Educadores



Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!LER: uma jornada de sofrimento no trabalho bancário Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
Pennella, Isabela

O objetivo desta dissertação é analisar as representações sociais presentes nos discursos de bancários adoecidos pelo trabalho. A hipótese básica sustenta que a relação saúde-trabalho-adoecimento contribui para a desconstrução/construção da identidade do trabalhador, à medida em que as relações sociais são transformadas por uma nova realidade mediatizada pela doença. As transformações trazidas pela reestruturação produtiva no setor e a consequente mudança no perfil bancário constituem o contexto econômico e social que contribuem para o adoecimento, afetando a subjetividade do trabalhador e as formas de sociabilidade, tendo em vista as perdas dos referenciais de identidade, espaço e tempo. Conclui-se que o adoecer, além de proporcionar a construção de novas identidades, constitui-se num processo de aprendizado, dinâmico e complexo, que consiste em assimilar e produzir conhecimentos e formas de ação.

Palavras-chave: Bancários. Estigma. Identidade. Processo saúde-doença. Reestruturação produtiva. Representações sociais. Sofrimento. Trabalho.

Downloads 1260  1260  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.