Educadores



Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Segregação residencial em Londrina: os condomínios fechados horizontais e as áreas subnormais Popular Versão: pdf
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
ZANATTA, Igor Fernando Santini

A segregação residencial, que é o grau de aglomeração de determinados grupos étnicos e sociais em uma dada área de modo voluntário ou forçado, é um processo cada vez mais presente nas cidades modernas, ocorrendo de diversas formas e com diferentes causas por todo o mundo. Nesse trabalho buscou-se explorar a mais relevante categoria de análise no estudo da cidade de Londrina, que é a segregação residencial baseada nas diferenças socioeconômicas da população do município, uma cidade de tamanho médio, partindo de dados estatísticos, principalmente do Censo Demográfico, e levantamentos de campo. Para uma melhor compreensão da produção do espaço urbano foi discutido como atuam os agentes responsáveis por essa produção, principalmente os promotores e os incorporadores imobiliários, e como se dá a atuação desses no processo de construção do espaço urbano, além de apresentar possibilidades de combate à especulação fundiária através de mecanismos contemplados no Estatuto da Cidade. A partir disso foram apresentadas a gênese e formação da cidade de Londrina e seus aspectos socioeconômicos atuais. E, ao tratar especificamente da segregação residencial na cidade de Londrina, buscou-se comparar dois processos antagônicos que aprofundam essa segregação e destacam-se no cenário londrinense, os condomínios fechados horizontais e as áreas subnormais.

Palavras-chave: Condomínio (Habitação) - Londrina (PR). Desenvolvimento imobiliário - Londrina (PR). Habitação. Segregação. Geografia urbana.

Downloads 5594  5594  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL - Universidade Estadual de Londrina  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.