Educadores



Categoria: Língua Portuguesa Teses
Fazer Download agora!Para além da amenidade - O Jornal das Famílias (1863-1878) e sua rede de produção Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
PINHEIRO, Alexandra Santos

A tese “Para além da amenidade - O Jornal das Famílias (1863-1878) e sua rede de produção” analisa a organização de um periódico que circulou durante 16 anos por várias províncias brasileiras e por, pelo menos, dois países estrangeiros, Portugal e França. A pesquisa consiste em investigar esse jornal, a começar pelo trabalho do editor Baptiste Louis Garnier e de seu cuidado com a materialidade do que era produzido por sua empresa. Atém-se, também, à lista de redatores e colaboradores, que teve Machado de Assis como o mais assíduo na seção Romance e Novellas. A partir do estudo da trajetória dos demais colaboradores, recuperamos nomes de intelectuais esquecidos atualmente, mas que fizeram parte dos grandes debates literários da época, alguns dos quais ocorriam no próprio Jornal das Famílias. Ao analisar a produção literária divulgada no periódico, constatamos que ao principal público leitor do Jornal das Famílias, as mulheres, não foram oferecidas apenas leituras amenas, como destacam alguns pesquisadores. As leitoras foram inseridas em debates importantes para o século XIX, como a consolidação de uma literatura nacional e a condição do escritor brasileiro. A análise das narrativas mostra que a literatura brasileira não foi construída apenas pelos literatos hoje consagrados pela crítica, mas também por um grupo amplo de escritores preocupados com questões estéticas, políticas e sociais e que as manifestavam também no Jornal das Famílias.

Palavras-chave: História da leitura. História da literatura. Periódico. Narrativa. Jornal das Famílias. Garnier.

Downloads 422  422  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Campinas  Site http://http://www.caminhosdoromance.iel.unicamp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.