das grandes teorias gerais do cinema, com raízes mais profundas na declaração assinada por Eisenstein, Pudovkin e Alexandrov sobre o futuro do cinema sonoro, de 1929, e em um artigo escrito pelo compositor francês Maurice Jaubert, em 1937. Flagrando fragilidades conceituais e empíricas importantes no paradigma em questão, a pesquisa questiona a rentabilidade analítica deste modelo e propõe, como alternativa, uma base epistêmica construída a partir de um conjunto de pressupostos do campo da Estética, da Musicologia e dos estudos internacionais contemporâneos sobre a música do cinema, articulados no interior da matriz metodológica que orienta os trabalhos do Laboratório de Análise Fílmica – a ‘Poética do Filme’. O teste da metodologia, realizado nos filmes Ajuste final e O homem que não estava lá, sugere que a dimensão pragmática da análise torna-se acentuadamente mais dinâmica com a aplicação da matriz de raiz aristotélica aqui proposta - análise imanente com foco nos efeitos sensoriais, sentimentais e cognitivos que a obra produz sobre o apreciador -, do que com os esquemas conceituais dominantes no contexto dos estudos fílmicos brasileiros. Tudo indica que esta ‘poética da música dos filmes’, aplicada a uma determinada obra, constrói um território conceitual e analítico mais seguro e fecundo para ajudar a compreender por que algumas estratégias musicais têm grande potência de impressionar o gosto e a memória, enquanto outras são esquecidas ou guardadas nas subpastas das coisas corriqueiras e banais.

Palavras-chave: Música de cinema. Análise. Apreciação. Cinema. Música. Ajuste final (Filme). O homem que não estava lá (Filme).

Downloads 336  336  Tamanho do arquivo 2.46 MB  Plataforma  Universidade Federal da Bahia - UFBA  Site http://www.bibliotecadigital.ufba.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Teses
Fazer Download agora!Ensinar e aprender a ver Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
VIANNA, Rachel de Sousa

Esta pesquisa aborda o processo de ensinar e aprender a ver sob diferentes ângulos. Em sua primeira parte,utiliza o método genético proposto pela teoria sociocultural para investigar o desenvolvimento da percepção visual na filogênese, na história social e na ontogênese. A segunda parte tem como objetivo mapear o papel da percepção visual nas propostas educativas de apreciação, fruição e leitura de imagens e objetos. O estudo da literatura revelou três tendências nas metodologias que privilegiam o desenvolvimento da percepção visual: a visual-verbal, a modernista e a semioticista. Em uma pesquisa de campo realizada na Universidade Roehampton, em Londres, foram entrevistados oito profissionais envolvidos na definição de políticas educacionais e na formação de professores de arte e design na Inglaterra. Os resultados indicaram que não existe consenso a respeito dos conhecimentos e habilidades necessários para engajar os estudantes no diálogo com obras de arte, nem sobre o papel dos conceitos visuais neste processo. A terceira e última parte da investigação consistiu em uma pesquisa de campo no Brasil. A coleta de dados foi feita através da gravação em áudio de três aulas de apreciação de imagens em organizações não governamentais que se dedicam ao ensino de artes e de duas visitas guiadas em museus de arte. Para analisar os dados, foi utilizada uma versão adaptada da ferramenta sociocultural de Eduardo Mortimer e Phil Scott (2002; 2003). Esta ferramenta, originalmente desenvolvida para o ensino de ciências, tem como foco o processo de construção de significados através do diálogo da sala de aula. Sua versão adaptada para o ensino de artes visuais se mostrou um instrumento capaz de revelar com detalhes o que se passa nas aulas e visitas guiadas, tanto pela possibilidade de mapear os aspectos da experiência estética privilegiados pelo professor como pela clareza com que permite descrever a metodologia utilizada. Uma comparação entre as atividades de apreciação e leitura nas cinco instituições aponta uma grande diversidade de abordagens e metodologias. Os resultados indicam, portanto, que não há uma concepção comum sobre objetivos, conteúdos e métodos que indicie a existência de um gênero de discurso no ensino de artes visuais no Brasil.

Palavras-Chave: Arte-educação. Percepção visual. Métodos de ensino. Análise do discurso.

Downloads 905  905  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Teses
Fazer Download agora!Entre as Pedras as ocupações pré-históricas recentes e os grafismos rupestres da região  Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
ISNARDIS, Andrei

A região de Diamantina, em Minas Gerais, guarda um amplo acervo de grafismos rupestres e ricos conjuntos artefatuais e estruturas atribuíveis aos últimos 1.500 anos de ocupação humana. Esta pesquisa investiga os dois conjuntos de registros arqueológicos: o horizonte recente e as pinturas rupestres. Numa análise que procura congregar estudos intra e intersítios, os dois conjuntos são explorados, em busca de identificar sistemas de ocupação e construção da paisagem. Nas ocupações recentes, vêem-se coleções líticas bastante variadas, em sítios de atributos diferentes, que se pretende conectar por meio do emprego das noções de organização tecnológica e cadeia operatória. No que tange aos grafismos rupestres, esta pesquisa investe na identificação de estilos e no reconhecimento das relações cronológicas entre esses. São analisadas também as formas de interação diacrônica entre figuras e as formas de sua composição gráfica.

Palavras-chave: Tecnologia lítica. Organização tecnológica. Arte rupestre. Holoceno recente. Crono-estilística.

Downloads 224  224  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Teses
Fazer Download agora!Experiência artístico-estética como experiência educativa: a necessidade de superar antagoni Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
GOSSI, Inez dos Santos

Experiência artístico-estética como experiência educativa: a necessidade é uma pesquisa fundamentada no de superar antagonismos “instrumentalismo deweiano”. A tese defende a importância da dimensão arquitetônica para a educação aprofundando com Dewey a necessidade da superação de antagonismos, dentre eles o existente entre “arte e vida”. Como movimento filosófico, o “instrumentalismo” não concebe a “razão” como algo completo por si mesmo, independente da “matéria”, indiferente às influências dos hábitos, dos instintos e das emoções como fatores ativos da vida, ou seja, independente da “experiência”. O conceito de “experiência” é central na filosofia deweiana e sua influência na concepção contemporânea de “currículo” pode ser constatada no reconhecimento da importância da interrelação entre “sujeito” e “ambiente” no processo educativo; mas a arquitetura como um elemento do ambiente educativo, segundo Antonio Viñao Frago, dificilmente é estudada em sua dimensão antropológica. Frago aponta razões para essa dificuldade que, possivelmente, dizem respeito à necessidade de superação de antagonismos, assim como as razões para o distanciamento da discussão arquitetônica da sociedade. No entanto, é possível constatar em intervenções arquitetônicas no âmbito da educação, dentre elas o restauro e requalificação da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, que esses antagonismos podem ser superados como o existente entre “cultura” e “eficiência social”.

Palavras-chave: Pragmatismo. Instrumentalismo. Experiência. Educação. Currículo. Arquitetura.

Downloads 578  578  Tamanho do arquivo 487.53 KB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Teses
Fazer Download agora!Geografia e Arte no Ensino Fundamental: reflexões teóricas e procedimentos metodológicos par Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
MYANAKI, Jacqueline

O principal objetivo desta pesquisa consiste no estudo, desenvolvimento e aplicação de um conjunto de procedimentos metodológicos introdutórios para leitura e percepção da paisagem geográfica, direcionados ao ensino fundamental. Trata-se de uma proposta de articulação de conteúdos de Arte e Geografia baseada na noção de paisagem como texto não-verbal, cuja organização dos procedimentos de leitura recorre a subsídios da semiótica. Os conteúdos de Arte explorados nesta tese buscam identificar as transformações da noção polissêmica de paisagem, concentrando-se no abstracionismo informal e nas paisagens do pintor brasileiro Antônio Bandeira – um dos principais representantes dessa tendência no Brasil – a fim de possibilitar um processo alternativo de percepção estética da paisagem. Os conteúdos de Geografia alinham-se principalmente com as pesquisas recentes da Geografia Cultural, que após receberem múltiplas contribuições e influências, tais como da Antropologia, da História, da Filosofia fenomenológica e existencialista, concebe a paisagem como texto e como marca e matriz cultural, principais abordagens nas quais esta pesquisa inspirou-se. Após a reflexão teórica, foi realizado o experimento de uma parcela dos procedimentos metodológicos propostos, com alunos de 7a série. Os resultados demonstraram que é possível uma mudança na percepção e leitura da paisagem geográfica, quando os modelos de paisagem também são modificados. Verificou-se: abandono da perspectiva e incorporação de vários pontos de vista numa mesma paisagem (visão horizontal, vertical e oblíqua); adição das sensações olfativas, auditivas e táteis; o consentimento da escala afetiva na representação dos elementos; possibilidade de vínculo com o aprendizado das representações cartográficas, dado o caráter abstrato das pinturas de paisagens contemporâneas; a leitura não-verbal como estímulo à expressão verbal; alto grau de interesse dos alunos não só pelos conteúdos desenvolvidos, mas principalmente pelas estratégiasenvolvendo arte e pintura a guache.

Palavras-chave: Geografia. Ensino. Paisagem. Arte Abstrata. Interdisciplinaridade.

Downloads 434  434  Tamanho do arquivo 6.64 MB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Teses
Fazer Download agora!GUIDO VIARO: Modernidade na arte e na educação Popular Versão: PDF
Atualização:  14/3/2011
Descrição:
OSINSKI, Dulce Regina Baggio

Esta pesquisa pretende analisar a contribuição de Guido Viaro para o ensino da arte do Paraná. Considerado por muitos o responsável pela introdução do Paraná na modernidade das artes plásticas, Viaro protagonizou diversas ações no campo educacional na cidade de Curitiba, no período que vai desde a década de 30 até meados dos anos 60 do século XX, ações essas marcadas pelo incentivo à liberdade e pela valorização da expressão individual. Colaborador da revista Joaquim, que circulou em Curitiba entre os anos 1946 e 1948, Viaro se relacionava com intelectuais de outras áreas do conhecimento, participando do debate que então se colocava na educação, na literatura e na arte. Como educador em arte, atuou em frentes diversas: com o trabalho dirigido às crianças, com a preparação de pessoal docente e com a formação de artistas, tanto na forma de ensino livre como nos cursos de belas artes. A análise da trajetória intelectual de Guido Viaro será apoiada no conceito de Gramsci do intelectual como um partícipe fundamental do processo de organização da cultura. Busca, também, relacionar o pensamento moderno veiculado na Curitiba da década de 40 e defendido
pelos intelectuais da época, com as ideias e ações pedagógicas deste educador em arte, identificando as relações possíveis entre obra, ações educacionais e escritos sobre os temas de arte e educação. Como fontes foram utilizados artigos de jornais e revistas, projetos pedagógicos, documentos oficiais institucionais, programas de curso, atas do Centro Juvenil de Artes Plásticas e planos de aula, bem como fotografias, obras de arte e exercícios escolares produzidos em forma de desenhos, pinturas, gravuras, etc. Essas fontes expressam, por um lado, as ideias e a trajetória de Viaro como partícipe de projetos formativos, revelando, por outro, a presença impessoal e dispersa dos discursos artístico e educativo.

Palavras-chave: Ensino da arte. Guido Viaro. História da Educação.

Downloads 1104  1104  Tamanho do arquivo 11.31 MB  Plataforma Universidade Federal do Paraná - UFPR  Site http://www.portal.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Teses
Fazer Download agora!Integração das artes no Paraná – 1950-1970: a conquista do espaço público Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
GONÇALVES, Josilena Maria Zanello

A partir da segunda metade da década de 1940, a arte moderna deixa o confinamento das galerias e ganha as ruas através de sua integração com a arquitetura. Esta pesquisa estuda a relação entre arquitetura moderna e arte no Paraná, no período compreendido entre os anos 1950 e 1970, e sua ação conjunta no sentido de consolidar o projeto moderno no Estado, através do estudo de murais concebidos integrados a obras de arquitetura.

Palavra-chave: Síntese das artes. Arquitetura moderna. Muralismo.

Downloads 217  217  Tamanho do arquivo 74.93 MB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site  http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Teses
Fazer Download agora!Mário de Andrade e a estética do bumba-meu-boi Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
PÁDUA, Vilani Maria de

O objeto de estudo deste trabalho é a estética da dança popular bumba-meu-boi, a partir das pesquisas de Mário de Andrade (1893-1945). O folguedo, encenado apenas no Brasil há mais de um século, e que se mantém vivo até hoje, despertou a curiosidade do poeta modernista, cujo interesse trouxe a referida “dança ramática” para o centro de sua atenção. Assim, busquei em Macunaíma o herói sem nenhum caráter, sua principal obra literária de inspiração popular, os traços da dança folclórica bumba-meu-boi, para entender o processo de construção de sentido na produção da obra erudita, a partir da cultura popular. E, para dar continuidade e ampliar o tema, também pesquisei o bumba-meu-boi de Bom Jardim/RN, recolhido pelo próprio Andrade, por ser uma das matrizes inspiradoras na sua obra, bem como um dos folguedos estudados pelo poeta em Danças Dramáticas do Brasil.

Palavras-chave: Mário de Andrade. Macunaíma. Bumba-meu-boi. Bom Jardim. Dança dramática.

Downloads 1687  1687  Tamanho do arquivo 1.56 MB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site www.teses.usp.br/
Avaliação: 10.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Teses
Fazer Download agora!Meios místicos de reprodução social: arte e estilo na cerâmica funeraŕia da Amazônia antiga Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
BARRETO, Cristiana Nunes Galvão de Barros

O presente trabalho propõe um enfoque na arte e no estilo da cerâmica arqueológica funerária da Amazônia com o objetivo de aprofundar o entendimento sobre as formas de organização social e as dinâmicas pré-coloniais de ocupação humana da região. Utilizando-nos de conceitos da antropologia social e da antropologia da arte sobre estilo e agência, analisamos os objetos rituais funerários enquanto mediadores e transformadores das relações sociais. Uma incursão exploratória na etnologia de rituais funerários, em particular nas implicações do perspectivismo ameríndio sobre as concepções de humanidade, ancestralidade, morte, corpo e alma na Amazônia, somada a um breve panorama da variabilidade estilística das urnas antropomorfas das diferentes tradições e fases cerâmicas arqueológicas, propomos alguns parâmetros comparativos para a correlação entre estilos funerários e formas de reprodução social. Os parâmetros propostos são então verificados para o caso particular de um conjunto de urnas funerárias da fase marajoara. Concluímos que a cerâmica ritual e, em particular a funerária, apresenta um enorme potencial analítico para resolvermos algumas incongruências epistemológicas que tem se apresentado entre a arqueologia e a etnologia da Amazônia, notadamente sobre os diferentes princípios de organização social das sociedades do passado e do presente.

Palavras-chave: Arqueologia da Amazônia. Arte e arqueologia. Estilo e arqueologia. Arqueologia da morte. Rituais funerários.

Downloads 210  210  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Arte Teses
Fazer Download agora!Museus projetados por Oscar Niemeyer de 1951 a 2006: o programa como coadjuvante Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
GONÇALVES, Simone Neiva Loures

Este trabalho consiste em uma investigação aprofundada da arquitetura dos museus projetados por Oscar Niemeyer de 1951 a 2006. O período estudado abrange praticamente todas as fases da carreira do arquiteto. Os limites temporais são definidos pelo Palácio das Artes, o primeiro museu criado, e pelo Museu Nacional de Brasília, o último museu construído. Nosso objetivo foi compreender o papel do programa como coadjuvante dentro da metodologia projetual de Niemeyer, a partir da hipótese de que, nos projetos de museus, sua preferência pela definição formal e o desejo de evidenciar os desafios da técnica levaram-no a elaborar parte do programa que criou, justificando assim a volumetria projetada e construída. A investigação possibilitou afirmar que Niemeyer utilizou, durante décadas, nos museus que projetou, um programa arquitetônico simples, e que nos museus de maior escala, que efetivamente construiu – Museu de Arte Contemporânea de Niterói (1991-1996), Museu Oscar Niemeyer (2000-2002) e Museu Nacional de Brasília (1999-2006) – Acrescentou a esse programa simples atividades que nasceram, fundamentalmente, em razão de questões formais e estruturais.

Palavras-chave: Oscar Niemeyer. Museu. Programa. Forma e estrutura.

Downloads 324  324  Tamanho do arquivo 13.30 MB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 (2) 3 »