Educadores

Ínicio : Ensino Religioso : Artigos : 

santo daime (0)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do menos para o mais procurado)

Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!A presença do demônio nos Fioretti de São Francisco de Assis Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
JUDAR, Vandergleison

A figura do mal sempre esteve presente em diversas culturas. No que se refere ao ambiente cristão, não é diferente. Neste, o mal se apresenta na imagem do demônio, reconhecido através de seu nome pessoal Lúcifer ou ainda o mais popular Diabo. A idéia de um ser maléfico assumindo uma personalidade foi uma imagem forjada ao longo da história desde a antigüidade. Percebemos isto, através das várias influências de diversas culturas como a babilônica, por exemplo, sobre o judaísmo. Como o judaísmo é a religião de onde o cristianismo surge, tais influências são também absorvidas por ele, deste modo, o mal será redimensionado tornando-se uma figura real, personificada, tão presente quanto o próprio Deus. Os séculos que separam a Antigüidade da Idade Média serviram para fortificar ainda mais a imagem deste ser tão temido e tão odiado. Pouca ênfase a igreja primitiva deu ao Diabo, contudo na Idade Média, precisamente séculos XI-XII, lhe é dado mias espaço, ocupando o rico imaginário do período. Então, durante a Idade Média, a imagem do demônio causava medo, trazia todos os tormentos e tentações, apoiado pelos seus subalternos para desviar os fiéis dos caminhos do Senhor. Por isso, durante este momento da história, o Diabo foi muito aproveitado pela própria Igreja, que através do medo buscava a salvação de seus fiéis. Sendo assim, buscaremos compreender em uma fonte do período, precisamente do século XIV, denominada os Fioretti de São Francisco de Assis, a imagem do demônio, na qual o “inimigo” é visto em consonância com a realidade sócio-cultural, rico em toda representação que o mal possui naquele momento. No entanto, percebemos um diferencial encontrado no texto, que nos apresenta um curioso aspecto sobre o qual iremos nos debruçar um pouco mais.

Downloads 3243  3243  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://www.dhi.uem.br/gtreligiao/st13.html
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!O Candomblé e o Poder Feminino Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
BERNARDO, Teresinha

O feminino no poder. Esse fato provoca estranhamento em nossos dias. Imaginem nos séculos XVIII e XIX, quando mulheres negras surgem na Bahia como sacerdotisas centrais dos templos de uma expressão religioso denominada Candomblé. Para explicar esse fato, procuro iluminar a trajetória da mulher negra África-Brasil, mostrando suas relações sócio-culturais-econômicas.

Palavras-chave: Mulher Negra. Candomblé. Escravidão.

Downloads 3261  3261  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma REVER  Site http://www.pucsp.br/rever/rv2_2005/t_bernardo.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!Multiculturalismo e ensino religioso: analisando concepções de duas professoras dos anos iniciais do Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
ARANHA, Tiago Esteves; MARIANO, André Luiz Sena

Assumindo a religião como uma das categorias a partir das quais questões de diversidade e diferença se constroem no interior das escolas, a presente pesquisa tem como objetivo compreender como professores que ministram a disciplina de Ensino Religioso, em escolas do município de São Carlos, lidam com as questões de diversidade e diferença em suas aulas. A pesquisa teve como procedimento para a coleta de dados a entrevista com roteiro semi-estruturado. Dela participaram duas professoras que trabalham em escolas confessionais e ministram a disciplina Ensino Religioso para os anos iniciais do ensino fundamental; uma é iniciante na carreira, enquanto a outra possui mais de quinze anos de carreira construídos na mesma instituição. Os resultados obtidos podem ser apresentados das mais variadas formas e temas, contudo, aqui, são apresentados os dados referentes às concepções das professoras entrevistadas sobre temáticas tais como: a) o direito dos alunos à diferença no âmbito da religião; b) a relação entre a religião e as questões de gênero (enfatizando o papel da mulher); e c) sobre o ensino religioso pautado na História das Religiões, a fim de evitar o proselitismo. Como considerações finais, é possível salientar que não se pode pensar a religião sem antes fazer referência às relações de poder que agem sobre os sujeitos e sociedades. Desta forma, ao mostrar as relações que se constroem no âmbito religioso, cria-se nos alunos um senso crítico que busca encontrar as raízes dos problemas. Ao buscar uma educação que tenha uma perspectiva inter/ multicultural, tende-se a ressaltar o caráter conflitivo das práticas culturais, fato que pôde ser verificado nas discrepâncias dos depoimentos das professoras. Esse talvez seja o ponto de maior destaque do trabalho: trazer mais questionamentos que respostas, desconfiar, problematizar e desconstruir os consensos.

Palavras-chave: Multiculturalismo. Ensino religioso. Concepções docentes.

Downloads 3264  3264  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma GPER  Site http://www.gper.com.br/er_artigos.php
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!O perfil dos terreiros de João Pessoa Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
BASTOS, Ivana Silva

O universo religioso afro-brasileiro é, ainda hoje, pouco conhecido pela maior parte das pessoas. Apesar disso, o imaginário que cerca o assunto é bastante controverso. O que percebemos na cidade de João Pessoa corresponde a essa constatação. Apesar da temática ser muito instigante, poucas são as pesquisas que envolvem as religiões como o candomblé e a umbanda. Em função disso, pouco se sabe sobre essas religiões na capital paraibana.

Downloads 3284  3284  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma ABHR  Site http://www.abhr.org.br/?page_id=57
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!A “festa das águas de oxalá”: a religiosidade e o patrimônio afro-brasileiro Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
ALVES, Amanda Palomo; PELEGRINI, Sandra de Cássia Araújo

A discussão que apresentamos neste simpósio encontra-se em fase inicial de investigação, mas adquire forças e se alimenta à medida que reconhecemos a relevância do patrimônio cultural imaterial em nosso país. Nesse âmbito, privilegiamos, a análise da “Festa das Águas de Oxalá”, um dos mais longos e belos rituais do Candomblé no Brasil.

Downloads 3394  3394  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://www.dhi.uem.br/gtreligiao/st1.html
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!A estética do candomblé: Fazendo axós, tecendo axé Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
SOUZA, Patrícia Ricardo de

A estética plástica do candomblé, suas roupas e adereços, laços e arranjos, tanto para os adeptos quanto para os deuses, no cotidiano e na festa compõe um complexo código cujas fontes são diversas, em que tudo tem razão de ser e que visa, em última instância, agradar aos orixás para que eles favoreçam a vida dos humanos. A estética do candomblé foi o tema da minha pesquisa de doutorado que resultou na tese intitulada Axós e ilequês. Rito, mito e a estética do candomblé, defendida junto ao departamento de Sociologia da Universidade de São Paulo em abril de 2007. Uma parte desse trabalho se refere ao processo de criação e montagem dos trajes dos orixás que é o tema específico da presente comunicação.

Downloads 3540  3540  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma a  Site http://www.abhr.org.br/?page_id=57
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!Pureza Nagô e Nações Africanas no Tambor de Mina do Maranhão Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
FERRETTI, Mundicarmo

O Maranhão é conhecido como principal centro de preservação da cultura jeje-dahomeana do Brasil, embora a maioria dos terreiros de mina reproduza principalmente o modelo da Casa de Nagô e não o da Casa das Minas (jeje). A primeira, apesar de tradicionalista e fundada por africanas, distancia-se do candomblé da Bahia e goza de menor prestígio do que a Casa das Minas. Os outros terreiros da capital maranhense que cultuam entidades africanas originaram-se direta ou indiretamente da Casa de Nagô ou de terreiros de outras “nações” já desaparecidos. Os demais terreiros de São Luís foram abertos para entidades espirituais não africanas (caboclas), principalmente por curadores ou pajés, geralmente procurando fugir à discriminação de que eram alvo. Apesar da Casa das Minas não ter autorizado o funcionamento ou reconhecido outra casa mina-jeje, alguns terreiros de mina que também cultuam voduns do Daomé, procuram se legitimar no campo religioso afro-brasileiro afirmando possuir alguma ligação com ela ou com suas fundadoras africanas. Nesse trabalho se analisa a construção da identidade jeje da Casa Fanti-Ashanti e o filme documentário Atlântico Negro - Na rota dos orixás, de Renato Barbieri, onde ela é apresentada como a representante da cultura do Dahomé no Brasil.

Downloads 3622  3622  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFGRS  Site http://www.seer.ufrgs.br/index.php/CienciasSociaiseReligiao/article/view/2170
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!A Arte, a Arquitetura e o Sagrado Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
ABUMANSSUR, Edin Sued

O belo só surge nas reflexões dos teólogos cristãos no bojo das discussões sobre a possibilidade e formas do conhecimento de Deus. A questão estética é vista a partir deste ângulo gnosiológico. O pensamento iconoclasta, que não reconhece no mundo sensível um caminho seguro em direção a Deus, encontrou na arte abstrata a sua mais acabada expressão. Porém, diante do problema do conhecimento de Deus, suas possibilidades e formas, a arquitetura não pode ser avaliada pelo mesmo registro das artes plásticas. Por não buscar representar a Deus da mesma maneira que uma escultura ou uma pintura, a arquitetura religiosa seguiu um caminho próprio, paralelo às querelas iconoclastas. As religiões pentecostais nas grandes metrópoles têm se utilizado de edifícios construídos para outros fins, teatros, oficinas, supermercados, garagens de automóveis. A novidade no uso desses edifícios está no entendimento de seu caráter provisório. Agora a provisoriedade é, ela mesma, parte do espaço sagrado. Essa arquitetura não chega a ser religiosa mas o uso religioso desses edifícios fala de um sagrado. Há uma convergência entre a maneira como a arte abstrata e o espaço sagrado são experimentados. Gerações futuras poderão entender o espírito religioso atual olhando para essas igrejas? O que poderão dizer a respeito?

Downloads 3641  3641  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFGRS  Site http://www.seer.ufrgs.br/index.php/CienciasSociaiseReligiao/article/view/2165
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!Algumas Técnicas Corporais na Renovação Carismática Católica Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
MAUÉS, Raymundo Heraldo

Este artigo trata de algumas técnicas corporais na Renovação Carismática Católica, partindo clássica definição de Marcel Mauss a respeito dessas técnicas: “as maneiras como os homens, sociedade por sociedade e de maneira tradicional, sabem servir-se de seus corpos” (“Les façons dont les hommes, societé par societé, d’une façon traditionnelle, savent se servir de leur corps”). O trabalho de campo foi feito em Belém, Pará, Brasil, em quatro paróquias católicas. As técnicas descritas e interpretadas foram, entre outras: o toque corporal, a imposição de mãos, a dança, a glossolalia (orar em línguas) e o repouso no Espírito. Foi feita uma comparação com as técnicas corporais utilizadas numa espécie de culto xamanístico muito popular entre habitantes rurais (“caboclos”) da Amazônia Brasileira chamada “pajelança cabocla”. Embora muitas das técnicas sejam as mesmas, enfatiza-se que a diferença reside na maneira pela qual as pessas as concebem, isto é, em seus significados diversos.

Downloads 3644  3644  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFGRS  Site http://www.seer.ufrgs.br/index.php/CienciasSociaiseReligiao/article/view/2163
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!Ensino Religioso no desenvolvimento integral da pessoa Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
LINS, Maria Judith Sucupira da Costa

Este artigo focaliza o ensino religioso nas escolas como um fator do desenvolvimento pessoal. Não há intenção de descrever nenhuma religião em particular. O objetivo deste artigo é mostrar como é importante para as crianças e para os jovens que tenham a oportunidade de receberem ensino religioso nas escolas. Referências bibliográficas mostram que o ensino religioso é um tópico de interesse aos educadores em diferentes países. Foi descrito que o ensino religioso é também um componente para o desenvolvimento social, cognitivo, emocional e moral dos estudantes. É também sugerido que este artigo deva ser continuado por pesquisas.

Palavras-chave: Ensino religioso. Desenvolvimento humano. Formação da pessoa. Escola. Religião.

Downloads 3704  3704  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma GPER  Site http://www.gper.com.br/er_artigos.php
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 (37) 38 39 40 41 »