Educadores

Ínicio : Ciências : Artigos : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do pior para o melhor avaliado)

Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Estratégias Lúdicas no Ensino de Ciências Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
KNECHTEL, Carla Milene; BRANCALHÃO, Rose Meire Costa

As transformações culturais e os paradigmas que a sociedade moderna vem passando levam a mudanças na forma do homem entender a agir cientificamente no mundo. Situar a ciência e o seu ensino neste mundo em transformação são fundamentais ao desenvolvimento pessoal e social. Muitos trabalhos enfatizam a necessidade de inovações no ensino de Ciências porém o que se observa ainda é a utilização de métodos rotineiros e mecânicos, onde as novas propostas de ensino pouco repercutem em sala de aula. Diante deste quadro preocupante, o presente estudo usa o lúdico como uma importante ferramenta metodológica para tornar o ensino de Ciências mais atraente e prazeroso. Para tanto, foram desenvolvidas atividades lúdicas relacionadas aos conteúdos estruturantes de 5a série do Ensino Fundamental, conforme as diretrizes curriculares do Estado do Paraná. Primeiramente foi realizada uma pesquisa bibliográfica sobre o lúdico, sua importância no processo de ensino aprendizagem e o conhecimento das etapas do desenvolvimento da criança. Na sequência, houve a adaptação de conteúdos estruturantes a diferentes tipos de atividades lúdicas organizadas em uma unidade didática. A unidade didática foi analisada por professores, participantes do grupo de trabalho em rede, de forma a possibilitar ampla discussão do trabalho. De acordo com os comentários realizados podemos concluir que entendem o lúdico como uma metodologia diferenciada e motivadora que promove uma aprendizagem significativa de forma prazerosa para os alunos. Num segundo momento, as atividades lúdicas foram aplicadas em sala de aula. Na análise dos resultados foi percebido que os jogos ajudaram a criar um clima de entusiasmo sobre os conteúdos abordados, de forma motivadora e integradora. Conclui-se desta forma, que as atividades lúdicas propostas foram ferramentas metodológicas importantes na aquisição dos conhecimentos científicos, soma-se as atitudes sociais de respeito ao colega, das regras do jogo, de cooperação, e iniciativa pessoal.

Palavras-chave: Atividades Lúdicas. Ferramenta Metodológica. Aprendizagem.

Downloads 4077  4077  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma SEED  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!A Construção dos Conceitos Científicos em Aulas de Ciências: ateoria histórico-cultural do desenvolv Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
SCHROEDER,Edson; FERRARI, Nadir e PEDROSA, MAESTRELLI Sylvia Regina Pedrosa

O objetivo da investigação foi conhecer como um processo de ensino promove construções conceituais no estudo da Sexualidade Humana em uma situação que envolveu trinta e quatro estudantes da sétima série e sua professora de Ciências. Com o olhar voltado para a ZDP dos estudantes, relacionaram-se três parâmetros para compreender, na dinâmica das aulas, a emergência dos processos de significação: os conteúdos priorizados pela professora, as interações discursivas e os amplificadores culturais utilizados. O pensamento histórico-cultural de Vygotsky foi aporte teórico utilizado para as reflexões, entendendo que os sujeitos modificam de forma ativa as forças ativas que os transformam. A análise microgenética foi a abordagem metodológica definida para se estudar os mecanismos associados à aprendizagem e os movimentos de construção conceitual sob supervisão docente. Os resultados mostram que muitos estudantes conseguiram estabelecer uma unidade entre a linguagem, pensamento e
ação, possibilitando a utilização dos conceitos como instrumentos de operações qualitativamente superiores.

Palavras-chave: Construção de conceitos científicos. Ensino de ciências. Ensino sobre sexualidade humana. Análise microgenética. Vygotsky.

Downloads 1283  1283  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Alexandria Revista de Educação em Ciência e Tecnol  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Ciência e Tecnologia: implicações sociais e o papel da educação. Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
ANGOTTI, José André Peres; AUTH, Milton Antonio

A crescente evolução e utilização de novas tecnologias vem acarretando profundas mudanças no meio ambiente e nas relações e nos modos de vida da população, colocando os indivíduos diante de novos desafios, cuja maioria a população não está preparada para enfrentar. Como possibilidade para melhor discernir situações deste tipo e atuar sobre elas, propomos desenvolver atividades didáticopedagógicas direcionadas para uma alfabetização científica e tecnológica, tendo como base aspectos históricos e epistemológicos e atentando para a questão das concepções, valores e atitudes dos indivíduos nas suas ações em sociedade. Estudos em curso sobre ciência, tecnologia e sociedade (CTS) e sobre a problemática ambiental serviram de apoio para a elaboração do presente trabalho.

Palavras-chave: Ciência. Tecnologia e sociedade (CTS). História e epistemologia. Interdisciplinaridade. Ensino de ciências. Formação de professores.

Downloads 406  406  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ciência & Educação, v.7, n.1, p.15-27, 2001  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Urbanização e ecologia do dengue Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
TAUIL, Pedro Luiz

As mudanças demográficas ocorridas nos países subdesenvolvidos, a partir dos anos 60, geradas por intenso fluxo migratório rural-urbano, resultaram em crescimento desordenado das cidades, nas quais se destacam a carência de facilidades – em particular, de habitação e saneamento básico. Cerca de 20% da população das grandes e médias cidades estão vivendo em favelas, cortiços ou em áreas de invasão. Pela falta de abastecimento de água, há necessidade de armazená-la precariamente, tal como pela ausência de destino adequado do lixo ocorre a proliferação de criadouros potenciais do Aedes aegypti, principal mosquito vetor da dengue, ou seja, depósitos improvisados para água potável e recipientes em que a água é acumulada, constituídos principalmente por latas, plásticos e garrafas usadas. A indústria moderna, por outro lado, privilegia a produção de material descartável. O vírus do dengue tem sua propagação facilitada pela intensidade e freqüência dos meios de transporte, os quais favorecem também a disseminação dos vetores da doença. Estes são alguns dos fatores que tentam explicar o ressurgimento do dengue, a mais importante arbovirose no mundo atualmente e que acomete milhares de pessoas todos os anos.

Palavras-chave: Dengue. Ecologia de vetores. Urbanização. Aedes aegypti. Surtos de doenças.

Downloads 403  403  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 17(Suplemento)  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Filosofia da ciência e ensino de ciência: uma analogia Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
VILLANI, Alberto.

Neste trabalho, inicialmente explicitaremos nossa compreensão do debate entre Kuhn, Popper, Lakatos e Feyerabend na Conferencia Internacional sobre Filosofia da Ciência (1965), delineando as diferenças nas posições de nossos filósofos. Em seguida apresentaremos um quadro das posições sobre o ensino de ciências, assim como nos parecem caracterizar os último 30 anos de pesquisas na área. Finalmente tentaremos uma aproximação dos dois campos, procurando salientar as implicações que a problemática filosófica teve e tem para uma maior compreensão do ensino de ciências e matemática.

Palavras-chave: Filosofia da Ciência, Mudança Conceitual, Ensino de Ciências

Downloads 337  337  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ciência & Educação, v.7, n.2, p.169-181, 2001  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Poesia na Aula de Ciências? Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
MOREIRA, Ildeu de Castro.

A interdisciplinaridade em sala de aula é um tema importante e que deve sempre ser explorado pelo professor. Neste artigo, mostra-se como Física e Literatura podem formar um belo dueto para tornar mais interessante a interação entre ambas.

Palavras-chave: Poesia. Aula de ciências. Interdisciplinaridade. Física. Literatura.

Downloads 338  338  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Física na Escola, v. 3, n. 1, 2002  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Pluralismo metodológico no ensino de ciências Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
LABURÚ, Carlos Eduardo; ARRUDA, Sérgio de Mello; NARDI, Roberto.

Inspirados numa leitura epistemológica feyerabendiana, este trabalho sugere uma abordagem metodológica pluralista para o ensino das ciências. Defendemos que esse estratagema didático seja potencialmente mais eficaz para a aprendizagem, na medida em que procura dar conta do espectro de questões que se apresentam na sala de aula.

Palavras-chave: Pluralismo metodológico. Educação em ciências. Ensino de ciências.

Downloads 380  380  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ciência & Educação, v. 9, n. 2, p. 247-260, 2003  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Orientação sexual em uma escola: recortes de corpos e de gênero Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
ALTMANN, Helena.

Este artigo trata da orientação sexual em uma escola municipal de ensino fundamental do Rio de Janeiro. As reflexões acerca de como uma escola desenvolve esse trabalho são desencadeadas a partir da emergência de um recorte de gênero. O fato de um maior número de meninas do que de meninos ter se disponibilizado a conceder as entrevistas conduz a uma reflexão sobre quem aborda esses assuntos com os/as adolescentes e sobre como o tema da sexualidade é focado, delimitado e inserido na escola. Pode-se dizer que há dois temas centrais em torno dos quais são organizadas as aulas sobre sexualidade – gravidez e DST’s/AIDS –, aos quais estão ligados suas formas de prevenção – camisinha e métodos anticoncepcionais. A seguir, são discutidas questões sobre os diferentes modos de a escola recortar e abordar pedagogicamente os corpos de mulheres e de homens, o que é relacionado ao processo histórico de medicalização do corpo da mulher. Por fim, são discutidas algumas
questões sobre alguns paradoxos enfrentados por adolescentes em relação à anticoncepção.

Palavras-chave: Orientação sexual. Escola. Sexualidade. Gênero. Adolescente.

Downloads 341  341  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma cadernos pagu (21) 2003: pp.281-315.  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!O Raio Passo a Passo Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
SABA, Marcelo M.F.

O comportamento dos raios é assunto de constante pesquisa no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Neste artigo o leitor aprenderá um pouco mais sobre este fenômeno.

Palavras-chave: Raio. Descarga. Eletricidade.

Downloads 737  737  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Física na Escola, v. 4, n. 2, 2003  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Obstáculos epistemológicos no ensino de ciências: um estudo sobre suas influências nas concepções de Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
GOMES, Henrique José Polato; OLIVEIRA, Odisséa Boaventura de.

Muitas estratégias usadas por docentes para tornar o ensino mais atrativo, ou com intenção de facilitálo, na realidade podem se tornar sérios entraves na aprendizagem do ensino científico. Com a equivocada convicção que explicam, metáforas e analogias utilizadas, podem não suscitar interesse pela compreensão do fenômeno. Bachelard chamou esses subterfúgios de obstáculos epistemológicos e o objetivo deste trabalho foi identificá-los em alunos de oitava série do ensino fundamental e de primeiro ano do ensino médio, referentes ao ensino de atomística, procurando compará-los, visto que aprenderam este conteúdo com diferentes materiais didáticos. Para tanto, foram aplicados 291 questionários nos quais foram analisados respostas e desenhos, que evidenciam tais obstáculos.

Palavras-chave: Atomística. Obstáculos epistemológicos. Bachelard. Aprendizagem.

Downloads 1126  1126  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ciências & Cognição 2007; Vol. 12: 96-109.  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 (15) 16 17 18 19 20 21 22 23 24 »