Educadores



Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Apropriação da hora-atividade como espaço para formação de professores em serviço: um estudo sobre a Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
CZEKALSKI, Rejane Aparecida

Recentemente, a hora-atividade passou a integrar o contexto da Educação Básica desenvolvida em nosso estado, abrangendo um percentual de 20% da carga contratual docente. Segundo a lei que a institui, o estudo é uma das atividades docentes previstas para serem desenvolvidas neste espaço. Diante deste fato, esta dissertação teve como objeto de estudo investigar a hora-atividade como espaço de formação continuada em serviço dos professores de Educação Básica. Para tanto, partiu de um resgate histórico da organização do trabalho pedagógico e da hora-atividade como conquista política, refletindo sobre como a educação vem sendo concebida em função da realidade existente e suas contradições, bem como sobre o prestígio negado à figura do professor no decorrer do desenvolvimento da educação brasileira. A pesquisa focalizou o trabalho desenvolvido em duas escolas a rede pública de Telêmaco Borba-Pr, tomando-o como um recorte do universo a ser estudado, que pode contribuir para a análise e reflexão de como esta se concretiza nas escolas. Foram realizadas entrevistas com professores e membros da equipe técnica de uma escola que atua de 5a a 8a séries e outra que atua neste mesmo nível e no Ensino Médio, com o intuito de investigar como a hora-atividade se materializa em seu cotidiano e que avaliação fazem acerca da mesma. As informações coletadas foram refletidas e analisadas à luz da literatura consultada e dos documentos selecionados junto a diferentes instâncias do sistema, no intuito de compreender os movimentos e as contradições existentes neste contexto. Os resultados apontaram que os professores têm consciência da hora-atividade como fruto de uma conquista política da categoria docente, que veio amenizar a sobrecarga na realização de suas tarefas. Além disto, os docentes reconhecem a importância da formação continuada e buscam realizar estudos no espaço da hora-atividade. No entanto, alguns argumentam que este espaço ainda não é suficiente para este fim. Ao estabelecerem relação entre hora-atividade e formação continuada em serviço, os docentes, de maneira geral, enfatizam a riqueza do espaço para troca de experiências com os colegas e integração do trabalho das diferentes disciplinas, o que indica a possibilidade de que a formação em serviço a partir da hora-atividade seja possível. Contudo, esta questão não pode ser tratada isoladamente, mas sim, mediante a articulação do interesse e compromisso de todos aqueles que compõem o universo educacional, já que parece imprescindível a ampliação do tempo da hora-atividade para que nela possa se realizar todo ‘trabalho docente’ necessário à concretização de um ‘trabalho pedagógico’ de melhor qualidade.

Palavras-chave: Políticas educacionais. Educação básica. Hora-atividade. Organização do trabalho pedagógico.

Downloads 4942  4942  Tamanho do arquivo 503.64 KB  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www.uel.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.