Educadores

Ínicio : Ciências : Artigos : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do menos para o mais procurado)

Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Alfabetização científica: pensando na aprendizagem de ciências nas séries iniciais através de ativid Popular Versão: PDF
Atualização:  2/3/2012
Descrição:
GADÉA, Sirlley Jackelline Silva; DORN Rejane Cristina.

Nesse trabalho, verificamos as possibilidades de ensino-aprendizagem dos significados de conceitos físicos para crianças das primeiras séries do Ensino Fundamental (1º e 2º ciclo), em ambientes formais e não formais de ensino, na cidade de Feira de Santana, BA. Nesse sentido, desenvolvemos atividades experimentais (“lúdicas”), criando situações que proporcionem a aprendizagem significativa e, portanto, a Alfabetização Científica. Procuramos identificar, através do estudo e interpretação de diálogos, desenhos e mini-textos espontâneos das crianças, as evidências necessárias à assimilação e compreensão dos conceitos físicos. Usamos processo da
descoberta e do interesse natural das crianças em manipular objetos, pois ao agir sobre um determinado objeto vê-se despertar na criança a curiosidade em saber a razão para os fenômenos observados nos experimentos, com o intuito de encorajá-los à estruturação de novos conhecimentos. Ao realizar atividades “lúdicas”, com uma visão construtivista da Ciência, estamos dando oportunidade às crianças de exercer suas habilidades e desenvolver sua capacidade crítica e reflexiva, pois o desenvolvimento das estruturas cognitivas é a base para que a criança possa construir os conceitos e entender os princípios de todas as áreas do conhecimento e não somente da Física.

Downloads 309  309  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Experiências em Ensino de Ciências – V6(1), pp. 11  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Ciência e Tecnologia: implicações sociais e o papel da educação. Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
ANGOTTI, José André Peres; AUTH, Milton Antonio

A crescente evolução e utilização de novas tecnologias vem acarretando profundas mudanças no meio ambiente e nas relações e nos modos de vida da população, colocando os indivíduos diante de novos desafios, cuja maioria a população não está preparada para enfrentar. Como possibilidade para melhor discernir situações deste tipo e atuar sobre elas, propomos desenvolver atividades didáticopedagógicas direcionadas para uma alfabetização científica e tecnológica, tendo como base aspectos históricos e epistemológicos e atentando para a questão das concepções, valores e atitudes dos indivíduos nas suas ações em sociedade. Estudos em curso sobre ciência, tecnologia e sociedade (CTS) e sobre a problemática ambiental serviram de apoio para a elaboração do presente trabalho.

Palavras-chave: Ciência. Tecnologia e sociedade (CTS). História e epistemologia. Interdisciplinaridade. Ensino de ciências. Formação de professores.

Downloads 311  311  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ciência & Educação, v.7, n.1, p.15-27, 2001  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Obstáculos epistemológicos no ensino de ciências: um estudo sobre suas influências nas concepções de Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
GOMES, Henrique José Polato; OLIVEIRA, Odisséa Boaventura de.

Muitas estratégias usadas por docentes para tornar o ensino mais atrativo, ou com intenção de facilitálo, na realidade podem se tornar sérios entraves na aprendizagem do ensino científico. Com a equivocada convicção que explicam, metáforas e analogias utilizadas, podem não suscitar interesse pela compreensão do fenômeno. Bachelard chamou esses subterfúgios de obstáculos epistemológicos e o objetivo deste trabalho foi identificá-los em alunos de oitava série do ensino fundamental e de primeiro ano do ensino médio, referentes ao ensino de atomística, procurando compará-los, visto que aprenderam este conteúdo com diferentes materiais didáticos. Para tanto, foram aplicados 291 questionários nos quais foram analisados respostas e desenhos, que evidenciam tais obstáculos.

Palavras-chave: Atomística. Obstáculos epistemológicos. Bachelard. Aprendizagem.

Downloads 312  312  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ciências & Cognição 2007; Vol. 12: 96-109.  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Concepções de futuros professores sobre águas subterrâneas Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
SABINO, Claudia de Vilhena Schayer; LOBATO, Wolney; COUTINHO, Francisco Ângelo; ATAIDE, Ana Caroline Zampiroli; BUENO, Amaury Pires.

Águas subterrâneas são fonte de água potável para muitas pessoas em todo o mundo, principalmente em áreas rurais. Por este motivo a qualidade destas águas é de importância fundamental. Inúmeros materiais tem sido identificados como contaminantes de águas subterrâneas. Apesar de ser este um precioso recurso natural, poucos professores tem conhecimento suficiente sobre o tema, compreendendo os diferentes conceitos envolvidos. Este estudo teve como objetivo avaliar as percepções e o conhecimento sobre o assunto de futuros professores de ciências. 100 estudantes de licenciatura participaram da pesquisa e os resultados indicam que os participantes tem concepções insuficientes sobre os princípios de hidrologia, apesar da importância das águas subterrâneas para a saúde, economia e qualidade de visa. Ficou demonstrada a importância de melhorar o conhecimento de alunos e professores sobre conceitos relacionados a este tema.

Palavras-chave: Águas subterrâneas. Fontes de contaminação. Ensino.

Downloads 312  312  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ensaio – Pesq. Educ. Ciênc., dez. 2009, v.11, n.2  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!O conhecimento das adolescentes sobre questões relacionadas ao sexo Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
ROMERO, Kelencristina T.; MEDEIROS, Élide Helena G. R.; VITALLE, Maria Sylvia S.; WEHBA, JAMAL.

Avaliar o conhecimento sobre sexualidade, métodos contraceptivos e doenças sexualmente transmissíveis (DST) entre adolescentes do sexo feminino, das zonas rural e urbana, de uma escola pública. Estudo transversal, realizado com 506 meninas, com idades entre 10 e 16 anos, da Escola Dr. Roberto Feijó, em Guararema, SP. Utilizou-se questionário semiestruturado, contendo perguntas gerais sobre sexualidade e métodos de prevenção de gravidez e DST. O teste do Qui-quadrado foi usado para verificar a associação entre as variáveis. A média de idade da população adolescente da escola proveniente da área rural foi 13 anos e 11 meses e da área urbana foi 13 anos e 7 meses, não havendo diferença estatística entre as médias. Trinta e um por cento eram provenientes da zona rural e 69% da urbana. As jovens da zona rural buscaram mais informações sobre a sexualidade (81,2%), comparadas com as da zona urbana (72,2 %) (p<0,0568), e a principal fonte de informação foram os pais nas duas regiões. A camisinha foi o método contraceptivo mais conhecido pelas adolescentes em ambas as áreas, 44% a conheciam na zona rural e 45% na urbana (p=0,0022). A Aids é a DST mais conhecida nos dois grupos; 43% das jovens da zona rural e 39% da zona urbana referiram conhecer a doença (p=0,7843). A maioria das adolescentes buscou informações sobre sexualidade, mas os conhecimentos sobre doenças sexualmente transmissíveis e contracepção são inadequados.

Palavras-chave: Adolescente. Sexualidade. Anticoncepção. Doenças Sexualmente Transmissíveis. Comportamento.

Downloads 312  312  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Rev Assoc Med Bras 2007; 53(1): 14-9  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Ensinar Ciências por Investigação: Um Desafio para os Formadores Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
LIMA, Maria Emília C. C.; DAVID, Marciana A.; MAGALHÃES, Welington Ferreira de.

Neste trabalho, mostraremos que uma atitude investigativa, durante o processo de ensino por meio de experimentos, pode criar oportunidades para a aquisição de conhecimento de forma conceitualmente consistente. Dessa forma, a análise de resultados aparentemente errados constitui a força motora para novas investigações práticas e conceituais, criando um ciclo virtuoso de aprendizado. Desenvolveremos, também, os conceitos termodinâmicos de calor, transformações adiabáticas e diatérmicas assim como o de energia. Aplicamos esses conceitos na interpretação dos resultados de experimentos nos quais ocorrem variações temporárias de temperatura resultante de mudanças de estado, envolvendo a hidratação, dissolução e cristalização em água dos sais de acetato de sódio anidro e hidratado.

Palavras-chave: Ensino por investigação. Formação de professores. Calor

Downloads 312  312  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma QUÍMICA NOVA NA ESCOLA /N° 29, AGOSTO 2008  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!A história da ciência como aliada no ensino de genética Popular Versão: PDF
Atualização:  29/5/2013
Descrição:
SCHEID, Neusa Maria John; FERRARI, Nadir.

Um número significativo de trabalhos em Ensino de Genética tem sido apresentado nos últimos encontros científicos, tanto da área de Genética como de outras áreas das Ciências Biológicas e da Educação. A relevância desta nova área de pesquisa é evidenciada quando, nos cursos de formação continuada de professores, temas relacionados à Genética surgem como uma das maiores preocupações no ensino de Biologia..

Palavras-chave: História da Ciência. Concepção de Ciência. Ensino de Genética.

Downloads 313  313  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!O uso da fotografia como recurso didático para a educação ambiental: uma experiência em busca da edu Popular Versão: PDF
Atualização:  2/3/2012
Descrição:
BARBOSA, Leila Cristina Aoyama; PIRES, Dario Xavier.

Este trabalho apresenta os resultados obtidos na aplicação de uma atividade de educação ambiental baseada na concepção problematizadora de educação de Paulo Freire e que fez uso de fotografias como material didático. A investigação foi realizada com estudantes de um curso técnico em Agricultura e objetivou alterar a consciência ingênua dos indivíduos sobre educação ambiental e práticas do agronegócio. Neste artigo, relata-se a análise e avaliação de fotografias como recurso didático para o trabalho com educação ambiental. Fundamentados nos princípios da Educação Ambiental Crítica e na Pedagogia Libertadora de Paulo Freire, como referenciais teóricos, a pesquisa tem uma abordagem qualitativa baseada na observação direta do comportamento dos estudantes nas aulas e nos registros feitos pela professora. Identificou-se, como resultado, o potencial positivo das fotografias como material didático promotor do diálogo, principalmente quando elas se referem às situações conhecidas dos estudantes.

Palavras-chave: Metodologia de ensino; Educação ambiental crítica; Ensino agrícola.

Downloads 313  313  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Experiências em Ensino de Ciências – V6(1), pp. 69  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Educação em Solos: princípios, teoria e métodos Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
MUGGLER, Cristine Carole, SOBRINHO, Fábio de Araújo Pinto & MACHADO, Vinícius Azevedo.

O solo é um componente essencial do meio ambiente, cuja importância é normalmente desconsiderada e pouco valorizada. Assim, é necessário que se desenvolva uma “consciência pedológica”, a partir de um processo educativo que privilegie uma concepção de sustentabilidade na relação homem-natureza. Existem múltiplas formas, tempos e espaços de promover a educação para o meio ambiente a partir de uma abordagem pedológica; esse conjunto de conteúdos e métodos constituem a Educação em Solos, que é indissociável da Educação Ambiental. A Educação em Solos tem como principal objetivo trazer o significado da importância do solo à vida das pessoas e, portanto, da necessidade da sua conservação e do seu uso e ocupação sustentáveis. Assim como a Educação Ambiental, a Educação em Solos coloca-se como um processo de formação que, em si, precisa ser dinâmico, permanente e participativo. Nessa perspectiva, foi criado o Programa de Educação em Solos e Meio Ambiente (PES) junto ao Museu de Ciências da Terra do Departamento de Solos da UFV, que atua na educação formal e não-formal na região de Viçosa. A base teórico-metodológica da prática pedagógica do PES baseia-se no construtivismo e nas idéias de Paulo Freire, utilizando-se a abordagem holística, os métodos participativos e a prática da pedagogia de projetos. A perspectiva Construtivista-Freiriana promove uma abordagem dos temas pedológico-ambientais com base não apenas na simples transmissão do conhecimento, mas também da investigação, da experimentação e do resgate e valorização do conhecimento prévio das pessoas. A abordagem de aspectos que são familiares e conhecidos das pessoas, possibilitando uma aprendizagem significativa, embute em si um grande potencial para consolidar mudanças de valores e atitudes, ou seja, para efetivar uma consciência ambiental/ planetária.

Palavras-chave: Educação ambiental. Aprendizagem significativa. Relação homem-ambiente.

Downloads 314  314  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma R. Bras. Ci. Solo, 30:733-740, 2006  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!As Cebolas Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
CHEMELLO, Emiliano.

O artigo descreve os motivos pelos quais nós, ao cortarmos cebolas, não conseguimos conter as lágrimas. Será tão ruim assim cortar cebolas que não conseguimos nos segurar ou há 'alguma química' por trás disso?

Palavras-chave: cebola, Allium cepa, chorar.

Downloads 314  314  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Revista Eletrônica ZOOM da Editora Cia da Escola –  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 (6) 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 »