Educadores



Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Entre júbilo e ruína: a perspectiva trágica de Nietzsche Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2013
Descrição:
LIMA, Joana Brito de

Trata-se de investigar por que razão Nietzsche afirma, em 1888, quando revisa sua obra (Ecce Homo), que “para ser justo com O Nascimento da Tragédia será preciso esquecer algumas coisas”, e, não obstante, insista, no mesmo escrito, em nomear-se “o primeiro filósofo trágico – isto é, o extremo oposto e o antípoda de um filósofo pessimista”. Nietzsche elabora em O Nascimento da Tragédia uma teoria do trágico a partir da oposição e complementaridade entre apolíneo e dionisíaco, racionalismo e instinto, e na recusa da perspectiva pessimista. Desse modo, o objetivo da dissertação é discutir como a teoria da tragédia se modifica devido à ruptura com os dois inspiradores do primeiro momento da filosofia nietzschiana, Schopenhauer e Wagner – talvez as tais “coisas” a serem esquecidas de O Nascimento da Tragédia –e as implicações desta ruptura, que transforma a filosofia de Nietzsche em dissidente da tradição metafísica.

Palavras-chave: Nietzsche. Teoria do Trágico. Nascimento da Tragédia.

Downloads 962  962  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal do Rio Grande do Norte  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.