Educadores



Categoria: Língua Portuguesa Artigos
Fazer Download agora!A morte e a morte em Mia Couto e Jorge Amado Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
SILVA, Ana Cláudia da

Conquanto Mia Couto tenha declarado, em várias entrevistas, a influência de Jorge Amado em sua formação, assinando, mesmo, o prefácio da nova edição de Tocaia grande (AMADO, 2008), não é por esta via, a da relação de fonte e influência, que aproximamos, aqui, a obra dos dois autores. Nossa leitura tem como objeto primordial o texto, para, nele e através dele, ler alguns elementos das culturas africana e afro-brasileira que estão na base das criações de ambos os autores. Tratamos, especificamente, do tema da morte nas duas culturas, ou, melhor dizendo, de como a literatura transforma e recria a morte, superando-a artisticamente e estabelecendo um diálogo vivo entre diferentes culturas de raiz banta. Os estudos antropológicos de Carlos Serrano, Juana Elbein dos Santos e Henri Junod sobre as culturas africanas é que oferecem a base para a nossa leitura da morte nestas obras literárias.

Palavras-chave: Mia Couto. Jorge Amado. Literaturas africanas de língua portuguesa. Literatura brasileira. Morte.

Downloads 605  605  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma  XI Congresso Internacional da ABRALIC  Site http://www.abralic.org.br/anais/cong2008/AnaisOnline/simposios/008.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.