Educadores


Ínicio : Sociologia : Artigos : 

Categoria: Sociologia Artigos
Fazer Download agora!Implantação do Programa Saúde da Família e exclusão socioespacial no Município de São Paulo, Brasi Popular Versão: 
Atualização:  15/8/2013
Descrição:
BOUSQUAT, Aylene; COHN, Amélia; ELIAS, Paulo Eduardo

O presente artigo analisa o processo de implantação do Programa Saúde da Família (PSF) na capital paulista, tomando por referência a construção do espaço urbano, caracterizado por forte segregação sócio-espacial. Os 96 Distritos Administrativos foram divididos em cinco estratos a partir de sua inserção no ranking do Mapa da Exclusão Social. A cobertura populacional, a maturidade do PSF e a caracterização da natureza jurídico-institucional das instituições parceiras foram identificadas. Com base nos resultados, foi elaborada uma tipologia da implantação do PSF pelos estratos. A implantação do PSF é heterogênea, consolidada apenas nos estratos de maior exclusão, indicando tensão com o discurso da Secretaria Municipal de Saúde, segundo o qual o PSF é modelo de atenção para o conjunto da cidade e com foco inicial na população-alvo com renda de até cinco salários mínimos. Há menor cobertura da população-alvo residente nos estratos superiores, evidenciando um constrangimento para alcançá-la na cidade como um todo. As instituições religiosas estão situadas nos estratos com maior exclusão, aqueles com alta cobertura e maior maturidade, caracterizando um tipo de inserção espacial distinto daquele das instituições universitárias.

Palavras-chave: Programa saúde da família. Política de saúde. Atenção primária à saúde.

Downloads 401  401  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Plataforma Democrática  Site http://www.plataformademocratica.org/Portugues/Publicacoes.aspx?IdRegistro=3193
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.