Educadores

Ínicio : História : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (26)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do pior para o melhor avaliado)

Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O enredo do carnaval nos enredos da cidade: dinâmica territorial das escolas de samba de São Paulo Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
BELO, Vanir de L.

O carnaval das escolas de samba na cidade de São Paulo vem adquirindo um importante conteúdo social, político e econômico. Ao longo de seu desenvolvimento, passou por diversas transformações acompanhando o crescimento da cidade e adaptando-se aos novos conteúdos urbanos e a imposições políticas e técnicas. Todavia, ainda guarda um caráter genuíno atrelado à festa, característica de sua gênese. Diante disso, essa pesquisa se desenvolve a partir de uma periodização composta por três períodos definidos pelos eventos mais significativos observados ao longo da história dessa manifestação cultural. As variáveis- chave determinantes para a ruptura dos períodos são as normas e as políticas públicas realizadas com a finalidade de desenvolvê-las e, como conseqüência dessas ações, as divisões sociais e territoriais do trabalho criadas na produção dos desfiles carnavalescos em relação aos diferentes circuitos da economia urbana. O objetivo é compreender a dinâmica territorial das escolas de samba em São Paulo através da análise do processo de produção do carnaval que inclui a ação de diversos agentes na cidade, considerando a tendência à apropriação dessa manifestação popular pela indústria cultural. E analisar a forma como os membros das escolas de samba produzem cultura e fazem política, utilizando-se dos novos conteúdos técnicos que a cidade oferece, para se organizar e buscar formas de suprir suas necessidades.

Palavras-chave: Carnaval. Cidade. Cultura. Escolas de samba. São Paulo.

Downloads 378  378  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGH - USP  Site http://www.geografia.fflch.usp.br/posgraduacao/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Politizando o cotidiano: Repressão aos alemães em Curitiba durante a Segunda Guerra Mundial Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
PEREIRA, Márcio J.

O renascer dos estudos cotidianos está amplamente vinculado as estruturas do político, frente ao deslocamento do campo do poder das instituições públicas e do Estado para a esfera do privado, através da politização do dia-a-dia. Os objetivos da presente pesquisa é analisar como a Segunda Guerra Mundial influenciou o cotidiano de Curitiba durante seu decorrer, dando ênfase as ações governamentais praticadas contra os cidadãos de ascendência alemã e analisar a atuação da população civil curitibana nesse processo. Para dar conta das propostas supracitadas foram utilizadas as seguintes fontes: documentos da extinta Delegacia de Ordem Política e Social do Estado do Paraná, através dos dossiês temáticos e pastas individuais provenientes do Arquivo Público do Paraná e recortes dos jornais diários que circulavam na capital paranaense, sendo estes: o Diário da Tarde, o Correio do Paraná e a Gazeta do Povo, disponíveis na Biblioteca Pública do Paraná.

Palavras-chave: Curitiba. Cotidiano. Alemães. Segunda Guerra Mundial.

Downloads 1509  1509  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPH - UEM  Site http://www.pph.uem.br/Site/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Políticas Culturais e Patrimônio Histórico: o processo de tombamento do setor histórico da Lapa-PR Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
MACHADO, Alisson B.

Este estudo tem como objetivo analisar o processo de tombamento do Setor Histórico da Lapa no período de 1979-1989, quando uma série de entraves se colocaram como objeções para a manutenção de uma área da cidade, considerada pelos políticos oficiais, como um setor histórico, digno de preservação para as populações do presente e do futuro. Apresento a construção da categoria patrimônio, as mudanças no tempo e no espaço que o conceito sofreu até adquirir a atual conotação. Trabalho com o processo histórico de definição de uma política institucional para o patrimônio cultural no Brasil e no estado do Paraná, de modo a compreender como as práticas de preservação caminharam sob a influência da discussão internacional para a preservação do patrimônio cultural. Demonstro os conflitos que envolveram as decisões preservacionistas locais, de modo a mostrar a pluralidade de valores, tanto econômicos como culturais e históricos ali colocados, que confrontou, no período de análise, interesses individuais e coletivos. As ações ocorridas do processo de tombamento do Setor Histórico da Lapa me permitiram contextualizar o patrimônio nos processos sociais dos quais ele se nutre, bem como contribuíram para o entendimento dos sentidos da construção de imagens patrimoniais.

Palavras-chave: Patrimônio Histórico. Preservação. Políticas Patrimoniais. Centro Histórico. Lapa.

Downloads 4949  4949  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPH - UEM  Site http://www.pph.uem.br/Site/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O Ensino de História nos primeiros anos do Ensino Fundamental: o uso de fontes Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
BERNARDO, Susana Barbosa R.

O presente trabalho está inserido no campo de reflexão a respeito do ensino de História e do saber discente. O objetivo principal foi o de refletir sobre a construção do saber histórico nos primeiros anos do ensino fundamental a partir do uso de fontes. Considerando a perspectiva teórica acerca da formação histórica apresentada pelo historiador alemão Jörn Rüsen, a pesquisa foi realizada no município de Tarumã (SP), com oito classes do Ensino Fundamental, sendo duas classes de cada série a partir do segundo ano. Procurou-se verificar se são ou não utilizadas fontes históricas nas aulas de História nesta etapa de estudo. Buscou- se também investigar qual a compreensão dos alunos acerca das fontes históricas e se estes são capazes ou não de realizar inferências a partir destas. Discute-se ainda a natureza e o estatuto das fontes históricas no conhecimento científico e no conhecimento escolar.

Palavras-chave: Fontes históricas. Anos iniciais do ensino fundamental. Ensino de história.

Downloads 1512  1512  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGHS - UEL  Site http://www.uel.br/pos/mesthis/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O uso da imagem no Ensino Médio: uma avaliação sobre essa contribuição para a aprendizagem  Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
MOIMAZ, Érica R.

A partir da década de 1980, houve um repensar do ensino de História, sendo proposto o uso de diferentes linguagens culturais em sala de aula. Nessa mesma época, a imagem passou a ser utilizada com maior frequência como evidência em relação ao passado. Situamos nosso objeto de estudo neste contexto, considerando a importância dos objetos mediadores para a construção do conhecimento histórico. Propomos uma reflexão sobre o uso adequado de imagens, em especial a pintura histórica, como documento e fonte histórica escolar, como objeto mediador para a aprendizagem dos conteúdos em História. A leitura das pinturas permite a construção do conhecimento histórico. O primeiro contato com a obra, a identificação do tema, a reflexão sobre os elementos apresentados, ou melhor, a consciência do que se vê, a interpretação do fato apresentado na obra e sua contextualização são operações fundamentais as quais possibilitam, concomitantemente, a leitura e compreensão da obra e a construção do conhecimento. Observamos os resultados positivos referentes ao uso da pintura histórica em sala de aula quando realizamos uma investigação com alunos do Ensino Médio. Esses alunos estudaram o tema "descobrimento do Brasil" por meio das pinturas históricas "Descoberta do Brasil" (1922) e "Índios a bordo da nau capitânia" (c. 1900) de Oscar Pereira da Silva, "Primeira Missa" (1861) de Victor Meirelles e "Elevação da Cruz" (1879) de Pedro Peres. A pintura estabelece uma narrativa. Ao produzirem mapas conceituais, os alunos construíram uma narrativa em torno do tema estudado, organizando as informações e os conceitos históricos e demonstrando compreender a história narrada nas pinturas, relacionando-a com as informações dispostas em outros textos, bem como dialogando com seus conhecimentos prévios.

Palavras-chave: Ensino de História. Pintura histórica. Construção do conhecimento.

Downloads 5001  5001  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGHS - UEL  Site http://www.uel.br/pos/mesthis/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!A representação visual da mulher na imprensa comunista brasileira (1945-1957) Popular Versão: PDF
Atualização:  11/10/2013
Descrição:
TORRES, Juliana D.

A imprensa comunista brasileira, com a legalidade do Partido Comunista do Brasil em 1945, passou a contar com vários jornais, revistas, romances, panfletos entre outras formas impressas. Essa imprensa utilizou diferentes recursos imagéticos, alguns dos quais são o objeto deste trabalho: ilustrações, gravuras, caricaturas, charges e histórias em quadrinhos. Sendo assim, percebemos que as imagens, assim como os textos, são interessantes meios de evidência histórica, pois em suas representações apontam pistas, sinais, indícios de um determinado período, sociedade e imaginário de um grupo. Naquele momento, a preocupação de grande parte dos artistas brasileiros estava voltada para a figura humana em diferentes cenas do cotidiano e temas sociais, como a vida urbana, o trabalho, o drama da guerra, em movimentos. Diante da ênfase dos militantes e simpatizantes para o "realismo" e "arte para o povo", muitos artistas encontraram no ideário do partido o espaço para seus trabalhos. A imprensa partidária seguia os pressupostos leninistas de educar para elevar o nível de consciência política, organizar o povo e propagar a linha ideológica. A constante presença das mulheres nas imagens mostra a sua importância para os projetos do PCB. Tendo como objetivo analisar a representação destas nas artes visuais dos periódicos comunistas, verificamos que era a mulher comum, real, que aparecia em suas páginas: aquela que sofria com os problemas sociais, a trabalhadora fora e no espaço do lar e, ao mesmo tempo, politicamente engajada (segurando faixas, placas e bandeiras no movimento). Observamos também algumas mulheres representadas como heroína e modelo para as demais.

Palavras-chave: Imagem. Representação. Mulher. Imprensa Comunista Brasileira.

Downloads 3587  3587  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGHS - UEL  Site http://www.uel.br/pos/mesthis/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Aula de História: uma perspectiva colaborativa na produção de conhecimento no ensino médio Popular Versão: PDF
Atualização:  11/10/2013
Descrição:
SCARRANARO, Márcia Maria.

Esta pesquisa tem como objetivo compreender criticamente a atividade de ensino-aprendizagem de História em uma escola da rede oficial estadual de ensino, e sua relação com a formação de alunos cidadãos. O foco está na compreensão e análise crítica do papel do professor na criação de lócus para o compartilhamento de significados, de forma a possibilitar a participação dos alunos em lugar de apenas enfocar a transmissão de um conhecimento como um fim em si mesmo. Foi realizada em uma escola pública na cidade de Mauá-SP, com alunos do terceiro ano do ensino médio noturno. As questões de ensino-aprendizagem de História são discutidas com base em Bittencourt (1988/1990, 1997/2006), Fonseca (2003, 2004, 2007/2009) e Kuenzer (2004) que apontam a ênfase em aulas expositivas como um problema que contribui para que o aluno assuma uma postura passiva na aula de História e na vida. O ensino-aprendizagem é entendido como uma atividade-sócio-histórica, culturalmente situada, ressaltando o papel da linguagem na interação social na produção do conhecimento. O arcabouço teórico está fundamentado na TASHC - Teoria da Atividade Sócio Histórico Cultural, de acordo com a teoria de Vygotsky (1925/2004, 1930/2004, 1930a/1991, 1934/2001), Leontiev (1978) e Engeström (1987, 1999,2001) A metodologia adotada é a Pesquisa Crítica de Colaboração, conforme discutida por Magalhães (1994/2007, 1998b/2007, 2003/2007, 2004, 2009p) é uma pesquisa de intervenção focada na compreensão do contexto e na produção colaborativa de ações que objetivam a coesão do grupo, convivência harmoniosa e o empoderamento dos participantes. Os resultados encontrados revelaram que a mudança na ação mediadora em função das necessidades dos participantes propiciou o desenvolvimento do pensamento reflexivo crítico (SMYTH,1992), e de atitudes colaborativas revelando transformações na maneira como os participantes percebem, agem e compreendem a realidade objetiva, impulsionando o exercício da postura cidadã menos ingênua mais participativa e crítica.

Palavras-Chave: História. Ensino-aprendizagem. Linguagem. Teoria da Atividade.

Downloads 517  517  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma LAEL - PUC/SP  Site http://www.pucsp.br/pos-graduacao/mestrado-e-doutorado/linguistica-aplicada-e-estudos-da-linguagem
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Bens simbólicos em laços de pertencimento: família, religiosidade e identidade étnica Popular Versão: PDE
Atualização:  11/10/2013
Descrição:
SCARPIM, Fábio A.

A presente pesquisa tem como objetivo analisar a construção da identidade etnocultural de um grupo de imigrantes italianos e seus descendentes instalados no município de Campo Largo (Paraná) no período de 1878 a 1937. Para isso, partimos do pressuposto de que a identidade de um um grupo étnico surge quando do contato interétnico, ou seja, da necessidade da afirmação de um nós diante dos outros. Nessa direção analisamos alguns dos signos culturais acionados pelo grupo para a construção de um sentimento de pertencimento grupal. Tais signos analisados foram as relações familiares, a religiosidade e as práticas de transmissão dos nomes de batismo. Procuramos verificar nesse trabalho como o grupo em estudo construiu sua identidade pautada pelos referenciais simbólicos e culturais da terra de partida, assim como se dá o processo de mudança tendo em vista a nova realidade e os contato culturais estabelecidos com os brasileiros. Para conduzir essa análise, utilizamos principalmente registros paroquiais (atas de batismos, casamentos e óbitos) que foram sistematizados pela metodologia de reconstituição de famílias, oriunda da demografia histórica. Através da análise da documentação foi possível perceber nos comportamentos referentes a família, as práticas religiosas e aos nomes de batismos a predominância de elementos típicos do mundo rural de origem desses imigrantes que simbolicamente os ligavam a terra de seus ancestrais.

Palavras chaves: Imigrantes italianos. Identidade. Família. Religiosidade. Nomes de batismo.

Downloads 8132  8132  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!A expectativa de mais um Luzeiro do Saber em Curitiba: o Internato do Ginásio Paranaense (1919-1942) Popular Versão: PDF
Atualização:  4/10/2013
Descrição:
SANTOS, Juraci

A presente investigação objetivou evidenciar se a expectativa criada em torno do Internato do Ginásio Paranaense (1919 -1942) como mais um Luzeiro do Saber na cidade de Curitiba foi concretizada. A instituição investigada foi criada como um anexo do Ginásio Paranaense, atual Colégio Estadual do Paraná. Através desta investigação pretendeu-se analisar o Internato do Ginásio Paranaense a partir do seu intramuros, inventariando seu cotidiano na tentativa de trazer a tona noções das práticas dos diferentes sujeitos que vivenciaram seu cotidiano. Para tanto procurei analisar as estratégias utilizadas pelo governo do Paraná e pela direção geral do Ginásio Paranaense por ocasião da criação, funcionamento e manutenção desta instituição, bem como as estratégias da Igreja Católica local para se fazer presente na instituição e reforçar seus valores junto aos ginasianos. O referencial teórico utilizado foram os conceitos de estratégias e táticas do Historiador Michel de Certeau e o de Cultura escolar de Viñao Frago. Para produção desta narrativa utilizei as seguintes fontes, a saber: do arquivo escolar do Internato do Ginásio Paranaense, disponíveis no atual Colégio Marista Paranaense, os jornais Gazeta do Povo e o Dia entre 1919 a1942, relatórios da subdireção do Internato apresentado a direção geral desta instituição, mensagens e relatórios de governo e algumas correspondências dos padres lazaristas e de alunos. A justificativa para presente pesquisa foi à busca da construção de memória relativo ao ensino secundário público em Curitiba. Esperamos que este trabalho possa contribuir para configuração de um quadro da história da educação secundaria paranaense e, que ao mesmo tempo possa servir para outros trabalhos no sentido de ampliar a discussão apresentada. Esta investigação desdobrou em três capítulos, sendo que o primeiro faz uma abordagem sobre a criação do Internato, a equiparação dessa instituição ao Colégio Pedro II e, como aconteceu à transferência da mesma de uma gestão laica para uma gestão da Igreja Católica local, primeiramente sob a administração dos padres lazaristas entre (1925 a 1939) e posteriormente pelos Irmãos Maristas do Sul 1939 a 1942. Ainda neste primeiro capítulo procurei trazer à tona quais foram às estratégias do Estado e da direção geral do Ginásio Paranaense ao que tange a criação e manutenção do Internato e quais as estratégias da Igreja Católica local para se fazer presente na instituição e reforçar seus valores junto aos ginasianos. No segundo capítulo abordo sobre a presença da instituição no cenário da educação curitibana procurando ter uma noção de como foi o ensino secundário regular na instituição imposto pelo regime republicano versus exames parcelados herdados do antigo regime (Império) e como foi o ensino secundário regular na instituição na década de 1930 sob a inspeção federal. O terceiro e último versa sobre algumas reflexões relativas à cultura escolar do Internato, mais especificamente sobre as práticas pedagógicas, na tentativa de captar nuances das práticas dos professores relativo a metodologia aplicada na década de 1920 e 1930 e, por fim procurei trazer a tona as apropriações que os ginasianos fizeram do código disciplinar ao que tange ao uso dos espaços e do tempo na instituição.

Palavras-chave: Instituição Educativa. Ensino secundário. Estratégias etáticas. Cultura escolar.

Downloads 1680  1680  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGE - UFPR  Site http://www.ppge.ufpr.br/inicio.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Escola maternal: história, assistência e escolarização da infância em Curitiba (1928-1944) Popular Versão: PDF
Atualização:  14/10/2013
Descrição:
TURINA, Keli F. Rucco

A pesquisa teve como objeto de investigação as práticas de atendimento à infância pequena no Paraná no início do século XX por meio da constituição da Escola Maternal da Sociedade de Socorro aos Necessitados. A proposta deste texto é compreender a constituição da Escola Maternal na cidade de Curitiba, suas modalidades, suas formas de atendimento e as motivações que a constituíram como necessária no cenário curitibano. Algumas inquietações sobre a proposta da Sociedade de Socorro aos Necessitados motivaram a investigação que deu origem a este trabalho. O foco de análise do estudo é compreender quais elementos motivaram e sustentaram a necessidade de organização de uma Escola Maternal na capital paranaense no início do século XX e sobre quais bases esta Escola foi definida, defendida e organizada pela Sociedade de Socorro aos Necessitados. O recorte temporal proposto é o período de 1928 a 1944. O ano de 1928 marca as discussões, a elaboração do regimento e a fundação da Escola Maternal, considerada, com base nas fontes analisadas, como a primeira escola maternal do Paraná. Para o recorte final indica-se o ano de 1944 porque neste ano iniciou-se o processo de desvinculação entre a Escola Maternal e a Sociedade de Socorro aos Necessitados. As fontes priorizadas no desenvolvimento do trabalho são: regimento e relatórios da Sociedade de Socorro aos Necessitados e da Escola Maternal; algumas matérias jornalísticas e diversos documentos, como artigos, produzidos por personagens envolvidos com a assistência e a escolarização da infância. Parte dos referenciais teóricos que contribuem com a discussão sobre a infância e sua educação são Egle Becchi, Maria Luiza Marcílio e Tizuko Kishimoto, entre outros. A proposta de trabalho é conduzida com base nas considerações de Kuhlmann Jr. sobre a assistência científica e educação assistencialista, bem como as contribuições de Faria Filho sobre a escolarização da infância e Vincent; Lahire & Thin, sobre forma escolar. Estes estudos corroboram a ideia defendida aqui que a práticas de escolarização e assistência à infância ocorriam concomitantemente na Escola Maternal. As propostas e ações da Escola Maternal pretendiam modificar hábitos morais, sociais e higiênicos da população pobre tendo em vista a moralização e a civilidade destas crianças e de suas famílias.

Palavras-chave: Escola Maternal. História da Escolarização da Infância. História da Assistência à Infância. História da Infância. História da Educação.

Downloads 1530  1530  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGE - UFPR  Site http://www.ppge.ufpr.br/inicio.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 (7) 8 9 10 11 12 »