Educadores



Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Patrimônio histórico-cultural: leitura crítica dos conceitos e suas implicações na prática escolar Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
SANTOS, Irene da Silva F. dos

Esta dissertação é o resultado da análise crítica e releitura do que, comumente se entende por Patrimônio Histórico-Cultural. Os objetivos foram: analisar os conceitos de Patrimônio, História e Cultura envolvidos nessa expressão e os jogos de interesses e poder implicados com as questões sobre origem, representações e empregos contraditórios da mesma realidade; e investigar os caminhos político-educacionais viáveis para que a Escola se torne a instituição onde crianças e jovens aprendam a preservar o Patrimônio Histórico-Cultural, a reinterpretar o passado de maneira crítica e a fazer que o espaço de cada um e de todos passe a ser construído de modo coletivo. Tanto a escolha do tema como do referencial dialético-crítico (Escola de Frankfurt); sobretudo Adorno e Horkheimer, é que, de fato, momentos de encontro, convocados pela história e pela arte, podem ser alienantes e de fetichização de produtos da indústria cultural. Para a maioria e, sobretudo, para jovens e crianças das escolas, resulta necessária reinvidicar o direito a conhecer a história criticamente, a desfrutar das obras de arte, sem consentir na perigosa interpretação das elites de poder. É uma investigação bibliográfica, com exame de fontes oficiais inclui também a etnografia ao realizar-se uma pesquisa de campo com Professores do Ensino Superior e com Professores do Ensino Fundamental e Médio da rede pública, referente a disciplinas de História, Geografia, Letras e Turismo. Responderam a questões abertas, quanto à dinâmica da sala de aula e à política das relações internas e de planejamento para que o chamado Patrimônio-Histórico Cultural seja inserido no currículo e programas escolares. A pesquisa deparou com o problema da educação formal referente à questão patrimonial, conforme respostas dos professores, o Patrimônio Histórico-cultural constitui riqueza de um povo e herança para futuras gerações. A proposta é que a análise crítica sobre cada elemento patrimonial, e conceito correspondente, não seja operada apenas por uma elite intelectual, e que a educação se apoie mais intensamente no uso crítico do Patrimônio no âmbito escolar, sobretudo, com a elaboração participada de programas. A educação não aceita o papel de reprodutora de estruturas educacionais de dominação e exploração. A análise possibilita indicar novas relações históricas e políticas mais democráticas, levando a sociedade a uma compreensão concreta sobre o patrimônio histórico-cultural e mais próxima de seus interesses.

Palavras-chave: Patrimônio histórico. Poder. Educação. cultura. Preservação. Globalização.

Downloads 5790  5790  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEPG  Site http://bdtd2.ibict.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.