Educadores



Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!Oduduwa Templo dos Orixás: Território de entrelaçamento de religiões brasileiras de matriz africana Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
RIBEIRO, Ronilda Iyakemi

No Brasil, país da diáspora africana em que, por razões históricas, não foram cultivadas famílias de babalaôs, observa-se nas duas últimas décadas, um movimento de introdução aos conhecimentos de Ifá-Orunmilá, que tem como principais atores babalaôs da Nigéria e de Cuba. Babalaôs nigerianos, trazidos regularmente ao Brasil, por iniciativa do Babalorixá King (Sikiru King Salami), vêm desenvolvendo no interior do Oduduwa Templo dos Orixás, em Mongaguá, litoral de SP, um trabalho de fortes implicações religiosas e educacionais. O fenômeno religioso que tem lugar nesse espaço sagrado apresenta a peculiaridade de reunir praticantes de diversas religiões de matriz africana, que para lá se dirigem em busca de conhecimentos da Religião Tradicional Iorubá. Nos dias dedicados aos rituais, líderes de praticantes de diversas expressões da religiosidade africana, entre os quais Umbanda e Candomblé, advindos de outros municípios, de outros estados brasileiros e de outros países, chegam ao local acompanhados de seus "filhos-de-santo”. Ali reunidos compartilham informações sobre diversos temas relativos a suas práticas religiosas e mágicas e buscam conhecimentos teológicos e litúrgicos próprios da matriz iorubá. Os principais tópicos aqui abordados são os seguintes: Ifá-Orunmilá, a divindade oracular; importância dos babalaôs na organização religiosa iorubá; presença de Ifá-Orunmilá na diáspora africana no Brasil e Cuba e particularidades do fenômeno social que ocorre no Oduduwa Templo dos Orixás e suas implicações educacionais e religiosas.

Downloads 3961  3961  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma ABHR  Site http://www.abhr.org.br/?page_id=57
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.