Educadores

Ínicio : Ensino Religioso : Artigos : 

santo daime (0)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Data (antigos listados primeiro)

Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!Fé de Habermas e Descrença de Ratzinger: ciências naturais e estado entre conservadorismo e moderniz Popular Versão: PDF
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
TESTA, Fernando Gregianin

Com o atual advento do que foi chamado de novo ateísmo, o debate sobre a validade da religião como conhecimento ressurge com força, virulência e panfletagem. Trata-se, no entanto, da reedição de uma discussão mais antiga que ocorre no interior de um processo que é entendido como modernização. Este processo modernizador se alimenta por um lado, do sucesso do método em campo científico-tecnológico projetando-o para fora do seu campo de origem, e, por outro, da negação do passado humano em suas instituições tradicionais. Pretende, assim, reconstruir a sociedade em outras bases e, em suas versões mais otimistas, resolvê-la. Assim, a modernização da sociedade consome as instituições pré-modernas e isto se reflete no diálogo entre as ciências naturais e teologia. Joseph Ratzinger argumenta que não se pode dar primazia à razão prescindindo da contribuição das outras formas de vida. Para isso usa um argumento cético-empírico: os estados e a maioria podem produzir a violência e a ciência pode produzir a bomba e, hoje, a manipulação de seres humanos. Logo, tentaremos entender o que é que Habermas entende por modernização, o que acontece filosoficamente na criação da ciência no início da modernidade, a influência que esta teve na constituição dos estados, a crítica de Ratzinger a esta influência e a discussão sobre o novo ateísmo.

Downloads 525  525  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma ABHR  Site http://www.abhr.org.br/?page_id=57
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!Êxtase Místico e Desejo de Deus como Distância no Caminho: o Mahasin Al-Majalis de Ibn Al Arif de Al Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
MACEDO, Cecilia Cintra Cavaleiro de

Abu-l-Abbás Ibn Al-Arif (m. 536/1141) foi um místico muçulmano da cidade de Almeria. Esta região já era conhecida em sua época como um centro importante espiritual em Al-Andalus. Muitos anos antes, fugindo das perseguições das quais eram alvo, para lá se dirigiram os últimos discípulos da escola de Ibn Masarra de Córdoba, tendo estabelecido uma tariqa em Pechina. Almeria foi também o lar de um importante mestre sufi que angariou extrema projeção e apoio populares: Mohamed Ibn Isa de Elvira, asceta que, pelas ruas e praças da cidade, alardeava seu conhecimento da Unidade essencial (Tawhid).

Downloads 622  622  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma ABHR  Site http://www.abhr.org.br/?page_id=57
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!Fora das Missões: Os Colégios jesuíticos no Brasil no final do século XVI Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
SANTOS, Breno Machado dos

A produção intelectual voltada sobre a atuação jesuítica no Brasil tem se mostrado ainda predominantemente marcada pela temática que envolve o encontro cultural ocorrido entre índios e missionários na Colônia. No entanto, recentemente a historiografia vem se preocupando cada vez mais com outras atividades realizadas pelos inacianos no Brasil. Exemplo disso é a importante obra de Paulo de Assunção, intitulada Negócios Jesuíticos, em que o autor aponta haver uma forte preocupação por parte da Ordem em relação à administração das diversas tarefas de caráter secular em que a Companhia se mostrava envolvida. Neste sentido, alguns trabalhos historiográficos têm chamado a atenção para a existência de distintas posturas no interior da Companhia de Jesus surgidas a partir da eclosão dos diversos Colégios da Ordem, processo este que teria instaurado uma “crise” no Instituto caracterizada pela perda do “verdadeiro espírito missionário” em uma parcela considerável de seus membros.

Downloads 1002  1002  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma ABHR  Site http://www.abhr.org.br/?page_id=57
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!História, religião e religiosidade Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
MANOEL, Ivan Ap.

O artigo inicia com a descrição dos temas que o titulam discorrendo sobre suas relações no cristianismo.

Downloads 860  860  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://www.dhi.uem.br/gtreligiao/artigo.html
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!História do Budismo em Portugal e da União Budista Portuguesa Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
TEIXEIRA, António Coelho

Sintetizam-se os aspectos históricos principais referentes à introdução do Budismo na Europa, nomeadamente das escolas do Zen, do Theravada e do chamado Budismo Tibetano, dada a influência que as mesmas tiveram na posterior introdução em Portugal. Apresenta-se, cronologicamente, uma visão genérica da história do Budismo em Portugal, desde a sua introdução, por finais dos anos setenta, à fundação das diferentes escolas budistas passando pela União Budista Portuguesa e realçando algumas das principais actividades e realizações empreendidas pelas mesmas até aos dias de hoje.

Downloads 714  714  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ulusofona  Site http://cienciareligioes.ulusofona.pt/revista_ciencia%20das%20religioes_parteI.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!Georg Simmel, Pensador da Religiosidade Moderna Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
RIBEIRO, Jorge Claudio

Este artigo apresenta aspectos do pensamento de Georg Simmel (1858-1918), um dos fundadores da sociologia alemã. Apesar de pensador plural e instigante, é pouco conhecido no ambiente acadêmico brasileiro. Dentro de uma visão coerente, que sintetiza várias disciplinas sobre os mais diversos temas, Simmel faz a distinção (de sabor contemporâneo) entre as religiões e a religiosidade. Ele propõe a religiosidade como uma dimensão humana, assim como a capacidade erótica, e que - identificada com a fé do indivíduo na sociedade - envolve toda a existência e lhe confere sentido. Essa concepção coincide com aquela utilizada por um grupo de professores da PUC-SP como base de sua pesquisa intitulada “Perfil da Religiosidade do Jovem Universitário - um estudo de caso na PUC-SP” e que desde 2000 realiza uma série histórica de captação de dados a cada quatro anos. Nossa pesquisa pretende produzir conhecimento sobre a experiência religiosa do jovem contemporâneo e fundamentar práticas educacionais.

Palavras-chave: Simmel. Sociologia. Filosofia. Juventude. Religiosidade. Religiões.

Downloads 770  770  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma REVER  Site http://www.pucsp.br/rever/rv2_2006/t_ribeiro.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!G-12 e sua Nova Forma de Ascetismo Neopentecostal Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
DIAS, Caroline Luz e Silva

Até bem pouco tempo a tendência religiosa da maioria dos brasileiros era ser naturalmente batizada na Igreja Católica Apostólica Romana, em decorrência de uma tradição histórica na qual o catolicismo se constituiu enquanto religião oficial do Estado brasileiro até o final do Império. Já no período colonial houve incursões protestantes no País, resultando num desenvolvimento de um protestantismo esporádico e efêmero, porém originário da Reforma. Somente no século XIX o protestantismo fixou-se no Brasil, e aos poucos foi ganhando adeptos, formando congregações de várias denominações, um fenômeno tipicamente americano e brasileiro, afirmando um caráter plural para este protestantismo que já na sua origem na Europa, nasceu diverso.

Downloads 1056  1056  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma ABHR  Site http://www.abhr.org.br/?page_id=57
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!Fundamentalismo Religioso: História e Presença no Cristianismo Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
PANASIEWICZ, Roberlei

O termo fundamentalismo tem perpassado a reflexão de distintos pensadores nas últimas décadas. Sua utilização tem servido para justificar atitudes religiosas fanáticas, um retorno à sociedade pré-moderna ou mesmo práticas violentas. É imprescindível que esse termo seja usado no plural, porque existem diferentes fundamentalismos. Sua origem histórica encontra-se no universo religioso, entretanto, a sua abrangência na sociedade atual ultrapassa esse universo e ocupa o espaço da política e da economia, carregando consigo
um traço claramente ideológico. Ter consciência de sua pluralidade é resguardar as várias especificidades que o fenômeno vem produzindo. A proposta desta reflexão é pensar sobre o fenômeno “fundamentalismo religioso”. Como entender que grupos humanos possam se dispor contrários ao rumo da história? Os fundamentalistas seriam caracterizados como profetas ou como conservadores e tradicionalistas? Entretanto, é preciso pensar para além de um “cabo de guerra” onde há dois grupos puxando para lados opostos. As redes de conexões atuais impediriam pensar em medir forças somente entre dois grupos. A realidade é mais complexa e as articulações muito desafiantes. Acredita-se que conhecendo suas origens históricas torna-se mais compreensível sua presença e força na atualidade.

Downloads 2699  2699  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma ABHR  Site http://www.abhr.org.br/?page_id=57
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!Imagens que falam: Uma aproximação da Iconografia Hindu Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
ANDRADE, Joachim

Apesar da larga utilização de imagens iconográficas hindus por brasileiros, o estudo da iconografia hindu não tem recebido atenção suficiente no círculo acadêmico local. A iconografia hindu é muito vasta e complexa, e compreende os três mundos: deuses, humanos e animais com todas suas atividades. Os ícones hinduístas são símbolos vivos, portanto mutli-valentes. Sendo simbólicos, podemos estudá-los por diferentes vieses como antropologia, sociologia e ciências da religião. Este artigo visa esclarecer e estabelecer uma compreensão geral da iconografia hindu, conduzindo o leitor para uma viagem panorâmica da Índia. Fazemos uma tentativa de analisar o templo - lugar da preservação dos ícones -, e concluímos o artigo dando atenção especial ao ícone de Shiva Nataraja, o dançarino divino.

Palavras-chave: Iconografia. Símbolos. Ética. Estética. Religião.

Downloads 1387  1387  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma REVER  Site http://www.pucsp.br/rever/rv4_2006/t_andrade.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!Imagens e Devoções no Catolicismo Brasileiro. Fundamentos Metodológicos e Perspectivas de Investigaç Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
LOPES, José Rogério

A afirmação de Aumont, quando aceita, implica em reconhecer um importante aspecto metodológico nas investigações da relação entre imagens e devoções religiosas. Poderia formular esse aspecto na forma da seguinte hipótese: as imagens religiosas, quando inseridas em uma relação devocional, não somente representam uma ausência que se reconhece através dela (o que ela evoca), mas simbolizam uma forma que se explicita pela sua própria presença. Ou seja, toda imagem religiosa tem um registro para si e em si.

Downloads 881  881  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma REVER  Site http://www.pucsp.br/rever/rv3_2003/t_lopes.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 (21) 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 »