Educadores



Categoria: Ensino Religioso Teses
Fazer Download agora!Os Rosários dos Angolas: irmandades negras, experiências escravas e identidades africanas na Bahia  Popular Versão: 
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
REGINALDO, Lucilene

As irmandades do Rosário na Bahia, desde as primeiras fundações em meados do século XVII, até o final do século XIX, foram, em sua maioria absoluta, controladas por africanos angolas e seus parceiros crioulos. Este fenômeno indica uma valorização deste espaço por parte dos angolas, mais do que por qualquer outro grupo de africanos. A identificação com as confrarias católicas aponta para a importância do catolicismo na África Central e, ao mesmo tempo, ressalta este elemento como fundamental na constituição de uma identidade particular dentro da comunidade escrava e da sociedade baiana em geral. Esta tese também discute essa identificação na experiência dos escravos no Reino, sugerindo uma perspectiva de investigação da história da devoção ao Rosário, das confrarias negras e da identidade angola ao longo do século XVIII, circulando por três continentes.

Palavras-chave: Escravidão. Salvador (BA). Recôncavo (BA). Negros. Brasil. Religião.

Downloads 3667  3667  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000350093
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.