Educadores

Ínicio : História : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (26)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Data (antigos listados primeiro)

Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Pastoreio de almas em Terras Brazilis: a igreja católica no "Paraná" ... Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
POLETTO, Lizandro

Esta dissertação apresenta uma análise da institucionalização da Igreja Católica no território que hoje corresponde ao Estado do Paraná. O período estudado desdobrou-se entre os séculos XVII, quando são fixadas as primeiras paróquias, e os finais dos Oitocentos, quando foi criada a Diocese de Curitiba, em 1892, até a posse de seu primeiro bispo, em 1894. A expansão portuguesa e a expansão da Igreja aconteceram de forma simultânea em função do instituto do padroado, que permaneceu até a Proclamação da República no Brasil. Através desse mecanismo, o Império Português tornou-se o mecanismo de proliferação da fé católica, assim como a Igreja tornou-se o braço de sustentação da expansão colonial portuguesa. Para dar conta desse amplo processo, através dos estudos bibliográficos e a análise de fontes, o estudo abrangeu a institucionalização da Igreja na América Portuguesa, indicando as diversas circunscrições religiosas a que essas terras foram submetidas para depois acompanhar os desdobramentos da Diocese de São Salvador até surgir a Diocese de Curitiba, desmembrada da Diocese de São Paulo.

Palavras-chave: Igreja. Igreja no Brasil. Diocese de Curitiba.

Downloads 806  806  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Plantadores de raiz: escravidão e compadrio nas freguesias Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
SILVA, Denize A. da

Nas últimas décadas a historiografia brasileira vem concentrando esforços na direção de entender as sociabilidades dos escravos. Neste sentido, esta pesquisa sobre escravidão e compadrio de escravos nas freguesias de Nossa Senhora da Graça e de São Francisco Xavier, no período entre 1845 a 1888, investiga as estratégias de construção das relações sociais nos cativeiros destas localidades. As referidas freguesias estavam localizadas no litoral norte da antiga Província de Santa Catarina atual Estado do mesmo nome, tinham como características marcantes uma economia de abastecimento, escravarias relativamente pequenas e uma população escrava na sua maioria crioula. Os documentos sugerem, em especial sobre a freguesia Nossa Senhora da Graça, que os senhores estavam intimamente envolvidos no tráfico interno de cativos, e que possivelmente cederam escravos para outras regiões. A análise sobre escravidão está centrada nas relações de compadrio dos escravos. O compadrio mostrou muitos aspectos sobre a vida em cativeiro e também apontou para as estratégias desenvolvidas para organizar redes sociais no interior e fora da comunidade escrava. Percebeu-se que o compadrio propiciou aos cativos ampliar e solidificar arranjos e laços familiares, pois gerava um compromisso de solidariedade entre pais, padrinhos e afilhados. Durante muito tempo ventilou-se a idéia que os escravos procuravam no compadrio uma forma de garantir "vantagens" e que sendo assim apostavam em compadres com melhor posição social. No que diz respeito ao compadrio de escravos na freguesia Nossa Senhora da Graça, notou-se que um número significativo de cativos preferiu firmar laços de compromisso com seus pares. Em alguns momentos forma 43,2% de crianças cativas sendo batizadas por pessoas nesta mesma condição social. Nas freguesias estudadas o compadrio muito provavelmente se apresentou como uma estratégia para os escravos ampliarem e solidificarem suas relações comunitárias.

Palavras-chave: Escravidão. Compadrio. Comunidade escrava. Tráfico interno.

Downloads 1883  1883  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Políticas afirmativas e educação: a Lei 10.639/03 no contexto das políticas educacionais no Brasil  Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
ROCHA, Luiz Carlos Paixão da

Através da análise da Lei n. 10.639/03, que tornou obrigatório o ensino da História e Cultura Afro-Brasileira em todos os estabelecimentos de ensino da educação básica, em vigor desde 09 de janeiro de 2003, este trabalho traz uma reflexão sobre as contradições presentes no debate das políticas de ações afirmativas para o negro brasileiro, bem como tenta verificar em que medida essas políticas contribuem com a luta pela superação da ordem econômica vigente, ou obstaculizam essa superação. A Lei n. 10.639/03 chega ao Estado Brasileiro no bojo do debate da implantação das políticas de ações afirmativas para a população negra que, embora reivindicadas pelo movimento social negro, compõem o discurso estratégico dos organismos internacionais que defendem a instituição de políticas sociais focalizadas para os mais pobres, entre os quais, os negros. A análise realizada não nega as positividades das reivindicações do movimento social negro, porém tenta colocá-las dentro do atual contexto de desenvolvimento das políticas sociais, a fim de possibilitar uma apreensão mais cuidadosa do objeto, dentro das várias determinações da sociedade. O trabalho, entendendo as desigualdades raciais como um dado importante da realidade brasileira e como um subproduto da dinâmica da sociedade capitalista, procurou estabelecer relações entre a superação das desigualdades raciais e as desigualdades sociais, propondo, assim, na luta política, a aliança entre a luta racial e a luta de classes. Neste sentido, a Lei n. 1.0639/03 pode configurar-se como um instrumento de luta para o questionamento da ordem vigente, na medida em que coloca em xeque construções ideológicas de dominação, fundadoras da sociedade brasileira.

Palavras-chave: Políticas educacionais. Políticas de ações afirmativas. Negro e educação. Lei n. 10.639/03. Ideologia.

Downloads 4297  4297  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGE - UFPR  Site http://www.ppge.ufpr.br/inicio.htm
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Políticas Culturais e Patrimônio Histórico: o processo de tombamento do setor histórico da Lapa-PR Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
MACHADO, Alisson B.

Este estudo tem como objetivo analisar o processo de tombamento do Setor Histórico da Lapa no período de 1979-1989, quando uma série de entraves se colocaram como objeções para a manutenção de uma área da cidade, considerada pelos políticos oficiais, como um setor histórico, digno de preservação para as populações do presente e do futuro. Apresento a construção da categoria patrimônio, as mudanças no tempo e no espaço que o conceito sofreu até adquirir a atual conotação. Trabalho com o processo histórico de definição de uma política institucional para o patrimônio cultural no Brasil e no estado do Paraná, de modo a compreender como as práticas de preservação caminharam sob a influência da discussão internacional para a preservação do patrimônio cultural. Demonstro os conflitos que envolveram as decisões preservacionistas locais, de modo a mostrar a pluralidade de valores, tanto econômicos como culturais e históricos ali colocados, que confrontou, no período de análise, interesses individuais e coletivos. As ações ocorridas do processo de tombamento do Setor Histórico da Lapa me permitiram contextualizar o patrimônio nos processos sociais dos quais ele se nutre, bem como contribuíram para o entendimento dos sentidos da construção de imagens patrimoniais.

Palavras-chave: Patrimônio Histórico. Preservação. Políticas Patrimoniais. Centro Histórico. Lapa.

Downloads 5004  5004  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPH - UEM  Site http://www.pph.uem.br/Site/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Politizando o cotidiano: Repressão aos alemães em Curitiba durante a Segunda Guerra Mundial Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
PEREIRA, Márcio J.

O renascer dos estudos cotidianos está amplamente vinculado as estruturas do político, frente ao deslocamento do campo do poder das instituições públicas e do Estado para a esfera do privado, através da politização do dia-a-dia. Os objetivos da presente pesquisa é analisar como a Segunda Guerra Mundial influenciou o cotidiano de Curitiba durante seu decorrer, dando ênfase as ações governamentais praticadas contra os cidadãos de ascendência alemã e analisar a atuação da população civil curitibana nesse processo. Para dar conta das propostas supracitadas foram utilizadas as seguintes fontes: documentos da extinta Delegacia de Ordem Política e Social do Estado do Paraná, através dos dossiês temáticos e pastas individuais provenientes do Arquivo Público do Paraná e recortes dos jornais diários que circulavam na capital paranaense, sendo estes: o Diário da Tarde, o Correio do Paraná e a Gazeta do Povo, disponíveis na Biblioteca Pública do Paraná.

Palavras-chave: Curitiba. Cotidiano. Alemães. Segunda Guerra Mundial.

Downloads 1544  1544  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPH - UEM  Site http://www.pph.uem.br/Site/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Professoras negras e o combate ao racismo na escola Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
LOPES, Tania Aparecida

O tema de análise deste estudo versa sobre a auto-percepção de professoras negras da rede pública de educação do Estado do Paraná, nos níveis de Ensino Fundamental e Médio, de escolas localizadas no bairro do Boqueirão, município de Curitiba, acerca de suas práticas de combate ao preconceito e a discriminação racial no interior da Escola. O trabalho foi desenvolvido a partir de análises das repostas dadas por essas professoras negras, com a aplicação de questionários e entrevistas, onde se buscou investigar a existência de uma possível relação entre o preconceito e a discriminação racial vividos por parte dessas professoras negras no decurso de suas vidas, tanto fora quanto no espaço escolar, com uma prática de combate ao racismo por elas construído na práxis pedagógica, de forma intencional ou não. Assim, também se buscou um diálogo com teorias que proporcionassem a possibilidade de ampliar e conferir um outro olhar às relações raciais no interior do espaço escolar, quebrando com "verdades" preestabelecidas, com base no "mito" da democracia racial, em nossa realidade social. Para as análises dos dados coletados, a partir dos questionários e das entrevistas, as professoras negras foram divididas em dois grupos distintos: (i) as que referem ter sido vítimas de algum tipo de discriminação na escola, e (ii) as que dizem nunca terem sofrido discriminação devido ao seu pertencimento racial. A partir das análises, foi possível constatar a existência de diferenças na práxis pedagógica de profilaxia e combate ao preconceito entre as professoras negras, que se referem sendo vítimas de algum tipo de discriminação na escola e/ou na vida em geral e, aquelas professoras que dizem nunca terem sofrido discriminação no interior da escola.

Palavras-chave: Professora negra. Preconceito. Discriminação racial. Escola. Práxis pedagógica de anti-preconceito.

Downloads 977  977  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGE - UFPR  Site http://www.ppge.ufpr.br/inicio.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Representações sociais e a construção da consciência histórica Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
ALVES, Ronaldo C.

Esta pesquisa teve como objetivo estudar a construção de consciência histórica em alunos do ensino básico a partir do encontro/confronto, em sala de aula, dos diferentes saberes oriundos do senso comum e da ciência da História, por meio da análise das representações sociais constituídas por seus sujeitos: alunos e professores. A utilização de uma metodologia de pesquisa de inspiração etnográfica, somada a outros instrumentais qualitativos aplicados em alunos e professores do ensino fundamental e médio de escolas situadas na periferia da Cidade de São Paulo, proporcionou a leitura das configurações sociais da comunidade escolar à luz da teoria das representações sociais de Serge Moscovici e do conceito de consciência histórica de Jörn Rüsen.Baseado nesse aporte teórico e empírico, a dissertação buscou compreender a influência da dupla dimensão do cotidiano (local e global) na construção das representações sociais dos alunos e a transformação (ou reprodução) das mesmas após a atuação do ensino de História no espaço escolar, com vistas à consecução (ou não) de consciência histórica na vida prática. Por fim, a partir da análise do confronto de representações sociais de alunos e professores, oriundas da apreensão de um conceito substantivo discutido no ensino de História, propõe a socialização e discussão dessas diferentes representações no espaço escolar como possibilidade de formação de consciência histórica e de maior aproximação do estudo da História da vida prática dos alunos.

Palavras-chave: Consciência Histórica. Representações Sociais. Cotidiano. Etnografia. Educação. História. Didática da História. Identidade. Cultura. Comunicação. Psicologia Social.

Downloads 1387  1387  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma FE - USP  Site http://www4.fe.usp.br/pos-graduacao/indice-geral-da-pos-graduacao
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Revista Civilização Brasileira (1965-1968) : uma cultura de esquerda no cenário político ditatorial  Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
NEVES, Ozias Paese

Os anos sessenta exercem um enorme fascínio sobre aqueles que se dedicam ao estudo das transformações da sociedade brasileira no século XX. Mudanças na concepção do desenvolvimento nacional, alterações nos rumos da política interna e externa e diferentes visões sobre a questão comportamental são apenas alguns dos inúmeros elementos que compõem esse complexo quadro. Daí a nossa motivação para investigar algumas das transformações ocorridas na cultura brasileira dessa década, e, em especial, como os integrantes de uma cultura de esquerda intelectual realinharam suas ações e seus valores no início da ditadura militar.

Palavras-chave: Relações de poder. Relações culturais. Revista Civilização Brasileira. Cultura. Esquerda. Ditadura militar. Socialismo. Comunismo. Revolução. Desenvolvimento.

Downloads 1878  1878  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Se armaron com ellos las ideas para resistir a la fuerza: Herrera Y Obes, Berro, Antuña e Zás Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
VIACAVA, Juan Andrés C.

Esta dissertação tem como objetivo estudar algumas relações entre caudilhismo e Estado para o contexto da "Guerra Grande" uruguaia. Para a historiografia platina, o caudilho e seu fenômeno condensam uma série de relações sociais e políticas, resultando em modelos específicos de Estado e sociedade. Abordando sentidos construídos para as palavras "revolução" e "civilização" na interpretação de movimentos que se consideravam revolucionários no contexto platino da primeira metade do século XIX, examinam-se os textos de Manuel Herrera y Obes e Bernardo Prudencio Berro, publicados entre 1847 e 1848 como exemplos de dois indivíduos que puderam entender e reconstruir sua recente história sob a influência do contexto bélico da "Guerra Grande" e de um campo de discussão que abrangia ambas as margens do rio da Prata. Na seqüência, com a ajuda das memórias de José Encarnación de Zás e Francisco Solano Antuña, procurar-se-á analisar possíveis combinações ou antagonismos entre instituições estatais e determinados elementos do caudilhismo. Estas duas últimas fontes não tinham as mesmas finalidades da escrita de Herrera y Obes e Bernardo Berro, uma vez que os textos de Zás e Antuña estavam baseados em suas experiências cotidianas e não tinham como objetivo a publicação; entretanto, as informações ali contidas oferecem boas oportunidades de verificação da utilização das categorias "civilização e barbárie" e "caudilhismo" em práticas políticas e estratégias de alguns atores sociais daquele período. Desta forma, serão encontrados elementos "modernos" e de Antigo Regime combinados na organização de instâncias estatais, discursos e práticas políticas.

Palavras-chave: Caudilhismo. Estado. América Ibérica.

Downloads 938  938  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Tecnologia e educação: um estudo de caso de projeto digitando o futuro, da rede municipal de ensino Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
OLIVEIRA, Eliane Basilio de

O objetivo do presente trabalho é analisar a utilização da informática educativa em quatro escolas da Rede Municipal do Ensino de Curitiba, tendo como centro da pesquisa o projeto Digitando o Futuro, criado em 1998 pela Prefeitura Municipal de Curitiba em parceria com empresas do setor privado de informática. Utilizando como método de análise o materialismo histórico- dialético, fez-se a observação de vários temas relacionados ao uso da informática na educação: suas relações com o contexto histórico-político nacional e internacional e com as políticas educacionais influenciadas pelo neoliberalismo; os benefícios que as novas tecnologias proporcionam ao processo ensino-aprendizagem de professores e alunos na visão do professor; os interesses mercadológicos do projeto. Entre os métodos adotados para a realização do trabalho estão: pesquisas qualitativa e quantitativa, por meio de entrevistas com os vários segmentos envolvidos no Digitando o Futuro, e observação direta do desenvolvimento do projeto nas escolas. Para a realização do trabalho, dispôs-se de documentos oficiais do projeto, além de material veiculado na imprensa. Ao analisar o projeto, verificou-se que há uma secundarização de questões pedagógicas relevantes e a valorização de aspectos mercadológicos.

Downloads 1079  1079  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGE - UFPR  Site http://www.ppge.ufpr.br/inicio.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 (9) 10 11 12 »