Educadores

Ínicio : História : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (26)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Data (novos listados primeiro)

Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O arquivo está "morto"? Legislação e memórias de arquivar em Escolas Municipais de Curitiba (1963-19 Popular Versão: PDF
Atualização:  1/6/2017
Descrição:
COLERE, Sibele
O objetivo desta pesquisa foi a observação e investigação de práticas acerca da guarda e preservação dos arquivos ou documentos no cotidiano de escolas da Rede Municipal de Ensino de Curitiba entre 1963 e 1993, bem como de respectiva legislação. A todo momento são produzidas documentações das mais variadas espécies no cotidiano escolar, mas estas são tratados como meros registros, esquecendo-se sobretudo daqueles mais antigos, e ainda sem se atentar para sua importância na história do estabelecimento e do próprio registro. Isto porque, muitas vezes, esses registros não são percebidos como documentos históricos pela Equipe Escolar. Pretende-se então identificar e problematizar quais foram as práticas desenvolvidas em escolas da rede municipal, observando-se a guarda e preservação desses documentos. Ao trazer as práticas como objeto teórico, em Michel de Certeau, busca-se encontrar os meios para “distinguir maneiras de fazer”, quais táticas se fizeram presentes nas normas e nos atos de guarda. Traçando o caminho da pesquisa, diversas especificidades orientaram sua construção: investigação das leis e decretos que estrategicamente normatizaram a conservação documental, particularmente quanto às escolas municipais e seus documentos; problematização de como ocorreu tal organização no espaço escolar; identificação dos indivíduos que se ocuparam desta tarefa com a discussão de uma possível cultura escolar, na concepção de Dominique Julia, no âmbito da administração, sobre a conservação e guarda desses acervos e/ou documentos. Da análise e atuação junto aos objetivos propostos nesta pesquisa, as fontes consultadas foram a legislação brasileira e a do Paraná, bem como portarias e normativas relativas a documentos escolares disponíveis no Arquivo Geral da Secretaria Municipal de Educação e nas próprias escolas. Também foram utilizados depoimentos orais de secretários que revelaram, por meio da memória, como sendo estes registros a “representação do mundo social”. Conforme Roger Chartier, certamente foram as experiências particulares que os motivaram à organização e à guarda de registros escolares administrativos, regulamentados ou não. Como principais resultados, depreende-se que houve a busca pela Rede Municipal em afirmar-se com normativas referentes aos documentos de escolas municipais, por vezes apontando normativas estaduais ou ainda criando os seus próprios mecanismos de conservação, com cursos ou manuais como estratégias de uma padronização da documentação e dos procedimentos a ela relacionados. De outro lado, observou-se a prática dos secretários escolares que, por meio de experiências particulares ou convivência com outros secretários, organizaram este espaço de forma específica, às vezes observando certas normativas, às vezes ambientando-se na sua rotina e no espaço da secretaria escolar.

Palavras-chave: Arquivos escolares. Práticas de arquivo. Cultura escolar. Memórias. Rede municipal de ensino de Curitiba.

Downloads 217  217  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://www.educacao.ufpr.br/portal/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora! A construção de uma memória do regime militar: uma análise do filme "O que é isso companheiro?" Popular Versão: PDF
Atualização:  17/12/2013
Descrição:
O presente trabalho tem por objetivo analisar como o filme O que é isso, companheiro? construiu uma memória do regime militar, tendo como foco a ação de jovens grupos armados contra o governo ditatorial. Baseado no livro homônimo do militante Fernando Gabeira publicado no final dos anos 1970, momento marcado por uma intensa produção memorialística sobre aquele período histórico em meio à abertura política, o filme foi lançado quase 20 anos depois, em 1997, em meio a um movimento de retomada de produções cinematográficas brasileiras, num formato adequado ao cinema industrial. Pretende-se nesse trabalho conjugar a análise da construção ficcional baseada numa estrutura narrativa de matriz melodramática com as variáveis externas ligadas não só a produção, mas também ao contexto histórico e social no qual o filme foi produzido.

Downloads 7213  7213  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma FGV  Site http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/10157
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora! Mato que vira mar, mar que vira mato: o território em movimento na vila de pescadores ... Popular Versão: PDF
Atualização:  21/11/2013
Descrição:
BAZZO, Juliane

Situada na Ilha do Superagüi, Estado do Paraná (Brasil), a vila de pescadores de Barra de Ararapira abrange um território em permanente mudança. Um processo erosivo natural – originado na chamada barra – impõe a seus habitantes a necessidade de transferência periódica de construções em terra e rotas de pesca. Em 1997, quando da ampliação do Parque Nacional do Superagüi, Barra de Ararapira foi incluída no interior dessa unidade de conservação, cujos limites são dados por coordenadas fixas que pouco combinam com a mobilidade do território do vilarejo. Ocorre assim o choque entre duas racionalidades distintas: de um lado, um grupo de forte vínculo com seu lugar graças ao exercício constante da memória; de outro, uma política pública na qual parques nacionais são espaços de proteção integral, onde a ação humana é vetada para assegurar o futuro do planeta. Esta etnografia se propõe a uma abordagem da problemática da territorialidade em Barra de Ararapira, a partir do traçado de sua “cosmografia”, delimitada por cinco itens: história de ocupação guardada na memória coletiva; vínculos afetivos com o território; regime de propriedade; uso social dado ao espaço e mecanismos de proteção dele. O trabalho de campo revelou que laços de parentesco e a devoção religiosa operam enquanto idiomas nativos para reconstruir, ordenar e refletir sobre um território em constante transformação. Ademais, evidenciou como esses elementos são acionados pelos pescadores em situações de defesa territorial.

Palavras-chave: Povos e comunidades tradicionais. Unidades de conservação ambiental. Conflitos socioambientais.

Downloads 951  951  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGAS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/antropologiasocial
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Samba quente, asfalto frio: uma etnografia entre as escolas de samba de Curitiba Popular Versão: PDF
Atualização:  21/11/2013
Descrição:
VIACAVA, Vanessa M. R.

Nesta dissertação procuro compreender a relação do carnaval com a cidade de Curitiba, como as escolas de samba se organizam internamente, como procuram definir seu lugar no espaço urbano e como as políticas culturais administram o desfile das escolas de samba. Para tanto, esse trabalho apresenta duas partes distintas e complementares, a primeira, caracterizada pela narrativa histórica, onde defino uma cronologia do carnaval de Curitiba; e outra, etnográfica, desenvolvida nos barracões e quadras de todas as escolas de samba em atividades durante os ciclos carnavalescos de 2008/2009 e 2009/2010. Sobre a narrativa histórica, o parâmetro usado para delimitar as “fases” do carnaval de Curitiba diz respeito aos lugares onde o carnaval de rua se manifestou na capital paranaense. Na narrativa etnográfica, aproximo os conceitos da antropologia da performance e da experiência, a fim de perceber não apenas a dimensão ritual do desfile na avenida, mas também, procuro capturar as qualidades de improvisação e a capacidade reflexiva dos sujeitos. Destaco a relação das escolas com a Fundação Cultural de Curitiba, a forma de produção do carnaval e a manifestação de redes de sociais, assim como a circulação dos componentes e ritmistas das escolas de samba dos grupos A e B. No desfile das escolas de samba, ressalto a dimensão performática do evento, como os aspectos visuais são mediados pelo samba-enredo. Dessa forma, busco compreender não apenas a organização da estrutura carnavalesca, mas também sua relação com a cidade.

Palavras-chave: Curitiba. História. Carnaval. Políticas públicas. Performance.

Downloads 845  845  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGAS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/antropologiasocial
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!A relação ensino e aprendizagem como práxis: a educação histórica e a formação de professores Popular Versão: PDF
Atualização:  8/11/2013
Descrição:
OLIVEIRA, Thiago A. D. de

A investigação teve como objetivo compreender as relações de ensino e aprendizagem histórica na concepção de um grupo de professores do município de Araucária-PR, de acordo com o referencial da educação histórica, e no sentido da práxis entendida na perspectiva de Kosik (1976), com base no histórico de formação e de atuação do grupo. A escolha do campo empírico
ocorreu de acordo com o histórico apresentado por Theobald (2007) relacionado a militância sindical e ao exercício da intelectualidade a partir da apropriação dos meios de produção intelectuais relacionados a ciência da História. Para atingir os objetivos propostos, considerando a natureza qualitativa da pesquisa, pautou-se na entrevista semi-estruturada e na análise de conteúdo referenciada em Franco (2003). Nessa investigação foram participantes 7 (sete) professores de História que exerciam suas atividades no Ensino Fundamental e Médio no município de Araucária-PR. Em termos teóricos realizou-se um diálogo inicial entre a perspectiva da formação de professores relacionada aos saberes e práticas a partir de Monteiro (2002), confrontando a experiência do Grupo Araucária na relação com o referencial da Educação Histórica e as compreensões dos professores a respeito da aprendizagem histórica. O referencial da pesquisa está centrado na teoria e filosofia da História, a partir de Rüsen (1992; 2001; 2006; 2007; 2009 e 2010), no campo de investigação da educação histórica com base em Schmidt (2009; 2010 e 2011), Barca (2006) Lee (2006). A forma como os professores explicaram suas atuações foi compreendida no sentido da práxis com referencia em Kosik (1976) e a amplitude intelectual da ação dos professores foi explicada com aproximações ao materialismo histórico dialético a partir das contribuições de Gonzáles (1984). Os resultados apontam que as consciências históricas dos professores entrevistados estão perspectivadas pelo referencial da educação histórica. O que foi inferido a partir da concepção de aprendizagem histórica apresentada pelos professores, explicada a partir do conceito narrativa histórica em acordo com o lugar que o conceito possui na teoria da História, ou seja, a expressão do próprio pensamento histórico. Os professores demonstraram preocupações com a dimensão ética da consciência histórica dos alunos, e o sentido apontado através da práxis está na intervenção pautada na humanização. O conceito humanização foi identificado nas respostas dos professores e sistematizado a partir de um diálogo entre a epistemologia da História de Jörn Rüsen e a teoria educacional de Paulo Freire, cruzando os dois campos teóricos pertencentes a educação histórica: o campo da teoria da história e o campo da educação. Tais resultados permitem apontar que o ensino de História pode auxiliar no desenvolvimento de consciências históricas mais complexas e humanizadas.
Palavras-chaves: Professores de História. Educação histórica. Consciência histórica. Humanização. Práxis.

Downloads 268  268  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGE - UFPR  Site http://www.ppge.ufpr.br/inicio.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!A relação museu/escola: teoria e prática educacionais nas visitas escolares ao Museu de Zoologia da Popular Versão: PDF
Atualização:  24/10/2013
Descrição:
MARTINS, Luciana Conrado

Esta pesquisa versa sobre as relações museu/escola. Identifica e confronta os discursos e as práticas educacionais dos profissionais envolvidos. Inserido em uma perspectiva qualitativa de pesquisa em educação, o estudo analisa as práticas presentes na visita de escolas ao Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo. Considera-se que os educadores de museus são portadores de um conhecimento empírico e teórico que é, em grande medida, o responsável pela normatização das atividades educacionais da instituição onde estão inseridos.

Palavras-chave: Escola. Museu. Parceria. Pesquisa em educação de museus. Práticas pedagógicas. Saberes do educador de museus. Saberes do professor.

Downloads 715  715  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma FEUSP - USP  Site http://www4.fe.usp.br/pos-graduacao/institucional
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Repressão judicial no Brasil: o capitão Carlos Lamarca e a VPR na justiça militar (1969-1971) Popular Versão: PDF
Atualização:  24/10/2013
Descrição:
MACIEL, Wilma Antunes

Com a instauração do regime militar no Brasil em 1964 e a decretação do Ato Institucional no. 2 (AI-2) em 1965, os civis que cometiam crimes contra a Segurança Nacional passaram a ser julgados pela Justiça Militar. O presente estudo analisa os processos políticos movidos contra a Vanguarda Popular Revolucionária (VPR), no período de 1969 a 1971, principalmente aqueles que se referem ao seu principal líder Carlos Lamarca. Trata-se da compreensão das facetas da Justiça Militar, buscando apreender na lógica dos textos dos processos seus objetivos e significado histórico. Sendo que a atuação da Justiça revelou-se extremamente complexa, no julgamento dos militantes de uma das principais organizações de esquerda que empreendeu a luta armada contra o regime. A pesquisa abordou a relação entre a administração da Justiça e o Estado, os mecanismos de repressão denunciados nos tribunais, como a tortura, desaparecimento e mortes de militantes e as irregularidades na aplicação da legislação.

Palavras-chave: Justiça militar. Luta armada. Regime militar.

Downloads 484  484  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGHS - USP  Site http://historia.fflch.usp.br/posgraduacao/hs
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Rememorar a experiência docente: relatos de professores de história da rede pública estadual de São Popular Versão: PDF
Atualização:  24/10/2013
Descrição:
PINCHEIRA, Andrés Evaristo Reyes

Esta é uma pesquisa que se inscreve nos estudos autobiográficos. Por meio de relatos de sujeitos que construíram sua experiência como professores de História na rede pública estadual, procurou-se investigar dimensões do trabalho docente no Estado de São Paulo. O objetivo é deslindar como os sujeitos percebem a sua existência como professor, constroem a sua identidade, avaliam seu percurso no trabalho docente. Assim, por meio das rememorações, histórias de vida, o que se quer é apreender a historicidade de seu desenvolvimento profissional e, dessa forma, os múltiplos processos que ajudaram a constitui-lo na totalidade dos processos formativos. O texto que ora apresentamos centrou-se na análise em três fatores da prática docente. Em primeiro lugar, descrevemos e analisamos os dilemas da formação inicial, Básica e Superior, um processo de ensino e aprendizagem que foi marcado por práticas docentes fragmentadas, sem inter-relação entre as disciplinas e a falta de um trabalho pautado no diálogo. A seguir, analisamos a trajetória do ensinar História na escola, entrecruzando as falas dos professores entrevistados com documentos oficiais, buscamos discutir as finalidades dessa disciplina escolar, seus métodos de ensino e as controvérsias em torno da ideia de professor "tradicional", perspectivas que dicotomizam um ensino "centrado no aluno" versus um ensino "centrado no professor". Finalmente, analisamos o lócus no qual esses sujeitos exerceram a sua experiência docente: a escola pública estadual. Assim, são discutidas questões relativas às condições de trabalho, a deterioração da escola, o trabalho solitário. Efetuamos também uma discussão acerca da idéia de cidadania por meio da elaboração do projeto político-pedagógico da escola numa perspectiva da cidadania ativa, participativa, na qual os sujeitos que compõem a comunidade escolar possam discutir suas necessidades e as finalidades. Por meio deste estudo concluímos como a escola pública se deteriorou, principalmente, com as "políticas públicas" neoliberais, na qual a cidadania é percebida como uma relação de mercado e participação como sinônimo de trabalho voluntário na escola. Dessa forma, ocorre um processo de expulsão de professores da rede pública estadual.

Palavras-chave: Ensino básico. Ensino de História. Experiência docente. Formação inicial. Políticas públicas educacionais. Professores de História.

Downloads 1581  1581  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma FEUSP - USP  Site http://www4.fe.usp.br/pos-graduacao/indice-geral-da-pos-graduacao
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Produção documental do legislativo no império - gênese e tipologia: o caso da assembléia legislativa Popular Versão: PDF
Atualização:  24/10/2013
Descrição:
PAZIN, Marcia Cristina de Carvalho

Este trabalho apresenta o desenvolvimento de uma pesquisa de Tipologia Documental em acervo histórico, utilizando como modelo o caso da Assembleia Legislativa Provincial de São Paulo, organismo legislativo da Província de São Paulo durante o período imperial do Brasil. A partir do estudo das condições de criação e de funcionamento da Assembleia Provincial, são apresentados os tipos documentais substantivos de sua atuação - representativos do cumprimento de suas funções - e os documentos acessórios - documentos anexos e complementos encaminhados pela população e instituições locais visando ampliar a argumentação de suas solicitações. Apresenta o Glossário de Formatos, Espécies e Tipos Documentais da Assembleia Legislativa Provincial de São Paulo, instrumento que contém em cada verbete as definições dos tipos documentais representativos do acervo e histórico de utilização dos termos.

Palavras-chave: Arquivologia. Assembleia Legislativa Provincial de São Paulo. História de São Paulo. História Institucional. Organização de Arquivos. Tipologia Documental.

Downloads 443  443  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGHS - USP  Site http://historia.fflch.usp.br/posgraduacao/hs
Avaliação: 5.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Padre Vieira: sonhos proféticos, profecias oníricas. O tempo do Quinto Império nos sermões de Xavier Popular Versão: PDF
Atualização:  24/10/2013
Descrição:
LIMA, Luis Filipe Silverio

O objetivo desta pesquisa é investigar os sonhos proféticos dentro dos sermões de Xavier Dormindo do jesuíta português Antonio Vieira (1608-1697), observando a questão do tempo. Além de questões pouco abordadas nos estudos vieirenses, os sonhos, a profecia e o tempo se configuram como elementos para uma compreensão do V Império, matéria à qual Vieira se dedicou durante grande parte de sua vida e possível chave para a confecção de uma "Teoria Geral do Pe. Vieira" .

Palavras-chave: Padre Antonio Vieira. Profecia. Quinto Império. São Francisco Xavier. Sermões. Sonhos. Tempo.

Downloads 588  588  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGHS - USP  Site http://historia.fflch.usp.br/posgraduacao/hs
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 »