Educadores



Categoria: Pedagogia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!O Ideb e a qualidade da Educação: a política do Ideb nas escolas da rede municipal de Francisco Belt Popular Versão: PDF
Atualização:  21/6/2016
Descrição:
OLIVEIRA, Quelli Cristina da Silva

A pesquisa analisou a concepção de qualidade da educação no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB e seu impacto junto aos educadores de seis escolas da rede municipal de Francisco Beltrão-PR. Os objetivos foram: apreender historicamente o contexto da avaliação em larga escala no Brasil; analisar a concepção de qualidade do IDEB, fundamentos e proposições para o contexto escolar; investigar como o IDEB recai no contexto escolar produzindo consenso e/ou resistência no trabalho pedagógico nas escolas da rede municipal de Francisco Beltrão. Para a coleta de dados empíricos foram utilizadas entrevistas semiestruturadas com vinte e quatro educadoras sendo dez professoras, oito gestoras, seis coordenadoras. Complementados com a coleta de 68 cadernos de alunos de terceiro e de quinto ano para verificar o espaço e tempo destinados para as áreas do conhecimento. Também, foram objetos de análise documentos do Banco Mundial, OCDE, MEC e INEP, revisão bibliográfica de estudos relacionados à problemática em questão e leituras e análises dos livros, artigos, bancos de dados de teses e dissertações. A pesquisa foi realizada na perspectiva teórico-metodológica do materialismo histórico dialético. Os resultados mostram que a concepção de qualidade do IDEB esta caracterizada a partir das demandas estabelecidas pelo Banco Mundial, FMI, BIRD e OCDE - padrão de qualidade do PISA que se fundamenta na pedagogia das competências. Destacamos o pragmatismo como eixo norteador da avaliação e, consequentemente, da aprendizagem. A ênfase dos conteúdos avaliados na Prova Brasil das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, ministradas apenas com foco no desenvolvimento de competências e habilidades de leitura e resolução de problemas.Neste contexto, consideramos que as avaliações em larga escala estão contribuindo para desqualificação do magistério, devido à formação aligeirada, apostilada. Quando a escola é recheada pelo MEC de materiais de apoio – mesmo que afirmem que são parâmetros para as avaliações e que estes não devem ser utilizados como currículo. Pois na forma como está se apresentando reforça a função de um Estado Educador, o qual centraliza a forma e conteúdo para a formação do novo homem coletivo – trabalhador, e descentraliza, quando projeta aos sujeitos da escola a autogestão e responsabilidade pelos resultados.

Palavras-chave: Política. IDEB. Qualidade. Escolas municipais.

Downloads 620  620  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unioeste  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.