Educadores



Categoria: Língua Portuguesa Artigos
Fazer Download agora!Web 2.0 e as práticas de línguagem: novos gêneros?  Popular Versão: 
Atualização:  26/10/2012
Descrição:
ARAÚJO, Júlio César

As práticas de linguagem na web 2.0 demandam gêneros discursivos próprios que precisam ser sistematizados para melhor compreensão e uso. Em função dessa compreensão, o presente trabalho relata uma análise preliminar de dados oriundos de um projeto PIBIC intitulado "Práticas de linguagens na web: links entre gêneros, letramentos, hipermodalidade e convergências de mídias (Etapa I)". Nesse projeto, o objetivo foi estudar as práticas discursivas digitais para compreender os gêneros e os eventos de letramentos que emergem dessas práticas. Metodologicamente, recorreremos à produção desenvolvida por pesquisadores vinculados ao grupo de pesquisa Hiperged, do Programa de Pós-Graduação em Linguística da UFC, pois o nosso projeto faz um mapeamento das pesquisas feitas no referido grupo. Tais pesquisas correspondem à análise do fenômeno da intergenericidade no scrap do Orkut e da incorporação de características da hipertextualidade em transições de gêneros audiovisuais entre a web e a TV. A análise nos permite chegar à premissa de que a web e seu regime semiótico hipermodal influenciam sobremaneira as práticas de linguagem que ali se instauram. Tais resultados nos ajudam a colaborar com os estudos da linguagem na medida em que podem servir de base para o conhecimento e a compreensão dos fenômenos relativos às práticas de linguagens na web 2.0.

Palavras-chave: Web 2.0. Práticas de linguagem. Pesquisa.

Downloads 627  627  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Portal de Periódicos da Fale - Universidade Federa  Site http://aplicacoes.unisul.br/pergamum/biblioteca/index.php?resolution2=1024_1&tipo_pesquisa=&filtro_b
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.