Educadores



Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Representações Sociais Sobre Novas Tecnologias da Informação e da Comunicação: novos alunos, outros  Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
ROCHA, Adauto Galvão da

O presente estudo, de cunho predominantemente qualitativo, trata das questões relacionadas às percepções e representações sociais de alunos de uma escola pública estadual, concluintes do Ensino Médio, sobre Novas Tecnologias da Informação e da Comunicação (NTICs). Tem por objetivos: 1º) identificar percepções e representações sociais que alunos concluintes do Ensino Médio regular apresentam sobre NTICs e multimídias interativas; e 2º) analisar as possíveis relações existentes entre as suas representações sociais e o processo de ensino-aprendizagem no contexto escolar. Utiliza como procedimentos: a)Questionário semi-estruturado, respondido por oitenta alunos, contendo três partes: I. Associação livre de palavras-estímulo; II. Questões fechadas e abertas relacionadas aos contextos: escolar, familiar e do mundo do trabalho destes sujeitos; e III. Perfil do aluno, com o foco em sua situação sócio-econômico-cultural; e b) Entrevistas com doze alunos, de ambos os sexos, participantes da etapa anterior. Ancora-se, teórico-metodologicamente, em Lévy (1993, 2000), quanto às NTICs; em Moscovici (1978, 2003), Abric (1998), Sá (1996, 1998), Jodelet (2001) e outros, no que tange a alguns aspectos da Teoria das Representações Sociais; e em Bourdieu (1996, 2003a, 2003b, 2003c, 2004, 2005), em relação ao conceito de habitus. Firma a análise do corpus de dados obtidos e tratados na categoria de análise designada: Representações sociais dos alunos sobre as NTICs, composta de três unidades de sentido e seus respectivos aspectos, a saber: 1) Relação dos alunos com as NTICs (o espaço residencial/familiar, do mundo do trabalho e escolar); 2) NTICs e as ransformações sócio-econômico-culturais (a sociedade hodierna e as NTICs; e a presença das NTICs no cotidiano e nos espaços xtra-escolar); e 3) NTICs e a (res)significação da prática escolar/habitus (a linguagem midiática e o contexto escolar; a (re)construção de representações e práticas/ habitus; e o presente e futuro: esperanças e incertezas). A análise indica que as percepções e representações sociais dos alunos sobre as NTICs e mídias interativas convergem majoritariamente para aquelas práticas sociais subordinadas, direta ou indiretamente, aos dispositivos info-tecno-midiáticos, tais como: computador, internet, ORKUT, celular, MP3, música, Mídia Player, rádio, TV, MSN, entretenimento, comunicação, informação, conhecimentos, amizade, pesquisas, tecnologia, ciência, facilidade, futuro, trabalho etc. Dispositivos que parecem ser o núcleo gerador e regulador das representações (e práticas) sociais dos alunos sobre as NTICs e que lhes emprestam sentido prático e (re)organizador, especialmente, em relação ao processo comunicacional, sócio-interacional, metamorfoseante e criativo da linguagem midiática, polifônica e imagética, indiciando, assim, novas formas de relação com o saber e com a aprendizagem, numa perspectiva autônomo-emancipatória. Os sujeitos deste estudo, enquanto usuários da World Wide Web (WWW), e diante da emblemática virtualidade das NTICs e mídias interativas experimentam novas formas de comunicação, linguagem, interação e (des)construção criativa permanente. No entanto, demonstram certa preocupação com a utilização do “internetês”, no contexto escolar e em outros espaços sociais, em que as inter-relações entre os agentes sociais se processam de forma hierarquizada, e institucional e/ou coercitiva. E, apesar de evidenciarem a existência de uma relação intrínseca entre a estruturação da atual sociedade e as NTICs e mídias interativas, e considerarem-nas imprescindíveis à vida atual e à produção e ordenação da realidade (práticas sociais), não as correlacionaram (significativa e diretamente) à prática escolar. Revelaram também a existência, no contexto escolar, de contradições, tensões, violência, desejos, intenções e incertezas, e, sobretudo, esperanças, pois indicaram diversos aspectos da prática escolar, passíveis de ressignificação, de instituição de práticas inovadoras e de seminação de novos habitus.

Palavras - chave: Habitus. Ensino-aprendizagem. Mídias interativas.

Downloads 3062  3062  Tamanho do arquivo 6.78 MB  Plataforma Universidade Católica de Santos - UniSantos  Site http://biblioteca.unisantos.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.