Educadores



Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Representação teatral: Assembléia Legislativa do Estado do Paraná, institucionalismo e vetos Popular Versão: pdf
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
Representação teatral: Assembléia Legislativa do Estado do Paraná,
institucionalismo e vetos

Autores: Laibida, Luiz Demétrio Janz
Oliveira, Ricardo Costa de
Braga, Sérgio Soares
Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Humanas,
Letras e Artes.Programa de Pós-Graduaçăo em Sociologia.
Data de publicação: 2007

Resumo: Anexos
Orientador : Ricardo Costa de Oliveira
Co-orientador: Sérgio Soares Braga
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná,
Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes, Programa de
Pós-Graduação em Sociologia. Defesa: Curitiba, 14 de novembro de 2007.
Inclui bibliografia e notas
Área de concentração: Cultura e Poder

O objetivo deste trabalho é analisar a existência de uma representação teatral do parlamentar dentro da Assembléia Legislativa do Estado do Paraná. Para tanto, as novas abordagens institucionais (neo-institucionalismo) e as questões de veto serão fundamentais para a comprovação da hipótese do trabalho. A Assembléia Legislativa do Paraná é uma instituição política que tende a uma nova perspectiva de analisar as instituições, principalmente as novas mudanças estruturais. A Assembléia pode ser vista como um palco das representações teatrais dos parlamentares, que na maioria das vezes não almejam grandes transformações e dão continuidade às relações e distr disbuição de poder, prevalecendo e estruturando a Assembléia enquanto instituição. Os vetos nesse estudo são analisados como uma relação interna na política, e o neoinstitucionalismo como uma nova abordagem das relações de vetos. A análise destes prevê a possibilidade de transformação da instituição. É importante salientar que os projetos de lei e os vetos são feitos por um conjunto de atores que interagem entre si, tendo como foco principal o Executivo e o Legislativo; porém, esses mesmos atores têm pontos de vista e interesses também em outras áreas do poder. Mostraremos a instituição democrática legislativa e as novas abordagens do neo-institucionalismo, lembrando que é fundamental reportar-se ao fato de que esta institucionalização está regida na Constituição de 1988. São de extrema relevância para o trabalho a análise das concepções teóricas e o contexto sociológico de representação no Legislativo, pois esse é o foco principal do mesmo. Enfatizaremos as questões de veto, analisando principalmente o seu contexto contemporâneo de interações e tipologias e das relações entre os Poderes. Faremos a análise completa dos vetos no período de 1996 a 2006, findando verificar se os parlamentares se posicionam e agem conforme “regras políticas” previamente estabelecidas pela Assembléia, o que possibilitará traçar perfis que indicarão tipologias específicas confirmando a hipótese de representação teatral.

Palavras-chave: Representação teatral. Assembléia Legislativa do Paraná. Institucionalismo. vetos.

Downloads 622  622  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/14086
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.