Educadores

Ínicio : Geografia : Cartografia : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Construção de um mapa tátil do campus Seropédica da UFRRJ Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2012
Descrição:
FERREIRA, Maria Engracinda dos Santos

Este trabalho apresenta um estudo breve sobre a construção de um mapa tátil de parte do campus de Seropédica da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Aborda um breve histórico sobre a origem do sistema Braille, possibilitando aos deficientes visuais ascender tanto no contexto profissional, como intelectual e cultural. Aborda o conceito de mapas táteis e os cuidados que devem ser tomados na produção dos mesmos, tendo em vista a importância em orientar e fornecer informações a respeito do espaço geográfico para usuários com problemas visuais. Este trabalho tem o objetivo de oferecer subsídios científicos e práticos para a cartografia tátil que é desenvolvida por poucos profissionais no Brasil e no mundo, porém de grande relevância. O mapa produzido atendeu às necessidades do usuário, uma vez que o produto final mostrou ser eficiente, pois através dos testes de percepção o deficiente visual pode “ler” o mapa como aqueles que têm visão normal.

Palavras-chave: Mapa tátil. Sistema Braille. Espaço geográfico. Cartografia tátil.

Downloads 341  341  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFFRJ  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Elaboração de metodologia de atualização cartográfica da região Amazônica utilizando imagens dos sat Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2012
Descrição:
QUADROS, Lauro de Miranda; FILHO, Luiz Carlos Teixeira Coelho; SOUZA, Lupuna Corrêa de; ATAÍDE, Marcos Sebastião; FONSECA, Nabbor Santiago da; ALVARES, Robson Pereira; PACHECO, Wesley Luis

O desenvolvimento deste trabalho tem por fim estabelecer uma metodologia para atualização cartográfica na região amazônica utilizando imagens de satélite. Como base foi utilizada a norma formulada pela Diretoria de Serviço Geográfico (DSG). Pelo fato de a região Amazônica possuir peculiaridades adversas às demais regiões brasileiras, relacionadas ao seu ciclo hidrológico e dificuldades de acesso, faz-se necessária à adaptação dos trabalhos convencionais à região em questão. O estudo aborda os prós e contras de se adotar um modelo de classificação supervisionada em detrimento ao método automático, dada a quantidade menor de classes. Também é estudada a possibilidade de atualização de hidrografia baseada em imagens de cheia e vazante. Por fim, trabalhos de campo estão sendo realizados com vista a desenvolver uma biblioteca de classes, que solucione as diferenças específicas destas áreas.

Palavras-chave: Região Amazônica. Satélite Landsat. Satélite CBERS. Imagens de satélite. Ciclo hidrológico. Hidrografia.

Downloads 1635  1635  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Experiência na aplicação da Cartografia tátil no ensino de Geografia Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
SENA, Carla Cristina Reinaldo Gimenes de

Ver, escutar, cheirar, degustar e tocar. Todos esses sentidos são os meios que utilizamos para receber as informações do entorno. Essas informações são fundamentais para o nosso desenvolvimento e também para nos comunicarmos. A pessoa com deficiência visual tem diminuída ou mesmo comprometida a capacidade de decodificar informações que estão sintetizadas em imagens, necessitando de uma adaptação dessa informação para a sua compreensão parcial ou total. Quando isso ocorre, os demais sentidos, principalmente a audição e o tato, se forem estimulados de maneira correta, podem auxiliar e até substituir a visão no processo de percepção e interação com o meio. A estimulação deve levar em consideração que as pessoas, independente de apresentarem uma deficiência, não constróem seu esquema corporal sozinhas, elas necessitam da relação com outras pessoas e com o meio. A pessoa que não constrói satisfatoriamente seu esquema corporal terá dificuldade de reconhecer o espaço ao seu redor, prejudicando sua mobilidade e, por consequência, sua autonomia. Juntamente com a estimulação correta dos demais sentidos é fundamental a adaptação ou modificação da forma como a informação é disponibilizada a esse público. Este trabalho relata a experiência na seleção e adaptação de mapas e ilustrações para a linguagem tátil com o objetivo de auxiliar o ensino sobre alguns aspectos da cidade de São Paulo, com destaque para o seu crescimento urbano para estudantes com deficiência visual. Elaborou-se uma sequência de mapas que representam a área urbana de São Paulo em cinco épocas distintas. Foi construída uma maquete que representa a cidade na primeira metade do século XIX, a maquete contém alguns sensores de toque que permitiram a inserção de sons com informações sobre patrimônios históricos da região central da cidade. O objetivo desses materiais é proporcionar a compreensão de um recorte histórico geográfico sobre São Paulo, auxiliando o estudante com deficiência visual a avançar do nível da identificação e localização para a interpretação, análise e síntese dos assuntos estudados. Para ilustrar parte do processo histórico ocorrido optou-se por trabalhar, além da maquete e dos mapas, com ilustrações das fachadas de alguns edifícios históricos do centro, que também sofreram alterações, algumas bem radicais – como é o caso da igreja da Sé, demolida para dar lugar à atual catedral, por exemplo. O desenvolvimento do trabalho mostrou que quando os estudantes com deficiência visual têm a oportunidade de participar ativamente de um processo de aprendizagem que estimula sua percepção tátil, respeita sua vivência e trabalha com as noções básicas do mapa (escala, ponto de vista, orientação, localização e simbologia) podem alcançar níveis satisfatórios de compreensão das representações gráficas. Nesse sentido, é possível que a associação de mapas táteis com outros recursos didáticos como maquetes sonoras e ilustrações facilite o processo de aprendizagem de um tema especifico para estudantes com deficiência visual, desencadeando uma discussão mais ampla e reflexiva sobre o que está sendo estudado.

Palavras chave: Cartografia tátil. Deficiência visual. Ensino de Geografia. Inclusão. Mapas táteis. Maquete sonora.

Downloads 2930  2930  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Ferramentas da internet para o ensino de Cartografia para crianças Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2012
Descrição:
BARROS, Márcia Rejane Oliveira; SILVA, Mirele Viegas da; SÁ, Lucilene Antunes Correia Marques de

O trabalho apresenta um projeto para elaboração de um site sobre Cartografia, oferecendo uma nova metodologia de ensino da Cartografia para crianças na fase da educação infantil. A proposta está baseada na visualização do espaço tridimensional, para percepção de formas e volumes, utilizando técnicas de Modelo Digital de Terreno (MDT). O objetivo é gerar um material que motive as crianças a se alfabetizarem na Cartografia, estimulando e familiarizando o uso de mapas na internet, permitindo, assim, o acompanhamento dos avanços tecnológicos. Apesar do estudo visar, neste primeiro momento, o ensino da Cartografia diretamente ligado à Geografia, as aplicações poderão ser estendidas ao ensino de outras ciências, como a História.

Palavras-chave: Internet. Cartografia. Metodologia. Mapas. Geografia.

Downloads 3275  3275  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Interação Universidade e Escola Públicas: a utilização de mapas táteis por uma professora em aulas i Popular Versão: 
Atualização:  9/5/2013
Descrição:
JULIASZ, Paula Cristiane Strina; FREITAS, Maria Isabel Castreghini de

Com o intuito de contribuir no cumprimento da lei federal brasileira 10639/03, no período de Agosto de 2007 a Julho de 2008, o projeto “Cartografia Tátil e Didática Multisensorial: uma construção diferenciada de mapas sobre a África e sua influência no Brasil”, produzindo a Coletânea de Mapas Multisensoriais: Brasil e África e que avaliada através de aulas práticas, utilizando recursos multissensoriais – que utilizam todos os sentidos, não se centrando apenas em um – com alunos com necessidades educacionais especiais da EMIEE “Maria Aparecida Muniz Michelin – José Benedito Carneiro” Deficientes Auditivos e Deficientes Visuais – EE - localizada no município de Araras (SP). Na continuidade desta pesquisa, no período de agosto de 2008 a julho de 2009, optou-se por transferir o foco da pesquisa para o professor, a fim de aprofundar o estudo da utilização de material cartográfico pelos alunos deficientes visuais, tendo como base duas questões: “como o professor pode utilizar essa coletânea para auxiliar na ampliação do conhecimento dos alunos sobre a formação histórico-cultural do povo brasileiro?”. E, “como divulgar a experiência adquirida na EE por meio de um material com linguagem que estimule o professor a desenvolver mapas táteis e práticas de aula tendo como base sua realidade local?”. Esse trabalho traz os resultados obtidos.

Palavras-chave: Cartografia tátil. África. Brasil. Mapas. Didática multissensorial.

Downloads 751  751  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unesp  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Manual de utilização do programa Philcarto  Popular Versão: 
Atualização:  24/9/2013
Descrição:
GIRARDI, Eduardo Paulon

Nosso objetivo é disponibilizar um manual de utilização do programa de cartomática Philcarto, em português, para possibilitar a difusão do programa no Brasil e com isso ampliar uso do mapa nas pesquisas geográficas brasileiras.

Palavras-chave: Philcarto. Software. Cartografia. Geoprocessamento. Geotecnologias. Geografia. Espaço geográfico.

Downloads 2898  2898  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www2.fct.unesp.br/nera/atlas/downloads.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Mapa tátil: passaporte para a inclusão Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
ALMEIDA, Luciana Cristina de

Esse artigo versa sobre a importância de um instrumento facilitador da mobilidade do portador de deficiência visual no centro de cidades e o auxilie na aquisição de independência pessoal e social. Relata a experiência vivida pelas autoras durante a elaboração de um Mapa Tátil em escala grande, da área central de Florianópolis, atividade que promoveu a ligação entre ensino, pesquisa e extensão, considerando as disciplinas de Cartografia, o ensino de Geografia e o papel dos mapas na formação de uma consciência espacial do cidadão.

Palavras-chave: Cartografia tátil. Geografia. Deficiência visual.

Downloads 397  397  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Mapas táteis Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2012
Descrição:
OLIVEIRA, Cleomar Graef de; JÚNIOR, Donarte Nunes dos Santos; LAHM, Regis Alexandre

O presente trabalho trata de inclusão social, através da percepção espacial com o uso de mapas táteis, contribuindo assim para o aprendizado de portadores de necessidades especiais relativos à visão, bem como a conscientização das diferenças na percepção destes por parte de alunos de ensino regular, na tentativa de diminuir as diferenças e o preconceito existentes, por consequência auxiliando para uma melhor compreensão do espaço percebido pelos educandos, onde a interação na confecção de mapas faz com que estes alunos não sejam apenas leitores de mapas, mas construtores.

Palavras-chave: Cartografia tátil. Ensino de Geografia. Inclusão social. Percepção espacial. Mapas táteis.

Downloads 680  680  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Mapas Táteis Padronizados e Acessíveis na Web Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2012
Descrição:
NOGUEIRA, Ruth Emilia

Os mapas e gráficos táteis tanto podem funcionar como recursos educativos ao serem utilizados para ampliar a capacidade intelectual de pessoas cegas ou com baixa visão, ou como facilitadores para a orientação/mobilidade em edifícios públicos de grande circulação, como terminais rodoviários, metroviários, aeroviários e também em centros urbanos. Por causa de sua importância como meio de informação espacial, é essencial que esses mapas sejam acessíveis aos deficientes visuais e que transmitam informações que possam ser lidas por eles. Nesse artigo são feitas algumas considerações sobre a produção de mapas táteis, incluindo sua produção no Brasil, mais especificamente no Laboratório de Cartografia Tátil[1] e Escolar da Universidade Federal de Santa Catarina. São mostrados alguns resultados da padronização desses mapas disponibilizados na Web, decorrentes de um projeto de pesquisa e extensão desenvolvido nesse laboratório.

Palavras-chave: Cartografia tátil. Deficientes visuais. Padronização de mapas táteis.

Downloads 602  602  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Cartografia
Fazer Download agora!Mapas táteis sonoros como facilitadores na inclusão de invisuais em trilhas ecológicas Popular Versão: 
Atualização:  9/5/2013
Descrição:
GOLIN, Geisa; NOGUEIRA, Ruth Emilia; CUSTÓDIO, Gabriela A.

Conhecer e interagir com o meio ambiente em unidades de conservação, em trilhas pela mata, ou outros ecossistemas são opções do homem urbano para experimentar o que ele não tem oportunidade de acessar senão pelas experiências descritas nos meios de comunicação ou em livros didáticos. Observamos que a pessoa com deficiência visual, devido à inexistência de facilitadores que possibilitem sua interação com o meio ambiente, fica à margem de tais experiências. Então como se pode permitir que uma pessoa com cegueira ou severa restrição visual possa ter oportunidade de ser de fato incluída naquilo que ela ouve falar ou lê nos meios de comunicação falada? Um projeto de extensão desenvolvido no ano de 2008 em parceria estabelecida entre o Laboratório de Cartografia Tátil e Escolar da UFSC (estudantes e professores de Geografia e Design), um grupo de estudantes de Engenharia e Biologia e uma empresa de desenvolvimento (Projeto Sapiens) vêm encarando o desafio de criar uma trilha ecológica acessível para cadeirantes e pessoas com deficiência visual. O grupo é formado por 10 acadêmicos mais cinco pessoas invisuais voluntárias que frequentam a Associação Catarinense para a Integração do Cego. A trilha ecológica em foco está situada na porção norte, em ambiente úmido na Ilha de Santa Catarina, distante aproximadamente 35 km do centro de Florianópolis, em um parque denominado Sapiens Parque. Essa trilha foi implantada ao longo do rio do Brás, com extensão de uns 1200 metros e tem o formato oval, ou seja, começa e termina no mesmo lugar. O projeto foi pensado para ser estruturado a partir de mapas táteis sonoros, sobre o meio ambiente onde está localizada a trilha. Pensamos em educação ambiental tanto de invisuais (inclusão social e educacional) quanto de visuais. Os mapas socializam a informação; são dispositivos de acesso à informação espacial sobre o meio ambiente, proporcionando acesso à localização e ao conhecimento dos diferentes ambientes naturais, trazendo possibilidades de leituras abrangente ou mais detalhada do ambiente a ser conhecido, despertando novos “olhares” e descobertas ao invisual e também aqueles que enxergam. Com o auxílio de uma mesa digital do tipo touch, que responde a estímulos táteis em toda a sua superfície, foram posicionados mapas táteis criados especificamente para esse projeto. Os mapas trazem botões distribuídos em pontos estratégicos, possibilitando que ao serem tocados, instantaneamente se ouça uma informação sonora sobre aquele lugar, ou, se for tocado mais de uma vez se pode acessar mais informações. Os invisuais foram ensinados a ler os mapas com as mãos apertando pontos de interesse para acessar a informação sonora que é disponibilizada pelo banco de dados do computador. Eles foram críticos e orientadores de como seriam os mapas para mais fácil leitura. Os primeiros resultados do projeto mostram o quanto é importante a integração de pessoas com diferentes conhecimentos para desenvolver um dispositivo moderno de fácil acesso aos invisuais para que eles também possam acessar conhecimentos espaciais do meio ambiente. A utilização de mapas táteis com a mesa digital touch proporciona a utilização dos sentidos do tato e da audição facilitando a compreensão do meio ambiente pelo usuário invisual e desperta o interesse daqueles que enxergam. Os mapas táteis mais uma vez se mostram fortes dispositivos auxiliares na inclusão social e educacional. A assimilação das informações pelos invisuais antes e depois de “fazerem a trilha” foi descrita por eles como “muito importante para adquirirem conhecimentos”. Eles consideraram que o contato prévio com os mapas e com as informações acessadas sobre o meio ambiente proporciona conhecimentos que auxiliaram na sua localização no espaço e permitem uma melhor interação com o meio ambiente ao percorrerem a trilha.

Palavras chaves: Educação ambiental. Mapas táteis sonoros. Inclusão social e educacional.

Downloads 2155  2155  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 (3) 4 »