Educadores

Ínicio : História : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (26)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do pior para o melhor avaliado)

Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Se armaron com ellos las ideas para resistir a la fuerza: Herrera Y Obes, Berro, Antuña e Zás Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
VIACAVA, Juan Andrés C.

Esta dissertação tem como objetivo estudar algumas relações entre caudilhismo e Estado para o contexto da "Guerra Grande" uruguaia. Para a historiografia platina, o caudilho e seu fenômeno condensam uma série de relações sociais e políticas, resultando em modelos específicos de Estado e sociedade. Abordando sentidos construídos para as palavras "revolução" e "civilização" na interpretação de movimentos que se consideravam revolucionários no contexto platino da primeira metade do século XIX, examinam-se os textos de Manuel Herrera y Obes e Bernardo Prudencio Berro, publicados entre 1847 e 1848 como exemplos de dois indivíduos que puderam entender e reconstruir sua recente história sob a influência do contexto bélico da "Guerra Grande" e de um campo de discussão que abrangia ambas as margens do rio da Prata. Na seqüência, com a ajuda das memórias de José Encarnación de Zás e Francisco Solano Antuña, procurar-se-á analisar possíveis combinações ou antagonismos entre instituições estatais e determinados elementos do caudilhismo. Estas duas últimas fontes não tinham as mesmas finalidades da escrita de Herrera y Obes e Bernardo Berro, uma vez que os textos de Zás e Antuña estavam baseados em suas experiências cotidianas e não tinham como objetivo a publicação; entretanto, as informações ali contidas oferecem boas oportunidades de verificação da utilização das categorias "civilização e barbárie" e "caudilhismo" em práticas políticas e estratégias de alguns atores sociais daquele período. Desta forma, serão encontrados elementos "modernos" e de Antigo Regime combinados na organização de instâncias estatais, discursos e práticas políticas.

Palavras-chave: Caudilhismo. Estado. América Ibérica.

Downloads 879  879  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!A crise do Governo Collor e a tática do PT Popular Versão: PDF
Atualização:  2/10/2013
Descrição:
MARTUSCELLI, Danilo Enrico

Esta pesquisa visa analisar a crise do governo Collor e a tática política do Partido dos Trabalhadores (PT) naquela conjuntura. A crise política ocorrida durante o mandato do primeiro governo neoliberal no país configurou-se como uma crise de governo e não uma crise da proposta neoliberal. A predominância da bandeira da ética na política no movimento pelo impedimento de Collor evidencia essa questão. A despeito de o discurso da ética na política remeter, muitas vezes, a descontentamentos específicos e diversos causados, em diferentes setores sociais, pelo início da implantação do programa neoliberal, mesmo quando tais descontentamentos não eram verbalizados pelos agentes, o discurso hegemônico no movimento pelo impeachment de Fernando Collor foi um discurso moralista contra a corrupção, deixando de lado a crítica do modelo neoliberal. O PT não fugiu à tendência dominante do movimento pró-impeachment, vindo a aderir à campanha pela ética na política e a atacar o presidente Collor a partir de um discurso moralista que relegou ao segundo plano a crítica e a denúncia do caráter de classe das políticas neoliberais e satisfez-se apenas com a denúncia da política recessiva do governo Collor, tática que se inscreve na luta contra os efeitos das políticas neoliberais e não propriamente contra essas políticas. Esse comportamento político pode ser considerado como um indicador do processo de aceitação passiva, por parte do PT, das propostas neoliberais.

Palavras-chave: Governo Collor. Neoliberalismo. Crise de governo. Partido dos Trabalhadores.

Downloads 989  989  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma IFCH - Unicamp  Site http://www.ifch.unicamp.br/pos/cienciapolitica/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!À luz do cabedal: acumular e transmitir bens os sertões de Curitiba(1695-1805) Popular Versão: PDF
Atualização:  4/10/2013
Descrição:
STANCZYK FILHO, Milton

Esta dissertação tem por objetivo analisar os processos de acumulação e transmissão de bens nos sertões de Curitiba durante o setecentos. Para tanto, busca observar no rol de testamentos, inventários post-mortem e auto de contas, tanto os procedimentos legais (emanados das Ordenações Filipinas de 1603) quanto as modalidades de vínculo social ou parental que o testador/inventariado tinha para com os demais beneficiados em sua herança. A partir dos levantamentos realizados no Arquivo Público do Paraná, Arquivo Metropolitano Dom Leopoldo Duarte, da Mitra Arquidiocesana de São Paulo e o Arquivo da Catedral Basílica Menor de Nossa Senhora da Luz de Curitiba, o estudo apresenta dados referentes ao patrimônio e à posição social dos 69 testadores e inventariados com a intenção de relacionar atividades, cargos e, ou, ofícios com acúmulo de cabedal. Com isso e procurando observar quais alianças – casamentos, relações parentais e sociais – levariam os indivíduos a um bem viver, é possível reconstruir suas trajetórias de vida.

Palavras-chave: Acumulação e transmissão de bens. Mobilidade social. Curitiba setecentista.

Downloads 407  407  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Plantadores de raiz: escravidão e compadrio nas freguesias Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
SILVA, Denize A. da

Nas últimas décadas a historiografia brasileira vem concentrando esforços na direção de entender as sociabilidades dos escravos. Neste sentido, esta pesquisa sobre escravidão e compadrio de escravos nas freguesias de Nossa Senhora da Graça e de São Francisco Xavier, no período entre 1845 a 1888, investiga as estratégias de construção das relações sociais nos cativeiros destas localidades. As referidas freguesias estavam localizadas no litoral norte da antiga Província de Santa Catarina atual Estado do mesmo nome, tinham como características marcantes uma economia de abastecimento, escravarias relativamente pequenas e uma população escrava na sua maioria crioula. Os documentos sugerem, em especial sobre a freguesia Nossa Senhora da Graça, que os senhores estavam intimamente envolvidos no tráfico interno de cativos, e que possivelmente cederam escravos para outras regiões. A análise sobre escravidão está centrada nas relações de compadrio dos escravos. O compadrio mostrou muitos aspectos sobre a vida em cativeiro e também apontou para as estratégias desenvolvidas para organizar redes sociais no interior e fora da comunidade escrava. Percebeu-se que o compadrio propiciou aos cativos ampliar e solidificar arranjos e laços familiares, pois gerava um compromisso de solidariedade entre pais, padrinhos e afilhados. Durante muito tempo ventilou-se a idéia que os escravos procuravam no compadrio uma forma de garantir "vantagens" e que sendo assim apostavam em compadres com melhor posição social. No que diz respeito ao compadrio de escravos na freguesia Nossa Senhora da Graça, notou-se que um número significativo de cativos preferiu firmar laços de compromisso com seus pares. Em alguns momentos forma 43,2% de crianças cativas sendo batizadas por pessoas nesta mesma condição social. Nas freguesias estudadas o compadrio muito provavelmente se apresentou como uma estratégia para os escravos ampliarem e solidificarem suas relações comunitárias.

Palavras-chave: Escravidão. Compadrio. Comunidade escrava. Tráfico interno.

Downloads 1764  1764  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O Império das Carapuças: Espaço público e periodismo político no tempo das regências (1832-1842) Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
FELDMAN, Ariel

O objetivo deste trabalho é analisar, sob um enfoque político, os escritos de Miguel do Sacramento Lopes Gama (1792-1852) publicados no periódico O Carapuceiro, editado no Recife entre 1832 e 1842, durante o período das regências e nos primeiros anos do Segundo Reinado. A historiografia, desde o século XIX, tem privilegiado a crítica de costumes que, supostamente, empreendeu esse periódico. O presente trabalho, por sua vez, pretende lançar um olhar diferenciado e demonstrar como esse jornal exerceu grande influência nos espaços públicos de discussão política, e também revelar como as idéias de Lopes Gama representaram uma importante manifestação do pensamento conservador que sustentou as bases do império.

Palavras-chave: "O Carapuceiro". Período das regências. Espaços públicos. Discussão política. Periodismo.

Downloads 2045  2045  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Mudanças culturais no meio artístico de Curitiba entre as décadas de 1960 e 1990 Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
GASSEN, Lilian H.

Neste trabalho, discutimos algumas mudanças culturais no meio artístico curitibano relacionadas a duas maneiras diferentes de se entender a arte – como pintura e como objeto – entre as décadas de 1960 e 1990. A partir disso, procuramos saber quem eram os indivíduos relacionados a cada um desses entendimentos de arte e como isso interferia na produção artística, nas instituições da arte, na comercialização e no público das artes plásticas. Para isso, em nossa abordagem, tratamos a obra de arte como um objeto cultural que permite analisar o percurso da obra na sociedade, desde sua criação, passando por sua exposição, até sua comercialização, de modo a possibilitar também observarmos os agentes relacionados a cada um desses momentos do percurso da obra e suas transformações ao longo de quatro décadas em Curitiba.

Palavras-chave: Meio artístico. Mudanças culturais. Concepções de arte.

Downloads 542  542  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!A construção de uma memória para a nação: a participação do Museu Paranaense (1882) Popular Versão: PDF
Atualização:  2/10/2013
Descrição:
RANKEL, Luiz Fernando

A Exposição Antropológica Brasileira de 1882, ocorrida no Museu Nacional no Rio de Janeiro, foi o maior evento científico do século XIX no Brasil. A presente dissertação analisa, além do evento em si, a participação do Museu Paranaense na Exposição Antropológica, principalmente através do envio de objetos que compunham a cultura material dos povos indígenas que habitavam a província paranaense. Este processo teve implicações históricas e culturais relativas à construção de uma memória específica para a nação que estava em formação no Brasil, a partir de teorias de cunho racialista vigentes à época.

Palavras-chave: Museu. Museu Paranaense. Arqueologia. Exposição. Antropológica.

Downloads 1161  1161  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O Crescente e a Estrela na terra dos pinheirais: os árabes muçulmanos em Curitiba (1945-1984) Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
NASSER FILHO, Omar

Este estudo trata da imigração árabe muçulmana para Curitiba entre os anos de 1945 e 1984. As balizas temporais que delimitam a presente dissertação marcam o período de quatro décadas em que a etnia afirma sua presença na cidade, a começar pelo crescimento do fluxo imigratório no pós-guerra, terminando com a inauguração daquele que pode ser considerado o mais recente marco institucional da comunidade, depois de construída a sede da Sociedade Beneficente Muçulmana do Paraná e da Mesquita Imam Ali: o Cemitério Jardim de Allah. Buscamos compreender como seu deu o processo de inserção do grupo no território de recepção, atentando para as negociações que os imigrantes e seus descendentes fizeram ao longo desta trajetória em relação aos elementos identitários de ordem familiar, comunal e religiosa - considerados relevantes para o grupo em questão - bem como para as estratégias econômicas adotadas para sobreviver e acumular capital. Para tanto, traçamos um quadro da conjuntura sócio-econômica do Oriente Médio, do Brasil e de Curitiba à época da vinda destes imigrantes, procurando entender de que maneira estes fatores influenciaram o despertar do desejo imigratório entre os árabes muçulmanos e sua decisão de optar pelo país. Tentamos identificar, dentre os povos árabes muçulmanos, aquele (ou aqueles) que, em maior número, veio (vieram) ao Brasil. Procuramos demonstrar o impacto do momento da chegada e os primeiros olhares dos imigrantes sobre o país e a cidade, discutindo a importância que a existência de uma rede prévia de indivíduos pertencente ao mesmo grupo teve para suas primeiras sociabilidades. Para buscar as informações que dão suporte a nossas análises, além de consultar os documentos e registros da Sociedade Beneficente Muçulmana do Paraná, utilizamos como fonte – talvez a principal deste estudo – os depoimentos tomados dos imigrantes que chegaram à cidade no pós-guerra e seus descendentes, avaliando numa perspectiva inter-geracional a vivência da cultura árabe islâmica em Curitiba.

Palavras-chave: Imigração. Árabes muçulmanos. Valores culturais. Identidade.

Downloads 2924  2924  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O sentido do trabalho: visões de um problema nos séculos XIX e XX Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
AMARAL, Rosana A. do

Esta dissertação de mestrado estuda como se apresenta o sentido do trabalho particularmente no fim do século XIX e primeira metade do século XX além de seus impactos na vida das pessoas. Foram identificados elementos para a discussão e análise da recuperação do sentido do trabalho. Os principais conceitos utilizados foram técnica e razão de Ortega y Gasset, sentido do trabalho de Viktor E. Frankl e ócio de Josef Pieper. Nossa hipótese é que uma das principais alternativas para recuperar o sentido do trabalho é o ócio utilizado para a educação do trabalhador.

Palavras-chave: Sentido do trabalho. Ócio. História Social. Trabalhador. Educação.

Downloads 486  486  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGHS - USP  Site http://historia.fflch.usp.br/posgraduacao/hs
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Um cronista da cidade: Curitiba no jornal sob o olhar de Jamil Snege 1997-2003 Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
ALMEIDA, Camila G.

As relações entre a cidade e os discursos que inspira a partir de fontes oficiais ou alternativas estão no foco desta pesquisa – Um cronista da cidade: Curitiba no jornal sob o olhar de Jamil Snege 1997-2003. O trabalho aqui proposto trata do confronto entre o imaginário formal difundido historicamente sobre o espaço citadino – no caso, o modelo de marketing bem-sucedido em que se transformou Curitiba – e os olhares particulares, e muitas vezes provocadores, contidos na crônica contemporânea a respeito da capital paranaense. Gênero híbrido, na fronteira entre o jornalismo e a literatura, a crônica se apresentaria como o espaço por excelência da cidade. Essa estreita relação se daria, em boa parte, por seu forte vínculo com o jornal, reforçando aí o caráter cotidiano desse tipo de texto. No Paraná, um exemplo de cronista que transporta o local, com boa dose de ironia e irreverência, para seus textos estaria no escritor Jamil Snege, colaborador do espaço de crônicas da seção Caderno G do jornal Gazeta do Povo entre maio de 1997 e maio de 2003, ano de seu falecimento. Tendo, assim, a produção de Snege nos sete anos em que colaborou com o jornal como ponto de referência – com suporte também nos textos do escritor Roberto Gomes e do artista plástico Carlos Dala Stella, que dividiram com Snege o espaço de crônicas do Caderno G no referido período –, propõe-se nas próximas páginas verificar como se dá, estética e tematicamente, a tensão entre a cidade divulgada pela propaganda oficial e a cidade de todos os dias na crônica voltada ao grande público, tendo no jornal diário seu meio de difusão e também (por que não) de ação.

Palavras-chave: Jamil Snege. Curitiba. Paranismo. Crônica. Gazeta do Povo, Jornal. Cidade. Modernidade.

Downloads 6142  6142  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGL - UFPR  Site http://pgletras.org/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 (6) 7 8 9 10 11 12 »