Educadores



Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Rubi e Diamante vão à escola. E agora? Confrontos com a cultura escolar Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
MASHIBA, Glaciane Cristina Xavier

O presente trabalho é resultado de pesquisa qualitativa, especificando-se em estudo de caso, referente à história de dois irmãos, Rubi e Diamante (nomes fictícios para manter o anonimato das crianças). O objetivo é analisar esta história, rica por sua peculiaridade, para responder à seguinte questão: Estaria a escola preparada para receber alunos com diferenças culturais tão acentuadas no contexto escolar? O material necessário foi-me possibilitado por meio de fontes orais e documentais. Os subsídios teóricos que respaldam minha análise envolvem estudos multi/interculturais, antropológicos da hominização, cultura escolar, inclusão e exclusão e formação de professores. Rubi e Diamante são crianças que viveram isoladas em um lugarejo no Sul do Paraná, em uma estrutura familiar composta de mãe, com patologia psiquiátrica crônica e irreversível e pai, na maioria das vezes ausente devido às exigências de seu trabalho. Tal cotidiano ocasionou um intenso convívio dos meninos com a cadela que se tornou um modelo de comportamento. Assim, foram crescendo com costumes próprios, até que o Conselho Tutelar da cidade os encontrou por meio de uma denúncia e tomou as providências cabíveis para o caso. Posteriormente, passaram a frequentar escolas do ensino regular dentro dos princípios de inclusão. Contudo, após migrarem de uma escola à outra, evadiram-se da escola pressionados pelos confrontos culturais.

Palavras-chave: Sociedade. Cultura. Educação. Exclusão. Inclusão.

Downloads 684  684  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Maringá - UEM  Site http://www.ppe.uem.br/dissertacoes
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.